A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Características gerais Nome oficial Nome oficial: Nihon ou Nippon Capital Capital: Tóquio Língua Oficial Língua Oficial: Japonês Forma de Governo Forma.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Características gerais Nome oficial Nome oficial: Nihon ou Nippon Capital Capital: Tóquio Língua Oficial Língua Oficial: Japonês Forma de Governo Forma."— Transcrição da apresentação:

1 Características gerais Nome oficial Nome oficial: Nihon ou Nippon Capital Capital: Tóquio Língua Oficial Língua Oficial: Japonês Forma de Governo Forma de Governo: Monarquia parlamentarista. Área Área: km² Relevo Relevo: Ponto Culminante: Monte Fuji, m. Ponto Mais Baixo: nível do mar. População 80% urbana20% rural População: habitantes. Distribuição: 80% urbana, 20% rural. Densidade: cerca de 340 hab./km². Moeda Moeda: Unidade Básica: Iene ou Yen ( ¥ )

2 Aspectos físicos 23 vezes menor do que o brasileiro O território japonês é cerca de 23 vezes menor do que o brasileiro, ou mesmo a metade do Chile. é formado por um conjunto de mais de 3 mil ilhas 97% do território japonêsHokkaido HonshuShikokuKiushu O país é formado por um conjunto de mais de 3 mil ilhas, sendo que as quatro maiores e mais importantes correspondem a 97% do território japonês. São elas (do norte para o sul): Hokkaido, Honshu, Shikoku e Kiushu.

3 Aspectos físicos Entre 70% a 80% do território japonês apresenta relevo montanhoso Florestas Subtropicais ao sul Taiga ao norte Entre 70% a 80% do território japonês apresenta relevo montanhoso sendo ainda coberto por Florestas Subtropicais ao sul até a Taiga ao norte. pobre em reservas minerais Ao contrário de outras potências econômicas, o Japão é pobre em reservas minerais, o que o leva a importar grande parte do petróleo, ferro, manganês e outros minerais por ele consumidos.

4 Uma terra instável Placa do PacíficoFilipinasEuro-asiática O arquipélago japonês situa-se na zona de encontro de três placas tectônicas – a Placa do Pacífico, a das Filipinas e a Euro-asiática. terremotosmaremotosvulcões Sendo assim, é comum a ocorrência de terremotos, maremotos e vulcões no território japonês. Existem no Japão cerca de 200 vulcões, dos quais pelo menos quarenta permanecem em atividade.

5 Clima A extensão em latitude (3.800 km) do país explica a diversidade de climassubtropical temperadotemperado frio A extensão em latitude (3.800 km) do país explica a diversidade de climas, do subtropical ao sul, temperado ao centro e temperado frio no extremo norte. monçõesaltitude O clima é sujeito também à influência das monções (ventos sazonais) e da altitude.

6 Clima tufões Ocorrem com freqüência ainda no território japonês os tufões. "taifu" Dos cerca de 30 desses ciclones gerados a cada ano, cerca de quatro movem-se em direção ao norte, atingindo o arquipélago japonês. Eles são chamados "taifu", de onde deriva a palavra "tufão" em português. Os tufões atingem o Japão entre junho e outubro, e os meses de agosto e setembro são considerados como "a estação dos tufões. Os tufões atingem o Japão entre junho e outubro, e os meses de agosto e setembro são considerados como "a estação dos tufões.

7 Pouco espaço para a agricultura a buscar um complemento alimentar junto ao oceano A falta de espaço para a agropecuária levou o povo japonês a buscar um complemento alimentar junto ao oceano, pois o Japão possui águas muito piscosas. utilizando modernas técnicas de plantio, mecanização, irrigação, adubos, etc Juntamente com a pesca os japoneses procuraram obter o máximo utilizando modernas técnicas de plantio, mecanização, irrigação, adubos, etc.

8 Pouco espaço para a agricultura OyashioKuroshio As correntes marinhas Oyashio (fria) e Kuroshio (quente) beneficiam a produção pesqueira. arroz pecuária intensiva São cultivados arroz, trigo, centeio, cevada, batata, etc., além de uma pecuária intensiva. não conseguem atender a demanda do consumo interno por alimentos Mesmo assim os japoneses não conseguem atender a demanda do consumo interno por alimentos, sendo obrigados a importar esses e outros produtos.

9 O fim de uma Era Comodoro Matthew C. Perry Bakufu(Xogunato) Em julho de 1853 uma esquadra dos EUA de quatro navios, comandada pelo Comodoro Matthew C. Perry, chegou à Baía de Edo exigindo a abertura dos portos japoneses, iniciando assim uma cadeia de eventos que levariam ao fim do Bakufu (Xogunato) no Japão. Guerra Boshin bakufu Tokugawa Seguindo a Guerra Boshin ( ), o bakufu foi abolido, e os poderes políticos e militares foram restituídos ao Imperador, terminando assim com mais de 200 anos de domínio dos Tokugawa sobre o Japão.

10 A Era Meiji Era Meiji Estado Feudal Estado Industrial A Era Meiji ( ), foi um período de grandes mudanças na história do Japão, que passou de Estado Feudal a Estado Industrial. imperadorMutsuhito socioeconômicastecnológicas O imperador Mutsuhito, que subiu ao trono em 1868, foi encarregado de pôr em prática a modernização do Japão, através de transformações socioeconômicas e tecnológicas. modelo capitalistade produção Tendo como base os países europeus, o imperador Meiji adotou o modelo capitalista de produção:

11 A Era Meiji A abolição do feudalismo; A igualdade de todos os japoneses; indústriasistema bancário A introdução e desenvolvimento da grande indústria e do moderno sistema bancário; Organizou-se o ensino de acordo com os modelos europeus; sistemas de comunicação e transporte Impulsionou-se os sistemas de comunicação e transporte segundo a tecnologia ocidental; Promulgou-se em 1889 uma nova constituição que consagrou a monarquia hereditária; exércitomarinha Criou-se um exército e uma marinha potentes e modernos;

12 Os zaibatsu empresas estatais grupos particulares (famílias zaibatsu O Estado passou a investir na industrialização do país, formando empresas estatais, associando-se a grupos particulares (famílias). Essas famílias, ao longo dos anos originaram os zaibatsu. zaibatsu Os zaibatsu são conjuntos de empresas interligadas do setor produtivo ou financeiro que passaram a controlar a economia do país.

13 DENOMINAÇÃOFUNDADORÁREA DE CONTROLE MITSUI Hachirobei Takatoshi, organizado a partir de 1673 Inicialmente dedicado ao comércio do vestuário para, em seguida, dedicar-se ao setor financeiro. Desde 1876, o Banco Mitsui tornou-se o maior do Japão MITSUBISHI (os 3 diamantes) Iwasaki Yataro, fixado em Osaka desde 1869 Finanças e comércio de navegação e cabotagem. Importação de armas e ao transporte militar YASUDA Yasuda Zenjiro, a partir de 1867 Complexo financeiro-industrial, negócios com ouro & prata e também serviços bancários SUMIMOTO Sumimoto Masatoma Setor de mineração, fundições e refinarias de cobre desde 1590

14 O expansionismo japonês O Japão tornou-se uma potência industrial no século XIX, pois não sofreu o colonialismo. expansionismo japonês nacionalismo extremado desejo de formação de uma nova ordem na Ásia Oriental O expansionismo japonês se baseou no nacionalismo extremado e no desejo de formação de uma nova ordem na Ásia Oriental. garantir o fornecimento de matérias-primas para o país Existia ainda o objetivo econômico de garantir o fornecimento de matérias-primas para o país.

15

16 O expansionismo japonês Hiroshima Nagasaki O nacionalismo levou o país à Segunda Guerra Mundial que terminou com o fatídico lançamento das duas bombas atômicas em Hiroshima e Nagasaki. Com a ocupação dos EUA, os zaibatsu foram dissolvidos, o que possibilitou a livre concorrência e o fim do monopólio.

17 O pós-guerra Terminada a 2ª Guerra Mundial o Japão teve que aceitar uma rendição incondicional aos EUA. Douglas MacArthur desmilitarizar democratizar O general americano Douglas MacArthur, chefe das forças de ocupação aliadas no Japão, recebeu o encargo de desmilitarizar e democratizar o país. A nova constituição do Japão que entrou em vigor em 1947 difere da Meiji (1889), nos seguintes pontos:

18 Constituição de 1947 símbolo do estado e da unidade do povo O imperador, em lugar de assumir toda a autoridade, é o símbolo do estado e da unidade do povo; renuncia à guerra como direito soberano O Japão renuncia à guerra como direito soberano; Os direitos humanos fundamentais são considerados eternos e invioláveis. primeiro-ministro O poder executivo é exercido pelo gabinete, cujo primeiro-ministro é nomeado pelo imperador, depois de designado pela Dieta (Parlamento).

19 Recuperação econômica Ajuda econômica norte-americana; A não-existência de gastos militares; Grande oferta e abundância de mão-de-obra, qualificada e disciplina, próprias do povo japonês; Produção em larga escala objetivando o mercado externo; Grandes investimentos em educação e pesquisas científicas e tecnológicas;

20 O milagre japonês milagre japonês, Entende-se por milagre japonês, a espetacular recuperação de forma rápida e poderosa que transformou o Japão em das principais economias mundiais. conter a expansão do socialismo a partir do domínio russo e chinês no Extremo Oriente Vale ressaltar que o interesse norte-americano em ajudar um país que eles mesmos tinham ajudado a destruir era o de conter a expansão do socialismo a partir do domínio russo e chinês no Extremo Oriente.

21 A industrialização japonesa naviosautomóveis produtos eletrônicos telecomunicações Sendo uma das nações mais industrializadas do mundo, o Japão é também um dos maiores produtores de: navios, automóveis, além de produtos eletrônicos e de telecomunicações. matérias-primaschega ao país por navios, e sua produção se destina ao mercado externo pôlderescombinados Como a maioria das matérias-primas chega ao país por navios, e sua produção se destina ao mercado externo, as industrias japonesas se concentram no litoral em pôlderes e combinados que se situam principalmente de Tóquio até Hiroshima.

22

23 A megalópole japonesa TóquioOsaka Tokaidono eixo Kioto-Osaka-Nagóia-Tóquio A intensa relação entre Tóquio e Osaka, acabou por centralizar grande parte da atividade econômica naquela porção do território, o que levou ao surgimento da maior megalópole do mundo contemporâneo a Tokaido no eixo Kioto-Osaka-Nagóia-Tóquio. Nela concentram-se aproximadamente 60% da população japonesa.

24 A megalópole japonesa estradaseletricidademão-de-obra Seu desenvolvimento explica-se devido esse espaço possuir as melhores condições de infra- estrutura (estradas, eletricidade, mão-de-obra) para abrigar novas indústrias. Shinkansen É nesse eixo que corre o trem-bala, TGV ou Shinkansen, ligando Tóquio-Osaka-Fukuoka, numa distância de quilômetros, em apenas 5 horas e 10 minutos.

25 A crise na economia japonesa O Japão entrou em recessão desde o terceiro trimestre de 2008, quando sua economia retrocedeu de 0,6% a 0,9%. O maior parceiro econômico do país asiático são os Estados Unidos, que já não consomem tanto, e o mercado interno também não consegue absorver a alta produção.

26 A crise na economia japonesa elevado consumo de energia e a elevação dos preços do petróleo concorrência dos Tigres Asiático, China e União Européia O elevado consumo de energia e a elevação dos preços do petróleo pioram a situação, juntamente com a forte concorrência dos Tigres Asiático, China e União Européia. aumento de desempregados dekasseguis Como resultado, passa a ocorrer um grande aumento de desempregados; sendo um grande número deles, brasileiros (dekasseguis) que foram para lá atraídos pelos elevados salários.


Carregar ppt "Características gerais Nome oficial Nome oficial: Nihon ou Nippon Capital Capital: Tóquio Língua Oficial Língua Oficial: Japonês Forma de Governo Forma."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google