A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Cristina Abranches Mota Batista. A escola comum – seu compromisso educacional Amplia o conhecimento que o aluno traz da sua experiência pessoal, social.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Cristina Abranches Mota Batista. A escola comum – seu compromisso educacional Amplia o conhecimento que o aluno traz da sua experiência pessoal, social."— Transcrição da apresentação:

1 Cristina Abranches Mota Batista

2 A escola comum – seu compromisso educacional Amplia o conhecimento que o aluno traz da sua experiência pessoal, social e cultural. Realiza a construção do conhecimento. Predefinido, intencional e deliberado.

3 A escola comum – seu compromisso educacional Função social reguladora e formativa. Transmite valores éticos, estéticos e políticos. Ensina a compartilhar o saber. Compromisso primordial e insubstituível: introduzir o aluno no mundo social, cultural e científico

4 A escola especial: seu compromisso educacional complementar a escola comum. é necessariamente diferente da educação em escolas comuns. atua sobre o saber particular.

5 A escola comum diante da deficiência mental Exclusão daqueles que possuem uma forma diferente de lidar com o saber. Busca do Ideal. Caráter elitista, meritocrático, homogeneizador e competitivo. Características contrárias à inclusão: Desconhecimento Categorização.

6 Opressão do professor A escola comum diante da deficiência mental Características contrárias à inclusão: isolamento e impotência. Soluções imediatistas, adaptativas e paliativas, apenas camuflam os problemas.

7 Reconhecer: aprender é uma ação humana criativa, individual heterogênea e regulada pelo sujeito da aprendizagem. A adaptação ao conteúdo escolar é realizada pelo próprio aluno e testemunha a sua emancipação intelectual. A escola comum diante da deficiência mental Transformações necessárias:

8 Não realiza a adaptação e individualiza/diferencia o ensino para alguns. Reconhecer e valorizar as diferenças de todos. Desenvolver práticas escolares que permitem ao aluno aprender livremente. A escola comum diante da deficiência mental Transformações necessárias:

9 Desenvolver e disponibilizar atividades diversas sem graduá-las para atender a níveis diferentes de compreensão. Cada atividade em si deve conter o fundamental do conteúdo em estudo, não contendo uma resposta única, ou um só caminho no processo de resolução. A escola comum diante da deficiência mental Transformações necessárias:

10 Atividades Diversificadas Escola Comum Não é uma atividade diferente proposta pelo professor Não é uma atividade diferenciada apenas para alunos com def. Não passa pronto de uma turma para outra, ou Da direção para o professor Existe um conteúdo pré- definido As atividades são propostas pelos alunos, Cada turma define sua forma de trabalhar com o professor Projeto de trabalho em conjunto

11 Práticas criativas com liberdade e inovação. Proporcionar maior autonomia e liberdade para o aluno, professor, supervisor... Desenvolver gestão mais participativa e inovadora. A escola comum diante da deficiência mental Transformações necessárias:

12 O cada dia de nossa escola Diversidade do grupo

13 A sala é barulhenta


Carregar ppt "Cristina Abranches Mota Batista. A escola comum – seu compromisso educacional Amplia o conhecimento que o aluno traz da sua experiência pessoal, social."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google