A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

SISTEMAS DISCRETOS Prof. Marcelo de Oliveira Rosa.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "SISTEMAS DISCRETOS Prof. Marcelo de Oliveira Rosa."— Transcrição da apresentação:

1 SISTEMAS DISCRETOS Prof. Marcelo de Oliveira Rosa

2 Sistemas Discretos Definição manipula Entidade que manipula um ou vários sinais (entrada), produzindo um ou vários sinais (saída) Composição: Sinais de entrada Sistema (propriamente dito) Sinais de saída Sistema Sinais de entrada Sinais de saída

3 Sistemas Discretos Definição Terminologias adicionais Excitação Entradas Excitação x[n] Resposta Saídas Resposta y[n] Matematicamente h{}operação h{} é uma operação realizada sobre uma função x[n] para produzir uma função y[n] h{} x[n] y[n]

4 Sistemas Discretos Diagrama de Blocos Somador w[n] = x[n] – y[n] + z[n] x[n] y[n] z[n] w[n] x[n] y[n] z[n] w[n] Σ x[n] y[n] z[n] w[n]

5 Sistemas Discretos Diagrama de Blocos Amplificador y[n] = K x[n] K y[n]x[n] y[n]x[n] K y[n]x[n] K

6 Sistemas Discretos Diagramas de Blocos Atrasador Atrasador y(t) = x[n – 1] D x[n – 1]x[n]

7 Sistemas Discretos Modelagem de sistemas Definir equações que ligam as entradas às saídas Geralmente equações integro-diferenciais Equações diferenciais ordinárias (por exemplo) Em sistemas discretos Equações de acumulação e de diferenças Equações a diferença Equações a diferença (por exemplo) Exemplos/Exercícios

8 Sistemas Discretos Modelagem de sistemas Sistema linear e invariante no tempo (LTI) Equações a diferenças com coeficientes constantes Compare com EDOs com coeficientes constantes

9 Sistemas Discretos Convolução Objetivo Facilitar a determinação de propriedades do sistema Independência da excitação Aplicado a sistemas LTI Linear e invariante no tempo Resposta ao impulso δ[n]h[n] x[n] = δ[n] y[n] = h[n]

10 Sistemas Discretos Convolução convolução-soma Também chamada de convolução-soma Reversão de uma das seqüências Multiplicação amostra-a-amostra de Seqüência invertida e atrasada/adiantada Seqüência fixa

11 Sistemas Discretos Propriedades da Convolução Comuns à convolução contínua Comutativa Distributiva Decorrentes de sistema ser LTI Linearidade Homogênea Invariante no tempo

12 Sistemas Discretos Propriedades da Convolução Amostragem do impulso Atraso/avanço

13 Sistemas Discretos Propriedades da Convolução Estabilidade Estabilidade Se x[t] é limitado Então absolutamente somável Um sistema é estável ser sua resposta ao impulso for absolutamente somável Existência da convolução

14 Sistemas Discretos Propriedades da Convolução Causalidade Causalidade Um sistema linear e invariante no tempo é causal se Sistema não-antecipatório Convolução em tempo-real

15 Sistemas Discretos Propriedades da Convolução Memória Memória Um sistema linear e invariante no tempo é estático se: Sistema sem memória

16 Sistemas Discretos Diagrama de Blocos Genericamente Sistema linear e invariante no tempo Pode ser representado por convolução

17 Sistemas Discretos Diagrama de Blocos forma direta I Simplificando (forma direta I) D D D bnbn b n-1 b n-2 b1b1 b0b0 x[n] D D D 1/a n a n-1 a n-2 a1a1 a0a0 y[n] –

18 Sistemas Discretos Diagrama de Blocos forma direta II Simplificando (forma direta II) bnbn b n-1 b n-2 b1b1 b0b0 y(t) D D D 1/a n a n-1 a n-2 a1a1 a0a0 x(t) –


Carregar ppt "SISTEMAS DISCRETOS Prof. Marcelo de Oliveira Rosa."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google