A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Família jurídica do direito islâmico (*) (*) muçulmano.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Família jurídica do direito islâmico (*) (*) muçulmano."— Transcrição da apresentação:

1 família jurídica do direito islâmico (*) (*) muçulmano

2 Fonte: Dicionário da Academia das Ciências

3

4

5

6

7

8

9 charia, chariá, xaria ou xariá شريعة sharia, shariah, shari'a ou syariah

10

11

12

13

14 Sidi Bou Said

15

16

17

18

19

20

21 Interjeição o.xa.lá Exprime desejo de realização de um fato; tomara; queira Deus. Oxalá consiga chegar a tempo! Etimologia Do árabe إن شاء الله (in shaa Allaah): se Deus quiser إن شاء الله

22 «Se a montanha não vai a Maomé, vai Maomé à montanha.» Conta-se que, tendo os árabes pedido a Maomé a realização de um milagre como prova do que ensinava, o profeta ordenou que o monte Safa viesse até ele. Como este não se deslocou, Maomé elogiou a misericórdia de Deus, porque assim a montanha não os tinha esmagado a todos, acrescentando: «Irei à montanha para agradecer a Deus por ter poupado uma geração de obstinados.» (cf. The Wordsworth Dictionary of Phrase and Fable, Londres, Wordsworth Editions, 1993).

23

24 quoân

25

26

27 the night journey

28 "Achadu ala ilaha ila Allah. Achadu ana Mohammad Rassululah"

29

30 x5

31

32

33

34 = +

35 hadithe Parte enquadramento histórico Parte técnica jurídica

36 = ++

37 + (quiás)Analogia

38 Dever ser do DireitoDireito positivo (origem divina, carácter revelado) Rege certos aspectos da vida dos crentesRefere a todas as dimensões da sua existência Leis emanam da vontade de DeusLeis fundamentadas na natureza das coisas …Racionalidade humana

39 ?

40

41 Djemaa el Fna Square

42

43

44

45 Família Jurídica do Direito Muçulmano Capítulo I – O Estado Artigo 2 º O Islão é a religião do Estado. O árabe é sua língua oficial, e a principal fonte de legislação é a Lei Islâmica (Sharia).

46 Família Jurídica do Direito Muçulmano Capítulo I – O Estado Artigo 2 º [Religião do Estado, Língua] O Islão é a religião do Estado e árabe é sua língua oficial. O Estado protege a liberdade religiosa de acordo com os costumes estabelecidos.

47 Família Jurídica do Direito Muçulmano Artigo 2 º [Religião do Estado, Sharia, a língua oficial] A religião do Estado é o Islão. A Sharia Islâmica é a principal fonte de legislação. A língua oficial é o árabe.

48 Família Jurídica do Direito Islâmico Âmbito pessoal Base religiosa Imutável e Tendência Uniforme Pluralidade de fontes Conclusões

49 obrigado pela atenção

50

51

52

53 Ali ibn Abi Talib Abu Bakr

54 Família Jurídica do Direito Muçulmano I Princípios gerais Capítulo (…) Artigo 2 º [Princípios Fundamentais] A República Islâmica é um sistema baseado na crença em: Um Deus (tal como indicado na frase "Não há nenhum deus além de Alá"), a Sua soberania exclusiva e direito de legislar, e na necessidade de submissão aos Seus mandamentos; (…) 2) revelação divina e seu papel fundamental em estabelecer as leis; (…) 4) a justiça de Deus na criação e na legislação; (…) 6) a altíssima dignidade e o valor do homem e sua liberdade com responsabilidade diante de Deus, em que igualdade, justiça, independência política, económica, social e cultural, e da solidariedade nacional são garantidos por recorrer a: a) contínuo das pessoas santas, que possuam qualificações necessárias, exercido com base no Alcorão e na Sunnah, mediante os quais a paz; (…) Artigo 4 º [Princípio islâmica] Todas as leis civis, penais financeira, económica, administrativa, cultural, militar, política e outras regulamentações devem ser baseadas em critérios islâmicos. Este princípio aplica-se absolutamente e geral a todos os artigos da Constituição, bem como todas as outras leis e regulamentos, e os sábios do Conselho de Guardiães são os juízes nesta matéria.

55 Família Jurídica do Direito Muçulmano I Princípios gerais Capítulo Artigo 12 [religião oficial] A religião oficial do Irão é o Islão e os Doze escola Jafari, e este princípio permanecerá eternamente imutável. Outras escolas islâmicas são concedidos relativamente completo, e seus seguidores estão livres para agir de acordo com sua própria jurisprudência na realização de seus ritos religiosos. Estas escolas gozam de estatuto oficial em assuntos relativos à educação religiosa, assuntos do estatuto pessoal (casamento, divórcio, herança e testamentos) e litígios relacionados com os tribunais de justiça. Em regiões do país onde os muçulmanos na sequência de qualquer uma destas escolas constituem a maioria, os regulamentos locais, dentro dos limites da competência das autarquias locais, devem estar em conformidade com as respectivas escolas, sem infringir os direitos dos seguidores de outras escolas.

56

57 Família Jurídica do Direito Muçulmano Âmbito pessoal (não estadual) Vigora de Dacar a Jacarta (Médio, Oriente, África, Ásia)

58

59

60

61

62 Leis eclesiásticas podem ser renovadasDireito Revelado não se pode modificar Rege certos aspectos da vida dos crentes Refere a todas as dimensões da sua existência Direito tradicionalistaDireito reformista Transpersonalismo (ser de deveres)Pessoa humana


Carregar ppt "Família jurídica do direito islâmico (*) (*) muçulmano."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google