A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Prefeitura Municipal de Colombo

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Prefeitura Municipal de Colombo"— Transcrição da apresentação:

1 Prefeitura Municipal de Colombo
Audiência Pública 30 de Junho de 2010 Plano de Saneamento Básico Abastecimento de Água Potável e Esgotamento Sanitário - PMAE Plano de Saneamento Básico - Abastecimento de Água Potável e Esgotamento Sanitário – Colombo

2 Desenvolvimento dos Trabalhos
ATENDIMENTO LEI /2007 AUDIÊNCIA 1 (30/06/2010): Diagnóstico do SAA – SES – SGS. Prognóstico das Necessidades dos Sistemas. Dimensionamento e Cronograma Físico. AUDIÊNCIA 2: Custos de Investimentos e de Operação. Cronograma Financeiro. Estudo de Viabilidade Técnica e Econômica. Plano de Saneamento Básico - Abastecimento de Água Potável e Esgotamento Sanitário – Colombo

3 Pontos Relevantes Trata-se de um PLANO e não um PROJETO – nível de detalhamento é o suficiente para visualizar atendimento dos sistemas ao longo do tempo. Trata-se de um Plano de Metas, com objetivos específicos a serem alcançados ao longo do tempo. Horizonte - 30 anos. A Lei determina revisões periódicas num intervalo máximo de 4 anos. Área de atendimento definida pela PMC – área urbanizada. Inexistência de Plano – impossibilidade de financiamento com recursos públicos. Plano inviável economicamente – Não é PLANO. Plano de Saneamento Básico - Abastecimento de Água Potável e Esgotamento Sanitário – Colombo

4 Metodologia de Trabalho
Conhecer Analisar / Diagnosticar – Não Auditoria Estudar Propor Aprovar Plano de Saneamento Básico - Abastecimento de Água Potável e Esgotamento Sanitário – Colombo

5 Fluxograma Geral Plano de Saneamento Básico - Abastecimento de Água Potável e Esgotamento Sanitário – Colombo

6 Fluxograma Geral Plano de Saneamento Básico - Abastecimento de Água Potável e Esgotamento Sanitário – Colombo

7 Conhecer + Analisar = Diagnosticar
SISTEMA DE ABASTECIMENTO DE ÁGUA – Unidades componentes, cadastro técnico, macromedição, micromedição, controle operacional, perdas e projetos existentes. SISTEMA DE ESGOTAMENTO SANITÁRIO – Unidades componentes, cadastro técnico, macromedição, controle operacional e projetos existentes. SISTEMA DE GESTÃO – Sistema Comercial e Sistema Nacional de Informações de Saneamento – SNIS- 2006/2008 e SANEPAR 2009. Plano de Saneamento Básico - Abastecimento de Água Potável e Esgotamento Sanitário – Colombo

8 Diagnóstico Sistema Abastecimento de Água - SAA
A SANEPAR é a operadora responsável pelos serviços do sistema de abastecimento de água e de esgotamento sanitário de Colombo. Outorga e Licença de Operação– Segundo informação da operadora, existem outorgas para a exploração dos mananciais e licenças de operação para as unidades operacionais. Cobertura: 100% (SNIS-2008) e também relatório fornecido pela SANEPAR referente ao ano de 2009. Plano de Saneamento Básico - Abastecimento de Água Potável e Esgotamento Sanitário – Colombo

9 Diagnóstico Sistema Abastecimento de Água - SAA
Plano de Saneamento Básico - Abastecimento de Água Potável e Esgotamento Sanitário – Colombo

10 Diagnóstico do SAA Sistemas Produtores Sistema Produtor Palmital.
Sistema Produtor Capivari. Sistema Produtor Colombo Sede. Sistemas Isolados. Sistema Integrado da Região Metropolitana de Curitiba. Plano de Saneamento Básico - Abastecimento de Água Potável e Esgotamento Sanitário – Colombo

11 Diagnóstico do SAA Mananciais em Colombo
Superfície – Rio Palmital vazão de outorga 60 L/s. Subterrâneo – Aquífero Karst – 12 poços. ETA Colombo Sede - 6 poços - vazão de 100 L/s. ETA Capivari – 3 poços - vazão de 100 L/s. Sistema isolados – 3 poços (Roça Grande, Bacaetava e Itajacuru) - vazões em torno de 4 L/s. Plano de Saneamento Básico - Abastecimento de Água Potável e Esgotamento Sanitário – Colombo

12 Diagnóstico do SAA Produção dos Mananciais
Os mananciais de superfície e subterrâneo explorados atendem somente 40% da demanda, 60% é importado do sistema integrado da RMC. Produção Irai – recalque Jacob Maganhan – reservatório Vila Guarani. A SANEPAR, acredita que num futuro próximo com a conclusão dos estudos conjuntos de vários órgãos governamentais, possa extrair do aquífero Karst uma vazão de 300 L/s para a ETA Colombo. A importação de água tratada do sistema integrado da Região Metropolitana de Curitiba passaria dos atuais 60% para 48%. Os mananciais existentes no município de Colombo não são e não serão suficientes para suprir a população, nem mesmo no presente momento, e principalmente no futuro com o crescimento populacional. Plano de Saneamento Básico - Abastecimento de Água Potável e Esgotamento Sanitário – Colombo

13 Diagnóstico do SAA Sistema Produtor Palmital
Rio Palmital, pequena barragem de elevação de nível onde é feita a captação de uma vazão de outorga de 60 L/s. Estação elevatória de água bruta, submersível, instalada dentro de um tubulão em forma de aduelas, composta de 3 CMB. Adutora de água bruta, Ø 300 mm, f°f°, extensão de ± 250 metros, macromedidor eletromagnético na chegada da ETA, secundário na sala do laboratório. Apresenta bom estado de conservação e opera em média 21 horas/dia. Plano de Saneamento Básico - Abastecimento de Água Potável e Esgotamento Sanitário – Colombo

14 Diagnóstico do SAA ETA – Floco-decantador compacta metálica – vazão 60 L/s, sem tratamento do lodo. 5 floco-decantadores do tipo fluxo ascendente, carreira de lavagem em média a cada 30 dias. 10 filtros de fluxo descendente, lavação em média a cada 24 hs e por gravidade abastece o reservatório de contato de m³ situado ao lado da ETA. ETA em bom estado de conservação. Plano de Saneamento Básico - Abastecimento de Água Potável e Esgotamento Sanitário – Colombo

15 Diagnóstico do SAA Laboratório da ETA Palmital efetua somente análises físico-químicas. Exames mais elaborados são executados em outro laboratório da operadora. Atendimento à Legislação Portaria 518/MS e CONAMA 357. Instalação física adequada. Plano de Saneamento Básico - Abastecimento de Água Potável e Esgotamento Sanitário – Colombo

16 Diagnóstico do SAA Adução Água Tratada do Sistema Produtor Palmital
Elevatória - bombas submersíveis (3 CMB´s) Equipamentos – bom estado. Sistema de acionamento dos CMB´s e sistema de supervisão – adequado. Edificações que abrigam os CMB´s - bom estado. Macromedidor eletromagnético com secundário na sala do laboratório. Adutora de recalque Ø 300 mm, f°f°, abastecimento em marcha da rede de distribuição. Existe programa de manutenção preventiva. Plano de Saneamento Básico - Abastecimento de Água Potável e Esgotamento Sanitário - Colombo

17 Diagnóstico do SAA Sistema Produtor Capivari – 3 Poços – Aquífero Karst A operação dos poços é automatizada em função do nível do reservatório de contato. Plano de Saneamento Básico - Abastecimento de Água Potável e Esgotamento Sanitário – Colombo

18 Diagnóstico do SAA Sistema Produtor Capivari ETA Capivari –100 L/s.
Unidade de produção com apenas desinfecção e fluoretação. Reservatório de contato de 100 m³, aplicação dos produtos químicos. Aplicação dos produtos químicos por bombas dosadoras. Operação é automatizada em função do nível do reservatório de contato. Plano de Saneamento Básico - Abastecimento de Água Potável e Esgotamento Sanitário – Colombo

19 Diagnóstico do SAA Sistema Produtor Capivari Recalque de Água Tratada
2 estações - 1 com 3 CMB´s - 1 de reserva e a outra com 2 CMB´s -1 de reserva todas eixo horizontal afogado. Operação em função de níveis de reservatórios de montante e jusante. Existe programa de manutenção preventiva. Unidade em bom estado de conservação. Plano de Saneamento Básico - Abastecimento de Água Potável e Esgotamento Sanitário – Colombo

20 Diagnóstico do SAA Sistema Produtor Capivari Adução de Água Tratada
Duas adutoras Ø 200 mm - ambas com macromedidores eletromagnéticos. Abastecimento em marcha. Interligação hidráulica com a rede de distribuição do sistema Palmital. Uma dessa adutoras em determinado ponto de seu caminhamento passa a ter o Ø 300 mm e na Rua Mário Strapasson, existe um sistema de proteção de transiente hidráulico. Plano de Saneamento Básico - Abastecimento de Água Potável e Esgotamento Sanitário – Colombo

21 Diagnóstico do SAA Sistema Produtor Colombo Sede – 6 Poços – Aquífero Karst Fotos Poço 13 Operação automatizada em função do nível do reservatório de contato. Plano de Saneamento Básico - Abastecimento de Água Potável e Esgotamento Sanitário – Colombo

22 Reservatório de Contato
Diagnóstico do SAA ETA Colombo Sede Vazão Projeto - construído – 600 L/s. Vazão Operacional – 100 L/s (limitação de outorga). Unidade de produção apenas desinfecção e fluoretação. Reservatório de Contato de m³, aplicação dos produtos químicos. Aplicação dos produtos químicos por bombas dosadoras. Operação automatizada em função do nível do reservatório de contato. Reservatório de Contato Casa de Química Plano de Saneamento Básico - Abastecimento de Água Potável e Esgotamento Sanitário – Colombo

23 Diagnóstico do SAA Laboratório da ETA Colombo Sede
Análises físico-químicas e bacteriológicas. Atendimento à Legislação. Portaria 518/MS e CONAMA 357. Instalação física adequada. Parte do bacteriológico Parte do físico química Cloro gás e bombas dosadoras Plano de Saneamento Básico - Abastecimento de Água Potável e Esgotamento Sanitário – Colombo

24 Diagnóstico do SAA ETA Colombo Sede Recalque de Água Tratada
Estação Elevatória com 5 CMB´s - 1 de reserva, eixo vertical. Alimentada em média tensão, 13,8 kV, transformador de 500 kVA/440 V. Sistema de partida, soft-start. Operação em função de níveis de reservatórios de montante e jusante. Já existe programa de manutenção preventiva. Unidade operacional em bom estado de conservação. Estação elevatória Painéis de acionamento dos CMB Plano de Saneamento Básico - Abastecimento de Água Potável e Esgotamento Sanitário – Colombo

25 Reservatório Colombo Sede Sistema de Transiente Hidráulico
Diagnóstico do SAA ETA Colombo Sede Adução de Água Tratada Adutora Ø 700 mm ferro fundido. Macromedidor eletromagnético. Extensão m. Abastece reservatório Colombo Sede. Sistema de proteção de transiente hidráulico. Reservatório Colombo Sede Sistema de Transiente Hidráulico Plano de Saneamento Básico - Abastecimento de Água Potável e Esgotamento Sanitário – Colombo

26 Macromedidor Eletromagnético Reservatório Vila Guarani
Diagnóstico do SAA Sistema Integrado – Região Metropolitana de Curitiba Sistema Integrado da RMC. 60% da demanda é importada. Vazão importada em média de 340 L/s. Produção no sistema IRAI. Recalque Jacob Magagnhan. Reservatório Vila Guarani. Adutora de 700 mm. Macromedidor eletromagnético. Transferência para Santa Cândida – Curitiba. Jardim Paulista – Quatro Barras. Sistema operado pelo CCO. Macromedidor Eletromagnético Reservatório Vila Guarani Plano de Saneamento Básico - Abastecimento de Água Potável e Esgotamento Sanitário – Colombo

27 Diagnóstico do SAA Sistemas Isolados – 3 Poços – Aquífero Karst Poço
Roça Grande Produtos químicos, hipoclorito de sódio e fluossilicato de sódio. Abastece em marcha a rede de distribuição. Operação automatizada em função dos níveis dos reservatórios de sobra. Unidades operacionais em bom estado de conservação. Plano de Saneamento Básico - Abastecimento de Água Potável e Esgotamento Sanitário – Colombo

28 Diagnóstico do SAA Elevatórias e Booster
Booster Guaraituba Topografia e pontos distantes - Várias elevatórias e boosters. Unidades em bom estado de conservação. Existe manutenção preventiva. Operação automatizada ou pelo CCO. Elevatória São Dimas Plano de Saneamento Básico - Abastecimento de Água Potável e Esgotamento Sanitário – Colombo

29 Diagnóstico do SAA RESERVAÇÃO Reservação necessária atual: 19.100 m³.
Vila Guarani Reservação necessária atual: m³. Déficit de curto prazo de m³. Licitadas obras para ampliação de mais m³. Colombo Sede Plano de Saneamento Básico - Abastecimento de Água Potável e Esgotamento Sanitário – Colombo

30 Diagnóstico do SAA REDE DE DISTRIBUIÇÃO E LIGAÇÕES
Dados extraídos do relatório da operadora: Extensão informada de 880 km. Tubulações - diâmetros de 32 a 700 mm em materiais de PVC, fºfº, Defºfº, PRFV e CA. Sistema conta com ligações e economias, todas categorias. Plano de Saneamento Básico - Abastecimento de Água Potável e Esgotamento Sanitário – Colombo

31 Diagnóstico do SAA CONTROLE DA OPERAÇÃO
Existe um centro de controle da operação CCO localizado no Alto da XV em Curitiba. Supervisiona grandezas hidráulicas e elétricas. Telecomanda liga/desliga de CMB, abertura e fechamento de válvulas de controle. Existem unidades que ainda não estão incluídas nesse sistema, como São Dimas, Monte Castelo, Nossa Senhora das Graças e os boosters. Bom nível de controle e supervisão. Plano de Saneamento Básico - Abastecimento de Água Potável e Esgotamento Sanitário – Colombo

32 Diagnóstico do SAA Dados fornecidos pela operadora:
CADASTRO TÉCNICO Dados fornecidos pela operadora: Cadastro técnico confiável em quase 100%. Cadastro de unidades lineares e não lineares. Informatizados. Falta cadastro técnico na periferia. Plano de Saneamento Básico - Abastecimento de Água Potável e Esgotamento Sanitário – Colombo

33 Diagnóstico do SAA MACROMEDIÇÃO
O sistema apresenta uma ótima macromedição tanto na adução, entrada dos reservatórios, como na distribuição, saída dos reservatórios. Existe inclusive macromedição de vazões mínimas por meio de by-pass. Macro Guarani ZB Macro Guarani ZA Plano de Saneamento Básico - Abastecimento de Água Potável e Esgotamento Sanitário – Colombo

34 Diagnóstico do SAA MICROMEDIÇÃO
A micromedição em termos quantitativos apresenta um índice de hidrometração 100%. A hidrometração é considerada confiável, segundo a operadora, em função da substituição programada por vida útil. A instalação dos hidrômetros não é padronizada com caixa de abrigo. Alguns com difícil acesso para os leituristas. Hidrômetro? Plano de Saneamento Básico - Abastecimento de Água Potável e Esgotamento Sanitário – Colombo

35 Diagnóstico do SAA PERDAS
IP na distribuição 2006 a SNIS e SANEPAR 2006 – 60% – 61% – 57% – 56% Existe rotina de pesquisa de vazamentos não visíveis e de reparo de vazamentos – visíveis e não visíveis. Estes valores são incompatíveis com a situação da: - Boa macromedição e micromedição existente. - Existência de rotina de reparo de vazamentos - visíveis e não visíveis. Possível ocorrência de abastecimento de áreas com volume incluído na macromedição e não na micromedição. Plano de Saneamento Básico - Abastecimento de Água Potável e Esgotamento Sanitário - Colombo

36 DIAGNÓSTICO DO SES Cobertura 67% da população urbana. Sistema adotado
SISTEMA INDIVIDUAL ADOTADO PELA PMC Cobertura 67% da população urbana. Sistema adotado - Caixa de Gordura. - Fossa Séptica e Sumidouro. - Fossa Séptica e Filtro Anaeróbio. Cabe a Vigilância Sanitária Municipal fiscalizar a correta instalação. A Prefeitura tem adotado soluções individuais de tratamento como forma de minimizar a poluição dos corpos de água locais nas áreas não atendidas pelo SES. Plano de Saneamento Básico - Abastecimento de Água Potável e Esgotamento Sanitário – Colombo

37 Plano de Saneamento Básico - Abastecimento de Água Potável e Esgotamento Sanitário – Colombo

38 DIAGNÓSTICO DO SES Operadora: SANEPAR.
SISTEMA PÚBLICO COLETIVO Cobertura de 33% da população urbana. Operadora: SANEPAR. Todas as unidades possuem licenciamento ambiental, tanto de operação como outorga de lançamento do efluente tratado. Projeto coletivo existente. A SANEPAR possui projeto executivo de coleta e tratamento de esgoto para parte da área urbana ainda não atendida. Plano de Saneamento Básico - Abastecimento de Água Potável e Esgotamento Sanitário – Colombo

39 DIAGNÓSTICO SES Sistema Colombo Sede
Rede Coletora e Interceptor: metros. Número de ligações: unidades. Número de economias: unidades. Elevatórias: 2 unidades. População atendida: pessoas. ETE - Vazão nominal: 24 l/s ( hab). ETE - Tratamento do tipo RALF seguido de filtro anaeróbio. ETE está em bom estado de conservação. Lodo gerado no processo sofre tratamento para ser utilizado na agricultura com o devido licenciamento ambiental. Elevatórias em bom estado de conservação. Plano de Saneamento Básico - Abastecimento de Água Potável e Esgotamento Sanitário – Colombo

40 DIAGNÓSTICO SES Sistema Colombo Sede ETE Colombo Sede
Plano de Saneamento Básico - Abastecimento de Água Potável e Esgotamento Sanitário – Colombo

41 Elevatórias Agrião e Mina
DIAGNÓSTICO SES Sistema Colombo Sede Elevatórias Agrião e Mina Plano de Saneamento Básico - Abastecimento de Água Potável e Esgotamento Sanitário – Colombo

42 DIAGNÓSTICO SES Sistema Guaraituba
Rede Coletora e Interceptor: metros. Número de ligações: unidades. Número de economias: unidades. Elevatórias: 1 unidade. População atendida: pessoas. ETE - Vazão nom. 45 l/s (Não atende a demanda atual - 75 L/s). ETE - Tratamento do tipo RALF. ETE não está em bom estado de conservação. Justificativa - a SANEPAR irá desativar a unidade no segundo semestre de 2010. Lodo gerado no processo sofre tratamento para ser utilizado na agricultura com o devido licenciamento ambiental. Elevatória em bom estado de conservação. Plano de Saneamento Básico - Abastecimento de Água Potável e Esgotamento Sanitário – Colombo

43 DIAGNÓSTICO SES Sistema Guaraituba ETE Guaraituba
Plano de Saneamento Básico - Abastecimento de Água Potável e Esgotamento Sanitário – Colombo

44 Elevatória Guaraituba
DIAGNÓSTICO SES Sistema Guaraituba Elevatória Guaraituba Plano de Saneamento Básico - Abastecimento de Água Potável e Esgotamento Sanitário – Colombo

45 DIAGNÓSTICO SES Rede Coletora e Interceptor: 358.568 metros.
RESUMO DO SISTEMA COLETIVO EXISTENTE TOTAL Rede Coletora e Interceptor: metros. Número de ligações: unidades. Número de economias: unidades. Elevatórias: 3 unidades. População atendida: pessoas. Capacidade Total de Tratamento: 69 L/s. Plano de Saneamento Básico - Abastecimento de Água Potável e Esgotamento Sanitário – Colombo

46 Diagnóstico Sistema Comercial
O sistema comercial em uso é da SANEPAR, que mantém e opera o cadastro comercial, efetua a leitura, gera e entrega simultaneamente as faturas, gerencia o faturamento e arrecadação, executa o atendimento ao público – pessoal e telefônico, bem como gera as Ordens de Serviço para atendimento de reclamações e solicitações de serviço. A estrutura tarifária e valores de tarifa e de serviços são os praticados pela SANEPAR, sem reajuste desde 2005. A operação do sistema comercial é adequada. Não foi possível obter informações quanto à atualização cadastral. Plano de Saneamento Básico - Abastecimento de Água Potável e Esgotamento Sanitário - Colombo

47 Informações Gerais Plano de Saneamento Básico - Abastecimento de Água Potável e Esgotamento Sanitário – Colombo

48 Informações Gerais Plano de Saneamento Básico - Abastecimento de Água Potável e Esgotamento Sanitário – Colombo

49 Informações Gerais Plano de Saneamento Básico - Abastecimento de Água Potável e Esgotamento Sanitário – Colombo

50 Informações Gerais FATURAMENTO E ARRECADAÇÃO
Plano de Saneamento Básico - Abastecimento de Água Potável e Esgotamento Sanitário – Colombo

51 Diretrizes Que ocorra a universalização dos serviços.
Que a qualidade da água esteja, a qualquer tempo, dentro dos padrões de potabilidade, no mínimo, atendendo aos dispositivos legais vigentes, a qualquer tempo. Que o esgoto coletado seja devidamente tratado e sua disposição final atenda aos dispositivos legais vigentes,a qualquer tempo. Que ocorra regularidade e continuidade na prestação de serviço, no que se refere à quantidade e pressão. Que a prestação de serviços atenda à expectativa dos usuários. Plano de Saneamento Básico - Abastecimento de Água Potável e Esgotamento Sanitário - Colombo

52 Diretrizes Que o custo do m³ cobrado de água produzido e distribuído e do esgoto coletado e tratado seja justo e que possa ser absorvido pela população, mesmo aquela de baixa renda, sem causar desequilíbrio financeiro domiciliar e sem, inviabilizar os planos de investimentos necessários. Que a grade tarifária a ser aplicada privilegie os usuários que pratiquem a economicidade no consumo de água. Que a relação preço/qualidade dos serviços prestados esteja otimizada e que a busca pela diminuição de perdas físicas, de energia e outras seja permanente. Que a operação do sistema seja adequada, no que se refere à medição correta de consumos e respectivos pagamentos. Que a empresa atue com isonomia na prestação de serviços a seus clientes. Plano de Saneamento Básico - Abastecimento de Água Potável e Esgotamento Sanitário – Colombo

53 Diretrizes Que sejam previstas nos projetos de implantação das obras, condições de minimizar as interferências com a segurança e tráfego de pessoas e veículos. Que os serviços de manutenção preventiva/preditiva tenham prevalência em relação aos corretivos. Que esteja disponibilizado um bom sistema de geração de informações e que os dados que venham a alimentar as variáveis dos indicadores sejam verídicos e obtidos da boa técnica. Que os indicadores selecionados permitam ações oportunas de correção e otimização da operação dos serviços. Que seja buscado permanentemente prover soluções otimizadas ao cliente. Plano de Saneamento Básico - Abastecimento de Água Potável e Esgotamento Sanitário – Colombo

54 Diretrizes Que seja aplicada a tecnologia mais avançada, adequada às suas operações. Que seja viabilizado o desenvolvimento técnico e pessoal dos profissionais envolvidos nos trabalhos. Que ocorra a busca da melhoria contínua do desempenho do corpo profissional envolvido. Plano de Saneamento Básico - Abastecimento de Água Potável e Esgotamento Sanitário – Colombo

55 Obrigações Deverá constituir ou delegar a competente regulação dos serviços, conforme previsto em lei. A Administração Municipal ou a quem a mesma delegar a operação dos sistemas deverá utilizar um sistema de indicadores. A entidade reguladora dos serviços deverá acompanhar a evolução das metas, utilizando o sistema de indicadores desenvolvido, atuando sempre que ocorrerem distorções, garantindo o fiel cumprimento das metas fixadas. Implantação de sistema de qualidade envolvendo todas as etapas dos processos - ISO 9001/2000, e posteriormente pela ISO Plano de Saneamento Básico - Abastecimento de Água Potável e Esgotamento Sanitário - Colombo

56 Metas Considerou-se para fim de padronização de datas como Ano 1 ainda o ano de 2010 e o Ano 2039 como final de Plano (30 anos). As necessidades futuras dos sistemas de abastecimento de água, de esgotamento sanitário e de gestão, foram subdivididas em três grupos: curto prazo, médio prazo e longo prazo. As ações deverão ser executadas: - Curto prazo nos 4 (quatro) primeiros anos. - Médio prazo do 5º (quinto) ao 8º (oitavo) ano inclusive. - Longo prazo a partir do 9º ano. Plano de Saneamento Básico - Abastecimento de Água Potável e Esgotamento Sanitário - Colombo

57 Metas Plano de Saneamento Básico - Abastecimento de Água Potável e Esgotamento Sanitário – Colombo

58 Metas – Água Universalização dos Serviços – CBA Exemplo indicador:
CBA= (NIL x 100) / NTE, onde: CBA – cobertura de água. NIL – número de imóveis ligados à rede distribuidora. NTE – número total de imóveis edificados na área de prestação serviço. Plano de Saneamento Básico - Abastecimento de Água Potável e Esgotamento Sanitário – Colombo

59 Estudos Especializados
QUANTOS SERÃO ?? PROJEÇÃO DEMOGRÁFICA QUANTO CONSOME CADA UM?? CONSUMO PER CAPITA Plano de Saneamento Básico - Abastecimento de Água Potável e Esgotamento Sanitário – Colombo

60 Projeção Demográfica Análise dos dados básicos – IBGE
Plano de Saneamento Básico - Abastecimento de Água Potável e Esgotamento Sanitário – Colombo

61 Projeção Demográfica Plano de Saneamento Básico - Abastecimento de Água Potável e Esgotamento Sanitário - Colombo

62 Projeção Demográfica Método Adotado - Geométrico
Plano de Saneamento Básico - Abastecimento de Água Potável e Esgotamento Sanitário – Colombo

63 Projeção das Demandas de Água
Cálculo do Per Capita Parâmetros Normatizados – k1, k2 e reservação. Plano de Saneamento Básico - Abastecimento de Água Potável e Esgotamento Sanitário – Colombo

64 Projeção das Demandas de Água
Evolução dos componentes do SAA Plano de Saneamento Básico - Abastecimento de Água Potável e Esgotamento Sanitário – Colombo

65 Projeção Vazões e Cargas Orgânicas de Esgotos
Parâmetros utilizados para dimensionamento. Coeficiente de retorno: C = 0,80. Vazão de infiltração estimada: 0,05 L/s x km. Taxa de contribuição de DBO: 54 g/dia x hab. Per capita de esgoto: 90 x 0,8 = 72 L x hab/dia. Extensão de rede: evolução em função da população atendida. Quantidade de ligações: evolução em função da população atendida. Plano de Saneamento Básico - Abastecimento de Água Potável e Esgotamento Sanitário – Colombo

66 População Atendida (hab.)
Projeção de Vazões e Cargas Orgânicas de Esgotos - Evolução dos Componentes do SES Ano População Atendida (hab.) Extensão de Rede (Km) Vazão de Infiltr. (L/s) Vazão média Vazão Max. Diária Vazão Max. Horária Q (L/s) Q + Qinf (L/s) 2010 77.059 359 17,93 64,22 82,15 77,06 94,99 115,59 133,52 2015 740 37,01 134,88 171,89 161,86 198,87 242,79 279,80 2020 1.237 61,84 233,74 295,58 280,49 342,33 420,73 482,57 2025 1.393 69,63 270,03 339,67 324,04 393,67 486,06 555,69 2030 1.573 78,64 311,96 390,60 374,35 452,99 561,53 640,17 2035 1.781 89,04 360,40 449,44 432,48 521,52 648,72 737,76 2039 1.970 98,52 404,51 503,03 485,41 583,93 728,12 826,64 Plano de Saneamento Básico - Abastecimento de Água Potável e Esgotamento Sanitário – Colombo

67 Prognóstico das Necessidades
Sistema de Abastecimento de Água – SAA Sistema de Esgotamento Sanitário – SES Sistema de Gestão de Serviços - SGS Plano de Saneamento Básico - Abastecimento de Água Potável e Esgotamento Sanitário – Colombo

68 Proposições do Plano - SAA
MANANCIAIS Rio Palmital - produção média limite a manter de 60 L/s. Aquífero Karst, manancial subterrâneo com uma produção média atual de 200 L/s, passando para 400 L/s ( Colombo – 300 L/s e Capivari – 100 L/s). A diferença da demanda ano a ano deverá continuar sendo importada da RMC. Se viável essa evolução dos poços mais a produção da ETA Palmital, ter-se-á uma vazão total de 460 L/s, 52% da necessidade, portanto, 48% da demanda de fim de plano tem de ser importada da RMC. Qualquer que seja essa diferença ao longo do tempo deverá ser suprida pela importação da RMC. Plano de Saneamento Básico - Abastecimento de Água Potável e Esgotamento Sanitário – Colombo

69 Proposições do Plano - SAA
RECUPERAÇÃO DE UNIDADES OPERACIONAIS Limpeza , roçada e pintura das unidades. Recuperação de construções civis. Recuperação das margens do rio Palmital. Recuperação de redes, registros e ligações– idade, material, diâmetro ou inoperantes. CAPTAÇÃO RIO PALMITAL E ADUÇÃO DE ÁGUA BRUTA Construção de caixa de desarenação com 2 células para efeito de limpeza. Melhoria do sistema de acionamento dos conjuntos moto bomba por outro de melhor eficiência energética. Limpeza da adutora de água bruta para melhoria do coeficiente “C”. Plano de Saneamento Básico - Abastecimento de Água Potável e Esgotamento Sanitário – Colombo

70 Proposições do Plano - SAA
ETA´s Melhoria da eficiência da ETA Palmital através de sua automação. Elaboração de projeto e implantação das obras de tratamento do lodo. Complementação dos laboratórios físico químico e bacteriológico em cada uma das 3 ETA’s, que atendam as exigências de análises da Portaria 518 do MS e também do controle da operação das mesmas. Plano de Saneamento Básico - Abastecimento de Água Potável e Esgotamento Sanitário – Colombo

71 Proposições do Plano - SAA
ELEVATÓRIA DE ÁGUA TRATADA E POÇOS Execução de estudos de eficiência energética. Melhoria do sistema de acionamento e substituição de conjuntos moto bomba por outros de melhor eficiência energética naquelas elevatórias e poços que ainda não estejam contemplados com estes equipamentos. Limpeza e pintura dos quadros de comando e dos conjuntos moto bomba. ADUÇÃO DE ÁGUA TRATADA Tanto para a adução por recalque como por gravidade, efetuar medições do coeficiente “C” nas adutoras, através da pitometria, para conhecer a real capacidade de trabalho. Limpeza das adutoras, visando uma melhoria de eficiência energética. Plano de Saneamento Básico - Abastecimento de Água Potável e Esgotamento Sanitário – Colombo

72 Proposições do Plano - SAA
RESERVAÇÃO Atual m³. Déficit atual m³. Ampliação de mais m³ Vila Guarani e 700 m³ Embrapa. Reservação futura m³. Necessidade futura m³. Conclusão: sem déficit até o final de plano. REDES E LIGAÇÕES DE ÁGUA Atendimento ao crescimento vegetativo. Plano de Saneamento Básico - Abastecimento de Água Potável e Esgotamento Sanitário – Colombo

73 Proposições do Plano - SAA
CONTROLE DE PERDAS Elaboração de estudos para identificação da causa real das perdas verificadas. Setorização de rede, isolando as redes localizadas na área do município. Macromedição – Setoriais. Micromedição - Substituição dos hidrômetros – rotação a cada 7anos. Cadastro Técnico Georeferenciado – verificação da confiabilidade. Sistema Supervisão e Telecomando – todas variáveis de interesse e em tempo real contemplando as unidades operacionais que ainda não conta com este sistema. Plano de Saneamento Básico - Abastecimento de Água Potável e Esgotamento Sanitário – Colombo

74 Proposições do Plano - SAA
Unidade/Atividade Curto Médio Longo Recuperação de Unidades Operacionais Unidades Físicas Localizadas Limpeza, Roçado e Pintura 100% Recuperação de contruções civis Plantação de mudas nativas para a conservação das margens do rio Palmital Substituição de Redes Inadequadas, diâmetro, idade e material Ø 50 mm - PVC Ø 75 mm - PVC Ø 100 mm - PVC Substituição de ramais prediais de outros materiais por PEAD Recuperação /substituição de registros de manobra e hidrantes inoperantes Captação de Adução de Água Bruta Projeto de Construção de uma caixa de desarenação e melhoria do sistema de acionamento dos CMB Implantação das obras do sistema de desarenação e da melhoria tecnológica na partida dos CMB Limpeza da adutora de água bruta ETA's Projeto do sistema de tratamento de lodo para a ETA Palmital Implantação das obras do sistema de tratamento de lodo da ETA Palmital Automação e complementação do laboratório físico químico e bacteriológico das 3 ETA's, para que atenda as exigências da Portaria 518 do MS. Implantação de software de monitoramento Plano de Saneamento Básico - Abastecimento de Água Potável e Esgotamento Sanitário – Colombo

75 Proposições do Plano - SAA
Unidade/Atividade Curto Médio Longo Elevatórias de Água Tratada e Poços Estudo e projeto de melhoria de eficiência energética em todas as estações de recalque, tanto as de superfície como as de poços 100% Implantação das melhorias através da substituição dos sistemas de acionamento dos CMB's por outros de melhor eficiência Implantação das melhorias através da substituição de conjuntos moto bomba por outros de melhor eficiência energética Adução de Água Tratada Estudo de melhoria da eficiência energética em todas as adutoras de água tratada seja por recalque, seja por gravidade Limpeza das adutoras Rede Assentamento de Rede Ø 200mm, Def°f° 10% 80% Assentamento de Rede Ø 150mm, Def°f° Assentamento de Rede Ø 100mm, Def°f° Assentamento de Rede Ø 75mm, Def°f° Assentamento de Rede Ø 50mm, Def°f° Ligações novas Plano de Saneamento Básico - Abastecimento de Água Potável e Esgotamento Sanitário – Colombo

76 Proposições do Plano - SAA
Unidade/Atividade Curto Médio Longo Programa de Perdas Setorização Elaboração de projeto de implantação de setorização e dos DMC's 100% Implantação da setorização das áreas de influência dos reservatórios Implantação dos DMC's na rede de distribuição Macromedição Implantação de macromedidor Woltmann Ø 200mm saída pulsada na saída do poço P4 da ETA Capivari Implantação macromedidor Woltmann Ø 200mm saída pulsada na entrada dos DMC's 65% 35% Implantação macromedidor Woltmann Ø 150mm saída pulsada na entrada dos DMC's Implantação macromedidor Woltmann Ø 100mm saída pulsada na entrada dos DMC's 40% 60% Implantação macromedidor Woltmann Ø 80mm saída pulsada na entrada dos DMC's 30% 70% Implantação macromedidor Woltmann Ø 50mm saída pulsada na entrada dos DMC's 25% 75% Micromedição Substituição dos hidrometros instalados até 2010 Substituição dos hidrômetros com mais de 7 anos 2% 6% 92% Padronização dos cavaletes - 20% das ligações Controle de Operação Estudo e projeto de um sistema de telemetria englobando todas as unidades operacionais Implantação das obras do sistema de tratamento Cadastro Técnico Revisão e atualização cadastral de unidades lineares Revisão e atualização cadastral de unidades não lineares Plano de Saneamento Básico - Abastecimento de Água Potável e Esgotamento Sanitário – Colombo

77 Proposições do Plano - SAA
Plano de Saneamento Básico - Abastecimento de Água Potável e Esgotamento Sanitário – Colombo

78 Proposições do Plano - SES
Ligações Prediais Está prevista a execução de mais ligações de esgoto até o final do plano, fixando uma cobertura de 90% da população urbana a partir do ano de Rede Coletora Execução de cerca de mais km de rede coletora, distribuídos nos diâmetros de 150 a 400 mm. Sistema Elevatório Foram previstas, além das três elevatórias existentes, um total de mais 15 elevatórias. Plano de Saneamento Básico - Abastecimento de Água Potável e Esgotamento Sanitário – Colombo

79 Proposições do Plano - SES
Tratamento de Esgoto Ampliação da ETE Colombo Sede, dos atuais 24 L/s para 42 L/s no ano de 2.020, utilizando tecnologia que atenda aos parâmetros estabelecidos à ocasião. Desativação da ETE Guaraituba, devendo o esgoto atualmente tratado ser encaminhado para a ETE Atuba Sul em Curitiba, através do Interceptor Atuba Sul em fase de implantação pela SANEPAR. Para atender a área ainda desprovida de rede coletora, o esgoto coletado deverá ser encaminhado para os interceptores denominados Maracanã e Atuba Sul, componentes do Sistema de Tratamento da ETE Atuba Sul localizada em Curitiba. Plano de Saneamento Básico - Abastecimento de Água Potável e Esgotamento Sanitário – Colombo

80 Proposições do Plano - SES
Foto ETE Atuba Sul - Curitiba Plano de Saneamento Básico - Abastecimento de Água Potável e Esgotamento Sanitário – Colombo

81 Proposições do Plano - SES
Sistema Supervisório e Laboratório Existentes do Sistema Atuba Sul Plano de Saneamento Básico - Abastecimento de Água Potável e Esgotamento Sanitário – Colombo

82 Plano de Saneamento Básico - Abastecimento de Água Potável e Esgotamento Sanitário – Colombo

83 Proposição do Plano - SES
Item Descrição das Atividades Etapas de Implantação Curto Médio Longo 1 Elaboração de projeto executivo das ampliação da ETE Colombo Sede.  100% 2 Elaboração do projeto executivo do sistema de coleta e transporte das áreas atualmente não atendidas. 100% 3 Implantação de Rede Coletora. 15% 37% 48% 4 Implantação das Estações de Recalque de Esgoto. 15%  48%  Plano de Saneamento Básico - Abastecimento de Água Potável e Esgotamento Sanitário - Colombo

84 Proposição do Plano - SES
Item Descrição das Atividades Etapas de Implantação Curto Médio Longo 5 Implantação da ampliação da ETE Colombo Sede. 100%  Implantação de um software de monitoramento da ETE. 15% 35%  50% 6 Ligações domiciliares de esgoto com fornecimento de tubos e conexões. 14% 34% 52% 7 Implantação de Sistema Supervisório das elevatórias existentes e a serem instaladas nos Sistemas Colombo Sede e Atuba Sul localizados no município de Colombo.. 37% 48%  Plano de Saneamento Básico - Abastecimento de Água Potável e Esgotamento Sanitário - Colombo


Carregar ppt "Prefeitura Municipal de Colombo"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google