A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Irracionalidade do capitalismo A Irracionalidade do modelo capitalista está conduzindo o planeta a um desastre de proporções incalculáveis. Michael Löwy,

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Irracionalidade do capitalismo A Irracionalidade do modelo capitalista está conduzindo o planeta a um desastre de proporções incalculáveis. Michael Löwy,"— Transcrição da apresentação:

1

2 Irracionalidade do capitalismo A Irracionalidade do modelo capitalista está conduzindo o planeta a um desastre de proporções incalculáveis. Michael Löwy, autor de "Ecologia e Socialismo".

3 Para Marx e Engels o sistema capitalista não era apenas injusto como também irracional.

4

5

6 A propriedade privada Para Marx e Engels o capitalismo, por causa da propriedade privada, era explorador, desumano e irracional.

7 O capitalismo foi bom para criar riquezas, mas não para distribuí-las.

8 Segundo Marx e Engels o capitalismo precisa ser destruído para que os trabalhadores se tornem donos de tudo.

9 O que é ser proletário? Friedrich Engels caracterizou de forma clara e concisa o proletariado como o trabalhador livre despojado de meios de produção, que em função desta condição é obrigado a vender sua força de trabalho para sobreviver. Friedrich Engels caracterizou de forma clara e concisa o proletariado como o trabalhador livre despojado de meios de produção, que em função desta condição é obrigado a vender sua força de trabalho para sobreviver.

10 trecho do artigo intitulado Karl Marx, escrito em junho de 1877 O atual modo de produção capitalista tem como premissa a existência de duas classes sociais: de uma parte, os capitalistas, que se acham na posse dos meios de produção e de subsistência, e de outra parte os proletários que, excluídos dessa posse, têm apenas uma mercadoria a vender: sua força de trabalho, mercadoria que, não tem remédio senão vender para entrar na posse dos meios de subsistência.

11 O capital e seus coveiros Para os marxistas, o proletariado tem uma missão histórica: destruir o capitalismo e organizar a sociedade socialista. Para os marxistas, o proletariado tem uma missão histórica: destruir o capitalismo e organizar a sociedade socialista.

12 Capitalismo X Socialismo Capitalismo e Socialismo são dois tipos de sistemas econômicos diferentes. O Capitalismo é um sistema econômico com base na livre iniciativa. O Socialismo é um sistema onde o estado detém o controle das atividades econômicas. Capitalismo e Socialismo são dois tipos de sistemas econômicos diferentes. O Capitalismo é um sistema econômico com base na livre iniciativa. O Socialismo é um sistema onde o estado detém o controle das atividades econômicas.

13 Domínio ideológico do Estado

14 O domínio ideológico, exercido, universal e irrestritamente, pela mídia e pelos programas governamentais, torna invisível para o conjunto da população a situação de exclusão radical a que ela está submetida. O domínio ideológico, exercido, universal e irrestritamente, pela mídia e pelos programas governamentais, torna invisível para o conjunto da população a situação de exclusão radical a que ela está submetida.

15 Luta de classes Luta de classes foi a denominação dada por Karl Marx, ideólogo do comunismo juntamente com Friedrich Engels, para designar o confronto entre burguesia e o proletariado, consideradas classes antagônicas e existentes no modo de produção capitalista. A luta de classes se expressa nos terrenos econômico, ideológico e político. Luta de classes foi a denominação dada por Karl Marx, ideólogo do comunismo juntamente com Friedrich Engels, para designar o confronto entre burguesia e o proletariado, consideradas classes antagônicas e existentes no modo de produção capitalista. A luta de classes se expressa nos terrenos econômico, ideológico e político. Karl Marx comunismoFriedrich Engels burguesia proletariadoeconômico ideológicopolítico Karl Marx comunismoFriedrich Engels burguesia proletariadoeconômico ideológicopolítico

16 A charge, mostra a reivindicação dos caixeiros por um descanso semanal. Assim, os caixeiros poderiam se divertir aos domingos enquanto os patrões fariam seu serviço. A charge, mostra a reivindicação dos caixeiros por um descanso semanal. Assim, os caixeiros poderiam se divertir aos domingos enquanto os patrões fariam seu serviço.

17 Anarquismo Anarquismo é uma palavra que deriva da raiz grega αναρχία an (não, sem) e archê (governador) e que designa um termo amplo que abrange desde teorias políticas a movimentos sociais que advogam a abolição do capitalismo e do Estado enquanto autoridade imposta e detentora do monopólio do uso da força. Anarquismo é uma palavra que deriva da raiz grega αναρχία an (não, sem) e archê (governador) e que designa um termo amplo que abrange desde teorias políticas a movimentos sociais que advogam a abolição do capitalismo e do Estado enquanto autoridade imposta e detentora do monopólio do uso da força.nãogovernador teoriaspolíticas movimentossociaisabolição capitalismoEstadoautoridade monopólioforçanãogovernador teoriaspolíticas movimentossociaisabolição capitalismoEstadoautoridade monopólioforça

18 Exemplificando, Anarquismo é a teoria liberária baseada na ausência do Estado. De um modo geral, anarquistas são contra qualquer tipo de ordem hierárquica que não seja livremente aceita. Exemplificando, Anarquismo é a teoria liberária baseada na ausência do Estado. De um modo geral, anarquistas são contra qualquer tipo de ordem hierárquica que não seja livremente aceita. hierárquica

19 Sem pátria e sem patrão A principal idéia que rege o anarquismo é de que o governo formal é totalmente desnecessário, violento e nocivo, tendo em vista que toda a população pode, voluntariamente, se organizar e sobreviver em paz e harmonia (anarquismo político). A principal idéia que rege o anarquismo é de que o governo formal é totalmente desnecessário, violento e nocivo, tendo em vista que toda a população pode, voluntariamente, se organizar e sobreviver em paz e harmonia (anarquismo político).

20 Principais tipos de anarquismo Existe duas vertentes do pensamento anarquista;, uma é o anarquismo radical, que usa da violência para mostrar sua indignação perante o sistema e para reivindicar seus direitos; A outra é o anarquismo político, que usa debates, encontros e o diálogo como meio de se chegar a uma solução melhor, pensa alternativas de sociedade e desenvolve-se no campo intelectual. Existe duas vertentes do pensamento anarquista;, uma é o anarquismo radical, que usa da violência para mostrar sua indignação perante o sistema e para reivindicar seus direitos; A outra é o anarquismo político, que usa debates, encontros e o diálogo como meio de se chegar a uma solução melhor, pensa alternativas de sociedade e desenvolve-se no campo intelectual.

21 O anarquismo no mundo O anarquismo se iniciou na metade do século XIX, na França, através de Proudhon, e se expandiu para a Rússia, Itália e Espanha na Europa, até chegar aqui no Brasil no final do século XIX, através de imigrantes espanhóis, italianos, portugueses, franceses,belgas. O anarquismo se iniciou na metade do século XIX, na França, através de Proudhon, e se expandiu para a Rússia, Itália e Espanha na Europa, até chegar aqui no Brasil no final do século XIX, através de imigrantes espanhóis, italianos, portugueses, franceses,belgas.

22 O anarquismo no Brasil De acordo com Edgar Rodrigues, as primeiras experiências anarquistas foram antes mesmo da chegada dos imigrantes: nos quilombos. No fim do século XIX, as aspirações anarquistas no Brasil ganharam vigor trazidas pelos imigrantes italianos e espanhóis. De acordo com Edgar Rodrigues, as primeiras experiências anarquistas foram antes mesmo da chegada dos imigrantes: nos quilombos. No fim do século XIX, as aspirações anarquistas no Brasil ganharam vigor trazidas pelos imigrantes italianos e espanhóis.

23 O positivismo O Positivismo é a doutrina criada no século 19, na França, por Augusto Comte, em suas duas obras principais, o Sistema de Filosofia Positiva e o Sistema de Política Positiva. O Positivismo é a doutrina criada no século 19, na França, por Augusto Comte, em suas duas obras principais, o Sistema de Filosofia Positiva e o Sistema de Política Positiva.

24 O positivismo é uma doutrina cientificista que coloca toda e qualquer possibilidade de verdade no experimento prático. Com isso o positivismo acaba negando, por exemplo, que é possível provar a existência de Deus, pois a existência de Deus se prova com argumentos racionais e não experimentais. O positivismo é uma doutrina cientificista que coloca toda e qualquer possibilidade de verdade no experimento prático. Com isso o positivismo acaba negando, por exemplo, que é possível provar a existência de Deus, pois a existência de Deus se prova com argumentos racionais e não experimentais. No Brasil, a doutrina positivista teve grande influência na formação da República no final do século XIX, tanto é assim que na Bandeira Nacional afigura o lema de inspiração positivista "Ordem e Progresso".

25 AMOR POR PRINCÍPIO, A ORDEM POR BASE; E O PROGRESSO POR FIM AMOR POR PRINCÍPIO, A ORDEM POR BASE; E O PROGRESSO POR FIM O PROGRESSO É O DESENVOLVIMENTO DA ORDEM O PROGRESSO É O DESENVOLVIMENTO DA ORDEM A SUBMISSÃO É A BASE DO APERFEIÇOAMENTO A SUBMISSÃO É A BASE DO APERFEIÇOAMENTO NINGUÉM POSSUI OUTRO DIREITO SE NÃO DE FAZER SEMPRE O SEU DEVER NINGUÉM POSSUI OUTRO DIREITO SE NÃO DE FAZER SEMPRE O SEU DEVER O HOMEM RESUME EM SI TODOS TODAS AS LEIS DO MUNDO O HOMEM RESUME EM SI TODOS TODAS AS LEIS DO MUNDO Algumas Máximas de Augusto Comte

26 O positivismo no Brasil

27

28 E sobre as vacas... Você tem duas vacas. Vende uma e compra um touro. Eles se multiplicam, e a economia cresce. Você vende o rebanho e aposenta- se, rico! Você tem duas vacas. Vende uma e compra um touro. Eles se multiplicam, e a economia cresce. Você vende o rebanho e aposenta- se, rico!


Carregar ppt "Irracionalidade do capitalismo A Irracionalidade do modelo capitalista está conduzindo o planeta a um desastre de proporções incalculáveis. Michael Löwy,"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google