A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Ministérios da Saúde e Educação. Rede Cegonha Construindo a Linha do Cuidado Materno Infantil Instituído no âmbito do SUS pelo Decreto Presidencial nº.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Ministérios da Saúde e Educação. Rede Cegonha Construindo a Linha do Cuidado Materno Infantil Instituído no âmbito do SUS pelo Decreto Presidencial nº."— Transcrição da apresentação:

1 Ministérios da Saúde e Educação

2 Rede Cegonha Construindo a Linha do Cuidado Materno Infantil Instituído no âmbito do SUS pelo Decreto Presidencial nº de 24/06/2011. Instituído no âmbito do SUS pelo Decreto Presidencial nº de 24/06/2011.– Consiste numa rede de cuidado que visa assegurar à mulher o direito ao planejamento reprodutivo e à atenção humanizada à gravidez, ao parto e ao puerpério, bem como a criança o direito ao nascimento seguro e ao crescimento e desenvolvimento saudável. Coordenadoria de Atenção e Promoção à Saúde – COAPS Coordenação da Atenção Básica / Área Técnica Saúde da Mulher

3 São Objetivos de Rede Cegonha: Decreto nº 1.459, artigo 3º Coordenadoria de Atenção e Promoção à Saúde – COAPS Coordenação Atenção Básica / Área Técnica Saúde da Mulher I - Fomentar a implementação de novo modelo de atenção à saúde da mulher e à saúde da criança com foco na atenção ao parto, ao nascimento, ao crescimento e ao desenvolvimento da criança de zero aos vinte e quatro meses; II- Organizar a Rede de Atenção à Saúde Materna e Infantil para que esta garanta acesso, acolhimento e resolutividade; e III – Reduzir a mortalidade materna e infantil com ênfase no componente neonatal.

4 1. Garantia do acolhimento com avaliação e classificação de risco e vulnerabilidade, ampliação do acesso e melhoria da qualidade do Pré natal; 2. Garantia de Vinculação da gestante à unidade de referência e do transporte seguro; 3. Garantia das boas práticas de atenção ao parto, nascimento e abortamento; 4. Garantia da atenção à saúde das crianças de 0 a 24 meses com qualidade e resolubilidade; 5. Ampliação do acesso ao planejamento reprodutivo Diretrizes: Coordenadoria de Atenção e Promoção à Saúde – COAPS Coordenação da Atenção Básica /Área Técnica Saúde da Mulher

5 Cada componente compreende uma série de ações de atenção a saúde 1. Pré-Natal; 2. Parto e Nascimento; 3. Puerpério e Atenção Integral a Saúde da Criança; 4. Sistema Logístico: Transporte Seguro e Regulação; Componentes Coordenadoria de Atenção e Promoção à Saúde – COAPS Coordenação da Atenção Básica /Área Técnica Saúde da Mulher

6 FASE I – Adesão e Diagnostica; FASE II – Desenho Regional da Rede Cegonha; FASE III – Contratualização dos Pontes de Atenção; FASE IV – Qualificação dos componentes; FASE V – Certificação Operacionalização Coordenadoria de Atenção e Promoção à Saúde – COAPS Coordenação da Atenção Básica /Área Técnica Saúde da Mulher

7 Operacionalização Rede Cegonha Coordenadoria de Atenção e Promoção à Saúde – COAPS Coordenação Atenção Básica / Área Técnica Saúde da Mulher FASE I - ADESÃO E DIAGNÓSTICO: CONCLUÍDA Município: 1.Apresentação da Rede Cegonha as Coordenações D.S, Áreas Técnicas da COAPS, Apoiadores Estratégicos AB; 2.Diagnóstico da Rede de Atenção ao pré-natal e ao parto e nascimento no município; 3.Formação do grupo condutor municipal; RMS: 1. Análise da matriz diagnóstica na CGMR; 2. Participação no grupo condutor estadual formado pela SES, COSEMS e apoio institucional do MS.

8 Grupo Condutor Estadual Rede Cegonha Resolução CIB/BA nº. 096/2011 Coordenadoria de Atenção e Promoção à Saúde – COAPS Coordenação Atenção Básica /Área Técnica Saúde da Mulher Composição: COSEMS: Stela (Capela do Alto Alegre); Fabiano (Vera Cruz) ; Ubiratan (Juazeiro); Lívia (Aramari); Jacqueline (Elísio Medrado); Tatiana (Salvador). SESAB: Suzana (GASEC); Gisélia (SAIS); Andrés (SUREGS); Ricardo (DAB/SAIS); Débora (DGC/SAIS); Telma (SUPERH). Ministério da Saúde: Luíza Aciolo e Vera Figueiredo.

9 Operacionalização Fase II: Desenho Regional da Rede Cegonha Coordenadoria de Atenção e Promoção à Saúde – COAPS Coordenação Atenção Básica /Área Técnica Saúde da Mulher Análise da situação de saúde - CONCLUÍDA Pactuação do desenho da Rede Cegonha Microregional – CONCLUÍDA Plano de Ação Região Metropolitana de Salvador (RMS)– CONCLUIDO

10 Saúde sexual e reprodutiva nas UBS/USF Pré-natal de risco habitual para todas as gestantes nas UBS/USF Garantir exames de Pré-Natal Risco Habitual (ou referenciar) Centro de Parto Normal Município MicrorregiãoMacrorregião Maternidade de Referência para Gestação de Alto Risco( Pré-natal e Parto) Casa de Apoio à Gestante e ao Bebê Banco de Leite Humano e Método Canguru Maternidade de Referência Secundária (Pré- natal de alto risco e parto cesáreo) Unidade de Coleta de Leite Humano e Método Canguru DESENHO DA REDE CEGONHA - BAHIA UCI neonatal Laboratório (sorologias) e USG UTI Adulto e Neonatal Vinculação de cada UBS/USF a um Centro de Parto Normal/Maternidade na Microrregião* Hemocentro/ Unidade Transfusional Parto Normal e Pré- natal de alto risco Unidade de Coleta e Transfusão (UCT) Auxílio transporte/ taxi SAMU Cegonha REGULAÇÃO *Mapa de Vinculação

11 Organizando a Rede Cegonha no Município : Coordenadoria de Atenção e Promoção à Saúde – COAPS Coordenação Atenção Básica /Área Técnica Saúde da Mulher Participação no Colegiado de Maternidades: Apresentação do primeiro desenho de vinculação e situação da assistência ao pré-natal; Apresentação da organização da atenção básica no município e a proposta de ampliação da mesma; Realização de Oficina com a participação dos Distritos Sanitários e Maternidade com o objetivo de construir estratégias para vinculação UBS/USF à Maternidade; Planejamento para garantia do acesso aos exames do pré-natal de risco habitual e alto risco

12 Organizando a Rede Cegonha : Coordenadoria de Atenção e Promoção à Saúde – COAPS Coordenação Atenção Básica /Área Técnica Saúde da Mulher Constru ç ão de espa ç o permanentes envolvendo Maternidades, Distritos Sanit á rios, Técnicos da SMS Salvador e Apoiadores da SESAB- (Colegiado de Maternidades) Negocia ç ões realizadas no Colegiado de Maternidades: As maternidades CONTINUAREM realizando o pr é -natal de baixo risco das gestantes sem cobertura de aten ç ão b á sica, reduzindo a oferta na medida em que houver amplia ç ão da cobertura de AB no munic í pio; Realizar pr é -natal de alto risco nas maternidades; Implantar o SISPRENATALWEB nas maternidades e nos serviços contratuaizados; Garantir nas maternidades pelo menos uma consulta m é dica para as gestantes que dispõem apenas de consulta de enfermagem na aten ç ão b á sica do seu Distrito Sanit á rio ate a convoca ç ão Concurso Publico; Regionalizar o pr é -natal de risco habitual e alto risco realizado pelas maternidades, utilizando o mesmo crit é rio da vincula ç ão do parto; A maternidade ao identificar uma gestante que não seja de seu Distrito Sanit á rio de Referencia/ á rea de abrangência, dever á realizar a consulta e garantir o agendamento da pr ó xima com Distrito Sanit á rio de residência da gestante

13 Organizando a Rede Cegonha : Coordenadoria de Atenção e Promoção à Saúde – COAPS Coordenação Atenção Básica /Área Técnica Saúde da Mulher Elaboração da Proposta de MAPA DE VINCULAÇÃO em fase de validação pelos Distritos Sanitários e Maternidades Definição dos critérios para a elaboração do mapa de vinculação: Organizar o fluxo de vincula ç ão das gestantes por territ ó rio do Distrito Sanit á rio levando em conta a distância entre as maternidades e as Unidades B á sica de Sa ú de, além do fluxo pré-existente( vincular a UBS a Maternidade); Alinhar a organiza ç ão dos fluxos de acesso à rede de aten ç ão (pr é -natal e parto) considerando a malha vi á ria de cada territ ó rio; Organizar o mapa de vincula ç ão levando em conta a capacidade instalada das Maternidades; Levou-se em conta a preferência das gestantes na escolha da Maternidade em cada DS; Utilizaram-se informa ç ões do SINASC

14 Proposta Mapa de Vinculação- Salvador-Bahia. 20 de Maio às 14 horas validação do Mapa de Vinculação com Distritos e Maternidades Maternidade Referência Risco Habitual/Secundário Distrito SanitárioMaternidade Alto Risco IPERBABrotas Maternidade José Maria de Magalhães Neto Barra Rio Vermelho Boca do Rio Maternidade Climério de OliveiraCentro Histórico Barra Rio Vermelho Maternidade José Maria de Magalhães Neto São Caetano Valéria Maternidade Tsylla BalbinoLiberdade Cabula Beiru Hospital Sagrada FamíliaItapagipe Subúrbio Ferroviário Hospital João Batista CaribeSubúrbio Ferroviário Maternidade Albert SabinCajazeiras Pau da Lima Itapuã Centro de Parto Normal Mansão do Caminho Pau da Lima Hospital Geral Roberto SantosCabula BeiruHospital Geral Roberto Santos Itapuã

15 Organizando a Rede Cegonha : Coordenadoria de Atenção e Promoção à Saúde – COAPS Coordenação Atenção Básica /Área Técnica Saúde da Mulher Constituição de espaço com os Distritos Sanitários, Coordenação da Atenção Básica e Área Técnica Saúde da Mulher para discussão da organização do Pré-Natal nas UBS/USF. Reuniões aconteceram segunda sexta- feira de cada mês; Construção do Plano de Enfrentamento à Sífilis e ao HIV em Salvador - COSAM (Coordenação Municipal DST/AIDS), Distritos Sanitários e Maternidades.-em conclusão

16 Repasses Recurso MS ao Município Coordenadoria de Atenção e Promoção à Saúde – COAPS Coordenação da Atenção Básica – Área Técnica Saúde da Mulher PORTARIA MS/GM Nº – 21/12/2011 – Aprova Etapa I do Plano de Ação da Rede Cegonha do Estado da Bahia e aloca recurso financeira para sua implementação ( Incorporação no teto financeiro do município a partir da competência novembro 2011); Custeio de UCI Neo, UTI Neo, UTI Adulto, Leito Canguru das Unidades Contratualizadas. PORTARIA MS/GM Nº 534 – 28/03/ autoriza o repasse de recursos, em parcela única, para os Estados e Municípios, referentes aos novos exames do Componente Pré-Natal da Rede Cegonha; Repasse Fundo a Fundo recurso aquisição Teste Rápido Gravidez, competência dezembro 2011.

17 Coordenadoria de Atenção e Promoção à Saúde – COAPS Coordenação Atenção Básica /Área Técnica Saúde da Mulher No momento em que uma criança nasce, a mãe também nasce. Ela nunca existiu antes. A mulher existia, mas a mãe nunca. Uma mãe é algo absolutamente novo Rajneesh


Carregar ppt "Ministérios da Saúde e Educação. Rede Cegonha Construindo a Linha do Cuidado Materno Infantil Instituído no âmbito do SUS pelo Decreto Presidencial nº."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google