A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Estratégia Pinheiros, 23 de Setembro de 2012 Livro de Neemias.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Estratégia Pinheiros, 23 de Setembro de 2012 Livro de Neemias."— Transcrição da apresentação:

1 Estratégia Pinheiros, 23 de Setembro de 2012 Livro de Neemias

2 2 Origem da palavra ESTRATÉGIA A palavra ESTRATÉGIA tem origem na palavra grega Strategos, e que quer dizer: Stratos, que significa exército e Ago, que significa liderança ou comando, tendo significado inicialmente a arte do general.

3 3 A estratégia empresarial está em parte bastante associada à estratégia militar A Arte da Guerra segundo Sun Tzu A melhor estratégia é atacar a estratégia do inimigo A segunda melhor estratégia é destruir as alianças do inimigo A terceira melhor estratégia é atacar as tropas do inimigo A pior estratégia é atacar cidades fortificadas Prioritização das estratégias ofensivasPrincípios para formular uma estratégia Princípio da escolha do local da batalha: seleção dos mercados onde a empresa vai competir Princípio da concentração de forças: organização dos recursos da empresa Princípio do ataque: implementação das ações competitivas da empresa Princípio das forças diretas e indiretas: gestão das contingências

4 Gabinete de Apoio ao Presidente e de Gestão da Mudança - CCGM 3 Período de 500 anos: Descobrimento do Brasil A estratégia também pode ser identificada na Bíblia CativeiroReis de Israel Saul, Davi e Salomão Reino Unido Dez Tribos do Norte Deportação para Assíria Duas Tribos do Sul Deportação para Babilônia Fonte: Neemias e a Dinâmica de uma Liderança Eficaz Cyril J. Barber

5 Gabinete de Apoio ao Presidente e de Gestão da Mudança - CCGM 3 Susã – Jerusalém: 1200 km de distância (2 meses de viagem a cavalo) São Paulo – Porto Alegre: Regis Bittencourt/BR116: 1.197Km (15 horas-carro) Aula 14/08: Princípios de uma Liderança Eficaz

6 Gabinete de Apoio ao Presidente e de Gestão da Mudança - CCGM 3 Tentativas de reconstrução dos Muros de Jerusalém

7 Gabinete de Apoio ao Presidente e de Gestão da Mudança - CCGM 3 Conheça o Homem da Corte Neemias 1 Perfil de Neemias Neemias Executivo bem sucedido Busca relato sobre seu povo (miséria e ruína) Jejua e ora durante 4 meses Resposta o coloca em posição perigosa

8 Gabinete de Apoio ao Presidente e de Gestão da Mudança - CCGM 3 Trajetória ideal de um trabalho em equipe NEEMIAS 1,2- Oração, permissão do Rei, convocação do povo NEEMIAS 10 Comprometimento Real

9 Gabinete de Apoio ao Presidente e de Gestão da Mudança - CCGM 3 Liderar exige fé, esforço, resiliência e persistência NEEMIAS 1,2- Oração, permissão do Rei, convocação do povo NEEMIAS 3 – Ensinar a trabalhar em equipe NEEMIAS 4 – Inimigos intimidam pela 1 vez NEEMIAS 5 – Pobres reclamam dos ricos NEEMIAS 6 – Emboscada, calúnia e suborno Muralha construída em 52 dias (recorde) Neemias: O fundo do poço é apenas o início do trabalho NEEMIAS 7 Acertando o Time (Pessoas certas no lugar certo) NEEMIAS 10 Comprometimento Real

10 Gabinete de Apoio ao Presidente e de Gestão da Mudança - CCGM 1.Recrutamento de Líderes Depois que o muro foi reconstruído e que eu coloquei as portas no lugar, foram nomeados os porteiros, os cantores e os levitas.. (V1) Para governar Jerusalém encarreguei o meu irmão Hanani e, com ele, Hananias, comandante da cidade forte, pois Hananias era íntegro e temia a Deus mais do que a maioria dos homens.(V2) 2.Coaching (discipulado) Eu lhes disse: As portas de Jerusalém não deverão ser abertas enquanto o sol não estiver alto. E antes de deixarem o serviço, os porteiros deverão fechar e travar as portas. Também designei moradores de Jerusalém para sentinelas, alguns em postos no muro, outros em frente das suas casas.(V3) Ora, a cidade era grande e espaçosa, mas havia poucos moradores, e as casas ainda não tinham sido reconstruídas.(V4) 3.Avaliando de Forma Correta Por isso o meu Deus pôs no meu coração reunir os nobres, os oficiais e todo o povo para registrá-los por famílias. Encontrei o registro genealógico dos que foram os primeiros a voltar. E assim estava registrado ali:(V5) Estes buscaram o seu registro nos livros genealógicos, porém não se achou; então, como imundos, foram excluídos do sacerdócio. (V64) 4.Incentivo ao Sacerdócio Alguns dos chefes das famílias contribuíram para o trabalho. O governador deu à tesouraria oito quilos de ouro, 50 bacias e 530 vestes para os sacerdotes. (70) Alguns dos chefes das famílias deram à tesouraria, para a realização do trabalho, cento e sessenta quilos de ouro e uma tonelada e trezentos e vinte quilos de prata. (71) O total dado pelo restante do povo foi de cento e sessenta quilos de ouro, uma tonelada e duzentos quilos de prata e 67 vestes para os sacerdotes. (72) 3 Neemias 7: Acertando o Time (Pessoas certas no lugar certo) 1 234

11 Gabinete de Apoio ao Presidente e de Gestão da Mudança - CCGM 3 Neemias 8: Ensinando as pessoas NEEMIAS 1,2- Oração, permissão do Rei, convocação do povo NEEMIAS 3 – Ensinar a trabalhar em equipe NEEMIAS 4 – Inimigos intimidam pela 1 vez NEEMIAS 5 – Pobres reclamam dos ricos NEEMIAS 6 – Emboscada, calúnia e suborno Muralha construída em 52 dias (recorde) NEEMIAS 7 Acertando o Time (Pessoas certas no lugar certo) NEEMIAS 8 – Ensinando as pessoas Neemias: O fundo do poço é apenas o início do trabalho

12 Gabinete de Apoio ao Presidente e de Gestão da Mudança - CCGM 1.Neemias, o governador, sai de cena (humildade) todo o povo juntou-se como se fosse um só homem na praça, em frente da porta das Águas. Pediram ao escriba Esdras que trouxesse o Livro da Lei de Moisés, que o Senhor dera a Israel. (V1) 2.Esdras, o sacerdote, entra em cena e lê a lei para o povo Assim, no dia primeiro do sétimo mês, o sacerdote Esdras trouxe a Lei diante da assembléia, que era constituída de homens e mulheres e de todos os que podiam entender. (V2) Ele a leu em voz alta desde o raiar da manhã até o meio- dia, de frente para a praça, em frente da porta das Águas, na presença dos homens, mulheres e de outros que podiam entender. E todo o povo ouvia com atenção a leitura do Livro da Lei. (V3) Leram o Livro da Lei de Deus, interpretando-o e explicando-o, a fim de que o povo entendesse o que estava sendo lido. (V8) 3.Governador, sacerdote, escribas e levitas se unem e ensinam a Lei de forma fácil para o Povo Então Neemias, o governador, Esdras, o sacerdote e escriba, e os levitas que estavam instruindo o povo disseram a todos: "Este dia é consagrado ao Senhor Deus. Nada de tristeza e de choro! " Pois todo o povo estava chorando enquanto ouvia as palavras da Lei. (V9) E Neemias acrescentou: "Podem sair, e comam e bebam do melhor que tiverem, e repartam com os que nada têm preparado. Este dia é consagrado ao nosso Senhor. Não se entristeçam, porque a alegria do Senhor os fortalecerá". (V10) Os levitas tranqüilizaram todo o povo, dizendo: "Acalmem-se porque este é um dia santo. Não fiquem tristes! (V11) Então todo o povo saiu para comer, beber, repartir com os que nada tinham preparado e para comemorar com grande alegria, pois agora compreendiam as palavras que lhes foram explicadas. (V12) 4. Resposta do Povo: Obediência - Festa dos tabernáculos No segundo dia do mês, os chefes de todas as famílias, os sacerdotes e os levitas reuniram- se com o escriba Esdras para estudar as palavras da Lei. (V13) Descobriram que estava escrito na Lei, que o Senhor tinha ordenado por meio de Moisés, que os israelitas deviam morar em tendas durante a festa do sétimo mês. (V14) Então o povo saiu e trouxe os ramos, e eles mesmos construíram tendas nos seus terraços, nos seus pátios, nos pátios do templo de Deus e na praça junto à porta das Águas e na que fica junto à porta de Efraim. (V15) Todos os que tinham voltado do exílio construíram tendas e moraram nelas. Desde os dias de Josué, filho de Num, até aquele dia, os israelitas não tinham celebrado a festa dessa maneira. E a alegria deles foi muito grande. (V17) 3 Neemias 8: Ensinando as Pessoas

13 Gabinete de Apoio ao Presidente e de Gestão da Mudança - CCGM 3 NEEMIAS 1,2- Oração, permissão do Rei, convocação do povo NEEMIAS 3 – Ensinar a trabalhar em equipe NEEMIAS 4 – Inimigos intimidam pela 1 vez NEEMIAS 5 – Pobres reclamam dos ricos NEEMIAS 6 – Emboscada, calúnia e suborno Muralha construída em 52 dias (recorde) NEEMIAS 7 Acertando o Time (Pessoas certas no lugar certo) NEEMIAS 8 – Ensinando as pessoas NEEMIAS 9 Confrontando os fatos brutais Neemias: O fundo do poço é apenas o início do trabalho Neemias 9: Confrontando os fatos brutais

14 Gabinete de Apoio ao Presidente e de Gestão da Mudança - CCGM 1.Jejum e santificação No dia vinte e quatro do mês, os israelitas se reuniram, jejuaram, vestiram pano de saco e puseram terra sobre a cabeça. (V1) Os que eram de ascendência israelita tinham se separado de todos os estrangeiros. Levantaram-se nos seus lugares, confessaram seus pecados e a maldade dos seus antepassados (V2) Ficaram onde estavam e leram o Livro da Lei do Senhor, do seu Deus, durante três horas, e passaram outras três horas confessando e adorando o Senhor, o seu Deus. (V3) 2.Reconhecendo os erros Mas os nossos antepassados tornaram-se arrogantes e obstinados, e não obedeceram aos teus mandamentos.(16) Eles se recusaram a ouvir-te e esqueceram-se dos milagres que realizaste entre eles. Tornaram-se obstinados e, na sua rebeldia, escolheram um líder a fim de voltarem à sua escravidão. Mas tu és um Deus perdoador, um Deus bondoso e misericordioso, muito paciente e cheio de amor. Por isso não os abandonaste(17) 3.Pedido de Intervenção Agora, portanto, nosso Deus, ó Deus grande, poderoso e temível, fiel à tua aliança e misericordioso, não fiques indiferente a toda a aflição que veio sobre nós, sobre os nossos reis e os nossos líderes, sobre os nossos sacerdotes e profetas, sobre os nossos antepassados e sobre todo o teu povo, desde os dias dos reis da Assíria até hoje.(32) Eles dominam sobre nós e sobre os nossos rebanhos como bem lhes parece. É grande a nossa angústia! (37) 4.Acordo por escrito Em vista disso tudo, estamos fazendo um acordo, por escrito, e assinado por nossos líderes, nossos levitas e nossos sacerdotes (38) 3 Neemias 9: Confrontando os fatos brutais 1 234

15 Gabinete de Apoio ao Presidente e de Gestão da Mudança - CCGM 3 Neemias: O fundo do poço é apenas o início do trabalho NEEMIAS 1,2- Oração, permissão do Rei, convocação do povo NEEMIAS 3 – Ensinar a trabalhar em equipe NEEMIAS 4 – Inimigos intimidam pela 1 vez NEEMIAS 5 – Pobres reclamam dos ricos NEEMIAS 6 – Emboscada, calúnia e suborno Muralha construída em 52 dias (recorde) NEEMIAS 7 Acertando o Time (Pessoas certas no lugar certo) NEEMIAS 8 – Ensinando as pessoas NEEMIAS 9 Confrontando os fatos brutais NEEMIAS 10 Comprometimento Real Neemias 10: Comprometimento Real

16 Gabinete de Apoio ao Presidente e de Gestão da Mudança - CCGM 3 Neemias 10: Acordo Escrito (Compromisso de Gente Séria) 1.Casamentos Mistos (Valores Divergentes) Prometemos não dar nossas filhas em casamento aos povos vizinhos nem aceitar que as filhas deles se casem com os nossos filhos. (30) 2.Comércio no Sábado Quando os povos vizinhos trouxerem mercadorias ou cereal para venderem em dia de sábado ou de festa, não compraremos deles nesses dias. Cada sete anos abriremos mão de trabalhar a terra e cancelaremos todas as dívidas. (31) 3.Manutenção do serviço do templo Assumimos a responsabilidade de, conforme o mandamento, dar anualmente quatro gramas para o serviço do templo de nosso Deus:(32) Também tiramos sorte entre as famílias dos sacerdotes, dos levitas e do povo, para escalar anualmente a que deverá trazer lenha ao templo de nosso Deus, no tempo determinado, para queimar sobre o altar do Senhor, o nosso Deus, conforme está escrito na Lei.. (34) Conforme também está escrito na Lei, traremos o primeiro de nossos filhos e a primeira cria de nossos rebanhos, tanto de ovelhas como de bois, para o templo de nosso Deus, para os sacerdotes que ali estiverem ministrando(36) Além do mais, traremos para os depósitos do templo de nosso Deus, para os sacerdotes, a nossa primeira massa de cereal moído, e as nossas primeiras ofertas de cereal, do fruto de todas as nossas árvores e de nosso vinho e azeite. E traremos o dízimo das nossas colheitas para os levitas, pois são eles que recolhem os dízimos em todas as cidades onde trabalhamos.(37)

17 Gabinete de Apoio ao Presidente e de Gestão da Mudança - CCGM 3 Neemias: O fundo do poço é apenas o início do trabalho Liderar exige fé, esforço, resiliência e persistência NEEMIAS 1,2- Oração, permissão do Rei, convocação do povo NEEMIAS 3 – Ensinar a trabalhar em equipe NEEMIAS 4 – Inimigos intimidam pela 1 vez NEEMIAS 5 – Pobres reclamam dos ricos NEEMIAS 6 – Emboscada, calúnia e suborno Muralha construída em 52 dias (recorde) NEEMIAS 7 Acertando o Time (Pessoas certas no lugar certo) NEEMIAS 8 – Ensinando as pessoas NEEMIAS 9 Confrontando os fatos brutais NEEMIAS 10 Comprometimento Real

18 Gabinete de Apoio ao Presidente e de Gestão da Mudança - CCGM Neemias (5:6-19) : Uma Liderança de nível 5 Nível 1 Nível 2 Nível 3 Nível 4 Nível 5 Indivíduo altamente competente Faz contribuições produtivas por meio do seu talento, dos seus conhecimentos, das suas capacidades e de bons hábitos de trabalho Membro produtivo da equipe Contribui com capacidades individuais para os objetivos do grupo e trabalha de forma eficaz com outras pessoas em contexto de equipa Gestor competente Organiza as pessoas e os recursos para alcançar de forma eficaz e eficiente determinados objetivos Líder nível 5 Constrói um ótimo duradouro por meio de uma mistura paradoxal de humildade pessoal e determinação profissional Humildade + Ambição Ambição obstinada pela Excelência (Melhor para Deus) Cria sucessores competentes (Continuidade-sustentabilidade) Modéstia contagiante (reconhece suas limitações) Determinação inabalável (Vida de oração e jejum) Cultiva a liderança de nível 5 Principais características líder nível 5 Líder eficaz Catalisa o empenho dos colaboradores numa visão clara e contagiante. Persegue de forma vigorosa esta visão e estimula níveis de desempenho superiores Neemias – Liderança Nível 5

19 Gabinete de Apoio ao Presidente e de Gestão da Mudança - CCGM Última frase do Livro de Neemias Lembra-te de mim, Deus meu, para meu bem. Neemias 13:31b


Carregar ppt "Estratégia Pinheiros, 23 de Setembro de 2012 Livro de Neemias."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google