A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

SECRETARIA DE DESENVOLVIMENTO URBANO

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "SECRETARIA DE DESENVOLVIMENTO URBANO"— Transcrição da apresentação:

1 SECRETARIA DE DESENVOLVIMENTO URBANO
ESTRATÉGICO INTEGRAÇÃO TERRITORIAL

2 SECRETARIA DE DESENVOLVIMENTO URBANO
PROJETO: EIXO MULTIMODAL E MULTIFUNCIONAL CASCAVEL - GUAÍRA

3 ASSUNTOS A ABORDAR PREMISSAS E CONCEITOS DO PROJETO OBJETIVOS DO PROJETO LOCALIZAÇÃO E ÁREAS DE INFLUÊNCIA CONDIÇÕES GEOPOLÍTICAS DEMANDAS - OPORTUNIDADES - RESULTADOS PREVISÍVEIS ESTRATÉGIA PARA ATINGIR OS OBJETIVOS AÇÕES PRIORITÁRIAS PARA SUPERAÇÃO DOS OBSTÁCULOS PROCESSO DE IMPLANTAÇÃO CASOS ESPECÍFICOS

4 DESENVOLVIMENTO DAS CIDADES E REGIÃO DESENVOLVIMENTO DO TERRITÓRIO
PREMISSAS E CONCEITOS DO PROJETO DESENVOLVIMENTO DAS CIDADES E REGIÃO SUSTENTABILIDADE - COMPETITIVIDADE - INTEGRAÇÃO DESENVOLVIMENTO DO TERRITÓRIO SUSTENTABILIDADE a capacidade da sociedade de manter de forma contínua no tempo o uso dos recursos disponíveis; 1

5 2 3 PREMISSAS E CONCEITOS DO PROJETO INTEGRAÇÃO COMPETITIVIDADE
alta qualidade de vida; economia fortalecida, diversificada e multipolar; produtos com identidade local, alta qualidade e preços competitivos. boa capacidade de atender as demandas multiescalares; a acessibilidade é adequada; o uso do solo é ambientalmente correto; forte identidade local; localização privilegiada para viver, atrair e fixar investimentos. 2 INTEGRAÇÃO capacidade da sociedade de articular os recursos e atividades. nexos inteligentes de interação entre atividades e exploração oportunidades. 3

6 = + + 1 2 3 DESENVOLVIMENTO TERRITORIAL
PREMISSAS E CONCEITOS DO PROJETO + + 1 2 3 = DESENVOLVIMENTO TERRITORIAL Expressão espacial da política econômica, espacial, cultural da sociedade; Fator estruturante da dinamização do território; Fator fundamental para racionalizar o arranjo da rede de transportes; Elemento catalizador das políticas setoriais, elemento de integração dos esforços de coesão econômica e social para o planejamento, implantação e gestão do desenvolvimento do espaço geográfico.

7 PREMISSAS E CONCEITOS DO PROJETO
SUPORTE AO DESENVOLVIMENTO TERRITORIAL A localização das vias e sistemas de transportes é aspecto estrutural para o crescimento e desenvolvimento das cidades e regiões definem os fluxos de relações que atuam no espaço físico Induzem os padrões de ocupação do território

8 SUBSTITUIR O PLANEJAMENTO TRADICIONAL PELO PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO
Reforça a tendência; Atende ao aumento demandas. Possibilita construir futuro desejável; Modifica a tendência. Mudança de matriz, adensamento e implantação de vias férreas com sistemas intermodais; Rede regionalizada e interdependente de plataformas logísticas; Sistema rodoviário pouco denso; Rede ferroviária insipiente; Transporte Fluvial praticamente inexistente; Sistema logístico disperso e fragmentado. SITUAÇÃO ATUAL SITUAÇÃO DESEJAVEL 8

9 OBJETIVOS DO PROJETO OBJETIVO ESPECÍFICO Promover na Microrregião de Cascavel a Implantação de um processo de Desenvolvimento Territorial - Sustentável, Competitivo e Integrado - utilizando como âncora estratégica a implantação e consolidação de: Corredor Multimodal e Multifuncional de Acessibilidade e Logística - Comunicação e Desenvolvimento. OBJETIVO GERAL Inserir, neste processo - com harmonia e eficiência - os planos, programas e projetos estaduais, nacionais e sul americanos de integração, acessibilidade e desenvolvimento, visando: Ampliar a acessibilidade portuária em relação ao Atlântico e conectar o Estado aos portos do Pacífico; Ampliar acessibilidade do Paraná com relação ao centro-oeste brasileiro (rodovias ferrovias/ hidrovias); Criar uma rede estadual de centros de logística que sirva de apoio ao desenvolvimento regionalizado, compartilhado entre as diversas regiões.

10 LOCALIZAÇÃO E ÁREAS DE INFLUÊNCIA – 1

11 MICRORREGIÃO DE CASCAVEL
LOCALIZAÇÃO E ÁREAS DE INFLUÊNCIA - 1 MICRORREGIÃO DE CASCAVEL

12 LOCALIZAÇÃO E ÁREAS DE INFLUÊNCIA - 2
ESTADO DO PARANÁ

13 LOCALIZAÇÃO E ÁREAS DE INFLUÊNCIA - 3
Importação+Exportação LEGENDA: SANTARÉM CABOTAGEM - Principais Portos Fonte: PLANO NACIONAL DE LOGÍSTICA/ Ministério dos Transportes PDDT SP Concentração do PIB do Mercosul sem Brasil Polígono de Concentração do PIB Nacional PORTOS Fonte: PDDT SP CIDADE RODOVIAS Fonte: PDDT SP - BID - SISCOMEXP RODOVIAS - Recuperar GUAÍRA Fonte: PDDT SP - BID - SISCOMEXP FERROVIAS - Existente Fonte: AHRANA Costa adequada para navios Pós-Panamax FERROVIAS - Projetada Fonte: AHRANA HIDROVIA Fonte: PDDT SP

14 LOCALIZAÇÃO E ÁREAS DE INFLUÊNCIA - 3
PLANO NACIONAL DO TRANSPORTE 14

15 TRÓPICO DE CAPRICORNIO
LOCALIZAÇÃO E ÁREAS DE INFLUÊNCIA - 4 TRÓPICO DE CAPRICORNIO 15

16 MERCADOS EXTERNOS DISTANTES
LOCALIZAÇÃO E ÁREAS DE INFLUÊNCIA - 5 MERCADOS EXTERNOS DISTANTES CONEXÃO BIOCEÂNICA ÁSIA - AMÉRICA DO SUL ÁSIA - AMÉRICA PACÍFICO ÁFRICA - EUROPA - OCEANIA NOVA ROTA EM CONSOLIDAÇÃO CANAL DO PANAMÁ - CONCLUSÃO PREVISTA 2014

17 CONDIÇÕES GEOPOLÍTICAS DO OESTE
ACESSIBILIDADE - Localização geográfica facilitadora de inter relações e trocas de bens com mercados próximos e distantes; DESEMPENHO AGRÍCOLA - Características físicas e sociais extremamente favoráveis. Em poucas décadas ultrapassou a dinamicidade da Região de Londrina e Maringá, igualando-se a esta em VAF (9%); RESERVAS HIDRÍCAS - Área de carga/ recarga de um dos maiores aqüíferos do planeta - O GUARANI; CONHECIMENTO E TECNOLOGIA - Em fase de significativo desenvolvimento; HIDRELÉTRICA ITAIPU - Abastece cerca de 20% do mercado nacional; RECURSOS TURÍSTICOS - Notáveis, distinguidos a nível nacional e Internacional;

18 DEMANDAS - OPORTUNIDADES - RESPOSTA PREVISÍVEL
Agro Negócios: alta capacidade de resposta às crescentes demandas por alimentos com potencial para agregação de valor a produção: Terras Produtivas - alto desempenho na produção agrícola; Fartas Reservas Hídricas - bacia do rio iguaçú, aquífero guarani; Integra o Grande Eixo Nacional de Produção de Proteina Animal Oeste SC - PR - MS - Goias; Grande Disponibilidade de Energia Hidrelétrica (Itaipu - abastece cerca de 20% do mercado nacional); Potencial para Desenvolvimento da Bioenergia consorciada com alimentos; Localização Geográfica Previlegiada - Potencial de altíssima acessibilidade aos Centros de Produção Nacional, aos mercados próximos e distantes e a integração Sub-Continental; Dotado de expressiva rede de cidades - em processo de desenvolvimento funcional e consolidação físico-territorial. Recursos Turísticos - notáveis, distinguidos a nível nacional e internacional; CRESCENTE DEMANDA POR ALIMENTOS E ENERGIA TENDÊNCIA A AMPLIAÇÃO DO PROTECIONISMO AUMENTO DA COMPETITIVIDADE CAPACIDADE PARA TORNAR-SE REFERÊNCIA NA SOCIEDADE DO SEC XXI

19 AÇÕES ESTRATÉGICAS PARA O DESENVOLVIMENTO DO EIXO
Agregação de Valor à Produção de Alimentos Integração e Sustentabilidade Melhoria Transporte e Logística Gestão Eficiente do Eixo de Desenvolvimento Outros (sem capacidade local/ regional de intervenção direta) Industrializar; Organizar o Território; Implantar Rede Multiescalar e Integrada de Acessibilidade e Logística; Implantar Processo de Gestão Unindo os Esforços da Inteligência Regional Através do Pacto; Tributação, Política Cambial, Tecnologia, Etc. DESAFIOS MULTISETORIZADOS DEMANDAM SOLUÇÕES GLOBAIS

20 AÇÕES PRIORITÁRIAS PARA SUPERAÇÃO DOS OBSTÁCULOS
UTILIZA COMO MECANISMO TÁTICO A CRIAÇÃO DE DOIS PONTOS DE APOIO ( ÂNCORAS) DE RELEVÂNCIA MÁXIMA: PONTO DE APOIO TERRITORIAL Estruturando uma rede multimodal e multiescalar de transporte e logística que alavanque o desenvolvimento do território; PONTO DE APOIO INSTITUCIONAL Consolidando um pacto que: congrege os atores do desenvolvimento regional; coordene uma rede parcerias relevantes; tenha forte expressão para o merchandise da região.

21 AÇÕES PRIORITÁRIAS PARA SUPERAÇÃO DOS OBSTÁCULOS
ÂNCORA TERRITORIAL Planejar e Gerenciar o Desenvolvimento do Território, com especial atenção ao uso do solo e rede de acessibilidade e logística. Rebater, Compatibilizar e Integrar no território os diversos projetos setoriais que afetam a região INTEGRAR OS MODAIS DE TRANSPORTE E CRIAÇÃO DE REDE ARTICULADA DE CENTROS DE LOGÍSTICA com vistas a: Complementar o Sistema de Rodovias, (incluindo as locais), Ferrovias, Hidrovias, Portos fluviais, Aeroportos; Desenhar uma Logística Regional Articulada a Nível Macro Regional e Internacional; Centralizar as relações existentes entre abastecimento, produção, armazanagem, distribuição, aduanagem e serviços pós-venda; Diminuir custos aumentando a eficiência. Incorporar conceitos de exigência empresarial: Filosofía "Just in Time" (JIT) e Qualidade Total (QT).

22 AÇÕES PRIORITÁRIAS PARA SUPERAÇÃO DOS OBSTÁCULOS
CENTROS - PLATAFORMAS LOGÍSTICAS É área de articulação de cadeias de transporte e logísticas, onde se concentram atividades econômicas, funções técnicas e de valor agregado; Não é conceito novo mas vem proliferando aceleradamente pela tendência crescente de oferta de intermodalidade e promoção do transporte combinado; Suas características principais são: Localização estratégica; Concepção e desenho funcional que garanta a concentração de instalações especializadas de logística, intermodais, serviços administrativos, comerciais ampliando o aproveitamento de sinergias entre operadores. INTEGRAÇÃO + PARCERIAS + COMPARTILHAMENTO AUMENTO DA COMPETITIVIDADE =

23 ÂNCORA INSTITUCIONAL: PACTO FEDERATIVO DE DESENVOLVIMENTO TERRITORIAL
AÇÕES PRIORITÁRIAS PARA SUPERAÇÃO DOS OBSTÁCULOS ÂNCORA INSTITUCIONAL: PACTO FEDERATIVO DE DESENVOLVIMENTO TERRITORIAL CRIAR UM NÚCLEO DE FORÇA Ancorado na região; Integrando e otimizando pela cooperação os esforços e projetos dos Atores Empenhados no Desenvolvimento Regional - governos, sociedade civil, entidades nacionais e internacionais (incluindo bancos de fomento e desenvolvimento). ÁGIL - o suficiente para negociar uma Agenda de Projetos Prioritários consensualizada e atrair parceiros, investimentos e empresas, transformando o Eixo em um novo referencial de desenvolvimento. EFICIENTE - o suficiente para criar e consolidar um centro de inteligência regional para o planejamento, implantação, marketing e gestão do Desenvolvimento Territorial do Eixo Cascavel - Guaíra.

24 ÂNCORA INSTITUCIONAL: PACTO FEDERATIVO DE DESENVOLVIMENTO TERRITORIAL
AÇÕES PRIORITÁRIAS PARA SUPERAÇÃO DOS OBSTÁCULOS ÂNCORA INSTITUCIONAL: PACTO FEDERATIVO DE DESENVOLVIMENTO TERRITORIAL O QUE É: Uma Associação Civil; De Direito Privado; De Interesse Público; Sem Fins Lucrativos; Com atuação no Eixo Multifuncional e Multimodal de Desenvolvimento Estratégico da Região; FINALIDADE: Planejamento e Gestão Territorial do Desenvolvimento Integrado, Sustentável, Competitivo, Eqüitativo e Socialmente Justo do EIXO; Negociação e Implantação de Agenda Prioritária de Projetos Estratégicos. LIDERANÇA: Liderado por Coordenadores eleitos diretamente pelos membros do Pacto com direito a voto.

25 ÂNCORA INSTITUCIONAL: PACTO FEDERATIVO DE DESENVOLVIMENTO TERRITORIAL
AÇÕES PRIORITÁRIAS PARA SUPERAÇÃO DOS OBSTÁCULOS ÂNCORA INSTITUCIONAL: PACTO FEDERATIVO DE DESENVOLVIMENTO TERRITORIAL MISSÃO Elaborar o Plano Diretor de Urbanístico do Eixo Definindo o Cenário Desejável para território do Eixo; Adequando o planejamento do territórios municipais. Consolidar uma Agenda Estratégica de Projetos Prioritários Com vistas ao aproveitamento das oportunidades multiescalares e a solução aos entraves regionais ao desenvolvimento do Eixo. Planejar e Implantar um Mecanismo da Gestão Integrada para o Desenvolvimento do Eixo Compartilhando da gestão para os assuntos de interesse comum, com destaque para o uso do solo e infra estrutura de transportes.

26 AÇÕES ESTRATÉGICAS PARA O DESENVOLVIMENTO DO EIXO
Agregação de Valor à Produção de Alimentos Integração e Sustentabilidade Melhoria Transporte e Logística Gestão Eficiente do Eixo de Desenvolvimento Outros (sem capacidade local/ regional de intervenção direta) Industrializar; Organizar o Território; Implantar Rede Multiescalar e Integrada de Acessibilidade e Logística; Implantar Processo de Gestão Unindo os Esforços da Inteligência Regional Através do Pacto; Tributação, Política Cambial, Tecnologia, Etc. DESAFIOS MULTISETORIZADOS DEMANDAM SOLUÇÕES GLOBAIS

27 PROCESSO DE IMPLANTAÇÃO
Conceber e submeter a aprovação pelo Governo do Estado a proposta de Estratégia para o Desenvolvimento da Rede de Acessibilidade e Logística Estadual; Definir Diretrizes de Desenvolvimento do Eixo Cascavel - Guaíra; Organizar o sistema de gestão integrada e compartilhada para o desenvolvimento do EIXO; Elaborar uma Agenda Estratégica de Projetos Prioritários; Articular com os organismos responsáveis a definição e/ou priorização de obras dos diferentes modais; Elaborar o Plano Urbanístico do Eixo. Mapeamento georeferenciado executado. Executado Implantado o Pacto de Desenvolvimento Multifuncional e Multimodal Executado a Nível Preliminar Em Andamento Programada 2009/ 2010

28 PROCESSO DE IMPLANTAÇÃO
Orientação à Compatibilização do PDM de Guaíra e outras ações locais, com as necessidades inerentes a implantação de uma Plataforma Logística no Municipio; Desenho Urbanístico Esquemático da Plataforma Logística de Guaíra; Articulações, em conjunto com a Coordenação Geral do Pacto, com diversos órganismos estatais (AHRANA, DNIT, TRANSPETRO, secretarias de Estado e entidades privadas tendo em vista a viabilização e implantação de obras prioritárias; Articulações com Entidades Supra Regionais Interessadas em Integrar-se ao Pacto; Preparo dos estudos técnicos para a elaboração do Plano Urbanístico do Eixo; Executado Em Andamento

29 PROCESSO DE IMPLANTAÇÃO
Eleição dos Novos Coordenadores; Criação de Grupos de Trabalho Técnico de Apoio ao Plano Urbanístico do Eixo; Inclusão de Outros Integrantes e Parceiros ao PACTO; Estudos Urbanísticos do EIXO; Compatibilização dos PDM com as Diretrizes de Desenvolvimento Territorial do Eixo; Articulação para Implantação das Obras de Infra-estrutura de Transportes e outras Ações Governamentais conforme Agenda Estratégica de Projetos Prioritários; PDITS - Plano de Desenvolvimento Integrado do Turismo Sustentável - Municípios Lindeiros e de Baixo IDH - SETU

30 PROCESSO DE IMPLANTAÇÃO MEMBROS DO PACTO
REALIZADO EM ANDAMENTO PRIMEIRA ETAPA SEGUNDA ETAPA TERCEIRA ETAPA QUARTA ETAPA MUNICÍPIOS DOS EIXO GOVERNO DO ESTADO GOVERNO FEDERAL OUTROS ESTADOS E PAISES SOCIEDADE CIVIL E OUTROS

31 COMPATIBILIZAÇÃO DOS PDMs
CASOS ESPECÍFICOS COMPATIBILIZAÇÃO DOS PDMs Conservação Ambiental Zona Portuária / Retroportuária Área Urbana Zona Industrial Área de Expansão Urbana 31

32 ESQUEMA URNANÍSTICO DE PLATAFORMA LOGÍSTICA
CASOS ESPECÍFICOS ESQUEMA URNANÍSTICO DE PLATAFORMA LOGÍSTICA 32

33 SECRETARIA DE DESENVOLVIMENTO URBANO
ESTRATÉGICO SUSTENTÁVEL INTEGRAÇÃO MACRORREGIONAL E DESENVOLVIMENTO TERRITORIAL


Carregar ppt "SECRETARIA DE DESENVOLVIMENTO URBANO"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google