A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

ESTADO E SOCIEDADE ATUANDO PELO DESENVOLVIMENTO DA LEITURA NO BRASIL.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "ESTADO E SOCIEDADE ATUANDO PELO DESENVOLVIMENTO DA LEITURA NO BRASIL."— Transcrição da apresentação:

1

2 ESTADO E SOCIEDADE ATUANDO PELO DESENVOLVIMENTO DA LEITURA NO BRASIL

3 O que é o PNLL

4 O que é o PNLL O Plano Nacional do Livro e Leitura é um conjunto de políticas, programas, projetos, ações continuadas e eventos empreendidos pelo Estado (em âmbito federal, estadual e municipal) e pela Sociedade (setor privado e terceiro setor) para promover o livro, a leitura, a literatura e as bibliotecas no Brasil.

5 O que é o PNLL O Plano Nacional do Livro e Leitura tem por finalidade básica assegurar a democratização do acesso ao livro, o fomento e a valorização da leitura e o fortalecimento da cadeia produtiva do livro como fator relevante para o incremento da produção intelectual e o desenvolvimento da economia nacional. (Portaria Interministerial 1442 – 14/08/ MinC e MEC)

6 2003: decisão Chefes Estado Ibero-americanos (CERLALC/OEI/UNESCO) 2005: Ano Ibero-americano da Leitura (VIVALEITURA-ILÍMITA) Prêmio VIVALEITURA (MinC-MEC – coord. OEI) 2006: Lançamento do PNLL (MinC-MEC)

7 O que é o PNLL 2006/2007 Solidificou conceitos com um texto amplo e acordado entre Estado e Sociedade. Iniciou o MAPA DE AÇÕES: sistematizar e divulgar as ações em prol do livro e da leitura realizadas no país (atividade permanente) IMPLANTAÇÃO E CONVENCIMENTO Com esse mapeamento, foram criadas as condições para o intercâmbio de experiências e colaborações entre projetos similares, potencializando recursos públicos e privados.

8 O que é o PNLL Em 2008 e 2009, os programas do Estado foram ampliados com ações de grande importância estratégica para a implantação de uma Política de Estado para o livro, a leitura e a literatura. Investimentos focados em áreas socialmente fundamentais para o desenvolvimento da leitura e da conquista de novos leitores. O PNLL passou a ser um forte elemento indutor de políticas públicas para o setor, otimizando ações até então dispersas entre os vários níveis do Estado.

9 MAIS RECURSOS PARA O LIVRO E A LEITURA EXEMPLO DE AMPLIAÇÃO DE RECURSOS NO MINISTÉRIO DA CULTURA Base comparativa: em 2003 os investimentos somavam R$ 6 milhões!!

10 O que é o PNLL FOCO DA AÇÃO INDUTORA: FORMULAÇÃO E IMPLANTAÇÃO DE POLÍTICAS PÚBLICAS PARA DISPONIBILIZAR MAIS BIBLIOTECAS DE ACESSO PÚBLICO E FORMAÇÃO DE MEDIADORES DE LEITURA: ÊNFASE NA DEMOCRATIZAÇÃO DO ACESSO À LEITURA – EIXOS 1 E 2 DO PNLL

11

12 EIXO CONCEITUAL: Modernizar é equipar com recursos materiais e humanos que promovam dignidade, bem estar e acolhida aos leitores existentes e potenciais

13

14

15 e as ações de Livro e Leitura Implantação de bibliotecas; Modernização de bibliotecas; Pontos de leitura; Agentes de leitura. Principais resultados

16 BIBLIOTECA COMUNITÁRIA MARIA DAS NEVES PRADO – NOVA SOURE – BAHIA PROJETO CONTEMPLADO COM PONTO DE LEITURA

17 Biblioteca Palafita Livroteca Guardiã, na Comunidade do Bode no Bairro do Pina - Recife (PE) CONTEMPLADO COM PONTO DE LEITURA

18 O que é o PNLL MODELO BÁSICO DE UM PONTO DE LEITURA – EXIBIÇÃO NA BIENAL DO LIVRO SP

19 1.1 Implantação de novas bibliotecas 1.2 Fortalecimento da rede atual de bibliotecas 1.3 Conquista de novos espaços de leitura 1.4 Distribuição de livros gratuitos 1.5 Melhoria do acesso ao livro e a outras formas de expressão da cultura letrada 1.6 Incorporação e uso de tecnologias de informação e comunicação 1.1 Implantação de novas bibliotecas 1.2 Fortalecimento da rede atual de bibliotecas 1.3 Conquista de novos espaços de leitura 1.4 Distribuição de livros gratuitos 1.5 Melhoria do acesso ao livro e a outras formas de expressão da cultura letrada 1.6 Incorporação e uso de tecnologias de informação e comunicação Eixos do PNLL 1 - Democratização do Acesso O que é o PNLL

20

21

22 2.1Formação de mediadores de leitura 2.2Projetos sociais de leitura 2.3Estudos e fomento à pesquisa na área do livro e leitura 2.4Sistemas de informação nas áreas de bibliotecas, da bibliografia e do mercado 2.5Prêmios e reconhecimento às ações de incentivo e fomento às práticas sociais de leitura 2.1Formação de mediadores de leitura 2.2Projetos sociais de leitura 2.3Estudos e fomento à pesquisa na área do livro e leitura 2.4Sistemas de informação nas áreas de bibliotecas, da bibliografia e do mercado 2.5Prêmios e reconhecimento às ações de incentivo e fomento às práticas sociais de leitura Eixos do PNLL 2 - Fomento à Leitura e Formação de Mediadores O que é o PNLL

23

24 3.1Ações para criar consciência sobre o valor social do livro e da leitura 3.2Ações para converter o fomento às práticas sociais da leitura em política de Estado 3.3Publicações impressas e outras mídias dedicadas à valorização do livro e da leitura 3.1Ações para criar consciência sobre o valor social do livro e da leitura 3.2Ações para converter o fomento às práticas sociais da leitura em política de Estado 3.3Publicações impressas e outras mídias dedicadas à valorização do livro e da leitura Eixos do PNLL 3 - Valorização da Leitura e Comunicação O que é o PNLL

25

26 4.1Fomento à cadeia produtiva do livro 4.2Fomento à distribuição, circulação e consumo de livros e materiais de leitura 4.3Fomento à cadeia criativa do livro 4.4Maior presença de livros e materiais de leitura brasileiros no exterior 4.1Fomento à cadeia produtiva do livro 4.2Fomento à distribuição, circulação e consumo de livros e materiais de leitura 4.3Fomento à cadeia criativa do livro 4.4Maior presença de livros e materiais de leitura brasileiros no exterior Eixos do PNLL 4 - Desenvolvimento da Economia do Livro O que é o PNLL

27

28

29 CONSTRUIR O PNLL É UM EXERCÍCIO PERMANENTE DE DIÁLOGO COM OS PARCEIROS DO ESTADO E DA SOCIEDADE DEBATE EM DUQUE DE CAXIAS – RJ

30 O PNLL hoje

31 2009: INÍCIO DA CONSTRUÇÃO DE PLANOS DE LIVRO E LEITURA NOS ESTADOS E MUNICÍPIOS

32 O PNLL NO CONTEXTO IBERO-AMERICANO CERLALC/UNESCO: REDE DE DIRIGENTES DE PLANOS NACIONAIS DE LEITURA OEI: GRUPO DE ESPECIALISTAS EM LIVRO E LEITURA O BRASIL TEM O PLANO MAIS ABRANGENTE (TODOS OS SEGMENTOS PRESENTES) MAIS AGREGADOR (ESTADO E SOCIEDADE O CONSTITUEM) O ÚNICO QUE UNE CULTURA E EDUCAÇÃO COMO PONTO ESSENCIAL PARA SEU DESENVOLVIMENTO

33 2010: O BRASIL CONSOLIDA O PNLL COMO POLÍTICA DE ESTADO PARA O LIVRO, A LEITURA E A LITERATURA Janeiro/fevereiro: Assembléias Estaduais de Livro, Leitura e Literatura em todo o país Março: Pré-Conferência Setorial de Livro, Leitura e Literatura Eleição para renovação do Colegiado Setorial do Livro, Leitura e Literatura Conferência Nacional de Cultura AVALIADO, TESTADO, SUBMETIDO AO CRIVO DOS GOVERNOS, DA SOCIEDADE, DOS GESTORES E MILITANTES DO SETOR, O PNLL CONSOLIDOU EM TODOS ESSES FOROS SEUS 4 EIXOS E SUB-EIXOS COMO O GRANDE CAMINHO DE CONSENSO PARA CONQUISTARMOS O BRASIL LEITOR QUE SONHAMOS!

34 Além de aprovar todas as prioridades setoriais do livro, leitura e literatura, a Conferência Nacional de Cultura elegeu, entre suas 32 prioridades, a seguinte proposição que contempla as metas principais do PNLL: Incluir na agenda política e econômica da União, estados, municípios e no Distrito Federal o fomento à leitura por meio da criação de bibliotecas públicas, urbanas e rurais em todos os Municípios, com fortalecimento e ampliação dos acervos bibliográficos e arquivísticos, infraestrutura, acesso a novas tecnologias de inclusão digital, capacitação de recursos humanos, bem como ações da sociedade civil e da iniciativa privada,com objetivo de democratizar o acesso à cultura oral, letrada e digital.

35 Principais desafios para 2010 O DESAFIO IMEDIATO DO PNLL E DO MinC/MEC/: INSTITUCIONALIZAR O PNLL COMO POLÍTICA PERMANENTE: LEI DO PNLL ENCONTRAR FORMAS DE GESTÃO MAIS PERMANENTES, COM RECURSOS PÚBLICOS E PRIVADOS QUE SUSTENTEM, ADMINISTRATIVA E FINANCEIRAMENTE, OS OBJETIVOS DO PNLL. REALIZAR ESTA TAREFA SEM QUE ELE PERCA ESSE PAPEL DE INDUÇÃO E MEDIAÇÃO ENTRE O ESTADO E A SOCIEDADE, CAMINHO SEGURO PARA UMA POLÍTICA DE ESTADO ABRANGENTE E DURADOURA. PROPOSTA EM ANDAMENTO: CRIAÇÃO DO FUNDO SETORIAL PRÓ-LEITURA CUJA APLICAÇÃO DOS RECURSOS SE DARÁ DENTRO DOS 4 EIXOS DO PLANO – Recriar uma estrutura administrativa para a área à altura das necessidades atuais de desenvolvimento das políticas públicas de livro e leitura, representadas no PNLL, nos investimentos do +Cultura e no pacto federativo que se realizou na área entre o Estado em todos os seus níveis e a Sociedade. – PROPOSTA EM ANDAMENTO: CRIAÇÃO DO INSTITUTO NACIONAL DO LIVRO, LEITURA E LITERATURA

36 Exemplos de ações

37 Exemplos de Ações O PNLL TEM CADASTRADAS MAIS DE 850 AÇÕES EM PRÓL DA LEITURA NO BRASIL, DISTRIBUÍDAS EM SEUS QUATRO EIXOS PROGRAMÁTICOS. ALGUNS EXEMPLOS DE AÇÕES EM EXECUÇÃO:

38 l mil agentes de leitura atuando em comunidades rurais de municípios em 26 estados; bibliotecas instaladas em comunidades de agricultura familiar, quilombolas, ribeirinhas, indígenas, assentamentos da reforma agrária e em colônias de pescadores; - Mais de 1,5 milhão de livros para incentivar a leitura junto a mais de 800 mil famílias. Eixo 1. Democratização do acesso Programa de Bibliotecas Rurais Arca das Letras/MDA

39 O dia-a-dia da Biblioteca, sede do projeto: rodas de leituras, alfabetização Braille, oficinas teatrais, recitais lítero-musicais, transcrições em Braille, bazar literário e muitas linguagens artísticas... Eixo 2. Fomento à leitura e à formação de mediadores Luz & Autor em Braille: ações dinamizadoras Dinorá Couto Cançado Taguatinga - DF

40 Eixo 1. Democratização do acesso Pirapora - MG Léo do Peixe O Clube da Leitura é uma iniciativa particular que, aos domingos, leva livros aos feirantes, seus filhos e toda a comunidade de baixa renda, favorecendo as condições para que toda pessoa que goste de ler tenha acesso à leitura e ao aperfeiçoamento cultural. Fotos: Rogério Sávio (Prêmio Vivaleitura 2006), Leo Drumond (Globo Rural), arquivo pessoal e

41 Eixo 2. Fomento à leitura e à formação de mediadores PROGRAMA NACIONAL DE INCENTIVO À LEITURA – PROLER/FBN Os Comitês têm sede em um município, mas a área de atuação de muitos deles abrange dezenas de cidades vizinhas e mobiliza outros colaboradores. O efeito multiplicador dessas ações tem expandido cada vez mais a rede de leitura do PROLER. A imensidão do país não nos desanima, mas mostra que ainda há muito a fazer. Os Comitês realizam encontros locais, e se unem, uma vez ao ano, no Encontro Nacional do PROLER, realizado na Biblioteca Nacional, no Rio de Janeiro. Norte: AC: 1, AM: 4, AP: 1, PA: 2, RR: 15, TO: 1. Nordeste: AL: 2, BA: 17, CE: 1, MA: 18, PB: 7, PE: 17, PI: 1, RN: 4, SE: 1. Centro-Oeste: DF: 1, GO: 2, MS: 4, MT: 1 Sudeste: ES: 78, RJ: 8, SP: 12, MG: 137. Sul: PR: 1, RS: 14, SC: 87.

42 ALGUMAS LIÇÕES APRENDIDAS: Por mais preparo técnico e intelectual que tenhamos, é preciso saber ouvir, verificar experiências e a criatividade daqueles que fazem a leitura acontecer nos lugares mais improváveis; Nunca omitir a informação de que política pública de livro e leitura é tarefa difícil, complexa e só se consolidará a largo prazo. Saber construir no tempo kayrós, sempre rápido e passageiro, as oportunidades para implantar uma Política de Estado, duradoura. Se couber a decisão ao PNLL, sempre investir prioritariamente na formação das pessoas. Mediadores capacitados fazem a diferença na formação de leitores. Nunca tenha preconceitos políticos partidários ao tratar do PNLL. Porque implantar um PNLL sólido é tarefa paciente de construção política e necessita o consenso e apoio da maioria.

43 ...O QUE IMPORTA NÃO É QUE OS ALVOS SEJAM OU NÃO ATINGÍVEIS CONCRETAMENTE NA SUA SONHADA INTEGRIDADE. O ESSENCIAL É QUE NOS DISPONHAMOS A AGIR COMO SE PUDÉSSEMOS ALCANÇÁ-LOS, PORQUE ISSO PODE IMPEDIR OU AO MENOS ATENUAR O AFLORAMENTO DO QUE HÁ DE PIOR EM NÓS E EM NOSSA SOCIEDADE. (PROF. ANTONIO CANDIDO, 2008)

44 José Castilho Marques Neto Secretário Executivo Atendimento geral:


Carregar ppt "ESTADO E SOCIEDADE ATUANDO PELO DESENVOLVIMENTO DA LEITURA NO BRASIL."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google