A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Módulos do SPRING - Módulos do SPRING - Modelo de Dados do SPRING - Procedimentos Iniciais.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Módulos do SPRING - Módulos do SPRING - Modelo de Dados do SPRING - Procedimentos Iniciais."— Transcrição da apresentação:

1 Módulos do SPRING - Módulos do SPRING - Modelo de Dados do SPRING - Procedimentos Iniciais

2 2 MÓDULOS DO SPRING Impima - leitura e conversão de imagens Spring - entrada, análise e manipulação dos dados Scarta - elaboração de cartas (layout) Spring TerraLib – Converte Bancos SPRING e TerraLib e vice-versa. Módulos Auxiliares: Teste Mesa - testa comunicação da mesa com o computador

3 3 IMPIMA Módulos do SPRING Entrada Tiff / GeoTiff SPG GRB RAW DAT SITIM Saída SPG Objetivo: Converter toda ou parte (recortar) de imagens e salvar no formato SPG para ser registrada.

4 4 SPRING Módulos do SPRING Entrada TIFF / GeoTIFF RAW / JPEG SITIM / SGI SPG DXF-R12 ASCII - SPRING Shape / ArcINFO Surfer - asc IDRISI – img asc Tabela ASCII DBASE Spacestat Conversores ShapeFile MID/MIF E00 DGN Mesa digitalizadora Saída TIFF / GeoTiff RAW JPEG Surfer IDRISI – img asc DXF-R12 ASCII - SPRING ArcINFO E00 ShapeFile Spacestat SpringWeb TerraLib

5 5 SCARTA Módulos do SPRING Entrada PIs de um banco e projeto do Spring Saída Arq. Carta Arq. Molde Arq. IPL Impressora Arquivos PostScript EPS CGM BMP PCX GIF TIFF

6 6 MODELO DE DADOS DO SPRING Como serão modelados os diversos dados ? Quais tipos de categorias de dados serão criadas ? Qual a área a ser trabalhada ? Quais os mapas (PIs) da área de trabalho ? Quais as representações dos mapas ?

7 7 BANCO DE DADOS Modelo de dados do SPRING Depósito de informações do SPRING – SGDB (Access, Dbase, Oracle, MySQL, PostgreSQL) – Tabelas – Mapas – Dados espaciais em formato proprietário do SPRING Pode-se definir vários BD (apenas um ativo) Não está relacionado a uma área geográfica Um BD pode conter vários Projetos C:\springdb\Banco – um sub-diretório (pasta) no sistema de arquivos. Nota: O sistema ativa automaticamente o último banco manipulado ou um pré determinado

8 8 MODELO DE DADOS Modelo de dados do SPRING Define os diversos tipos de dados (ou categorias de dados) Agrupa grandezas geográficas semelhantes em um único modelo. Uma categoria é comum aos vários Projetos criados no Banco de Dados. – Uso_Terra (Temático), Solo (Temático) – Imagem_TM (Imagem), Foto_8000 (Imagem) – Altimetria (Numérico) – Cadastro_Rural (Cadastral) – Fazenda (Objeto) - representado em um PI cadastral C:\springdb\Banco\Categorias – arquivos (tabelas) debaixo do diretório do banco

9 9 Define a região de interesse: – Área geográfica definida por um retângulo – Tem uma projeção cartográfica e – Contém um conjunto de Planos de Informações (PIs) do mesmo tamanho ou menor que a região geográfica, em escalas específicas. - Mapa de solo; - Imagens Landsat; - Mapa altimétrico, etc. PROJETO Modelo de dados do SPRING C:\springdb\Banco\Projeto – um sub-diretório (pasta) do diretório do banco Nota: O sistema ativa automaticamente o último projeto manipulado ou um pré determinado.

10 10 PLANO DE INFORMAÇÃO Modelo de dados do SPRING Representa o espaço geográfico com características básicas comuns definidas pela categoria do dado Condição: existência de um Projeto e da Categoria do Dado Cada PI está associado apenas a uma categoria Uma categoria define o tipo de dado de vários PIs Ex: - Mapas de Uso de 1970 e 1980 ( Temático ) - Bandas 3, 4 e 5 do Landsat (Imagem) - Mapa altimétrico (Numérico) - Mapa de fazendas (Cadastral) C:\springdb\Banco\Projeto\PI.lin – corresponde a arquivos debaixo do diretório do projeto * Sempre existirá um PI ativo no Painel de Controle.

11 11 CLASSE TEMÁTICA Modelo de dados do SPRING Define uma subdivisão específica de uma categoria do modelo temático Armazena atributos de apresentação (cor e preenchimento) Todas as Classes de uma categoria são comuns a quantos projetos existirem no banco de dados Ex: Classes de Uso_Terra (Mata, Capoeira, etc) – Drenagem (Principais, Secundários, etc) – Solo (Podzólico, Latosolo) * Se alterar o visual de uma classe temática, todos PIs de qualquer projeto do mesmo banco sofrerão a alteração. Cl 3 Cl 1 Cl 1 Cl 2 Cl 2

12 12 OBJETO Modelo de dados do SPRING Define a localização de objetos do mundo real (e.g. países, lotes, etc.) Dados individualizáveis com atributos descritivos Várias representações gráficas na forma de pontos, linhas ou polígonos Pode estar associado a qualquer PI cadastral ou rede * Cada objeto tem seu visual definido e seus atributos em uma tabela de banco de dados. País PIB (Us$ bn) Popul.(milhões) Argentina Brasil Equador 4514

13 13 Nome Projeção Projeção Ret. Envolvente Ret. Envolvente Nome Categoria Categoria Resolução Resolução Escala Escala Ret.Envol Ret.Envol RESUMO DO MODELO DE DADOS SPRING Categoria Categoria Pl - 1 Projeto A Projeto B Nome Diretório Diretório SGBD SGBD Pl - 2 Pl - 3 Pl - 4 Pl - 1 Pl - 2 Imagem Numérico Numérico Cadastral Cadastral Objeto Objeto Não-Espacial Não-Espacial Rede Rede TemáticoTemático Cl-1 Cl-1 Cl-2 Cl-2 Mapa Cadastral Mapa Numérico Mapa Imagem Mapa Temático Mapa Temático Mapa Temático Banco de Dados Atributos de Objetos IdRótulo/ Nome Area / Perimetro PaisPib (US $ milhoes Populacao (milhoes) 1BR / BRnn / nnBrasil AG /AGnn / nnArgentina

14 14 Procedimentos iniciais Que tipos de dados pretende utilizar na sua aplicação geográfica ? – Imagens, mapas temáticos, modelos numéricos, etc. Qual sua região geográfica de interesse ? – Município, estado, fazenda, cena CBERS, etc. Você tem uma base de referência para ajustar geograficamente todos os demais dados ? – Carta topográfica, imagem corrigida, amarração com medidas em campo (GPS), etc..

15 15 Qual sua base de referência ? Para uma determinada escala de trabalho é importante definir qual a base que será utilizada para corrigir eventuais distorções de outros dados (mapas / imagens) a serem incorporados no BDG. Exemplos : – Bases vetoriais : cartas topográficas (vias de acesso e rede de drenagem) e levantamentos com GPS – Bases matriciais : imagens de SR (ortofotografias, radar e satélites) IMPORTANTE : conhecer os parâmetros cartográficos (projeção, datum, paralelos e meridianos de origem) e métricos dos dados.

16 16 Exemplos de bases na Internet... Imagens satélite CBERS e Landsat – INPE- IBGE – EMBRAPA – GLCF – NASA - CPRM – GeoBank - Dados de Minas –

17 17 Imagens no SPRING 5 : formatos SPRING : internamente foi substituído o *.GRB por *.SPG (formato RAW com descritor - *.dsc) Formatos de imagens a serem convertidos (Impima) ou importados para um projeto (Spring) BSQ - nome arquivo (vold*.dat) BIL- nome arquivo (vold*.dat) Fat Format – Header.dat Tiff - nome arquivo, resolução (m) Raw - nome arquivo, resolução (m), LinXCol SITIM - nome arquivo (*.d) GRIB - nome de arquivo das versões anteriores a 5 GeoTiff - nome do arquivo georeferenciado SPG – arquivo raw do SPRING + descritor (*.dsc) JPEG – imagem com *.jgw ASCII-SPRING – arquivo texto com sintaxe

18 18 Parâmetros de Saída (Cursor) * Amostragem IMPIMA Parâmetros de Entrada - Aplicativo do SPRING utilizado para leitura de imagens em diversos formatos que serão armazenadas no formato SPG+DSC (com ou sem recorte) para posterior correção geométrica (registro).

19 19 IMPIMA - Como calcular a resolução (em metros) de um mapa ou imagem digitalizada ?


Carregar ppt "Módulos do SPRING - Módulos do SPRING - Modelo de Dados do SPRING - Procedimentos Iniciais."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google