A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

TECIDO SANGUÍNEO PROF. VÍCTOR PESSOA. CARACTERÍSTICAS GERAIS O sangue é considerado um tipo especial de tecido conjuntivo cujas células encontram-se separadas.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "TECIDO SANGUÍNEO PROF. VÍCTOR PESSOA. CARACTERÍSTICAS GERAIS O sangue é considerado um tipo especial de tecido conjuntivo cujas células encontram-se separadas."— Transcrição da apresentação:

1 TECIDO SANGUÍNEO PROF. VÍCTOR PESSOA

2 CARACTERÍSTICAS GERAIS O sangue é considerado um tipo especial de tecido conjuntivo cujas células encontram-se separadas por grande quantidade de matriz extracelular, denominada, neste caso, plasma (55% do volume total de sangue); Elementos figurados do sangue: hemácias, glóbulos vermelhos ou eritrócitos (35 a 50% do volume total de sangue), leucócitos ou glóbulos brancos e plaquetas ou trombócitos (1% do volume sanguíneo); Atua no transporte de excreções, nutrientes, oxigênio e gás carbônico, hormônios e defesa.

3 TECIDO HEMATOPOÉTICO Constitui uma modalidade especial de tecido conjuntivo cujas células estão intrinsecamente relacionadas com a produção das células sanguíneas; Saco vitelínico, fígado, baço e clavícula (medula óssea / 2º mês de vida) como órgãos hematopoéticos; A produção das células sanguíneas pela medula óssea vermelha é resultado da existência das chamadas células-tronco hematopoéticas. Essas células, sob estimulação apropriada, originam duas linhagens distintas de células: a mieloide e a linfoide.

4 * Linhagem linfóide: linfócitos. * Linhagem mieloide: hemácias, neutrófilos, basófilos, eosinófilos, monócitos e megacariócitos. HemáciasNeutrófiloEosinófiloBasófilo Linfócito MonócitoMegacariócito

5 Glóbulos vermelhos, hemácias ou eritrócitos Compreendem os elementos figurados do sangue mais numerosos, cujo número varia em torno de 4,8 a 5,4 milhões por mm 3 de sangue; Originam-se a partir dos eritroblastos, células que resultam da atividade diferenciadora de células-tronco da linhagem mieloide. Uma vez formados, os eritroblastos dão prosseguimento a uma sequência de eventos que culminam com a formação de outros tipos celulares, precursores das hemácias maduras; Dentre esses eventos, nos mamíferos em especial, observa-se o acúmulo de grandes quantidades de hemoglobina em seu citoplasma, ao mesmo tempo em que se dá a expulsão do núcleo, das mitocôndrias e dos ribossomos; A hemoglobina apresenta 4 cadeias polipeptídicas ( α e 2 β), além de 4 grupamentos heme, os quais apresentam átomos de Fe2+; Em sua membrana plasmática podem ser encontrados marcadores moleculares indicativos de grupos sanguíneos, como os do sistema ABO (A, B, AB e O) e do sistema Rh (Rh + e Rh - ).

6 Detalhes da morfologia das hemácias quando maduras e da organização das cadeias polipeptídicas, contendo o grupo heme, na molécula de hemoglobina

7 Glóbulos brancos ou leucócitos São os elementos figurados do sangue encontrados em menor quantidade, cujo número varia em torno de a por mm 3 de sangue. No entanto, assumem um importante papel nas defesas contra os agentes estranhos. São originados tanto a partir de células-tronco da linhagem mielóide quanto da linhagem linfóide, sendo classificados em dois grandes grupos: os granulócitos e os agranulócitos; Uma propriedade interessante dos leucócitos é a capacidade que têm de realizar a diapedese, ou seja, de atravessar a parede dos vasos sanguíneos, alcançando o tecido conjuntivo.

8 Esquema ilustrativo da diapedese. No caso, um neutrófilo adere às células endoteliais, por meio de moléculas presentes na sua membrana, onde iniciam o processo de saída dos vasos para o espaço extravascular

9 Granulócitos: são caracterizados pela presença de núcleo com formato irregular, estando presentes em seu citoplasma grânulos específicos, constituídos por uma grande diversidade de substâncias, essenciais à execução de suas funções (neutrófilos, basófilos e eosinófilos); Agranulócitos: são destituídos de grânulos em seu citoplasma, exibindo ainda núcleo com formato mais regular (linfócitos e monócitos); OBSERVAÇÃO! É importante destacar que os linfócitos podem ser subdivididos em linfócitos T, linfócitos B e linfócitos natural killers, de acordo com a presença de marcadores moleculares específicos existentes em suas membranas plasmáticas e com o tipo de função a ser desempenhada.

10 Neutrófilos: ( %) núcleo com 2-5 lobos, conectados por filamentos de cromatina; atuam na fagocitose de patógenos e outros agentes estranhos. Eosinófilos: (2 - 4%) núcleo com 2-3 lobos, conectados por filamentos de cromatina; atuam nas reações alérgicas, no combate a certos tipos de vermes e na fagocitose de complexos antígeno- anticorpos. Basófilos: (0,5 - 1%) núcleo com 2 lobos; secretam heparina e histamina nas reações alérgicas, intensificando a resposta inflamatória. Monócitos: (3 - 8%) núcleo em forma de rim ou ferradura; após transformarem-se em macrófagos, atuam na defesa do organismo realizando a fagocitose de agentes estranhos. Linfócitos: ( %) núcleo arredondado; Principais mediadores das respostas imunológicas mediadas por células. Os linfócitos T atuam na defesa contra os vírus, células cancerosas e tecidos ou órgãos transplantados. Os linfócitos B são os únicos responsáveis pela produção dos anticorpos. As células natural killers atacam uma grande variedade de patógenos e certos grupos de células tumorais.

11 Plaquetas ou trombócitos São corpúsculos anucleados, derivados da fragmentação de células gigantes poliplóides, denominadas megacariócitos. Seu número oscila entre e por mm 3 de sangue em um indivíduo sadio; Em seu interior, observam-se grânulos que armazenam substâncias essenciais ao processo de coagulação sanguínea; Além disso, a agregação plaquetária em torno da perfuração no vaso contribui para a formação de um tampão plaquetário, uma espécie de band-aid que auxilia o processo de parada da hemorragia. (quando um vaso sofre uma perfuração pequena, a ação do tampão plaquetário é suficiente para estancar a perda de sangue).

12 Megacarioblasto Megacariócito Plaquetas

13 Coagulação sanguínea: De uma maneira geral, os eventos que marcam a coagulação sanguínea podem assim ser resumidos: a) A ruptura de um vaso sanguíneo estimula a liberação de certas substâncias pelas células endoteliais (revestem internamente os vasos sanguíneos) que tanto atraem as plaquetas para a região do corte quanto estimulam-nas a liberarem uma enzima denominada tromboplastina; b) A tromboplastina, na presença de íons cálcio, catalisa a reação de conversão da protrombina em trombina; c) A trombina, uma proteína enzimaticamente ativa, também na presença do cálcio, catalisa a conversão do fibrinogênio em fibrina, uma proteína fibrosa que atua na formação de uma malha que aprisiona os elementos figurados do sangue, formando, assim, o coágulo sanguíneo.

14

15

16


Carregar ppt "TECIDO SANGUÍNEO PROF. VÍCTOR PESSOA. CARACTERÍSTICAS GERAIS O sangue é considerado um tipo especial de tecido conjuntivo cujas células encontram-se separadas."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google