A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Lipídeos são substâncias hidrofóbicas. São encontrados em todos os tecidos, mas principalmente nas membranas celulares e nas células de gordura. Os principais.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Lipídeos são substâncias hidrofóbicas. São encontrados em todos os tecidos, mas principalmente nas membranas celulares e nas células de gordura. Os principais."— Transcrição da apresentação:

1

2 Lipídeos são substâncias hidrofóbicas. São encontrados em todos os tecidos, mas principalmente nas membranas celulares e nas células de gordura. Os principais Lipídeos são: Triacilglicerídeos e Acidos Graxos Fosfolipídeos Esteróides Prostaglandinas Ceras

3 Triacilglicerídeos (TAGs) A hidrólise ácida dos TAGs leva aos correspondentes ácidos carboxílicos - conhecidos como Ácidos Graxos. Triacilglicerídeo Ác. Graxos Glicerol ou Glicerina H2OH+H2OH+ Triacilglicerídeo Os TAGs são Esteres do Glicerol ´

4 A presença de Insaturação nas cadeias de ácido carboxílico dificulta a interação intermolecular, fazendo com os óleos se apresentem no estado líquido. Triacilglicerídeos (TAGs) Tanto os TAGs como os Ácidos Graxos são chamados de Óleos ou Gorduras. Gordura Sólida Óleo Líquido Já os Saturados, com uma maior facilidade de empacotamento intermolecular, tornam as gorduras, sólidas.

5 Os ácidos graxos são chamado de lipídios saponificáveis. A reação destes com uma solução de hidróxido de sódio produz o correspondente sal sódico do ácido, isto é, o sabão. Triacilglicerídeos (TAGs)

6 As moléculas de sabão são divididas em duas partes, uma cabeça hidrofílica (polar) e uma calda hidrofóbica (apolar) sabão Na água, estes sais formam micelas. Nas micelas, as regiões hidrofílicas encontram-se em contato com a água, enquanto que as regiões hidrofóbicas ficam no interior do glóbulo, sem contato com a água.

7 Fosfolipídeos Glicerofosfato A um dos oxigênios do fostato pode estar ligado grupos neutros ou carregados, como a colina, a etanoamina, o inositol, glicerol entre outros. As fostatidilcolinas, por exemplo, são chamadas de lecitinas. Fosfatidilcolina, uma lecitina São Ésteres do Glicerofosfato. Semelhantes aos triacilglicerídeos, porém possuem um grupo altamente polar. Nesse grupo encontra- se o fósforo na forma de fosfato.

8 Fosfolipídeos Assim como as moléculas de Sabão, são capazes de formar pseudomicrofases em solução aquosa. Entrentanto os fosfolipídios se organizam em bicamadas, formando vesículas. Vesículas como as membranas celulares são elástica s e resistentes graças às interações hidrofóbicas entre os grupos apolares dos fosfolipídios. Estas membranas separam os componentes celulares do meio intercelular - dois sistemas aquosos!

9 São lipídios estruturais presentes na membrana da maioria das células eucarióticas. É composto por um núcleo esteróide caracterizado por quatro anéis carbônicos fundidos. Eles atuam também como como Hormônios e, nos humanos, são secretados pelas gônadas, córtex adrenal e pela placenta. Esteróides Progesterona Testosterona

10 Esteróides Um dos esteróides mais importantes o colesterol. Apesar da má fama, é um composto essencial para a vida. Está presente nos tecidos de todos os animais. Além de outras funções, faz parte da estrutura das membranas celulares. Colesterol

11 Esteróides Também é reagente de partida para a biossíntese de vários hormônios e da vitamina D. Dos compostos diferentes do complexo D, apenas dois são importantes: vitaminas D2 (ergocalciferol) e D3 (colecalciferol). Ambas podem ser formadas por radiação UV.

12 Esteróides O colesterol é sintetizado pelo fígado, em um processo regulado por um sistema compensatório : quanto maior for a ingestão de colesterol vindo dos alimentos, menor é a quantidade sintetizada pelo fígado. É insolúvel no sangue, para ser transportado é "embrulhados" em proteínas em um complexo chamado Lipoproteína.

13 O modo pelo qual os bioquímicos geralmente as classificam as proteínas é baseado em sua densidade. A Low-Density Lipoproteins (LDL) é a classe maléfica, transportam o colesterol do fígado, até as células dos tecidos. Esteróides A "High Density Lipoproteins (HDL) ptransportam o excesso de colesterol de volta para o fígado.

14 Esteróides O LDL quando em excesso deposita-se nas paredes dos vasos sanguíneas. Com o tempo o LDL acaba sendo oxidado por radicais livres presentes na célula. A oxidação aciona um mecanismo de defesa e os glóbulos brancos juntam-se ao sítio inflamando-o

15 Esteróides Após algum tempo cria-se uma placa no meio do vaso sanguíneo onde ocorre uma deposição lenta de cálcio, na tentativa de isolar a área afetada. Isto pode interromper o fluxo sanguíneo normal e provocar inúmeras doenças cardíacas. A concentração elevada de LDL no sangue é a principal causa de cardiopatias.

16 Prostagladinas Estes lipídios não desempenham funções estruturais, mas são importantes componentes em vários processos metabólicos e de comunicação intercelular. A substância chave na biossíntese das prostaglandinas é o ácido araquidônico, que é formado através da remoção enzimática de hidrogênios do ácido linoléico. ácido araquidônico

17 Prostagladinas O ácido araquidônico é convertido a prostaglandinas pela ação da enzima ciclooxigenase, que adiciona oxigênios e promove sua ciclização. No organismo, o ácido araquidônico é estocado sob a forma de fosfolipídios, em membranas. Sob certos estímulos, o ácido é liberado do lipídio de estocagem (através da ação da enzima fosfolipase A2) e rapidamente convertido a prostaglandinas, que iniciam o processo inflamatório Prostaglandina A2

18 Prostagladinas A cortisona tem ação anti-inflamatória por bloquear a ação da fosfolipase A2. Este é o mecanismo de ação da maior parte dos anti- inflamatórios esteróides. Existem outras rotas onde o ácido araquidônico é transformado em prostaglandinas, algumas envolvem a formação de um intermediário, o ácido 5-hidroperoxy- 6,8,1-eicosatetranóico (5-HPETE) que é formado pela ação da 5-lipoxigenase. Anti-inflamatórios não esteróides, como a aspirina®, impedem a formação das prostaglandinas bloquiando a 5-lipoxigenase, evitando assim o processo inflamatório. Cortisol

19 São ésteres de ácidos graxos (saturados ou insaturados) com álcoois de cadeia longa (16 a 22 carbonos). Ceras As ceras são utilizadas como capa protetora nos vertebrados, mantendo a pele flexível e lubrificada. Nas plantas servem também para manter a umidade. Na vida oceânica é uma das principais fontes de alimentação e reserva.

20 Armazenamento de energia Manutenção da temperatura Proteção contra choques mecânicos Constituição das membranas celulares Capa cerosa das plantas E ainda: Co-fatores enzimáticos, transportadores de elétrons, pigmentos que absorvem radiação luminosa, agentes emulsificantes, hormônios e mensageiros intracelulares. Os lipídeos possuem funções como:


Carregar ppt "Lipídeos são substâncias hidrofóbicas. São encontrados em todos os tecidos, mas principalmente nas membranas celulares e nas células de gordura. Os principais."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google