A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Modelagem de Software Introdução, Definições, SWEBOK.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Modelagem de Software Introdução, Definições, SWEBOK."— Transcrição da apresentação:

1 Modelagem de Software Introdução, Definições, SWEBOK

2 Sobre o curso Prof. Dr. Michel Soares Contato: - Sala 1B131 Terças-feiras: 10:40 as 12:20 Quintas-feiras: 8:50 as 10:40 Horário de atendimento extra-classe: Terças-feiras: 15:00 as 17:00

3

4

5

6

7

8 Falhas de Software SOFTWARE HORROR STORIES: History's Worst Software Bugs: 355?currentPage=1

9 Complexidade do software 1993: Windows NT million 1994: Windows NT million 1996: Windows NT million 2000: Windows million 2002: Windows XP - 40 million 2007: Windows Vista - ~50 million

10

11 Como resolver? Testes? Teste exaustivo é impossível 100 LOCs com alguns caminhos e um único loop executando menos de 20 vezes gera 10 elevado a 14 caminhos de execução. Testar todos os 100 trilhões de caminhos, assumindo que cada será avaliado em 1 mili- segundo, levará 3170 anos

12

13

14

15

16

17 Surgimento da Engenharia de Software Crise do software Conferências NATO (1968 e 1969)

18 Crise do software The major cause of the software crisis is that the machines have become several orders of magnitude more powerful! To put it quite bluntly: as long as there were no machines, programming was no problem at all; when we had a few weak computers, programming became a mild problem, and now we have gigantic computers, programming has become an equally gigantic problem. Edsger Dijkstra, The Humble Programmer (EWD340), Communications of the ACMEdsger DijkstraThe Humble Programmer (EWD340)Communications of the ACM

19 Crise do software Projetos custando mais que o previsto Projetos demorando mais tempo que o previsto Software ineficiente Software de baixa qualidade Software não atingia todos os requisitos Projetos difíceis de gerenciar Código difícil de manter Software que nunca terminava

20 Conferências NATO The Conference was attended by more than fifty people, from eleven different countries, all concerned professionally with software, either as users, manufacturers, or teachers at universities The conference was intended as a direct sequel to the NATO conference on software engineering held at Garmisch, Germany, from 7th to 11th October About sixty people from eleven countries attended the meeting.

21 NATO ? The North Atlantic Treaty Organization or NATO (Organisation du traité de l'Atlantique Nord (OTAN)), also called the (North) Atlantic Alliance, is an intergovernmental military alliance based on the North Atlantic Treaty which was signed on 4 April 1949.intergovernmentalmilitary allianceNorth Atlantic Treaty

22 Definições Software engineering is the application of a systematic, disciplined, quantifiable approach to development, operation, and maintenance of software; that is, the application of engineering to software (IEEE).

23 Definições Establishment and use of sound engineering principles to obtain economically software that is reliable and works on real machines efficiently. (Fritz Bauer)

24 O que Engenharia de Software não é? Apenas programação Engenharia de sistemas

25 SWEBOK – Parte 1

26 SWEBOK – Parte 2

27 Maiores empresas de software 1 Microsoft54, % 2 IBM 22, % 3 Oracle20, % 4 SAP 12, % 5 Ericsson7, % 6 HP 6, % 7 Symantec5, % 8 Nintendo5, % 9 Activision 4, % 10 EMC 4, %

28 Foco do Curso Princípios de Modelagem de Software Linguagens de Modelagem – Formais – Semi-formais

29 Formato do curso Aulas expositivas – Visão geral – Nivelamento – Introdução ao tema Leitura de artigos – Clássicos – Novos e relevantes Resumo de artigos (1 página) Discussão em sala dos artigos lidos

30 Avaliação Resumos dos artigos (20%) Projeto de modelagem (20%) Artigo (20%) Prova (40%) – Todo o conteúdo, incluindo todos os artigos

31 Resumos dos artigos Entregar em PDF na sala de aula Não serão aceitas entregas: – Por – Impressas – Atrasadas 1 única página para artigos de até 10 páginas, 2 páginas para artigos maiores que 10 páginas Para facilitar, cada semana um aluno fica responsável pela coleta dos resumos 1 semana de prazo / entregas semanais de resumos Discussão em sala de aula Formato: Nome do Aluno – Art N.PDF – Ex. MichelSoares – Art1. PDF

32 Política sobre o plágio Plágio não será tolerado O trabalho relativo será zerado Cópias de alunos também serão zeradas (todos trabalhos iguais serão zerados, independente de quem fez/copiou)

33 Projeto de Modelagem Sobre algum software/lista de requisitos, usando alguma linguagem de modelagem, exceto UML, DFDs, ER e outras Feito em duplas Converse com o professor sobre temas / linguagens Pode ser requisitos já modelados em alguma linguagem Definição de temas: até 05/04

34 Temas para projeto Exs.: – Health Watcher – Rain Sensing Wiper system (Balmelli) – ARENA Requisitos encontrados na literatura, já modelados (ou a serem modelados) Não usar requisitos particulares Conversar com o professor para definir os temas Avaliação irá considerar dificuldade do projeto

35 Possíveis Linguagens Redes de Petri Coloridas Z B SysML SDL Modelica Álgebra de processos (CCS, ACP, CSP) Statecharts Alloy Outras…

36 Artigo 6 páginas Formato IEEE Data de apresentação a ser marcada Data de entrega a ser determinada (data única para todos) Assunto: projeto modelado

37 Seminários 30 minutos Datas a serem determinadas Ordem por sorteio no dia Apresentação do projeto/artigo

38 Prova final Individual Consulta aos artigos e resumos será permitida

39 Presença em sala de aula Será obrigatória Alunos com mais de 25% de faltas serão reprovados (Conceito final E) Chamadas apenas no início da aula Discussões dos artigos são fundamentais para entendimento e aprendizado Mestrado/Doutorado vs. Graduação – Não é um curso básico de modelagem

40 Leitura Art1 – Boehm, B. A View of 20th and 21st Century Software Engineering. Art2 – Brooks, F. No Silver Bullet: Essence and Accidents of Software Engineering. Art3 – Cowling, A.J. The role of modelling in the software engineering curriculum. Art4 – Berry, D. The Inevitable Pain of Software Development: Why There Is No Silver Bullet


Carregar ppt "Modelagem de Software Introdução, Definições, SWEBOK."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google