A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Trabalho realizado por: Mafalda Lopes 9ºA nº 13. Alterações Climáticas.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Trabalho realizado por: Mafalda Lopes 9ºA nº 13. Alterações Climáticas."— Transcrição da apresentação:

1 Trabalho realizado por: Mafalda Lopes 9ºA nº 13

2 Alterações Climáticas

3 É a variação do clima em escala global ou dos climas regionais da Terra ao longo do tempo. Estas variações dizem respeito a mudanças de temperatura, precipitação, nebulosidade e outros fenómenos climáticos em relação às médias históricas. Tais variações podem alterar as características climáticas de uma maneira a alterar sua classificação didáctica. O que são as Alterações Climáticas ?

4 As causas para o aumento da temperatura relacionam-se com os chamados gases com efeito de estufa (GEE). Os GEE, como o dióxido de carbono, o metano ou o óxido nitroso, retêm a radiação infravermelha emitida pela superfície da terra, impedindo que parte desta seja libertada para o espaço. Só este processo permite a vida na Terra, impedindo que esta se torne demasiado fria, o aumento da libertação de GEE, resultante das actividades humanas (principalmente actividades industriais e transportes), origina o aumento da temperatura da troposfera. Causas das Alterações Climáticas

5 Actualmente as mudanças climáticas têm sido alvo de diversas discussões e pesquisas científicas. Os climatologistas verificaram que, nas últimas décadas, ocorreu um significativo aumento da temperatura mundial, fenómeno conhecido como aquecimento global. Este fenómeno, gerado pelo aumento da poluição do ar, tem provocado o derretimento de gelo das calotas polares e o aumento no nível de água dos oceanos. O processo de desertificação também tem aumentado nas últimas décadas em função das mudanças climáticas. Consequências das Alterações Climáticas

6 A Desertificação é um fenómeno em que um determinado solo é transformado em deserto, através da acção humana ou processo natural. No processo de desertificação a vegetação reduz ou acaba totalmente. Neste processo, o solo perde as suas propriedades, tornando-se infértil (perda da capacidade produtiva). Nas última décadas tem vindo a ocurrer um significativo aumento do processo de desertificação no mundo As principais áreas atingidas são: oeste da América do Sul, Oriente Médio, sul da África, noroeste da China, sudoeste dos Estados Unidos, Austrália e sul da Ásia. A desertificação gera vários problemas e prejuízos para o ser humano. Com a formação de áreas áridas, a temperatura aumenta e o nível de humidade do ar diminui, dificultando a vida do ser humano nestas regiões. Com o solo infértil, o desenvolvimento da agricultura também é prejudicado, diminuindo a produção de alimentos e aumentando a fome e a pobreza. O meio ambiente também é prejudicado com este processo. A formação de desertos elimina a vida de milhares de espécies de animais e vegetais, pois modifica radicalmente o ecossistema da região afectada. A desertificação também favorece o processo de erosão do solo, pois as plantas e árvores não existem mais para "segurar" o solo. O que é a Desertificação?

7 A Desflorestação é o processo de desaparecimento de massas florestais, fundamentalmente causada pela actividade humana. A desflorestação é directamente causada pela acção do homem sobre a natureza, principalmente devido à destruição de florestas para a obtenção de solo para cultivos agrícolas ou para extracção de madeira, por parte da indústria madeireira. Uma consequência da desflorestação é o desaparecimento de absorventes de dióxido de carbono, reduzindo-se a capacidade do meio ambiente em absorver as enormes quantidades deste causador do efeito estufa, e agravando o problema do aquecimento global. O que é a Desflorestação ?


Carregar ppt "Trabalho realizado por: Mafalda Lopes 9ºA nº 13. Alterações Climáticas."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google