A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

1 A UNIÃO EUROPEIA Aula de 07/05/2013 O fenómeno da integração.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "1 A UNIÃO EUROPEIA Aula de 07/05/2013 O fenómeno da integração."— Transcrição da apresentação:

1 1 A UNIÃO EUROPEIA Aula de 07/05/2013 O fenómeno da integração

2 2 Noção e formas de integração económica Os blocos de integração económica regional Sumário

3 NOÇÃO E FORMAS DE INTEGRAÇÃO ECONÓMICA Desde a 2ª guerra mundial INTERDEPENDENCIA ECONÓMICA CRESCENTE CRESCENTE COMPLEXIFICAÇÃO NAS RELAÇÕES AUMENTO DO RITMO DAS TRANSACÇÕES TRANSACCIONAIS 3 MUNDIALIZAÇÃO DOS PROBLEMAS ECONÓMICOS FORMAÇÃO DE BLOCOS ANTAGÓNICOS NOVA DISTRIBUIÇÃO MONETÁRIA INTERNACIONAL NOVA REPARTIÇÃO DE PODER NEGOCIAL NOVAS SOLUÇÕES E NOVOS INSTRUMENTOS

4 NOÇÃO DE INTEGRAÇÃO ECONÓMICA 4

5 5 PROCESSO QUE TENDE A UNIR VÁRIOS ESPAÇOS ECONÓMICOS NACIONAIS C/O OBJECTIVO DE OBTER UM ÚNICO ESPAÇO ECONÓMICO MAIS VASTO ELIMINAR MEDIDAS PROTECCIONISTAS VIGENTES VANTAGENS DESVANTAGENS

6 VANTAGENS E DESVANTAGENS DA IE 6

7 INTEGRAÇÃO ECONÓMICA E SOBERANIA COMUM Um dos objectivos da IE é: DIMINUIR AS DIFERENÇAS ESTRUTURAIS ENTRE OS PAÍSES Paralelamente é necessário a partir de certo ponto: Criação de instituições comuns a todos Progressiva transferência de parte da soberania nacional para tais instituições Ex: UE 7

8 INTEGRAÇÃO ECONÓMICA E SOBERANIA COMUM INTEGRAÇÃO ECONÓMICA Processo de união entre países que acordam eliminar as barreiras à livre troca entre si, ou seja, união de mercados antes separados p/ constituírem um só mercado de maior dimensão e c/ características próprias favorecendo a cooperação entre os participantes a vários níveis SOBERANIA COMUM Processo que significa a renuncia de alguns países da respectiva soberania em favor da forma de integração económica onde se inserem, conferindo a esta última poderes próprios e independentes dos estados-membros 8

9 FORMAS DE INTEGRAÇÃO ECONÓMICA IMPORTANTE DISTINGUIR ENTRE INTEGRAÇÃO FORMAL vs INTEGRAÇÃO INFORMAL 9 Acordo entre 2 ou mais países no sentido de derrubar entre si algumas barreiras ao comércio livre e à livre circulação de pessoas e capitais Atribuição de algumas vantagens comerciais a um ou mais países, mas sem o compromisso de estabelecer um verdadeiro compromisso

10 FORMAS DE INTEGRAÇÃO ECONÓMICA 10 SISTEM A DE PREFER ENCIAS ADUAN EIRAS ZONA DE COMÉR CIO LIVRE UNIÃO ADUAN EIRA MERCA DO COMUM UNIÃO ECONÓ MICA UNIÃO ECONÓ MICA E MONET ÁRIA UNIÃO POLITIC A (ou UNIÃO ECONÓ MICA TOTAL) Formas de integração consoante o grau de integração desejado < integração >integração

11 11 FORMAS DE INTEGRAÇÃO ECONÓMICA INTEGR. FORMAL Vantagens Aduaneiras Livre circulação de bens Pauta exterior comum Livre circulação serv., pess. e capitais Politicas econom. comuns Moeda única Autori// supranacio nal SPAX ZCLXX UAXXX MCXXXX UEXXXXX UEMXXXXXX UP/UETXXXXXXX INTEGRACÃO MAIS PROFUNDA À MEDIDA QUE É MAIOR O GRAU DE INTEGRAÇÃO SOBERANIA COMUM CRIAÇÃO INSTITUIÇÕES COMUNS TRF DAS SOBERANIAS NACIONAIS

12 12

13 13

14 14 ORGANIZAÇÕES DE INTEGRAÇÃO ECONÓMICA NO MUNDO A crescente globalização e dimensão económica da actualidade tem levado à necessidade dos países se associarem em BLOCOS ECONÓMICOS p/ resistirem à enorme competitividade das economias Fenómeno cada vez mais frequente Vídeo economicos.info/mos/view/O_que_s%C3%A3o_Blocos_Econ%C3%B4micos/ Google

15 15

16 16


Carregar ppt "1 A UNIÃO EUROPEIA Aula de 07/05/2013 O fenómeno da integração."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google