A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

O Socialismo de Marx e Engels. A DIFERENÇAS ENTRE COMUNISMO E SOCIALISMO.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "O Socialismo de Marx e Engels. A DIFERENÇAS ENTRE COMUNISMO E SOCIALISMO."— Transcrição da apresentação:

1 O Socialismo de Marx e Engels

2 A DIFERENÇAS ENTRE COMUNISMO E SOCIALISMO

3 Defende a abolição da propriedade privada dos meios de produção, a distribuição igualitária dos bens produzidos pela sociedade e a organização da riqueza social pela própria comunidade de produtores. Defende a abolição da propriedade privada dos meios de produção, a distribuição igualitária dos bens produzidos pela sociedade e a organização da riqueza social pela própria comunidade de produtores. Propõe a extinção do Estado, o auto-governo da coletividade e o fim das classes sociais. Propõe a extinção do Estado, o auto-governo da coletividade e o fim das classes sociais. O Comunismo

4 O Socialismo É o conjunto de doutrinas e movimentosÉ o conjunto de doutrinas e movimentos políticos voltados para os interesses dos trabalhadores. Objetivo: uma sociedade onde não exista aObjetivo: uma sociedade onde não exista a propriedade privada dos meios de produção. Pretende eliminar as diferenças entre as classesPretende eliminar as diferenças entre as classes sociais e planificar a economia, para obter uma distribuição racional e justa da riqueza social.

5 O Socialismo O socialismo é considerado pelos comunistas, atualmente, a primeira etapa (em que cada pessoa atuará segundo a sua capacidade e receberá segundo o seu trabalho) do comunismo – em que, segundo Marx, cada pessoa atuará "segundo sua capacidade" e receberá "segundo as suas necessidades".

6 Conjuntura econômica da época: o surgimento do socialismo Revolução industrial: séculos XVIII e XIX.Revolução industrial: séculos XVIII e XIX. Grande avanço econômico e enriquecimento das novasGrande avanço econômico e enriquecimento das novas classes médias. Grande contraste social: de um lado a prosperidade dosGrande contraste social: de um lado a prosperidade dos capitalistas, e de outro a miséria do proletariado. O socialismo moderno surgiu como uma resposta à eraO socialismo moderno surgiu como uma resposta à eraindustrial. Para os primeiros socialistas a propriedade privada dosPara os primeiros socialistas a propriedade privada dos meios de produção era a fonte das moléstias sociais.

7 Biografias

8 Nasceu em Treves, na Prússia, em Nasceu em Treves, na Prússia, em Foi filósofo, historiador, economista e jornalista. Foi filósofo, historiador, economista e jornalista. Deixou numerosos escritos como: Deixou numerosos escritos como: Manuscritos econômicos e filosóficos O 18 Brumário de Luís Napoleão Contribuição à crítica da economia política O Capital Em conjunto com Engels escreveu: A ideologia alemã Manifesto comunista, entre outros. Marx morreu em Londres em Marx morreu em Londres em Karl Marx

9 Friedrich Engels Nasceu na Prússia em 1820.Nasceu na Prússia em Filho de um rico industrial do ramo têxtil.Filho de um rico industrial do ramo têxtil. Colaborou intensamente com Marx e foiColaborou intensamente com Marx e foi responsável pela organização e publicação do segundo e do terceiro volume de O Capital, após a morte de Marx, com base em manuscritos e notas deixados por ele. Escreveu: A situação das classes trabalhadoras na Inglaterra, Do Socialismo Utópico ao Socialismo Científico, A origem da família, da propriedade privada e do Estado, entre outras obras. Engels morreu em 1895.

10 A Amizade De Marx e Engels Quando Friedrich Engels procurou Marx pelaQuando Friedrich Engels procurou Marx pela primeira vez, ele não aprovou que aquele ousado jovem estivesse cheio de idéias comunistas. No ano de 1844, encontraram-se pela segundaNo ano de 1844, encontraram-se pela segunda vez e nessa data começaram a colaborar. Desde então, dificilmente encontraremos oDesde então, dificilmente encontraremos o trabalho de um deles que não tenha sido revisto ou reescrito, ou pelo menos discutido, com o outro, e sua correspondência preenche vários volumes.

11 Do socialismo utópico ao socialismo científico Robert Owen: representante do socialismoRobert Owen: representante do socialismoutópico. Em oposição ao idealista eEm oposição ao idealista e Utópico Owen, apareceu o revolucionário Karl Marx com o socialismo científico.

12 Principais obras

13 O Manifesto Comunista (1847) É o manifesto da Liga dos Comunistas.É o manifesto da Liga dos Comunistas. O Manifesto é o texto fundamental do marxismo.O Manifesto é o texto fundamental do marxismo. Ele afirma que o motor da história é a luta de classes eEle afirma que o motor da história é a luta de classes e expõe o programa político dos comunistas após a tomada do poder. O texto observa que este poder só pode ser atingido pela derrubada do Estado burguês e pela união dos proletários de todos os países. O proletariado tem interesses antagônicos aos daO proletariado tem interesses antagônicos aos daburguesia O proletariado é o coveiro da burguesia. Ele tem comoO proletariado é o coveiro da burguesia. Ele tem como missão primordial sua superação para instaurar uma nova sociedade sem classes.

14 Uma Contribuição para a crítica da economia política (1859) Segundo Marx, a história humana, é determinada pelasSegundo Marx, a história humana, é determinada pelas contradições dos modos de produção situados em uma formação social. A consciência dos homens é determinada pela realidadeA consciência dos homens é determinada pela realidade social, ou seja, pelo conjunto dos meios de produção. A compreensão do processo histórico está condicionada àA compreensão do processo histórico está condicionada à compreensão das relações sociais. O modo de produção da vida material condiciona o processoO modo de produção da vida material condiciona o processo da vida social, política e intelectual. A dialética da história é então constituída pelo movimento dasA dialética da história é então constituída pelo movimento das forças produtivas

15 O Capital (1867) Seu objeto era, como Marx colocou no Prefácio ao Volume I,Seu objeto era, como Marx colocou no Prefácio ao Volume I, "revelar a lei econômica do movimento da sociedade moderna". Na obra, Marx expõe suas idéias econômicas, merecendoNa obra, Marx expõe suas idéias econômicas, merecendo destaque a teoria do valor-trabalho. Essa teoria sublinha a abordagem de Marx da exploraçãoEssa teoria sublinha a abordagem de Marx da exploração capitalista, pois é a mais-valia criada pelos trabalhadores, a fonte dos lucros sobre os quais o capitalismo se apóia, enquanto um sistema econômico. Quando Marx morreu, em 1883, faltavam dois volumes:Quando Marx morreu, em 1883, faltavam dois volumes: Engels publicou o volume II em 1885 e o terceiro em o quarto volume, final, só apareceu em 1910.

16 A dialética Marxista e a dialética de Hegel Marx uniu-se a um grupo de intelectuais, conhecido como Jovens Hegelianos. Marx uniu-se a um grupo de intelectuais, conhecido como Jovens Hegelianos. Hegel processo dialético de movimento das idéias: oposição de Hegel processo dialético de movimento das idéias: oposição de elementos contrários (tese e antítese) que progridem em direção a formas mais aperfeiçoadas (síntese). Assim, o processo dialético impulsiona o desenvolvimento da idéia absoluta pela sucessão de momentos de afirmação (tese), de negação (antítese) e de negação da negação (síntese). Assim, o processo dialético impulsiona o desenvolvimento da idéia absoluta pela sucessão de momentos de afirmação (tese), de negação (antítese) e de negação da negação (síntese). Marx e Engels reformam o conceito hegeliano de dialética: Marx e Engels reformam o conceito hegeliano de dialética: mesma forma, mas introduzem novo conteúdo. Chamam essa nova dialética de materialista, porque o movimento histórico, para eles, é derivado das condições materiais da vida. 4 momentos dos processos econômicos sociais: 4 momentos dos processos econômicos sociais: Antiguidade, Feudalismo, Capitalismo e Socialismo.

17 O materialismo histórico A produção e o intercâmbio de produtos são as basesA produção e o intercâmbio de produtos são as bases de toda a ordem social. De acordo com Marx toda sociedade está construída sobre umaDe acordo com Marx toda sociedade está construída sobre uma base econômica Produção social de bens, que, segundo Marx, engloba dois fatoresProdução social de bens, que, segundo Marx, engloba dois fatores básicos: as forças produtivas e as relações de produção. A produção social de bens, segundo Marx, engloba dois fatoresA produção social de bens, segundo Marx, engloba dois fatoresbásicos: As forças produtivas;As forças produtivas; As relações de produção.As relações de produção. Relações de produção: são as formas pelas quais os homens se organizam para executar atividade produtiva.Relações de produção: são as formas pelas quais os homens se organizam para executar atividade produtiva.

18 Elementos do processo de trabalho:Elementos do processo de trabalho: As matérias primasAs matérias primas Os instrumentos e a técnicaOs instrumentos e a técnica Os próprios trabalhadoresOs próprios trabalhadores O produto final.O produto final. Modo de produção: A forma pela qual as forças produtivas e asModo de produção: A forma pela qual as forças produtivas e as relações de produção existem e são reproduzidas numa determinada sociedade.

19 O Capitalismo e a acumulação de riquezas no contexto histórico A acumulação de riquezas no início: por meio da pirataria, doA acumulação de riquezas no início: por meio da pirataria, do roubo, dos monopólios, e do controle de preços praticados pelos Estados Absolutistas. Século XVI - importantes substituições;Século XVI - importantes substituições; - o artesão pelo trabalhador livre assalariado (o operário); - o artesão pelo trabalhador livre assalariado (o operário); - as corporações de oficio pela indústria. - as corporações de oficio pela indústria. Segundo Marx, a revolução industrial acelerou o processo deSegundo Marx, a revolução industrial acelerou o processo de alienação do trabalhador dos meios e dos produtos de seu trabalho. No capitalismo, o capitalista só poderá prosperar se o trabalhadorNo capitalismo, o capitalista só poderá prosperar se o trabalhador for explorado. Marx iniciou seu ataque ao capitalismo com a teoria doMarx iniciou seu ataque ao capitalismo com a teoria dovalor-trabalho.

20 Teoria do valor-trabalho No valor de uma mercadoria era incorporado o tempo de trabalho socialmente necessário às sua produção. O valor do tempo de trabalho está embutido no preço que o capitalista paga ao adquirir essas matérias-primas e instrumentos, os quais, juntamente com a quantia paga a título de salário, serão incorporados ao valor do produto. A valorização da mercadoria se dá no âmbito de sua produção.

21 Mais-valia Na visão de Marx, a mão-de-obra no capitalismo é explo- rada porque não é paga a ela o valor total dos bens e serviços que produz. Mais Valia: é a diferença entre o salário e o valor agregado pelo trabalhador, que converte-se no lucro do capitalista.

22 Alienação No capitalismo, o trabalhador é separado tanto dos frutos do trabalho como das ferramentas de produção, pertencentes ao empregador. O capitalismo impede que o trabalhador e sua personalidade desenvolvam-se plenamente. Conseqüências: - Uma alienação que se apodera das pessoas e desumaniza todas as relações pessoais e sociais. - Uma variedade de patologias sociais. - Duas faces do capitalismo: - Acumulação de capital e crescimento; - Exploração e alienação.

23 Colapso do capitalismo Marx acreditava que o capitalismo estava condenado a se extinguir. Afirmou que: As injustiças inerentes ao capitalismo levariam à condições econômicas e sociais que não poderão ser sustentadas. O conflito de classes causaria, por fim, uma revolução social. A acumulação de capital em mãos privadas possibilita abundância econômica, contudo, também ocasiona crises, desemprego crônico, e o colapso econômico do capitalismo. Marx também afirmou que as crises tornar-se-iam mais severas, mais longas e profundas, conforme se desenvolvesse o capitalismo.

24 A visão marxista do desenvolvimento do capitalismo A análise se Marx do desenvolvimento do capitalismo baseava-se na premissa de que duas grandes forças estão continuamente em ação no desenvolvimento da sociedade humana: A luta das pessoas contra a natureza para extrair subsistência e conforto. A luta das pessoas entre si. Marx concluiu que uma economia de abundância só era possível em uma sociedade sem classes.

25 As previsões de Marx estavam corretas? A previsão de que o socialismo triunfaria e surgiria então uma sociedade democrática, igualitária e não exploradora não se concretizou. Já aquela sobre a crescente concentração de poder econômico no mundo foi confirmada, mesmo que as razões não tenham sido as mesmas ditas por Marx.

26 As contribuições de Marx e o marxismo O marxismo, como idéia, tem sido uma força importante no mundo moderno. Expressa o ultraje Moral da condição humana e sustenta uma grande visão de qual pode ser essa condição.

27 As contribuições de Marx e o marxismo A influência das idéias de Marx e Engels ainda é forte nos dias de hoje, e pode ser encontrada em várias áreas, como a Economia, a Sociologia e a Política. A visão que Marx tinha da ordem social dividida em classes forneceu uma fonte de idéias, pelas quais muito do que acontece no mundo moderno pode ser analisado.


Carregar ppt "O Socialismo de Marx e Engels. A DIFERENÇAS ENTRE COMUNISMO E SOCIALISMO."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google