A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

SISTEMA LINFÁTICO. Sistema Linfático O sistema imunológico é a força de defesa do organismo. Linfa= água nascente/pura.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "SISTEMA LINFÁTICO. Sistema Linfático O sistema imunológico é a força de defesa do organismo. Linfa= água nascente/pura."— Transcrição da apresentação:

1 SISTEMA LINFÁTICO

2 Sistema Linfático O sistema imunológico é a força de defesa do organismo. Linfa= água nascente/pura

3 SISTEMA LINFÁTICO O sistema linfático consiste de: 1) uma rede extensa de capilares e amplos vasos coletores (vasos linfáticos) que recebem líquido tecidual do corpo e transportam para o sistema cardiovascular; 2) linfonodos que servem como filtros do líquido coletado pelos vasos; 3) órgãos linfóides, que incluem linfonodos, tonsilas, o baço e o timo.

4 SISTEMA LINFÁTICO O líquido (porção líquida do sangue e proteínas plasmáticas) que se acumula nos espaços entre as células dos tecidos conjuntivos frouxos é denominado líquido extracelular Quando esse líquido se acumula os tecidos incham, apresentando uma condição denominada de edema. O papel do sistema linfático é o de retornar o excesso de líquido extracelular e proteínas plasmáticas para a corrente circulatória e, desta forma prevenir a formação de edemas.

5 FUNÇÕES: Destruição de bactérias e remoção de partículas estranhas: remoção através dos fagócitos, principalmente os macrógafos, que estão presentes nos linfonodos. Respostas imunes específicas: participação da produção de anti-corpos que destroem as substâncias invasoras. Retorno do líquido extracelular para a corrente sangüínea: as proteínas que são deixadas pelos capilares sangüíneos no líquido extracelular são devolvidos ao sangue através do sistema linfático, uma vez que se estas permanecessem nos espaços extracelulares, a pressão osmótica aumentaria muito.

6 Timo Adenóides Linfonodos Ducto Torácico esquerdo Tonsilas Linfonodos Baço Tecido linfático associado ao intestino Linfonodos Medula óssea Vasos linfáticos Linfonodo SISTEMA LINFÁTICOSISTEMA LINFÁTICO Ducto torácico direito

7 ÓRGÃOS LINFÓIDES: Baço: é o maior órgão linfóide, localizado entre o fundo do estômago e o diafragma. Seu tamanho aproximado é de cerca de 12 cm, todavia seu peso e tamanho variam de pessoa para pessoa. As funções do baço incluem produção de anticorpos, fagocitose de glóbulos vermelhos velhos e partículas estranhas ao corpo. O baço atua como um filtro para a corrente sangüínea, muito mais que os linfonodos para a corrente linfática. O baço serve também, como um reservatório de sangue (embora com capacidade limitada – 200 ml).

8 ÓRGÃOS LINFÓIDES Timo: é uma massa bilobada de tecido linfóide localizada abaixo do esterno, na região do mediastino anterior. Ele aumenta de tamanho durante a infância, quando então começa a atrofiar-se lentamente. O timo confere a determinados linfócitos a capacidade de se diferenciarem e maturarem em células que podem efetuar o processo de imunidade mediada por células. Há evidências de que o timo também produz um hormônio que pode continuar a influenciar os linfócitos após eles terem deixado a glândula.

9 ÓRGÃOS LINFÓIDES Tonsilas: as tonsilas são massas pequenas de tecido linfóide incluídas na mucosa de revestimento das cavidades bucal e faríngea. As tonsilas palatinas (amígdalas) estão localizadas na parede póstero-lateral da garganta, uma de cada lado. As tonsilas faríngeas se localizam na parede posterior da parte nasal da faringe. Ambas as tonsilas atuam como uma defesa adicional contra invasão bacteriana.

10 LINFONODOS São órgãos pequenos, arredondados ou em forma de feijão, que estão distribuídos ao longo do curso de vários vasos linfáticos. Existem grupos de linfonodos na axila, virilha e pescoço, bem como em várias regiões profundas do corpo.

11 LINFONODOS A linfa penetra nos linfonodos através de vasos linfáticos aferentes, onde é lentamente filtrada por estruturas denominadas seios. Após filtrada, a linfa deixa os linfonodos através do vasos linfáticos eferentes. Os microorganismos e partículas estranhas (bactérias) que são retidos nos linfonodos através da filtragem da linfa, são prontamente destruídos pelas células fagocíticas (os macrófagos).

12 VASOS LINFÁTICOS O líquido extracelular após penetrar no sistema linfático (capilares linfáticos) chama-se linfa. A linfa consiste basicamente de água, eletrólitos e quantidades variáveis de proteínas plasmáticas. O sistema linfático é um sistema de mão única, isto é, ele somente retorna o líquido extracelular para a corrente sangüínea.

13 VASOS LINFÁTICOS Em função do arranjo estrutural dos capilares linfáticos, eles são mais permeáveis que a maioria dos capilares sangüíneos. Os vasos linfáticos maiores são denominados de vasos coletores, os quais correm ao lado das artérias e veias e desembocam no ducto torácico ou no ducto linfático direito

14 Sistema Imunológico Constituído por: Timo Medula óssea Baço Linfonodos Sistema linfóide difuso Timo, baço e linfonodos possuem cápsula de tecido conjuntivo denso. Sistema linfóide difuso não possui cápsula.

15 Sistema Imunológico Órgãos linfóides centrais ou primários: Medula óssea Timo Linfócito B é formado e se torna imunocompetente na medula óssea. Linfócito T é formado na medula óssea e se torna imunocompetente no Timo. Órgãos linfóides periféricos ou secundários: Linfonodos Baço Sistema linfóide difuso

16 Timo: Órgão linfoepitelial, mediastino ( atrás dos grandes vasos do coração). Linfócitos T, macrófagos e células reticulares. Cápsula de tecido conjuntivo denso não modelado que envia septos lóbulos incompletos. 2 lobos divididos em lóbulos. Zona cortical mais corada, maior concentração de linfócitos, Zona medular corpúsculos de Hassall (células reticulares achatadas em arranjos concêntricos). Não apresenta nódulos. Função: instruir os linfócitos T e torná-los imunocompetentes

17 Timo - Histología

18 Baço A maior massa de tecido linfático do corpo. É o principal órgão onde se produzem as respostas imunológicas contra os antígenos transportados no sangue. Único interposto no trajeto da corrente sanguínea. Situado na cavidade abdominal, no quadrante superior esquerdo. Hilo nervos e artérias veias e vasos linfáticos que nascem nas suas trabéculas. Função Formação de linfócitos Destruição de hemácias Obs. Após sua retirada, ocorre um diminuição dos linfócitos e uma ativação da medula óssea, que passa a exercer a função hemocaterética, juntamente com o fígado e os linfonodos.

19 Gânglios Linfáticos - Estrutura

20 Gânglios Linfáticos São os lugares onde se iniciam as respostas imunológicas adaptativas frente aos antígenos protéicos transportados pela linfa. Anatomia

21 Sistema linfático difuso Nódulos linfáticos Infiltrados linfocitários Tonsilas Tonsilas faríngeas (inflamam = adenóides) Tonsilas palatinas Tonsilas linguais Aglomerados de tecido linfóide com cápsula incompleta. Tecido linfóide associado ao Brônquio Tecido linfóide associado ao Tubo Digestivo Nódulos linfáticos isolados – Placas de Peyer


Carregar ppt "SISTEMA LINFÁTICO. Sistema Linfático O sistema imunológico é a força de defesa do organismo. Linfa= água nascente/pura."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google