A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Recursos A Radiação como um Recurso A As Moléculas Inorgânicas como um Recurso Os Organismos como um Recurso Alimentar O Espaço como um Recurso.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Recursos A Radiação como um Recurso A As Moléculas Inorgânicas como um Recurso Os Organismos como um Recurso Alimentar O Espaço como um Recurso."— Transcrição da apresentação:

1 recursos A Radiação como um Recurso A As Moléculas Inorgânicas como um Recurso Os Organismos como um Recurso Alimentar O Espaço como um Recurso

2 Recurso Tudo o que pode ser consumido por um organismo, tornando-se assim indisponível para outro (Tilman, 1982). Um recurso representa uma quantidade A matéria incorporada ou o espaço ocupado Um recurso é finito

3 A Radiação como um Recurso A radiação solar constitui a única forma de energia utilizável pelas plantas verdes. Se a radiação não for captada e fixada pela planta, será perdida para sempre. A energia que é fixada através da fotossíntese passa apenas uma vez pela Terra, o que contrata com um átomo de azoto ou carbono ou uma molécula de água, que podem percorrer vários organismos, no decurso dos seus ciclos. A radiação fotossinteticamente activa situa-se entre 380nm e 710nm. Cerca de 56% da radiação incidente cai fora desta gama, sendo assim inacessível às plantas Alga marinha Padina pavonia (Faial, Açores) Plantas do género Tagetes, família Asteraceae. Foto MW/93

4 A Radiação como um Recurso (cont.) As espécies variam na sua capacidade de utilização da radiação como um recurso A capacidade fotossintética das folhas apresenta uma variação significativa. Esta capacidade é definida como sendo a capacidade fotossintética, quando a temperatura é óptima, a radiação incidente é saturante, a humidade relativa é elevada e e as concentrações de O 2 e de CO 2 são normais. A principal diferença ao nível da capacidade fotossintética reside na via de fotossíntese apresentada pelas diversas espécies vegetais. Tomada de CO 2 (mg CO 2 dm -2 h -1 ) | | | | | | | | | | Intensidade luminosa (100J m- 2 sec -1 ) Musgos Plantas de sombra Plantas de sol Trigo C3 Milho Sorgo C4

5 Células do MesófiloCelulas Baínha dos Vasos Sacarose - amidoSup.Folha PEP – fosfoenolpiruvato RuBP – ribulose 1,5 bifosfato carboxilase/oxigenase PGA – ácido fosfoglicerico Ciclo em C4-modificação da via do carbono na fotossíntese Ciclo de Calvin açucarP piruvato Via Hatch & Slack Oxalacetato malato glicolato Nota-Simplificado, mostrando apenas o importante para o assunto em questão

6 Metabolismo Ácido das Crassulaceae Noite – estomas abertos acidez elevada Dia – estomas fechados acidez baixa.

7 Cortes transversais de folhas de plantas em C 4 mostrando a aglomeração de cloroplastos no interior das células que constituem as bainhas dos vasos condutores Setaria splendida Cenchrus ciliaris Nota: cortes transversais das folhas realizados em micrótomo de congelação. Fotos – microscopia óptica Foto MW

8 Moléculas Inorgânicas como um Recurso Dióxido de Carbono O dióxido de carbono utilizado na fotossíntese é inteiramente derivado da atmosfera, onde a sua concentração varia à volta de 300 ppm, aumentando cerca de 0.4 a 0,5% por ano. Noite Dia Fluxo do CO 2 num ecossistema terrestre

9 Moléculas Inorgânicas como um Recurso Água O solo funciona como um reservatório. A Capacidade de campo define-se como a quantidade de água retida pelos poros do solo, contra a força da gravidade. O limite inferior da capacidade de campo é determinada pela capacidade das raízes das plantas em exercerem uma força de sucção suficiente forte para extrair a água dos poros mais estreitos do solo – ponto de emurchecimento permanente. Os elementos minerais (nutrientes) são retirados da solução do solo pelas raízes. Os nutrientes são transportados através do cortex da raiz através de dois processos: A – pela via simplástica (através das céluas com o auxílio de transporta- dores específicos) B – pela via apoplástica (através dos espaços intracelulares) A B Fotomicrografia de fluorescência de um corte transversal de raiz

10 Nas raízes com MICORHIZAS Alguns dos nutrientes são primeiro retirados pelas hifas das micorhizas e só depois disponibilizados à planta. Nodulos Raiz Raízes de plantas da família Leguminosae apresentando nódulos de micorhizas. Libertação de espóros do fungo quando um nódulo da raiz se quebra

11 Nutrientes Minerais Essenciais a todos os seres vivos Essenciais a animais Lantanídeos Actinídeos Essencial a grupos restritos (diatomaceas) Todas as plantas necessitam dos vários elementos indicados, embora algumas possam ter requisitos mais específicos ou necessitarem de diferentes quantidades. Os animais obtêm os mesmos elementos na sua dieta, sob a forma orgânica.


Carregar ppt "Recursos A Radiação como um Recurso A As Moléculas Inorgânicas como um Recurso Os Organismos como um Recurso Alimentar O Espaço como um Recurso."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google