A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

DOENÇAS TRANSMITIDAS POR ALIMENTOS (DTA)

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "DOENÇAS TRANSMITIDAS POR ALIMENTOS (DTA)"— Transcrição da apresentação:

1 DOENÇAS TRANSMITIDAS POR ALIMENTOS (DTA)

2 DTA São todas as ocorrências clínicas decorrentes da ingestão de alimentos ou água contaminados Agentes causadores: bactérias; vírus; toxinas; parasitas; fungos toxigênicos príons; agrotóxicos; produtos químicos e metais pesados. Quadro clínico: Depende do agente etiológico envolvido e varia desde leve desconforto intestinal até quadros extremamente graves, podendo levar a desidratação grave, diarreia sanguinolenta e insuficiência renal aguda.

3 Fatores que contribuem para a emergência dessas doenças:
A ocorrência de DTA vem aumentando de modo significativo em nível mundial. Fatores que contribuem para a emergência dessas doenças: crescente aumento das populações; existência de grupos populacionais vulneráveis ou mais expostos; processo de urbanização desordenado e a necessidade de produção de alimentos em grande escala; deficiente controle dos órgãos públicos e privados no tocante a qualidade dos alimentos ofertados as populações;

4 maior exposição das populações a alimentos destinados ao pronto consumo coletivo – fast-foods;
o consumo de alimentos em vias publicas; utilização de novas modalidades de produção; aumento no uso de aditivos; mudanças de hábitos alimentares; mudanças ambientais; globalização e as facilidades atuais de deslocamento da população, inclusive no nível internacional.

5 Portaria SVS/MS n° 104, de 25 de janeiro de notificação de surto de DTA às autoridades locais de saúde e investigação imediata.

6

7

8

9 BARREIRAS DE DEFESA DO HOSPEDEIRO
BARREIRAS DE DEFESA DO HOSPEDEIRO - Acidez estomacal e enzimas digestivas - Mucosa intestinal (barreira mecânica) - Ácidos biliares (inibitórios para crescimento microbiano) - Motilidade intestinal (alimentação rica em fibras) - Microbiota intestinal - Presença de fagócitos (mecanismos microbicidas) - Produção de anticorpos

10 CLASSIFICAÇÃO PARA AS DOENÇAS TRANSMITIDAS POR ALIMENTOS
Existem vários mecanismos patogênicos envolvidos com a determinação das DTA. CLASSIFICAÇÃO PARA AS DOENÇAS TRANSMITIDAS POR ALIMENTOS INFECÇÃO INTOXICAÇÃO TOXINFECÇÃO INTOXICAÇÃO NÃO BACTERIANA

11 Vírus; parasitos e príons.
INFECÇÃO São causadas pela ingestão de micro-organismos patogênicos, denominados invasivos, com capacidade de penetrar e invadir tecidos, originando quadro clinico característico. Ex. Salmonella spp; Shigella spp; Yersinia enterocolitica; Campylobacter jejuni; Escherichia coli patogênica. Vírus; parasitos e príons.

12 INTOXICAÇÃO São provocadas pela ingestão de toxinas formadas em decorrência da intensa proliferação do micro-organismo patogênico no alimento. (Toxina pré formada no alimento) Ex. Staphylococcus aureus, Bacillus cereus (cepa emética); Clostridium botulinum.

13 Ex. Clostridium perfringens; Bacillus cereus (Cepa diarreica);
TOXINFECAÇÃO São causadas por micro-organismos toxigênicos, cujo quadro clínico é provocado por toxinas liberadas quando estes se multiplicam, esporulam ou sofrem lise na luz intestinal. Ex. Clostridium perfringens; Bacillus cereus (Cepa diarreica);

14 tóxicos (Ex.: moluscos, peixes).
INTOXICAÇÃO NÃO BACTERIANA Quando outros agentes não bacterianos estão envolvidos com DTA, como nas intoxicações por metais pesados, agrotóxicos, fungos silvestres, plantas e animais tóxicos (Ex.: moluscos, peixes).

15

16

17

18

19


Carregar ppt "DOENÇAS TRANSMITIDAS POR ALIMENTOS (DTA)"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google