A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Bolsista: Carlos Henrique da Costa Coordenadora: Luciana Rita Guedes.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Bolsista: Carlos Henrique da Costa Coordenadora: Luciana Rita Guedes."— Transcrição da apresentação:

1 Bolsista: Carlos Henrique da Costa Coordenadora: Luciana Rita Guedes

2 Projeto iniciado em março de Membros: Carlos H. Costa – Bolsista Luciana R. Guedes – Coordenadora Claudio C. de Sá – Padrinho 2

3 O público alvo deste projeto são os estudantes do primeiro semestre dos cursos BCC e TADS, além dos estudantes de ensino médio de escolas públicas e particulares de Joinville. 3

4 Divulgar a OBI nas escolas de Joinville que oferecem Ensino Médio, incentivando a escola a sediar a primeira etapa da competição e motivando os estudantes a participar Divulgar a OBI para os estudantes dos cursos de graduação aptos a participar da competição, gerando condições de infraestrutura para viabilizar esta participação 4

5 Cadastrar o Centro de Ciências Tecnológicas da UDESC como universidade sede oficial da região para a segunda etapa da competição, caso hajam classificados Realizar minicursos no campus para estudantes do Ensino Médio que queiram aprimorar seus conhecimentos e participar da OBI em edições posteriores a

6 Fortalecer a imagem da UDESC perante a comunidade de estudantes do Ensino Médio do município, aproximando este público da Universidade Fomentar o desenvolvimento de talentos na área de programação de computadores, com vistas ao desenvolvimento da região como reconhecido polo de informática no estado de Santa Catarina 6

7 O projeto OBI na UDESC é um projeto de extensão, mas com trabalhos em ensino e pesquisa também, em consonância com o Plano Nacional de Extensão. 7

8 A interação com a comunidade se dará através das visitas às escolas de ensino médio, bem como através das parcerias a serem realizadas, tanto com a Unicamp (organizadora da competição), quanto com entidades ligadas à educação formal publica e privada. 8

9 Fortemente ligado com ensino de programação, que é um dos fortes elementos dos cursos oferecidos pelo DCC, sendo também elemento curricular dos demais cursos do CCT. 9

10 A pesquisa pode ser caracterizada neste projeto a partir da necessidade do estudo de novas metodologias para resolução de problemas a partir de algoritmos computacionais, assim como novas metodologias de como ensinar os estudantes a resolver estes problemas. Os resultados destas pesquisas, caso sejam publicados, serão associados ao GPIE (Grupo de Pesquisa em Informática na Educação). 10

11 A O limpíada B rasileira de I nformática é uma iniciativa da Sociedade Brasileira de Computação (SBC), organização pelo Instituto de Computação da UNICAMP. É uma competição organizada nos moldes das outras olimpíadas científicas brasileiras, como Matemática (OBM), Física (OBF) e Astronomia (OBA). 11

12 O objetivo da OBI é despertar nos alunos o interesse por uma ciência importante na formação básica hoje em dia (no caso, ciência da computação), através de uma atividade que envolve desafio, engenhosidade e uma saudável dose de competição. 12

13 A OBI é realizada em duas modalidades, de acordo com a escolaridade do participante: Programação e Iniciação. 13

14 Na Modalidade Iniciação, para alunos de ensino Fundamental, as tarefas das provas versarão sobre problemas de lógica e problemas de computação (sobre lógica de programação, mas sem o uso de computador). 14

15 Na Modalidade Programação, para alunos de ensino Fundamental e ensino Médio(*), as tarefas versarão sobre problemas de programação, de dificuldade média, exigindo conhecimento de estruturas de dados e técnicas de programação. * Ou tenham cursado o ensino médio até dezembro de do ano anterior à sua participação na OBI. Note que isto permite a participação de alunos que estão atualmente cursando o primeiro semestre de um curso superior. Além disso, o aluno não pode ter mais de 20 anos completos no dia primeiro de julho do ano de sua participação. 15

16 Os melhores colocados são convidados para uma semana de cursos na UNICAMP, quando também é realizada uma seleção para escolher os integrantes da equipe brasileira na IOI (International Olympiad in Informatics) - evento com a participação de mais de 70 países. 16

17 1ª fase – Modalidade Programação Nível 2 (Alunos do BCC e TADS) Data: 09 de março de 2013 (Sábado - Feriado) Local: UDESC Joinville Realização da OBI 2013, na UDESC 17

18 18

19 Identificação visual do Projeto: 19 Logo temporárioLogo definitivo ainda em definição

20 Divulgação nas escolas de Ensino Médio Levantamento de Instituições: 35 escolas Estaduais, alunos cursando 14 escolas Particulares Cronograma de Visitas as escolas: em construção Nenhuma visita foi realizada ainda. 20

21 Planejamento de minicursos e/ou oficinas a serem oferecidos para os estudantes interessados em aprimorar seu conhecimento em programação de computadores com vistas a participar da OBI do próximo ano Em andamento Em estudo o uso do Moodle Confecção de apostila, visando o público diferenciado (estudantes de ensino médio) Em andamento Possibilidade de transformação da apostila em livro 21

22 Luciana Rita Guedes Carlos Henrique da Costa Projeto apto a adição de novos membros! 22

23 Olimpíada Brasileira de Informática. Acesso em 27/02/2013 Portal da Educação - Secretaria de Estado da Educação (SED) - Governo de Santa Catarina. Acesso em 09/04/


Carregar ppt "Bolsista: Carlos Henrique da Costa Coordenadora: Luciana Rita Guedes."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google