A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Nur-Aisha Golam Kelsy Macuacua José Henriques

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Nur-Aisha Golam Kelsy Macuacua José Henriques"— Transcrição da apresentação:

1 Nur-Aisha Golam Kelsy Macuacua José Henriques
Exploração Infantil Nur-Aisha Golam Kelsy Macuacua José Henriques

2 Esboço Nesta apresentação nós havemos de falar sobre o que é trabalho infantil e alguns países onde o ocorre. Havemos de falar sobre pessoas ou empresas que contribuíram para o trabalho infantil e organizações que tentam parar ou prevenir o trabalho infantil.

3 Definir O que é exploração infantil Tipos de exploração Infantil Prostituição ou (e) Relações Sexuais Trafico de Drogas Trabalhar nas fábricas Trabalho domésticos Escravatura Kony 2012 Nike Organizações que previnem a exploração infantil UNICEF IPEC Organização Internacional de Trabalho Benim Sul da Ásia India Moçambique Reflexão Bibliografia

4 O que é? É trabalho exercido por criança ou adolescente abaixo da idade legal permitida para trabalhar no país conforme a sua legislação (lei) Trabalho infantil é proibido por lei em qualquer país porque é trabalho ilegal, a pessoa sendo ainda menor de idade

5 Tipos de Exploração Infantil:
Prostituição ou (e) Relações Sexuais Trafico de Drogas Trabalhar nas fábricas Trabalho domésticos Escravatura Trabalho nas minas

6 KONY 2012 Joseph Kony é o líder do LRA (Lord’s Resistance Army)
Ele junta crianças e usa-os como soldados Ele está na lista dos 10 mais procurados no mundo pelo CPI (tribunal internacional penal) Jason Russell (Invisible children)

7 Vitimas do Joseph Kony e do LRA

8 Nike A maior vendedoras de artigos esportivos para o mundo é a Nike, que terceiriza toda a produção. A Nike encomenda bola em fabricadas situadas nos países onde a mão-de-obra é mais barata. Em alguns desses países, como na Indonésia, as bolas eram fabricadas por crianças a partir de 6 anos, trabalhando em locais perigosos e insalubres. Como denunciaram a OIT e a Unicef, era trabalho escravo, "feito por mãos pequenas, capazes de darem pontos minúsculos". segundo a Unicef, em 1993, na Tailândia, para as crianças não fugirem, um fabricante manteve trancado o galpão onde elas trabalhavam. O galpão incendiou e morreram duzentas pessoas, a maioria crianças. O Paquistão é um dos maiores produtores de bolas do mundo. Uma família com quatro costuradores consegue costurar, em média, 80 bolas mensalmente, a US$ 1,20 cada, possibilitando uma "renda" de US$ 96,00. No Vietnã, onde as transnacionais também encomendam bolas, o salário médio dos costuradores é de US$ 32,00 mensais. Uma pesquisa da Toy Manufacturers of América e da Unicef constatou que 90% dos brinquedos oriundos da Ásia são fabricados por mão de obra infantil, ocupando às vezes crianças de 5 anos. Na Tailândia, uma fábrica chegou a ter noventa trabalhadores infantis escravos. No Brasil, a grande fabricantes de bolas é a Penalty. Aqui se paga mais do que na Ásia. Os costureiros de bola geralmente  são presidiários, que recebem em torno de R$ 240,00 por mês.

9 Nike “A empresa admitiu em 2012 a exploração de trabalhadores nas suas filiais dos países asiáticos, com salários de um dólar por dia e punições como correr ao redor da fábrica como castigo por atrasos.” Global Alliance for Workers and Communities pediu para empresas mudarem e a Nike prometeu que o faria mas não compriu as suas promesas.

10 UNICEF UNICEF (United Nations Childrens Fund)
(Fundo das Nações Unidas para a infância) De acordo com a UNICEF, trabalho infantil é trabalho exercido por menor de 12 anos em qualquer atividade económica, trabalho na qual possas ganhar dinheiro. 5 – 11 anos : 1 hora de atividade económica ou 28 horas de trabalho doméstico anos : 14 horas de atividade ecónimca ou 42 horas de atividade ecónomica e trabalho doméstico

11 IPEC IPEC (International Program on the Elimination of Child Labor)
É uma organização que tenta prevenir a exploração infantil por aumentar a proteção ao criar “awareness” no mundo inteiro.

12 Organização Internacional de Trabalho
Mais ou menos 250 milhões de crianças no mundo são vitimas do trabalho infantil. Benim (Àfrica) : A cerca de 200 mil crianças são traficadas. Uns sao levados para fazer trabalho doméstico, outros a minas, outros a construção e maioria são postos na agricultura. Sul da Ásia : Maior concentração de crianças a trabalhar no mundo.

13 Moçambique Alguns dizem que a pobreza do seu pais empurra as criancas para o trabalho infantil. ‘Muitas criancas sao submetidas ao trabalho infantil pela sua propria familia.’ “Alguns pais celebram contratos de prestação de serviços agrários, e para a execução dos mesmos, recorrem aos seus filhos menores de idade.”

14 India “Caso de babá que alugou bebê para mendigos choca a Índia”
O bebê foi alugado no Bangalore, sul da India “Os pedintes atraem mais simpatia do público quando estão acompanhados de um bebê.” “Ela teria confessado aos patrões que vinha "alugando" o bebê a pedintes por cem rupias (cerca de US$ 2) por dia.” Quando o bebê era “alugado”, ele era sedado e tapado. Os pais do bebê são classe média, e geralmente as pessoas usadas são pobres e as vezes mandadas pelos pais.

15 Bibliografia http://www.abc.net.au/news/image/3876048-3x2-940x627.jpg
r india,463612,0.htm https://www.facebook.com/sociedadesemprisoes.pag/posts/


Carregar ppt "Nur-Aisha Golam Kelsy Macuacua José Henriques"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google