A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Unidade V II Assunto 1 IMPÉRIO BIZANTINO: - localização; - governo de Justiniano; - principais contribuições;

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Unidade V II Assunto 1 IMPÉRIO BIZANTINO: - localização; - governo de Justiniano; - principais contribuições;"— Transcrição da apresentação:

1 Unidade V II Assunto 1 IMPÉRIO BIZANTINO: - localização; - governo de Justiniano; - principais contribuições;

2 Objetivos a. Localizar geograficamente o Império Bizantino. b. Explicar a importância do governo de Justiniano. c. Justificar a importância do legado cultural bizantino.

3 Síntese: No começo da Idade Média, na Cidade de Constantinopla - antiga capital do Império Romano do Oriente- teve início o Império Bizantino. O Império Bizantino contribuiu no campo do Direito – herdado de Roma – e, nas artes, em particular a Arquitetura.

4 ANTECEDENTES Com a crise do século III, o Império Romano do Ocidente começou a decair por causa das crises políticas e a deterioração socioeconômica por que passava. A separação do Império Romano se deu com Teodósio I, em 395. A este sucederam seus filhos: Honório (de 395 a 423 d.C.), no Ocidente; e Arcádio (de 395 a 408 d.C.), no Oriente. Em 476, o imperador Rômulo Augusto (Augustulo) caiu nas mãos da tribo dos hérulos, chefiados por Odoacro. A partir daí, o Império Romano Ocidental fragmentou-se em pequenos reinos bárbaros.

5 Localização e Povoamento: Foi na antiga Bizâncio que o Imperador romano Constantino criou, em 330, a Cidade de Nova Roma, em seguida batizada como CONSTANTINOPLA. LOCALIZAÇÃO: Às margens do Estreito de Bósforo, entre o Mar Egeu e o Mar Negro.

6

7 O GOVERNO DE JUSTINIANO ( ): O mais famoso Imperador do Império Bizantino foi Justiniano, que subiu ao trono em 527 d.C., após a morte de seu pai, Justino I. Justiniano compartilhava a ideia de que o mundo cristão deveria ter uma só religião, uma só igreja e um só chefe. Por isso, desafiou a autoridade papal, e o líder político de Constantinopla passou a exercer a autoridade religiosa em todo Império Bizantino. Surgiu então o CESAROPAPISMO: União do poder político (como um César em Roma) com o poder religioso do Papa.

8 Em 532, durante uma corrida no hipódromo, teve início uma revolta social que se alastrou para outras regiões: foi a revolta de Nika, que ocasionou milhares de mortes. A rebelião, além de motivos políticos dos inimigos. Causas da revolta: Motivos políticos dos inimigos de Justiniano. Cobrança de impostos excessivos Despotismo do Imperador em relação aos funcionários reais. Reação monofisista às ações ortodoxas do Imperador.

9 O CÓDIGO DE JUSTINIANO Justiniano sobressaiu-se como legislador. Mandou compilar e rever as leis que se contradiziam e codificar opiniões de juristas romanos, dando origem ao CORPUS JURIS CIVILIS- que era um código harmonizado com a doutrina Cristã, conhecido como CÓDIGO JUSTINIANO. Nos séculos VII e VIII, os árabes tomaram de Bizâncio as regiões da Mesopotâmia, Palestina, Norte da África. A Cidade de Bizâncio estava enfraquecida. Causas do enfraquecimento: Querela monofisista (Crença apenas na natureza divina de Jesus Cristo).

10 Cristo) A iconoclastia: (Grupo herético contrário à adoração de imagens, o que gerou grande controvérsia religiosa entre 726 e 843. Em vez de estarem unidos para barrarem o inimigo externo, os bizantinos brigavam ente si. Por essa razão, várias regiões do Império preferiram viver sob o governo muçulmano, por acharem que esse as apoiava. Daí não fazerem oposição aos invasores..

11 ORGANIZAÇÃO SOCIAL E ECONÔMICA A sociedade bizantina estava assim organizada: Classe governante Clero Um aristocracia rural forte Um grupo de ricos mercadores Trabalhadores rurais e urbanos.

12 A economia agrária predominava sobre o artesanato e o comércio. A escravidão e a servidão não se desenvolveram como no Império Romano do Ocidente, porque a classe dos pequenos proprietários rurais era protegida pelo Estado. As cidades de Constantinopla, Alexandria, Éfeso, Antióquia, Corinto, dentre outras, transformaram-se em centros manufatureiros e comerciais.

13 O DESMEMBRAMENTO DO IMPÉRIO. Até 1453, o Império sofreu várias retrações e períodos de crescimento, como no início do século XI, quando chegou ao apogeu. O Império Bizantino, contudo, foi invadido por povos bárbaros: os normandos, que conquistaram parte do Império na Europa, e os turcos seldjúcidas, que se expandiram da Anatólia até Bagdá. O império caiu definitivamente nas mãos dos Turcos Otomanos em 29 de maio de 1453.

14 CULTURA: A formação do Império Bizantino foi múltipla: seu alicerce cultural era helenístico e romano, com fundamentos europeus e asiáticos. A mistura do exotismo oriental com a leveza das criações do Ocidente foram expressas nas obras bizantinas. O LATIM se manteve como língua oficial do Império, até o século VI, quando terminou a dinastia Justiniana. A partir daí a língua falada foi o grego.

15 ARTES: Arquitetura: Construção de inúmeras basílicas, em especial, a Basílica de São Marcos. Desenvolveram a TÉCNICA DE MOSAICO (pequenos pedaços de vidro, pedra, cerâmica que, dispostos lado a lado, formam um painel decorativo.

16

17

18

19 CAPITEL BIZANTINO

20

21 Pintura : os afrescos retratavam os santos (ícones) e passagens de sua história. Destacou-se a PINTURA MINIATURISTA (técnica que utilizava pequenos espaços para ilustração).

22 ESPARTA ( A CIDADE GUERREIRA)

23 RELIGIÃO A religião era diferente: o culto era em grego, ou no idioma do país em que estava sendo realizado, e não em latim. O Clero secular podia contrair matrimônio A população não acreditava em purgatório. O bispo de Constantinopla não reconhecia a autoridade do Papa romano. Muitas contendas houve entre o Papa e o Imperador de Constantinopla.

24 Essas contendas causaram o Cisma do Oriente, que dividiu o mundo cristão. A igreja católica, conhecida por Igreja Ortodoxa, falada no idioma Grego. O poder político e o poder religioso ficaram centrados no patriarca de Constantinopla. A Igreja do Ocidente, a Igreja Católica Apostólica Romana, falada em latim e sob a liderança religiosa do PAPA, COM SEDE EM ROMA.


Carregar ppt "Unidade V II Assunto 1 IMPÉRIO BIZANTINO: - localização; - governo de Justiniano; - principais contribuições;"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google