A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

O curso de graduação da Escola Politécnica da USP Henrique Lindenberg Neto Departamento de Engenharia de Estruturas e Fundações 1 o Colóquio Internacional.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "O curso de graduação da Escola Politécnica da USP Henrique Lindenberg Neto Departamento de Engenharia de Estruturas e Fundações 1 o Colóquio Internacional."— Transcrição da apresentação:

1 O curso de graduação da Escola Politécnica da USP Henrique Lindenberg Neto Departamento de Engenharia de Estruturas e Fundações 1 o Colóquio Internacional sobre Epistemologia e Educação em Engenharia PUC-Rio junho de 2005

2

3 1 o Colóquio Internacional sobre Epistemologia e Ensino de Engenharia – PUC-Rio – junho de 2005 Curso Quadrimestral (Cooperativo) – Engenharia de Computação 1º Quadrimestre2º Quadrimestre3º Quadrimestre JFMAMJ J ASOND 1º ano 1º semestre 2º semestre 2º ano 3º semestre 4º semestre 3º anoA1E1A2 4º anoE2A3E3 5º anoA4E4 A5

4 1 o Colóquio Internacional sobre Epistemologia e Ensino de Engenharia – PUC-Rio – junho de 2005 Curso Quadrimestral (Cooperativo) – Engenharia Química 1º Quadrimestre2º Quadrimestre3º Quadrimestre JFMAMJ J ASOND 1º ano 1º semestre 2º semestre 2º ano 3º semestre 4º semestre 3º anoA1A2E1 4º anoA3E2 A4 5º anoE3A5E4

5 1 o Colóquio Internacional sobre Epistemologia e Ensino de Engenharia – PUC-Rio – junho de 2005 Grandes Áreas

6 1 o Colóquio Internacional sobre Epistemologia e Ensino de Engenharia – PUC-Rio – junho de 2005 Grande Área Civil

7 1 o Colóquio Internacional sobre Epistemologia e Ensino de Engenharia – PUC-Rio – junho de 2005 Grande Área Elétrica

8 1 o Colóquio Internacional sobre Epistemologia e Ensino de Engenharia – PUC-Rio – junho de 2005 Grande Área Mecânica

9 1 o Colóquio Internacional sobre Epistemologia e Ensino de Engenharia – PUC-Rio – junho de 2005 Grande Área Química

10 1 o Colóquio Internacional sobre Epistemologia e Ensino de Engenharia – PUC-Rio – junho de 2005 Cargas dos cursos

11 1 o Colóquio Internacional sobre Epistemologia e Ensino de Engenharia – PUC-Rio – junho de 2005

12

13 Projeto Poli 2015 O engenheiro da Poli 2015 terá formação abrangente, tanto sistêmica quanto analítica, fundamentada em sólidos conhecimentos das ciências básicas para a Engenharia, com atitude de sempre aprender. Será competente no relacionamento humano e na comunicação. Terá postura ética e comprometimento cultural e social com o Brasil.

14 1 o Colóquio Internacional sobre Epistemologia e Ensino de Engenharia – PUC-Rio – junho de 2005 We hire for attitude and behaviour and train for knowledge and skills Nós contratamos pelas atitudes e comportamentos e treinamos os conhecimentos e as habilidades Q = ( C + H ) A

15 1 o Colóquio Internacional sobre Epistemologia e Ensino de Engenharia – PUC-Rio – junho de 2005 Les mêmes problèmes se posent désormais dun continent à lautre. Certains dentre eux sont anciens, comme la dificulté de concilier lapprentissage des sciences avec le maintien dune pratique de projet indispensable dans des domaines comme le génie civil et la construction. Os mesmos problemas se colocam a partir de agora de um continente ao outro. Alguns dentre eles são antigos, como a dificuldade de conciliar o ensino das ciências com a manutenção de uma prática de projeto indispensável em áreas como a engenharia civil e a construção.

16 1 o Colóquio Internacional sobre Epistemologia e Ensino de Engenharia – PUC-Rio – junho de 2005 Dautres sont apparus plus récemment, comme la nécessité daccorder une place grandissante aux humanités, aux sciences sociales et au droit, afin de préparer les futurs ingénieurs à des situations de plus en plus complexes. Jusquà quel stade peut-on spécialiser les études? Outros apareceram mais recentemente, como a necessidade de se conceder um espaço crescente às humanidades, às ciências sociais e ao direito, a fim de preparar os futuros engenheiros a situações cada vez mais complexas. Até que ponto podemos especializar os estudos?

17 1 o Colóquio Internacional sobre Epistemologia e Ensino de Engenharia – PUC-Rio – junho de 2005 Où passe la ligne de partage entre têtes bien faites et têtes bien pleines? Comment associer véritablement recherche et enseignement? Toutes ces questions nont pas fini de hanter ceux qui ont pour mission de former des ingénieurs, ces hybrides de science et daction quaucune formule ne permet de définir en toute généralité. Onde passa a linha divisória entre cabeças bem feitas e cabeças bem cheias? Como associar verdadeiramente pesquisa e ensino? Todas estas questões não pararam de perseguir aqueles que têm por missão formar engenheiros, estes híbridos de ciência e de ação que nenhuma fórmula permite definir em toda generalidade.

18 1 o Colóquio Internacional sobre Epistemologia e Ensino de Engenharia – PUC-Rio – junho de 2005

19 1 o Colóquio Internacional sobre Epistemologia e Ensino de Engenharia – PUC-Rio – junho de 2005 Perfil do engenheiro a ser formado A rápida evolução de conhecimentos que se processa no mundo contemporâneo e a diversidade de atividades em que os engenheiros poderão estar, no futuro, engajados exigem que a Escola Politécnica propicie uma formação ampla e conceitual, que lhes permita o rápido domínio de novos desenvolvimentos tecnológicos e a atuação desembaraçada no âmbito das organizações públicas e privadas.

20 1 o Colóquio Internacional sobre Epistemologia e Ensino de Engenharia – PUC-Rio – junho de 2005 Perfil do engenheiro a ser formado A complexidade e diversidade das modernas técnicas da Engenharia impedem que todos seus detalhes sejam abordados ao longo do curso de graduação, mas, ao receber o diploma da Escola Politécnica, o recém- formado deverá ter adquirido formação que lhe permita integrar-se ativamente ao mercado de trabalho. Para isso, ao final do curso, o estudante deverá ter adquirido:

21 1 o Colóquio Internacional sobre Epistemologia e Ensino de Engenharia – PUC-Rio – junho de 2005 adequada formação científica; sólida formação em técnicas da Engenharia; capacidade de interpretação, análise e crítica das organizações; preparo para enfrentar situações novas com iniciativa e criatividade; capacidade de buscar e gerar conhecimento tecnológico e metodológico; consciência e preparo para ser um agente da evolução econômica e social; consciência para desenvolver uma conduta profissional ética.

22 1 o Colóquio Internacional sobre Epistemologia e Ensino de Engenharia – PUC-Rio – junho de 2005 Competências e habilidades ter capacidade de conceber e analisar sistemas, produtos e processos; ter capacidade de planejar, supervisionar, elaborar e coordenar projetos de engenharia; ter capacidade de operar e manter sistemas; ter capacidade de trabalhar em equipe; ter visão crítica de ordem de grandeza na solução e interpretação de resultados de engenharia;

23 1 o Colóquio Internacional sobre Epistemologia e Ensino de Engenharia – PUC-Rio – junho de 2005 Competências e habilidades estar sempre compromissado com a qualidade do que faz; ter iniciativa para tomada de decisões; ter visão clara do papel cliente, produtor, fornecedor, consumidor; saber bem usar as ferramentas básicas da informática;

24 1 o Colóquio Internacional sobre Epistemologia e Ensino de Engenharia – PUC-Rio – junho de 2005 Competências e habilidades comunicar-se bem por escrito e oralmente e ter domínio de pelo menos uma língua estrangeira, preferencialmente inglês; estar capacitado para planejar e ser objetivo no estabelecimento de metas.

25 1 o Colóquio Internacional sobre Epistemologia e Ensino de Engenharia – PUC-Rio – junho de 2005 Atitudes no exercício profissional O currículo deve estar organizado para também desenvolver no estudante um senso crítico e de cidadania que o induza a ter as seguintes atitudes no exercício profissional: compromisso com a ética profissional; responsabilidade social, política e ambiental; postura pró-ativa e empreendedora; compreensão da necessidade da permanente busca de atualização profissional.

26 1 o Colóquio Internacional sobre Epistemologia e Ensino de Engenharia – PUC-Rio – junho de 2005

27

28 Programa de Dupla Formação FAU-EPUSP

29


Carregar ppt "O curso de graduação da Escola Politécnica da USP Henrique Lindenberg Neto Departamento de Engenharia de Estruturas e Fundações 1 o Colóquio Internacional."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google