A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Marketing de Relacionamentos: Aspectos Tecnológicos.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Marketing de Relacionamentos: Aspectos Tecnológicos."— Transcrição da apresentação:

1 Marketing de Relacionamentos: Aspectos Tecnológicos

2 Parte 1: Aspectos Tecnológicos Aplicados ao MR

3 Referência ZEITHAML, Valerie A.; BITNER, Mary Jo. Marketing de Serviços: a empresa com foco no cliente. Porto Alegre: Bookman, 2003. Valerie Zeithaml Mary Jo Bitner

4 Um bom serviço A verdadeira chave para o bom serviço ao cliente não é a tecnologia, e sim o diálogo. Freedman & Sudoyo, 1999

5 Diálogo com o consumidor Engajar-se em diálogo com os clientes faz com que eles se sintam importantes. Isso dá certeza que suas opiniões serão bem-vindas e respeitadas, e demonstra que a empresa está interessada em atender suas necessidades. Vavra, 1995 Terry Vavra

6 A tecnologia pode ser utilizada para facilitar diálogos significativos e criar melhores relacionamentos com os clientes, desde que siga planejamento e estudo corretos para atingir estes objetivos. Caso contrário, o que antes parecia um benefício adicional pode se transformar em uma fator que afugente o cliente, e até mesmo possa ferir a reputação da empresa. A Tecnologia neste contexto

7 Referência KOTLER, Philip; ARMSTRONG, Gary. Princípios de Marketing. 9.ed. São Paulo: Pearson Prentice-Hall, 2003. Philip KotlerGary Armstrong

8 O Marketing Direto consiste em comunicações diretas dirigidas a consumidores individuais cuidadosamente selecionados e destinadas não somente a obter deles uma resposta imediata, mas também a cultivar relacionamentos duradouros com eles. O conceito de Marketing Direto

9 Marketing Direto A Internet é o modelo de Marketing Direto definitivo. Os clientes apreciam o imediatismo, a conveniência, a economia e os toques pessoais que somente a experiência da Internet oferece. Dell, 2000 Michael Dell

10 Formas de Marketing Direto Clientes atuais e potenciais Venda Pessoal TeleMkt Mkt de Mala Direta Mkt de Catálog o Mkt de Televenda s Mkt de Terminais Multimídia Mkt On-Line

11 Conveniência –compra em qualquer lugar, lojas abertas 24 hrs/dia Informações –comparações entre empresas, produtos e concorrentes Interatividade –compra interativa e imediata. Benefícios do Marketing Direto - Compradores

12 Ciclo de caixa positivo Eliminação de atravessadores Custo baixo na comunicação eletrônica Flexibilidade para modificação de preços e características dos produtos Acesso a Mercados Globais E... Benefícios do Marketing Direto - Vendedores

13 É uma poderosa arma de construção de relacionamentos com o cliente, através dos Bancos de Dados que contêm informações detalhadas sobre seus clientes. Benefícios do Marketing Direto - Vendedores

14 O Fim da Era dos BlockBusters A lógica o mercado de massas é apostar em alguns produtos que agradem às multidões. São os Best-Sellers. A internet, contudo, torna possível vender mais produtos para menos compradores. É o Mercado de NICHOS. Agora, são as pessoas que determinam o que merece sucesso.

15 Cauda Longa - Exemplos

16 Parte 2: ECR (Abordagem de CORONADO) Coronado, Osmar. Logística Integrada: Modelo de Gestão,São Paulo, Atlas 2007

17 Efficient Consumer Response - Histórico Década de 1990 – Empresas como Procter & Gamble e Unilever transformaram o RELACIONAMENTO entre varejista e indústria com o ECR em uma espécie de JIT de última geração Consultoria Kurt Salmon Associates – economia anual de 30 bilhões de dólares e redução de 41% dos estoques da cadeia redução de até 10% nos preços na ponta (USA) Pricewaterhouse Coopers – Até 2009, 80% do mercado de abastecimento deverá adotar práticas de ECR (Brasil) ECR Brasil – 68 associados, 300 profissionais potencial de redução de custos de U$ 4,5 bilhões (5,92% na esfera da indústria, 3,85% no atacado e varejo e 10% nos preços finais)

18 Base do ECR – Informação (EDI, padronização de transportes e embalagens, pesquisa de hábitos do consumidor, layout de lojas, etc) TEMPO REAL INTEGRAÇÃO (maior desafio) EFICIÊNCIA LOGÍSTICA (veículos padronizados, códigos de barras / RFID) Inventário Perpétuo FATORES CHAVES DO ECR

19

20 Fatores que impulsionam o ECR Com a queda da inflação – compras mais frequentes Sucesso dos que já começaram – redução de quebras e excessos de estoques, aumento de vendas, redução de devoluções e preços finais

21 Parte 2.1: CRM (Abordagem de GREENBERG)

22 Porque os clientes mudam de fornecedor? 1% porque morrem 3% porque se mudam 5% por influência de terceiros 9% levados pela concorrência 14% por insatisfação com a qualidade do produto 68% por insatisfação com o atendimento e/ou serviço prestado Fonte: U.S. News & World Report 1999

23 Case: Mercearia do Totonho CRM = Caderneta de registros Mensais

24 Diferenciação Localização Tamanho Marca Produtos / Tecnologia Relacionamento

25 O que é CRM? CRM é uma tecnologia? Gerenciador de contatos? Atendimento à reclamações? Suporte técnico à vendas? Apoio à tomada de decisões? Uma mentalidade empresarial? - Oportunidade ao consumidor de fazer negócios de maneira alternativa - Aumentou o acesso às informações e probabilidades de escolhas - Transformou os consumidores em seres bem informados e impacientes - Auxilou a gerenciar o aumento de escala nos negócios Um aperto de mão Telefone E-Business

26 Visão da Onix Software sobre uma empresa que utiliza CRM Tecnologia Planos departamentais Definição de Programas Objetivos do negócio A. B. C. 1. 2. 3. PROGRAMAS MEDIDA MARKETINGVENDASSERVIÇOS TECNOLOGIA

27 ANTES DO CRM CENTRAR-SE NO PRODUTO PRODUTO PADRÃO MARKETING DE MASSA COM CRM CENTRAR NO MERCADO E CLIENTE PRODUTOS PERSONALIZADOS MARKETING DIRIGIDO OS CRMs SURGEM PARA PROPORCIONAR ÀS EMPRESAS MELHORES OPORTUNIDADES E CONQUISTAR, FIDELIZAR E CONHECER MELHOR SEUS CLIENTES

28 O cliente é o rei

29 E-CRM Capacidade de cuidar do seu cliente via internet, ou eles cuidarem de si mesmos on line A evolução da confiança na segurança das transações comerciais on line está crescendo rapidamente O CRM tradicional traz ferramentas que, embora possam ser capacitadas para a web, não foram desenhadas para isso (não são baseadas na web) O uso de portais CRM direcionam, filtram e economizam tempo de seus usuários (portal de funcionários, clientes e parceiros) eCRM é CRM, e CRM precisa tornar-se eCRM

30 Desafios Qual é a melhor forma de aplicação? Como gerir quando a escala aumenta? Como integrar todos os processos da empresa aos objetivos do CRM?

31 Referência GREENBERG, Paul. CRM: Customer Relationship Management na velocidade da luz – Conquista e Lealdade de clientes em tempo real na Internet. Rio de Janeiro: Campus, 2001. Paul Greenberg

32 Que tal um intervalo???

33 Parte 3: CRM (Abordagem de BRETZKE)

34 Referência BRETZKE, Miriam. Marketing de relacionamento e competição em tempo real com CRM. São Paulo: Atlas, 2000. http://www.bretzke-marketing.com.br Miriam Bretzke

35 DBM (Database Marketing) - Possibilita conhecer e prever comportamentos dos clientes. Listas de Marketing tipicamente se limitam a definir grupos de clientes com perfil de compra semelhante Objetivo: Aumentar a taxa de resposta (SEGMENTAÇÃO!!!) – Campanhas sob medida Empresas perdem a oportunidade de fazer marketing 1-1 e realmente oferecer uma sensação de personalização p/ clientes Empresas dizem que isto é muito caro DBM

36 Call center: em muitos casos, o atendente virou apenas um anotador e repassador de reclamações s/ autonomia p/ solucionar Muitas ferramentas de marketing, vendas e call center isolados Visão parcial do cliente Clientes ficam cada vez mais intolerantes Ex.: Tlmkt. VG / TIM Call Center

37 Coletar dados de contatos (interações) com clientes Realizar análises flexíveis Atender, reconhecer e cuidar do cliente Identificação de ameaças e oportunidades a partir do relacionamento com o cliente -> cada contato deveria ser uma oportunidade Ser utilizado não apenas pelo pessoal do Call Center CRM - Objetivos

38 Metodologia Expertise Experiência Informática, telecomunicações e softwares aplicativos integrados em um Modelo de Relacionamento Integração com outros softwares operacionais Visão global do cliente em tela única –Vendas, Marketing, Serviços, Expedição,... CRM – Pré-requisitos

39 Não apenas ter um Programa de Fidelidade e Descontos Não apenas ter um Call Center 24h Transformar o Call Center num Canal de Relacionamento –Atendentes solucionando o problema na 1ª chamada / 1º e-mail / 1º fax / 1º atendimento Web Possibilitar calcular o LTM Aprender com o comportamento do cliente e oferecer o que ele precisa. Ex.: Amazon CRM – Metas

40 Autonomia dos atendentes Comprometimento de outras áreas Capacitação dos RH Discurso coerente entre canais (Ex.: Sky Airline) Fatores Chave do Sucesso - Call Center

41 1ª campanha de marketing de massa: 1962 – Ford – 20 mi telefs. Definições: –Aplicação do telefone para aumentar a performance das atividades de marketing (Katzenstein) –Casamento da tecnologia das telecomunicações com as técnicas do marketing direto (AT&T) Mais eficaz que mala direta Responde por 70% de todas as interações com clientes Telemarketing

42 1ª - Receptivo (final década de 80) SAC – Atendimento a exigência legal Call center = custo / baixa qualificação Missão – Evitar o Procon Descomprometimento de outras áreas Sistemas deficientes, ineficientes, isolados ou inexistentes Ex.: Call Center corporativo TIM Call Center - Fases

43 2ª - Qualidade no atendimento Informatização DACs, URAs Comprometimento de outras áreas 3ª - Fidelização Telemarketing ativo -> Maior rentabilidade Objetivo de construção de relação de longo prazo 4ª - Canal de Relacionamento Cliente atendido e reconhecido independente do canal que utiliza para se comunicar (Internet, Telefone,...) Call Center - Fases

44 CTI – Computer telephony integration –URA –BINA –Script na tela –Transferência interna de chamadas –Gravação de chamadas –Chamadas automáticas –Atendimento a formas não pessoais (e-mails, faxes,...) Call Center - Tecnologia

45 Construção de relacionamentos Realização de vendas Identificação de prospects e suspects Qualificação de Leads Administração de clientes B e C da curva ABC Atendimento Pós-venda Agendamento de visitas Cobrança Telemarketing – Novo papel

46 O vendedor informatizado / suportado por uma equipe de telemkt e por um CRM: –Planeja melhor as visitas –Registra dados dos relacionamentos –Aproveita melhor seu tempo e elabora melhores propostas –Menos tempo na prospecção e mais na negociação –Mais tempo para trabalhar novos clientes ao invés de trabalhar apenas a carteira atual Vendedores x CRM

47 Conceito que prevê a disponibilização de todas as informações sobre faturamento, produção e entrega para os colaboradores Comprometimento de toda a empresa com os prazos de entrega Cumprimento das promessas da força de venda Aumento da credibilidade. Administração do ciclo do pedido

48 1ª - Definição e planej. do modelo de relacion.: Montante de investimento($): - Impessoal- Pró ativo - Reativo- De parceria - Responsável Tipo de comunicação: - Segmentada- Um a um - Continuada Ofertas de relacionamento: - Modelo educativo- De valor agregado - Contratual- Recompensa Etapas da Implantação do CRM

49 2ª - Redesenho dos processos de atendimento: Do pré-venda ao pós-venda Recomenda-se uma consultoria externa (80% das falhas na implantação de CRM se devem à falta de planejamento) 3ª - Seleção da solução Envolvendo hardware e software Etapas da Implantação do CRM

50 4ª - Implantação da tecnologia de CRM: Obstáculos: Resistência organizada, aprendizagem lenta e esquecimento rápido Demitir / realocar resistentes se preciso for Comprometimento da cúpula Não existe mudança sem estresse Muitas empresas não têm seus processos e sistemas orientados p/ clientes e sim p/ produtos -> dificuldade de implantar o CRM Etapas da Implantação do CRM

51 Avaliação: levantar informações importantes já disponíveis sobre o relacionamento Manter um ponto único de contato Tentar resolver o problema no 1º telefonema Tratar cada contato como uma oportunidade de venda Registrar cada contato (histórico) Princípios norteadores

52 Facilidade de Integração c/ outros softwares Facilidade / garantia de atualização Flexibilidade Ferramenta de DBM Pontos importantes na solução CRM

53 Perguntas ???


Carregar ppt "Marketing de Relacionamentos: Aspectos Tecnológicos."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google