A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Raízes Funções : Absorver e conduzir água e minerais dissolvidos; Acumular nutrientes e fixar a planta ao solo; Diferencia-se do caule por sua estrutura,

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Raízes Funções : Absorver e conduzir água e minerais dissolvidos; Acumular nutrientes e fixar a planta ao solo; Diferencia-se do caule por sua estrutura,"— Transcrição da apresentação:

1

2 Raízes

3 Funções : Absorver e conduzir água e minerais dissolvidos; Acumular nutrientes e fixar a planta ao solo; Diferencia-se do caule por sua estrutura, pelo modo como se forma e pela falta de apêndices, como gemas (meristemas externos) e folhas.

4

5 Origem das raízes A origem da raíz principal de um vegetal superior é uma pequena região do embrião contido na semente: a radícula As raízes laterais, por sua vez, se originam da raíz principal ou de outra raíz já existente. Há casos, contudo em que uma raíz se origina de um outro órgão como o caule e a folha. Nestes casos as raízes são chamadas de adventíceas.

6 Raízes adventícias: podem surgir em qualquer parte do sistema caulicular da planta ou mesmo das folhas (begônias), servindo às mais diversas finalidades.

7 Regiões da raiz: Coifa ou caliptra: é rígida, consequentemente morta, e protege aos meristemas, como um "dedal", contra o atrito e a ação de microorganismos; a coifa estará ausente nas raízes sugadoras ou haustórios. Zona lisa ou crescimento: apresenta meristemas primários que alongam a raiz (crescimento subterminal). Zona pilífera ou absorção: apresenta expansões de células da epiderme com a função de absorção. Zona suberosa ou ramificação: caracteriza-se pelas ramificações. Colo ou coleto: zona de transição entre raiz e caule.

8 Caliptra

9 Pêlos Absorventes

10

11 ESTRUTURA PRIMÁRIA E SECUNDÁRIA

12 Meristemas primários Com origem em células embrionárias, são responsáveis pelo alongamento da raiz e do caule, bem como pela formação dos tecidos definitivos primários. Existem três meristemas primários: Protoderme – forma uma camada contínua de células em volta dos ápices caulinar e radicular, sendo responsável pela formação dos tecidos dérmicos ou de revestimento primários; Meristema fundamental – envolve o procâmbio por dentro e por fora, originando os tecidos primários de enchimento ou fundamentais; Procâmbio – localizado no interior dos ápices caulinares e radiculares, em anel, origina os tecidos condutores primários

13 Meristemas secundários Com origem em células já diferenciadas que readquirem secundariamente a capacidade de divisão, são responsáveis pelo engrossamento das estruturas e pela formação dos tecidos definitivos secundários. Existem apenas dois meristemas secundários: Câmbio vascular – com origem em células do procâmbio ou em células parenquimatosas dos raios medulares, localiza-se no cilindro central, exteriormente ao xilema primário e interiormente ao floema primário. Câmbio suberofelogénico – com origem em células do córtex, epiderme ou mesmo do floema, localiza-se na zona cortical, geralmente logo abaixo da epiderme. As suas células apresentam um corte transversal retangular e forma para o exterior súber e para o interior feloderme. Ao conjunto, súber, câmbio suberofelogénico e feloderme, chama-se periderme.

14

15

16

17

18

19

20

21

22 ANATOMIA DA RAIZ Figura 17: Esquema dum corte transversal duma raiz primária de trigo (Triticum aestivum), na zona pilosa, mostrando as três vias para o movimento radial radicular da água. Adaptado de Salisbury e Ross (1992), fig.7.7, pag. 140

23

24

25 Classificação das raízes: Classificadas de acordo com o ambiente em que vivem e com as funções que desempenham: Raízes terrestres; Raízes aéreas; Raízes aquáticas.

26 Subterrâneas AxiaisRaíz principal de onde saem outras raízes Fasciculadas Tuberosas Sem raíz principal, todas semelhantes a cumuladoras de substâncias de reserva. Aéreas EscorasPara sustentar as plantas ou seus galhos CinturasPara fixar, semparasitar, em cima de outra planta EstrangulantesEngrossam ao redor e estrangulam outra planta TabularesLaterais e achatadas. Para respirar e fixar melhor RespiratóriasCrescem para cima. De plantas de mangue GrampiformesEm forma de grampos. De plantas trepadeiras HaustóriosSugadoras. de plantas parasitas Aquáticas Para fixação ou flutuação

27 Raízes terrestres Axiais ou Pivotante: raiz subterrânea que apresenta um eixo principal de onde partem ramificações secundárias. Exemplo: Pinheiro do Paraná (Araucaria angustifolia); Fasciculadas ou Cabeleira: raiz em forma de cabeleira, sem a formação de um eixo principal. Occorre em monocotiledôneas como o milho (Zea mays).

28 Tuberosas: Armazenam substâncias nutritivas. Ex: cenoura, beterraba, nabo, rabanete (pivotantes), dália, batata-doce(laterais).

29 Suportes ou escora: P artem do caule e atingem o solo, e sua principal função é aumentar a fixação do vegetal. Ex.: milho.

30 Cinturas: raiz com tecidos especializados em absorver e reter água diretamente do ar atmosférico, característica fundamental para as epífitas, plantas inquilinas que vivem sobre outras plantas, geralmente em busca de um ótimo em luminosidade. Ocorre nas raízes das orquídeas.

31 Estrangulantes: Raiz que se enrola nas árvores que lhe serve de suporte provocando posteriormente o estrangulamento delas. São exemplos os cipós-mata- pau (Ficus sp.).

32 Tabulares : são achatadas, e encontradas em florestas densas, sendo responsáveis pela fixação, podendo também serem respiratórias. Ex.: figueiras.

33 Respiratórias ou Pneumatóforos: ramificações com geotropismo negativo que buscam oxigênio cujo teor reduziu-se num solo alagado. É o caso das raízes secundárias da Rizophora mangle.

34 Grampiformes: semelhantes a pequenos grampos para a fixação de plantas trepadeiras. Ex: Hera.

35 Sugadoras ou Haustórios: Presentes em hemiparasitas e holoparasitas, perfuram o caule do hospedeiro em busca se nutrir. Crescem até o sistema vascular da planta hospedeira da qual retira os nutrientes (seiva). Ex: cipó-chumbo e erva de passarinho.

36 Exemplo de Haustório: erva de passarinho

37 Raízes aquáticas: Apresentam parênquima aerífero bem desenvolvido. Não apresentam coifa. Ex: raízes do aguapé e vitória-régia.


Carregar ppt "Raízes Funções : Absorver e conduzir água e minerais dissolvidos; Acumular nutrientes e fixar a planta ao solo; Diferencia-se do caule por sua estrutura,"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google