A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

CARACTERÍSTICAS GERAIS DOS ANIMAIS

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "CARACTERÍSTICAS GERAIS DOS ANIMAIS"— Transcrição da apresentação:

1 CARACTERÍSTICAS GERAIS DOS ANIMAIS
VÍCTOR PESSOA

2 * De uma maneira geral, designamos ANIMAIS todos os organismos eucariontes, multicelulares e de nutrição heterotrófica.; * Apresentam origem MONOFILÉTICA, ou seja, todos os grupos de animais derivam direta ou indiretamente do mesmo ancestral, um grupo de protistas denominados coanoflagelados.; * Estão inseridos no Reino Animalia, distribuídos em 9 filos, a saber: Porifera (poríferos ou espongiários) Cnidaria (cnidários ou celenterados) Platyhelmintes (platelmintos) Nematoda (nematelmintos) Mollusca (moluscos) Annelida (anelídeos) Arthropoda (artrópodes) Echinodermata (equinodermos) Chordata (cordados) VÍCTOR PESSOA

3 → Critérios utilizados na classificação dos animais
Número de folhetos germinativos formados durante o desenvolvimento embrionário (ablásticos, diblásticos e triblásticos); Presença de cavidade embrionária; (acelomados, pseudocelomados e celomados); Tipo de celoma (esquizoceloma e enteroceloma); Destino do blastóporo (protostômios e deuterostômios); Formação de tecidos corporais (parazoários e eumetazoários); Tipo de simetria (bilateral e radial); Cefalização (distinção das regiões anterior – cabeça – e posterior); Segmentação corporal ou metamerização; Tipo de sistema esquelético (hidrostático, exoesqueleto e endoesqueleto); Tipo de sistema digestório (incompleto e completo); Tipo de sistema de transporte corporal (difusão, sistema circulatório fechado e sistema circulatório aberto); Tipo de sistema respiratório (cutânea, branquial, traqueal e pulmonar); Tipo de sistema excretor (protonefrídeos, metanefrídeos, glândulas antenais ou verdes, glândulas coxais, túbulos de Malpighi e rins); Tipo de substâncias excretadas (amoniotélicos, ureotélicos e uricotélicos); VÍCTOR PESSOA

4 (Endoderma e ectoderma) (Endoderma, mesoderma e ectoderma)
Número de folhetos germinativos formados durante o desenvolvimento embrionário * Nos animais que se reproduzem sexuadamente, após a fecundação (fusão dos gametas), dá-se início o desenvolvimento embrionário, envolvendo as seguintes etapas: Zigoto Blástula Gástrula (Folhetos embrionários) Diblásticos (Endoderma e ectoderma) Triblásticos (Endoderma, mesoderma e ectoderma) Ablásticos Poríferos Cnidários Platelmintos, nematelmintos, moluscos, anelídeos, artrópodes, equinodermos e cordados VÍCTOR PESSOA

5 Presença de cavidade embrionária
* O surgimento do mesoderma permitiu o surgimento de uma cavidade no corpo do embrião, a qual futuramente acomodará os órgãos do animal adulto. No entanto, nem todos os animais triblásticos a possuem. A - Acelomado C - Celomado Ectoderma Mesoderma Endoderma Cavidade digestiva Pseudoceloma Celoma Mesentério B - Pseudocelomado Platelmintos Nematelmintos Moluscos, anelídeos, artrópodes, equinodermos e cordados VÍCTOR PESSOA

6 Evaginação do mesoderma
Tipo de celoma Celoma esquizocélico Celoma enterocélico Ectoderma Evaginação do mesoderma Endoderma Bloco de mesoderma Equinodermos e cordados Moluscos, anelídeos e artrópodes VÍCTOR PESSOA

7 VÍCTOR PESSOA

8 Destino do blastóporo * O blastóporo é a abertura do arquêntero (intestino primitivo do embrião) que o comunica com o meio externo. Nos animais com sistema digestório completo (com boca e ânus), o blastóporo pode originar a boca ou o ânus. Por esse critério, os animais podem ser classificados em protostômios e deuterostômios. Blastóporo Boca Ânus Protostômios Deuterostômios Nematelmintos, moluscos, anelídeos e artrópodes Equinodermos e cordados VÍCTOR PESSOA

9 Formação dos tecidos corporais
* A multicelularidade trouxe aos animais a possibilidade de que grupos celulares estabelecessem uma espécie de “cooperação”, dividindo as funções desempenhadas (formação de tecidos). No entanto, apenas os poríferos não apresentam tecidos, sendo, por isso, agrupados no sub-reino Parazoa (parazoários), enquanto os demais, incluídos no sub-reino Eumetazoa (eumetazoários), exibem tecidos verdadeiros. VÍCTOR PESSOA

10 Poríferos, cnidários e equinodermos adultos
Tipo de simetria Bilateral Radial Platelmintos, nematelmintos, moluscos, anelídeos, artrópodes e cordados (equinodermos na fase de larva) Poríferos, cnidários e equinodermos adultos VÍCTOR PESSOA

11 Cefalização * Os animais que apresentam simetria bilateral passaram a ter seus corpos exibindo uma região anterior e uma região posterior. Ao longo da evolução dos animais, a região anterior passou a concentrar os principais órgãos dos sentidos e as principais células nervosas, responsáveis pelo processamento das informações captadas do meio externo. Esse processo foi denominado CEFALIZAÇÃO, levando a diferenciação da cabeça. VÍCTOR PESSOA

12 VÍCTOR PESSOA

13 Metamerização ou segmentação corporal
* Consiste na organização corporal em vários segmentos (metâmeros), os quais podem ser iguais ou semelhantes, e que se repetem ao longo de seu comprimento. Apenas anelídeos, artrópodes e cordados apresentam metamerização. VÍCTOR PESSOA

14 Tipo de sistema esquelético
* O sistema esquelético consiste no conjunto formado pelos músculos e pelas estruturas que lhes dão sustentação, facilitando, assim, a realização de movimentos. Hidrostático Exoesqueleto Completo Incompleto Endoesqueleto Nematelmintos e anelídeos (líquidos do pseudoceloma e do celoma, respectivamente) Equinodermos e a maioria dos cordados Artrópodes Moluscos (concha) VÍCTOR PESSOA

15 A – Esqueleto hidrostático (anelídeos); B – Exoesqueleto incompleto (moluscos); C – Exoesqueleto completo (artrópodes); D – Endoesqueleto (equinodermos). VÍCTOR PESSOA

16 VÍCTOR PESSOA

17 Tipo de sistema digestório
* O sistema digestório reúne órgãos que participam da digestão dos alimentos (conversão de moléculas complexas em moléculas simples); * Tem sua origem no arquêntero do embrião; * Pode apresentar uma ou duas aberturas de comunicação com o meio externo. Apresentando apenas uma abertura, a boca, diz-se que o sistema digestório é INCOMPLETO. (SDI) É pela boca que entra o alimento e, ao mesmo, saem os restos de alimentos não digeridos. Por outro lado, havendo duas aberturas, boca e ânus, diz-se que o sistema digestório é COMPLETO. (SDC) SDI Cnidários e platelmintos Nematelmintos, moluscos, anelídeos, artrópodes, equinodermos e cordados SDC Os poríferos não apresentam tubo digestório. A digestão é toda realizada intracelularmente. VÍCTOR PESSOA

18 VÍCTOR PESSOA

19 Tipo de sistema de transporte corporal
* Um sistema de transporte corporal consiste no conjunto das estruturas que distribuem, para todas as células, nutrientes e oxigênio, necessários à sua sobrevivência. Difusão Transporte célula a célula (PORÍFEROS, CNIDÁRIOS E PLATELMINTOS) ou através do líquido do pseudoceloma (NEMATELMINTOS) Sistema circulatório Transporte realizado pelo sistema circulatório, o qual pode ser aberto (SCA) ou fechado (SCF) SCA Hemocelas e hemolinfa SCF Vasos sanguíneos (artérias, veias e capilares) e sangue VÍCTOR PESSOA

20 VÍCTOR PESSOA

21 Tipo de sistema respiratório
* Através de um sistema respiratório, o oxigênio proveniente do meio externo (do ar ou dissolvido na água) é captado e conduzido às células, sendo utilizado para a produção de energia, por meio da respiração celular. C6H12O6 + O CO2 + H2O ENERGIA * O oxigênio pode ser captado pela superfície corporal (respiração CUTÂNEA), pelas brânquias (respiração BRANQUIAL), pelos pulmões (respiração PULMONAR) e pelas traquéias (respiração TRAQUEAL). VÍCTOR PESSOA

22 VÍCTOR PESSOA

23 Organização estrutural de um sistema respiratório do tipo traqueal, típico dos insetos.
VÍCTOR PESSOA

24 Tipo de sistema excretor e substâncias excretadas
* As células estão em constante trabalho (reações do metabolismo celular) e, com isso, acabam produzindo substâncias inúteis, muitas vezes tóxicas, que devem ser eliminadas do corpo. Um sistema excretor atua na remoção dessas substâncias (excreções ou excretas). Protonefrídeos Amônia, uréia e ácido úrico Metanefrídeos Glândulas antenais Glândulas coxais Túbulos de Malpighi Rins VÍCTOR PESSOA

25 VÍCTOR PESSOA

26 VÍCTOR PESSOA

27 Classificação dos animais quanto ao principal tipo de excreta nitrogenado
AMBIENTE GRUPO ANIMAL DENOMINAÇÃO Aquático Celenterados Amoniotélicos Anelídeos Moluscos Crustáceos Equinodermos Peixes ósseos Peixes cartilaginosos Ureotélicos Terrestres Anfíbios Répteis (tartarugas) Mamíferos Insetos Uricotélicos Répteis (serpentes e lagartos) Aves VÍCTOR PESSOA


Carregar ppt "CARACTERÍSTICAS GERAIS DOS ANIMAIS"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google