A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Agência Nacional de Vigilância Sanitária www.anvisa.gov.br Sistema de Cooperação Técnica Anvisa e Ministério da Agricultura Formação e Capacitação de R.H.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Agência Nacional de Vigilância Sanitária www.anvisa.gov.br Sistema de Cooperação Técnica Anvisa e Ministério da Agricultura Formação e Capacitação de R.H."— Transcrição da apresentação:

1 Agência Nacional de Vigilância Sanitária Sistema de Cooperação Técnica Anvisa e Ministério da Agricultura Formação e Capacitação de R.H

2 Agência Nacional de Vigilância Sanitária SAÚDE COMO QUALIDADE DE VIDA EducaçãoNutrição Organização Popular Cultura Assistência Geração de Renda Meio Ambiente Segurança

3 Agência Nacional de Vigilância Sanitária VIGILÂNCIA SANITÁRIA Conjunto de ações capaz de eliminar, diminuir, prevenir riscos e danos à saúde, e de intervir em problemas sanitários decorrentes do ambiente e da produção e consumo de bens e serviços C P VISA

4 Agência Nacional de Vigilância Sanitária NOVAS TECNOLOGIAS/NOVOS PRODUTOS/NOVAS NECESSIDADES/ IMPORTAÇÃO /EXPORTAÇÃO QUALIDADE / EFICÁCIA/SEGURANÇA/RACIONALIDADE NO USO/CONSUMO RISCO

5 Agência Nacional de Vigilância Sanitária SUS Mistério da Saúde SNVS FUNASA VISA ESTADUAL LACEN ANVISA INCQS SETOR REGULADO CONASS CONASEMS CNS ANS MERCADO SOCIEDADE USUÁRIOS FIOCRUZ VISA MUNICIPAL REDE CONTRATADA REDE PRÓPRIA

6 Agência Nacional de Vigilância Sanitária Descentralização Integralidade Equidade Universalidade Participação da comunidade Controle Social Princípios Doutrinários do SUS

7 Agência Nacional de Vigilância Sanitária Estrutura Organizacional da Agência Nacional de Vigilância Sanitária – ANVISA

8 Agência Nacional de Vigilância Sanitária MISSÃO Proteger e promover a saúde, garantindo a segurança sanitária de produtos e serviços.

9 Agência Nacional de Vigilância Sanitária VISÃO Ser agente da transformação do sistema descentralizado de vigilância sanitária em uma REDE, ocupando um espaço diferenciado e legitimada pela população.

10 Agência Nacional de Vigilância Sanitária VALORES ÛConhecimento como fonte da ação; ÛTransparência; ÛCooperação; ÛResponsabilização.

11 Agência Nacional de Vigilância Sanitária O VALOR DO CONHECIMENTO COMO FONTE DE AÇÃO FUNÇÕES DO CONHECIMENTO E DESENVOLVIMENTO DE RH Ideológica Tecnológica / instrumental Crescimento pessoal Desenvolvimento organizacional Ação continuada

12 Agência Nacional de Vigilância Sanitária Outros Anvisa Estados Desenvolvimento de RH para a saúde Desenvolvimento de RH para a Vigilância Sanitária TAM Ministérios

13 Agência Nacional de Vigilância Sanitária Gestão do Trabalho Regulação Profissional Saúde Ocupacional Desenvolvimento do Trabalhador Controle Social Política de Recursos Humanos

14 Agência Nacional de Vigilância Sanitária Viabilizar a gestão e o desenvolvimento de RH como componentes fundamentais e estratégicos para a implementação do SNVS. DIRETRIZES

15 Agência Nacional de Vigilância Sanitária Integrar a gestão e o desenvolvimento de RH em Vigilância Sanitária à política de RH do SUS, enfatizando duas dimensões: a) planejamento, definição do perfil profissional e a adequação funcional das equipes de trabalho; e b) processos específicos de capacitação e educação permanente. DIRETRIZES

16 Agência Nacional de Vigilância Sanitária Constituir em conjunto com os Estados e Municípios um programa de capacitação e desenvolvimento de Recursos Humanos vinculado e apoiado no sistema formal de educação. DIRETRIZES

17 Agência Nacional de Vigilância Sanitária Articular os processos de trabalho e áreas de conhecimento das atuações específicas da Vigilância Sanitária, capazes de evidenciá-la como um campo de práticas de saúde condizente com sua missão. DIRETRIZES

18 Agência Nacional de Vigilância Sanitária Formação e Capacitação Continuada para a ANVISA Apoio ao Desenvolvimento de RH dos Estados e Municípios Desenvolvimento de Parcerias e Mobilização Social para Ações de VISA Fomento a Pesquisa e Difusão do Conhecimento em VISA Desenvolvimento da Gestão de RH na ANVISA PLANO DE CAPACITAÇÃO E DESENVOLVIMENTO DE RH

19 Agência Nacional de Vigilância Sanitária SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS - ANVISA COMPOSIÇÃO: SISTEMA DE CARREIRAS (Baseado em competências) SISTEMA DE REMUNERAÇÃO AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO SISTEMA DE DESENVOLVIMENTO PROFISSIONAL (individual e coletivo)

20 Agência Nacional de Vigilância Sanitária PRINICIPAIS PARCERIAS OPAS Ministério da Saúde ENSP / FIOCRUZ CECOVISA / USP NESCON / UFMG ISC / UFBA UnB UFC UFRGS UFG OPS / BIREME

21 Agência Nacional de Vigilância Sanitária Portal de Informações Técnico - Científicas Acesso online eficiente à informação científica para o desenvolvimento de atividades e processos na área de vigilância sanitária, via intravisa. Centro Latino- Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde (Bireme) Centro Latino- Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde (Bireme) Projeto realizado em parceria com o Centro Latino- Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde (Bireme) e o seu desenvolvimento é definido por um Comitê Consultivo composto por representantes dos diretores da Anvisa.Centro Latino- Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde (Bireme)

22 Agência Nacional de Vigilância Sanitária PARADIGMAS EM CONFLITO RH Mecanicista A instituição é uma máquina e as pessoas, as engrenagens. Operacional e burocrático Centralizado Controlador/reativo/lento Carreiras especializadas/alta mobilidade vertical Treinamento em tarefas A competição é a mola que move a instituição. Só o topo da empresa deve conhecer as estratégicas e metas RH Holístico A instituição é um sistema dinâmico e orgânico. Estratégico e Diretrizes Todo gerente é gerente de RH Proativo /rápido Carreira na instituição/ muito rodízio Desenvolvimento contínuo/ apoio as mudanças A cooperação é a mola que move a instituição. Todo o pessoal-chave participa e conhece as estratégias e metas. Transparências

23 Agência Nacional de Vigilância Sanitária TREINAMENTO DESENVOLVIMENTO Informação Habilidades Técnicas / Organizacionais Know-how + sabedoria Desenvolvimento Pessoal Experiências (pessoal, interpessoal, situacional) Valores Princípios

24 Agência Nacional de Vigilância Sanitária PsicossocialTécnico Gerencial Gestão do negócio Gestão da cadeia de valor Qualidade Total Padronização e Melhoria Contínua Investigação Apreciativa Habilidades Interpessoais Liderança Cultura do ganho X ganha X Ganha Ferramentas Sinergia em Grupo- Diálogo, Dinâmicas Humans: outras; Bio-Psico-Social-Espiritual O ser humano e seus vários papéis Liderança auto-gerenciada Proatividade Desenvolvimento Pessoal Responsabilidade Social Sustentabilidade Espiritualismo Cientifico Tecnologia fundamentada em valores Rastreabilidade Tecnologia do negócio Tecnologia da Informação Controle estatístico do processo Monitoramento em tempo real

25 Agência Nacional de Vigilância Sanitária

26 Agência Nacional de Vigilância Sanitária SOCIEDADE

27 Agência Nacional de Vigilância Sanitária Oficina de trabalho conjunta: Anvisa; Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento junho 2003 Formação e Capacitação de Recursos Humanos

28 Agência Nacional de Vigilância Sanitária Colaboração entre as organizações: Compreender a natureza da cooperação; Superar barreiras; Descobrir pontos de compatibilidade; Assegurar que a empresa agregue valor e Construir base de confiança.

29 Agência Nacional de Vigilância Sanitária Objetivo Geral: A busca constante da excelência nos serviços desenvolvidos pelo laboratório Objetivos Específicos: Capacitar os técnicos dos laboratórios para oferecer resultados confiáveis; Formação de auditores e Qualificação em gerência de qualidade contínua.

30 Agência Nacional de Vigilância Sanitária Ações do programa Identificação do perfil dos profissionais e suas necessidades; Mecanismos de sensibilização e comprometimento- qualidade como estilo de vida; Cursos de qualificação e Incentivos

31 Agência Nacional de Vigilância Sanitária Propostas de eventos de capacitação Estatística para analistas; Validação de métodos; Cálculo de incerteza e Auditoria

32 Agência Nacional de Vigilância Sanitária Mecanismos de incentivos Acesso ao portal técnico- científico; Publicações; Certificados reconhecidos por instituições formadoras; Participação em cursos e congressos e O detalhamento deve ser tratado por uma comissão Anvisa- DAS específica a ser formada.

33 Agência Nacional de Vigilância Sanitária Habilidades Estrutura Estilo MISSÃO VISÃO VALORES Pessoal Estratégias Sistemas MODELO SISTÊMICO

34 Agência Nacional de Vigilância Sanitária O caráter inacabado dos homens e o caráter evolutivo da realidade exigem que a educação seja uma atividade contínua... Que permite ao homem reinventar-se enquanto reinventa, com outros homens, a realidade. FREIRE


Carregar ppt "Agência Nacional de Vigilância Sanitária www.anvisa.gov.br Sistema de Cooperação Técnica Anvisa e Ministério da Agricultura Formação e Capacitação de R.H."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google