A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

SISTEMA CÁRDIO-RESPIRATÓRIO. O sangue é um fluído viscoso, opaco e de cor vermelha. SANGUE Plasma (55%) Elementos Figurados (Células sanguíneas-45%)

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "SISTEMA CÁRDIO-RESPIRATÓRIO. O sangue é um fluído viscoso, opaco e de cor vermelha. SANGUE Plasma (55%) Elementos Figurados (Células sanguíneas-45%)"— Transcrição da apresentação:

1 SISTEMA CÁRDIO-RESPIRATÓRIO

2

3 O sangue é um fluído viscoso, opaco e de cor vermelha. SANGUE Plasma (55%) Elementos Figurados (Células sanguíneas-45%) HemáciasLeucócitosPlaquetas

4 Plaquetas sanguíneas ou trombócitos Glóbulos vermelhos, hemácias ou eritrócitos Sangue - Um fluído vital Glóbulos brancos ou leucócitos Plasma sanguíneo

5 Constituintes do sangue FUNÇÃO HEMÁCIAS LEUCÓCITOS PLAQUETAS PLASMA - Transporte de gases: O 2 e algum CO 2. - Defesa do organismo. - Coagulação do sangue, formando uma espécie de tampão que impede a hemorragia. -Transporte de elementos figurados, de nutrientes, de produtos de excreção, de hormonas e anticorpos; tem um papel regulador na distribuição de calor pelo organismo; tem um papel importante na coagulação do sangue devido a possuir fibrinogénio (proteína).

6 -São células em forma de disco bicôncavo; - Não possuem núcleo (eliminado do decurso da sua formação); - A sua cor vermelha é devido à presença de Hemoglobina (proteína que possui ferro); - São as células mais abundantes do sangue.

7 - São células com forma irregular; - Possuem núcleos com diversas formas; - Conseguem emitir pseudópodes (prolongamentos) e de Fagocitar (envolver e destruir) partículas estranhas; - Conseguem sair do capilar e invadir tecidos infetados -Diapedese.

8 FAGOCITOSE

9 DIAPEDESE

10 - São pequenos corpúsculos; - Não possuem núcleo (anucleados); - São provenientes de fragmentos de células especializadas;

11 - Representa a parte líquida do sangue; - Possui cerca de 90% de água; - Possui sais minerais; -Possui substâncias orgânicas (lípidos, vitaminas, glícidos, proteínas); -Possui hormonas.

12 A formação dos elementos figurados do sangue designa-se por HEMATOPOIESE. - Ocorre ao longo de toda a vida, na medula vermelha do osso. - Os glóbulos brancos são ainda produzidos nos órgãos linfóides (baço, fígado e gânglios linfáticos)

13 Transporte de O2; Transporte de substâncias nutritivas; Transporte de substâncias tóxicas eliminadas pelas células (como o CO2); Transporte de hormonas e anticorpos; Defesa do organismo; Coagulação em casos de hemorragia.

14

15 1. VASOS SANGUÍNEOS. 2. CORAÇÃO

16

17 Existem vários tipos de vasos sanguíneos, com constituição e diâmetro diferente. PÁGINA 121

18 São vasos com paredes resistentes, espessas e elásticas, constituídas essencialmente por células musculares. Têm como função o transporte de sangue, sob pressão, do coração a todas as partes do corpo. São vasos de pequena dimensão, que resultam da ramificação das artérias. Daqui o sangue é libertados nos capilares.

19 São vasos que resultam da ramificação das arteríolas. São constituídos por paredes muito finas, com uma só camada de células. Permitem o intercâmbio de várias substâncias (O 2, CO 2, nutrientes e hormonas) com os diferentes tecidos.

20 São vasos de pequenas dimensões, que resultam da junção dos capilares. São vasos de grande calibre com paredes delgadas, que funcionam como reservatório de sangue. Conduzem o sangue de todas as partes do corpo para o coração. Possuem válvulas venosas, que fazem com que a circulação se processe num só sentido.

21 Corte de uma Veia Corte de uma Artéria Válvulas (veias)

22 ARTÉRIA VEIA

23 Veia Rede de Capilares Vénula Arteríola Artéria

24 O coração encontra-se alojado na cavidade torácica, entre os pulmões, ligeiramente deslocado para a esquerda. PÁGINA 122 Coração Pulmão

25 MORFOLOGIA DO CORAÇÃO O coração é formado por 4 cavidades: - 2 Aurículas (AD e AE)- cavidades superiores; - 2 Ventrículos (VD e VE)- cavidades inferiores. Os ventrículos são separados pelo Septo Interventricular. Septo Interventricular

26 MORFOLOGIA DO CORAÇÃO As aurículas comunicam com Veias: - Veia Pulmonar (AE); - Veias Cavas superior e inferior (AD). Os Ventrículos comunicam com Artérias: - Artéria Aorta (VE); - Artéria Pulmonar (VD).

27 MORFOLOGIA DO CORAÇÃO No início das artérias localizam-se as Válvulas Semilunares ou Sigmóides- que impedem o retrocesso do sangue. O sangue circula das aurículas para os ventrículos através de um orifício que possui uma válvula - Válvula Auriculoventricular : -Valv. Lado Drt: Tricuspide ; -Valv. Lado Esq: Bicuspide ou Mitral. Válvula semilunar Válv. Mitral Válv. Tricúspide

28

29 MORFOLOGIA DO CORAÇÃO O Miocárdio (músculo cardíaco), possui uma menor espessura nas aurículas e maior nos ventrículos. - No (VE) a espessura do miocárdio é maior do que no (VD), o que lhe proporciona maior capacidade de contracção, pois o sangue que sai desta cavidade tem um maior percurso a realizar.

30 PÁGINA :126 Corresponde ao período compreendido entre o início de um batimento cardíaco até ao início do batimento seguinte. O batimento do coração é uma consequência de contracções ( Sístoles ) e relaxamentos ( Diástoles ) do miocárdio.

31 enchem DIÁSTOLE (relaxamento) Fase durante a qual cavidades do coração se enchem de sangue. CICLO CARDÍACO esvaziam SÍSTOLE (contracção) Fase durante a qual cavidades do coração se esvaziam de sangue.

32 FASES DO CICLO CARDÍACO Num Ciclo cardíaco podemos considerar 3 fases: Sístole Auricular 1. Sístole Auricular (0,1s); Sístole Ventricular 2. Sístole Ventricular (0,3s); Diástole Geral 3. Diástole Geral (0,4s) 1 Ciclo Cardíaco = 2 Sístoles + 1 Diástole

33 FASES DO CICLO CARDÍACO Por convenção, considera-se que o Ciclo Cardíaco normal inicia-se com a Sístole. 1.Sístole AURICULAR 1.Sístole AURICULAR : - As 2 aurículas encontram-se cheias de sangue, iniciando- se a sua contracção; - As aurículas ao contrair, aumentam a pressão enquanto que a pressão nos ventrículos relaxados é menor; - Devido a estas diferentes pressões, as válvulas auricoloventriculares (tricúspide e mitral) abrem-se e o sangue desloca-se para os ventrículos; - Após passagem do sangue para os ventrículos as válvulas auriculoventriculares fecham – 1º RUÍDO (tum).

34 2.Sístole VENTRICULAR 2.Sístole VENTRICULAR : - Os ventrículos estão cheios de sangue e a sua pressão de contracção lança o sangue para fora do coração, forçando a abertura das válvulas semilunares; - O sangue do ventrículo direito passa para a artéria pulmonar, enquanto o do ventrículo esquerdo segue para a artéria aorta; - Quando a pressão arterial se torna superior à ventricular, as válvulas semilunares fecham-se - 2º RUÍDO (tac); - O coração entra em Diástole Geral. FASES DO CICLO CARDÍACO

35 3.DIÁSTOLE GERAL : - O coração está relaxado e todas as suas válvulas encontram-se fechadas; - As aurículas estão relaxadas e enchem-se de sangue: AD- recebe sangue do corpo através das duas veias cavas; AE- recebe sangue vindo dos pulmões através das veias pulmonares; FASES DO CICLO CARDÍACO

36 FASES DO CICLO CARDÍACO 0,4s 0,1s 0,3s 1 º Ruído (Tum) 2º Ruído (Tac) Diástole Geral Sístole Auricular Sístole Ventricular

37 CICLO CARDÍACO O número de ciclos cardíacos, em condições normais, é cerca de 75 por minuto. A actividade física, stress, idade, etc, podem alterar o número de ciclos cardíacos normais. EX: Numa criança o ritmo cardíaco =90 batimentos/min e num bebé e de cerca de 120 batimentos/min.

38 CICLO CARDÍACO PRESSÃO SANGUÍNEA O sangue para chegar a todas as partes do corpo necessita de uma grande força de bombeamento – PRESSÃO SANGUÍNEA. PRESSÃO ARTERIAL A pressão que o sangue exerce sobre as paredes das artérias designa-se PRESSÃO ARTERIAL. Esta Pressão Arterial apresenta dois valores distintos, 1 valor máximo e 1 mínimo: PÁGINA :128 -A Pressão Arterial é máxima (120mm Hg), quando ocorre Sístole Ventricular; - A Pressão Arterial é mínima (80mm Hg), quando ocorre a Diástole Geral.

39 CICLO CARDÍACO PRESSÃO ARTERIAL A Pressão Arterial vai baixando ao longo das artérias, com a distancia ao coração. - distância ao coração menor Pressão Arterial. - < distância ao coração maior Pressão Arterial. Veias Vénulas Arteríolas Artérias Capilares mm Hg

40 A circulação sanguínea é dividida em 2 circuitos: PÁGINA :130 CIRCULAÇÃO PULMONAR ou Pequena Circulação CIRCULAÇÃO SISTÉMICA ou Grande Circulação

41 CIRCULAÇÃO PULMONAR Irriga os pulmões e é responsável pela reoxigenação do sangue. Sangue Venoso (-O 2 ) Sangue Arterial (+O2) A circulação inicia-se no ventrículo direito (VD), onde o sangue venoso (rico em CO 2 ) sai através da válvula semilunar para a artéria pulmonar. A artéria pulmonar ramifica-se em dois vasos, um para cada pulmão. O sangue venoso circula em vasos cada vez mais estreitos até atingir os capilares. Os capilares contactam com alvéolos pulmonares, onde ocorrem as trocas gasosas. Assim o sangue venoso transforma-se em sangue arterial. O sangue arterial formado, regressa por vénulas, que se reúnem em veias pulmonares, que comunicam com a aurícula esquerda (AE). Da (AE) passa para o (VE).

42 CIRCULAÇÃO PULMONAR VD Artéria Pulmonar Veias Pulmonares Pulmões AE O2O2 CO 2

43 CIRCULAÇÃO SISTÉMICA É responsável pelo fornecimento de sangue a todo o organismo, à excepção dos pulmões. A circulação inicia-se com sangue arterial que é bombeado do ventrículo esquerdo (VE) para a artéria aorta. A artéria ramifica-se em arteríolas e estas em capilares que levam o sangue arterial às células. Os capilares permitem que o oxigénio e os nutrientes passem do sangue para os tecidos e os produtos de excreção passem na direcção oposta. O sangue passa de arterial a venoso. Os capilares transportam o sangue venoso para as vénulas que por sua vez se reúnem em veias. A veia cava superior recolhe o sangue venoso da cabeça e membros superiores; a veia cava inferior recolhe o sangue do resto do organismo. Ambas as Veias Cavas lançam o sangue venoso na Aurícula Direita (AD), que o passa para o (VD).

44 CIRCULAÇÃO SISTÉMICA VE Artéria Aorta Veias Cavas Sup. e Inf. AD Todo o organismo O2O2 CO 2

45 Veia Cava Veia Pulmonar Artéria aortaArtéria Pulmonar VEVD AD CIRCULAÇÃO SANGUÍNEA

46 PÁGINA :133

47 constituído pelo Plasma e pelos glóbulos brancos A Linfa é um fluído constituído pelo Plasma e pelos glóbulos brancos, que executaram diapedese do vaso sanguíneo para os espaços intersticiais (entre células), sendo recolhidos pelos capilares linfáticos. é o meio intermédio entre o Sangue e as Células A Linfa é o meio intermédio entre o Sangue e as Células. LINFA

48 pode ser classificada A Linfa pode ser classificada em : LINFA Linfa intersticialLinfa circulante - É o fluído que se encontra nos tecidos, entre as células. - É o fluído que circula no interior dos vasos linfáticos.

49 Fluidos Circulatórios O Sangue e a Linfa Circulante são, por isso, designados Fluidos Circulatórios, pois circulam no interior de vasos que fazem parte do sistema circulatório e do sistema linfático. LINFA

50 PÁGINA :133

51 DOENÇAS CARDIOVASCULARES ENFARTE DO MIOCÁRDIO. - É a doença mais comum, que afecta a estrutura muscular do coração. - O enfarte significa a morte de uma porção de células que constituem o músculo cardíaco (miocárdio).

52 ATEROSCLEROSE - Doença que resulta do endurecimento das artérias. - O endurecimento deve-se à deposição de gordura no interior das paredes das artérias, tornando-se mais estreitas, o que dificulta a passagem do sangue para o músculo cardíaco.

53


Carregar ppt "SISTEMA CÁRDIO-RESPIRATÓRIO. O sangue é um fluído viscoso, opaco e de cor vermelha. SANGUE Plasma (55%) Elementos Figurados (Células sanguíneas-45%)"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google