A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Recursos Minerais do Brasil – 2ª Parte – 2ª Parte UD II - ASSUNTO: 2.1. Os recursos naturais e as atividades econômicas – (setor mineral e os grandes projetos.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Recursos Minerais do Brasil – 2ª Parte – 2ª Parte UD II - ASSUNTO: 2.1. Os recursos naturais e as atividades econômicas – (setor mineral e os grandes projetos."— Transcrição da apresentação:

1 Recursos Minerais do Brasil – 2ª Parte – 2ª Parte UD II - ASSUNTO: 2.1. Os recursos naturais e as atividades econômicas – (setor mineral e os grandes projetos de mineração) BIBLIOGRAFIA DE REFERÊNCIA: ADAS, Melhen e ADAS, Sérgio. Panorama Geográfico do Brasil: contradições, impasses e desafios socioespaciais. 4ª edição reformulada. São Paulo: Moderna, 2004 OBJETIVO(S) ESPECÍFICO(S) A SER(EM) ATINGIDO(S): - d. Identificar o papel do setor mineral na economia nacional; - e. Discutir a implantação dos grandes projetos de mineração e as conseqüências na preservação do espaço natural.

2 Principais Jazimentos Minerais Brasileiros (Continuação...) Bauxita – minério de alumínio - jazidas amazônicas – aproximadamente 1/6 das reservas mundiais; - década de 1960: a Jamaica, maior produtor mundial, eleva os preços do mineral – empresas multinacionais buscam reservas em outros países – ampla procura em subsolo brasileiro; - meados da década de 1960: a Alcan (CAN) descobre as jazidas do Vale do Rio Trombetas;

3 - década de 1970: a CVRD une-se a empresas estrangeiras sob a modalidade de joint ventures (contratos de risco) – necessidade de capitais e tecnologias, dos quais o Brasil ressentia-se pela ausência – a CVRD atuava como um elo entre o governo brasileiro e o capital estrangeiro; - necessidade de beneficiamento junto às áreas produtoras – imposição dos projetos de beneficiamento na Amazônia; - necessidade de muita energia elétrica: construção de Tucuruí pela Eletrobrás – concessão de subsídios às empresas estrangeiras (15% de desconto por 20 anos) e efeitos negativos sobre o meio ambiente.

4 Usina de Tucuruí - Eletronorte

5 a) Projeto Trombetas (PA) – jazidas de Oriximiná - CVRD + Grupo Votorantin + Alcan + Reynolds (EUA) + Shell-Billiton Metals (anglo-holandesa) + CBA = Mineração Rio do Norte (1979); - exploração de minérios - produção escoada por via fluvial para os projetos Albrás, Alunorte e Alumar; Bauxita – principais projetos de exploração e beneficiamento

6 b) Projeto Alumar (MA) – São Luís - beneficiamento de alumínio e alumina; - Alcoa + Shell-Billiton Metals (capital totalmente estrangeiro ); c) Projeto Albrás (PA) - beneficiamento de alumínio e alumina; - CVRD + NAAC (JAP) – 1985; d) Projeto Alunorte (PA) - beneficiamento de alumínio e alumina; - CVRD + NAAC (JAP) – 1988; e) Projeto Paragominas (PA) - exploração de minérios; - CBA

7 Cassiterita – minério de estanho - vasta utilização industrial (folha-de- flandres – fabricação de latas) - rocha encontrada em pegmatitos (rochas magmáticas) e em depósitos fluviais (sedimentados em rios); - maiores produtores: RO (50% da produção nacional), AM, MG, PA e MT; - exploração inicial (1958) sob a forma de garimpos – isolamento geográfico; - década de 1960: construção da Rodovia Brasília-Acre quebra o isolamento e permite o acesso às grandes empresas;

8 - década de 1970: o governo federal proíbe o garimpo e favorece a exploração das grandes empresas estrangeiras: British Petroleum, Brascan, Shell-Billiton, dentre outras; - o garimpeiro transforma-se em requeiro (catador de restos). Outros minerais em destaque -Cobre: Caraíba (BA), Camaquã e Caçapava do Sul (RS), Mara Rosa (GO), Carajás (PA); -Prata: BA, PA e MG; -Chumbo: Adianópolis (PA) e Macaúba (BA); -Cromo: AP e BA; -Níquel: Niquelândia (GO) e MG; -Zinco: MG, BA e PR.

9


Carregar ppt "Recursos Minerais do Brasil – 2ª Parte – 2ª Parte UD II - ASSUNTO: 2.1. Os recursos naturais e as atividades econômicas – (setor mineral e os grandes projetos."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google