A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

1 Pontos por Função medindo tamanho de software Prof. Rodrigo Nin

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "1 Pontos por Função medindo tamanho de software Prof. Rodrigo Nin"— Transcrição da apresentação:

1 1 Pontos por Função medindo tamanho de software Prof. Rodrigo Nin

2 2 Medidas NÃO Funcionais de Software Categoria Tamanho em linhas de código Trivial500 Pequeno1000 a 2000 Médio5000 a Grande a Muito grande1 milhão Extremamente grande 1 a 10 milhões Fonte: Jair C Leite Linhas de Código

3 3 VANTAGENS –Fácil de coletar usando ferramentas –Histórico disponível na organização –Esforço/LOC mais ou menos equivalente nas linguagens –Medidas LOC aplicam-se entre projetos (comparação) –Muito usado em ferramentas comerciais DESVANTAGENS –Não aplicável para estimativas individuais –Acurada apenas em projetos semelhantes –Difícil estimar LOC diretamente; usa-se comparação –Contra-intuitivo para estimar trabalho de requisitos, análise, projeto –Como definir exatamente o critério de contagem? Medidas NÃO Funcionais de Software Linhas de Código Adaptado de: Steve McConnel

4 4 Medidas Funcionais de Software Medem a funcionalidade entregue ao usuário, independentemente da forma de implementação Independem de plataforma ou linguagem de programação Independem do estilo de programação utilizado Permitem comparações entre empresas, linguagens, etc. A norma ISO/IEC :1998 trata da definição dos conceitos referentes às medidas funcionais de tamanho de software Adaptado de

5 5 Medidas Funcionais de Software Adaptado de Pontos de Função do IFPUG (International Function Point Users Group) Mark II Function Points de Charles Symons Full Function Points (Cosmic) de Alain Abran 3D Function Points da BOEING Bang de Tom DeMarco

6 6 Pontos de Função (IFPUG) Mede o software através da quantificação da funcionalidade solicitada e adquirida pelo cliente, tendo como base primária o projeto lógico Mede o software independentemente da tecnologia utilizada na implementação Mede o o software consistentemente em todos os projetos e organizações Adaptado de

7 7 ALGORÍTMO Tamanho em PF Telas Relatórios Arquivos internos Arquivos externos Interfaces c/sistemas Outras interfaces Pontos de Função (IFPUG) Adaptado de

8 8 Pontos de Função – Exemplos Software PF ––––––––––––––––––––––––––––––––––––––––––- Microsoft Word Microsoft Excel Microsoft Project Microsoft Visual Basic3.000 Ferramenta CASE IEF (Texas) Fonte: Caper Jones

9 9 R$ 350,00 por PF 6 horas por PF Pontos de Função X Medidas de Produtividade quantidade produzida Produtividade = –––––––––––––––––– recursos para produzir ($, tempo, pessoas, etc.) 1600 PF por hora 300 PF por pessoa-ano 0,17 PF por pessoa-hora

10 10 Pontos de Função X Medidas de Produtividade

11 11 Pontos de Função – Administração do Patrimônio Ativo de Software ABC DEF GHIJKL Tamanho do ativo = Pontos de Função Custo de Substituição = R$ (depende do mercado) Crescimento/ano = 7% Custo de Suporte/ano = R$ 0,71 / PF Adaptado de

12 12 1.Identificação do escopo do cálculo 2.Identificação e contagem das funções do software 3.Classificação de cada função quanto à complexidade funcional relativa como: simples, média ou complexa 4.Cálculo dos pontos de função brutos através da aplicação dos pesos de acordo com tabela específica 5.Avaliação das 14 características gerais do sistema 6.Determinação do Fator de Ajuste 7.Cálculo dos pontos de função ajustados Pontos de Função – Cálculo Adaptado de

13 13 Pontos de Função – Cálculo 1. Identificação do escopo do cálculo Marketing Vendas Cobrança Relacionamento com os Clientes Jurídico Et coetera...

14 14 Pontos de Função – Cálculo Adaptado de 2. Identificação e contagem das funções do software Funções de Dados Arquivos Lógicos Internos (ALI) Arquivos de Interface Externa (AIE) Funções Transacionais Entradas Externas (EE) Saídas Externas (SE) Consultas Externas (CE)

15 15 Pontos de Função – Cálculo Adaptado de 3. Classificação de cada função quanto à complexidade Funções de Dados Funções Transacionais

16 16 Pontos de Função – Cálculo Adaptado de 4. Cálculo dos pontos de função brutos

17 17 1. Comunicação de Dados 2. Atualização On-Line 3. Processamento de Dados Distribuído 4. Processamento Complexo 5. Performance 6. Reusabilidade 7. Configuração do equipamento 8. Facilidade de Implantação 9. Volume de Transações 10. Facilidade Operacional 11. Entrada de Dados On-Line 12. Múltiplos Locais 13. Interface com o usuário 14. Facilidade de mudanças Pontos de Função – Cálculo Adaptado de 5. Avaliação das 14 características gerais do sistema Nível de InfluênciaDescrição –––––––––––––––––––––––––––––––––––––––––––- 0Não existe 1Pouca 2Moderada 3Média 4Significativa 5Total ou muito forte

18 18 FAV = 0,65 + ( das Características do Sistema x 0,01) Pontos de Função – Cálculo Adaptado de 6. Determinação do Fator de Ajuste 7. Cálculo dos pontos de função ajustados PF = Pontos de Função Brutos x FAV

19 19 Pontos de Função – Precisão Portanto: Medir é preciso ou não?

20 20 Pontos de Função - Cálculo Aproximado Segundo as 3 Tabelas de Capers Jones¹ Este método pode ser utilizado com muito pouca informação Precisão muito pequena Dá apenas para ter uma idéia do tamanho ¹ Jones, Capers T., Estimating Software Costs, McGraw-Hill, Tabela 1 - Escopo da Aplicação Tabela 2 - Classe da Aplicação Tabela 3 - Tipo da Aplicação

21 21 Pontos de Função - Cálculo Aproximado ¹ Jones, Capers T., Estimating Software Costs, McGraw-Hill, Tabela 1 - Escopo da Aplicação Exemplo: Índice de Escopo 9 - Novo Sistema Exemplo: Índice de Escopo 9 - Novo Sistema Segundo as 3 Tabelas de Capers Jones¹

22 22 Pontos de Função - Cálculo Aproximado ¹ Jones, Capers T., Estimating Software Costs, McGraw-Hill, Tabela 2 - Classe da Aplicação Exemplo: Índice de Escopo 9 - Novo Sistema Índice de Classe 5 - Multi-Site - Interno Exemplo: Índice de Escopo 9 - Novo Sistema Índice de Classe 5 - Multi-Site - Interno Segundo as 3 Tabelas de Capers Jones¹

23 23 Pontos de Função - Cálculo Aproximado Tabela 3 - Tipo da Aplicação Exemplo: Índice de Escopo 9 - Novo Sistema Índice de Classe 5 - Multi-Site - Interno Índice de Tipo 8 - Cliente/Servidor Segundo as 3 Tabelas de Capers Jones¹ ¹ Jones, Capers T., Estimating Software Costs, McGraw-Hill, 1998.

24 24 Pontos de Função - Cálculo Aproximado Somar os 3 índices obtidos: = 22 Elevar o resultado a 2,35 22 ** 2,35 = 1428 PF Sistemas C/S costumam ficar entre PF A previsão obtida baseia-se no banco de dados da SPR (Software Productivity Research) Somar os 3 índices obtidos: = 22 Elevar o resultado a 2,35 22 ** 2,35 = 1428 PF Sistemas C/S costumam ficar entre PF A previsão obtida baseia-se no banco de dados da SPR (Software Productivity Research) Segundo as 3 Tabelas de Capers Jones¹ ¹ Jones, Capers T., Estimating Software Costs, McGraw-Hill, 1998.

25 25 Pontos de Função - Outra Aproximação

26 26 Pontos de Função - Outra Aproximação Total por ALI = 35 PF

27 27 Pontos de Função - Outra Aproximação

28 28 Pontos de Função - Outra Aproximação

29 29 Pontos de Função - Outra Aproximação

30 30 Pontos de Função - Outra Aproximação

31 31 Pontos de Função - Outra Aproximação

32 32 Pontos de Função - Outra Aproximação

33 33 Pontos de Função - Outra Aproximação

34 34 Pontos de Função - Outra Aproximação

35 35 Pontos de Função - Outra Aproximação

36 36 Pontos de Função - Usando Ferramentas

37 37 Pontos de Função - Banco de Dados

38 38 Pontos de Função


Carregar ppt "1 Pontos por Função medindo tamanho de software Prof. Rodrigo Nin"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google