A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Peptídeos 3ª parte. Formados a partir da reação de condensação de dois ou mais aminoácidos pelo sistema aminocarboxila, com a eliminação de uma molécula.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Peptídeos 3ª parte. Formados a partir da reação de condensação de dois ou mais aminoácidos pelo sistema aminocarboxila, com a eliminação de uma molécula."— Transcrição da apresentação:

1 Peptídeos 3ª parte

2 Formados a partir da reação de condensação de dois ou mais aminoácidos pelo sistema aminocarboxila, com a eliminação de uma molécula de água para cada condensação. Ligação estabelecida entre os aminoácidos é denominada de ligação PEPTÍDICA

3 Classificação das ProteínasSimples Proteínas compostas apenas por aminoácidos Conjugadas compostas por uma parte não proteica, denominada grupo prostético que pode ser: um lipídeo, um ácido nucléico, um carboidrato

4 Proteínas Fibrosas (PROTEÍNAS ESTRUTURAIS) Na sua maioria, as proteínas fibrosas são insolúveis nos solventes aquosos e possuem pesos moleculares muito elevados. São formadas geralmente por longas moléculas mais ou menos retilíneas e paralelas ao eixo da fibra (moléculas em forma de bastonete). A esta categoria pertencem as proteínas de estrutura, como colágeno Proteínas Globulares De estrutura espacial mais complexa, são mais ou menos esféricas. Resultante do dobramento da cadeias polipeptídicas sobre si mesmas. São geralmente solúveis nos solventes aquosos e os seus pesos moleculares situam-se entre e vários milhões. Nesta categoria situam-se as proteínas ativas como os enzimas, transportadores como a hemoglobina, etc. Quanto a forma

5

6 Proteínas protetoras (toxinas e alérgenos) Fazem parte do mecanismo de defesa para a sobrevivência de alguns microrganismos e animais. Proteínas de armazenamento (albumina do ovo e proteínas dos grãos) Encontradas em principalmente em ovos e sementes de plantas. Encontradas em principalmente em ovos e sementes de plantas. Essas proteínas agem como fontes de nitrogênio e de aminoácidos para a germinação de sementes e embriões

7 Estrutura e Conformação Primária: Secundária e terciária: Quaternária: seqüência de aminoácidos numa cadeia polipeptídica interação entre grupos diferentes de uma mesma cadeia interação entre diferentes cadeias

8 Sequência específica dos aminoácidos que compõe um determinado polipeptídios

9 Ligação covalente planar- muito estável Ligação –NHCO- (nitrogênio do grupo amino de um aminoácido com o carbono do grupo carbonilico de outro aminoácidos –NH não ioniza e a ligação –C-N não é capaz de girar livremente –NH não ioniza e a ligação –C-N não é capaz de girar livremente

10 Determina e limita as possibilidades de diferentes conformações que a proteína poderá assumir

11 Sequência específica dos aminoácidos que compõe um determinado polipeptídios

12 Estrutura secundária A estrutura secundária a ser assumida por um polipeptídio é definida por sua própria estrutura primária. É dada pelo arranjo espacial de aminoácidos próximos entre si na sequência primária da proteína. Tipo, o número e a distribuição dos aminoácidos ao longo da cadeia polipeptídica Primeiro grau de ordenação espacial da cadeia polipeptídica

13 Existem dois tipos de estruturas secundárias originadas pelas rotações em torno das ligações adjacentes a ligação peptídica. Cadeia peptídica: torcida, dobrada sobre si mesma, adquirindo varias conformações HéliceFolha pregueada

14 Estabilizada por pontes de hidrogênio: Cada sequência de grupo N-H é ligada por ponte de hidrogênio ao grupo C=O O grupamento CO de cada aminoácido forma ponte de hidrogênio com o grupamento NH, sendo que todos os grupamentos NH e CO formam pontes de hidrogênio. #Ligação por pontes de hidrogênio dentro de um segmento (Intrassegmento)

15 A estrutura de folha pregueadas resulta da formação de pontes de hidrogênio entre a cadeia polipeptídica adjacente. As regiões vizinhas da cadeia polipeptídica associam-se por meio de ligações de hidrogênio, resultando em uma estrutura achatada e rígida. # Ligação por pontes de hidrogênio entre segmentos (Intersegmento)

16 Estrutura Terciária A estrutura terciária refere-se a maneira pela qual a cadeia polipeptídica encurva-se e dobra-se em três dimensões Mais estável e Menor volume Forma esférica: proteínas globulares Forma cilíndrica: proteínas fibrosas

17 Resíduos orientados em direção à superfície da estrutura secundária estabelecem interações com outras cadeias polipeptídicas Associação de cadeias polipeptídicas Estrutura Quaternária

18 Próxima aula


Carregar ppt "Peptídeos 3ª parte. Formados a partir da reação de condensação de dois ou mais aminoácidos pelo sistema aminocarboxila, com a eliminação de uma molécula."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google