A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Professora Fernanda Landim. Biodiversidade "Bio" significa "vida" e diversidade significa "variedade". Então, biodiversidade ou diversidade biológica.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Professora Fernanda Landim. Biodiversidade "Bio" significa "vida" e diversidade significa "variedade". Então, biodiversidade ou diversidade biológica."— Transcrição da apresentação:

1 Professora Fernanda Landim

2 Biodiversidade "Bio" significa "vida" e diversidade significa "variedade". Então, biodiversidade ou diversidade biológica compreende a totalidade de variedade de formas de vida que podemos encontrar na Terra (plantas, aves, mamíferos, insetos, micro-organismos...) Diversidade genética – mesma espécie, porém geneticamente diferentes Diversidade orgânica – agrupam indivíduos que possuem a mesma história evolutiva. Diversidade ecológica – indivíduos interagindo entre si, formando uma comunidade.

3 Por que a biodiversidade é importante? Qual é o valor de um metro cúbico de água liberado pela Floresta Amazônica, por evaporação, que retorna em forma de chuva, mantendo o clima úmido da região? Qual é o valor dos nutrientes acumulados nos troncos e nas cascas de árvores centenárias? Quais seriam os prejuízos provocados pelos incêndios na Amazônia se estes não se apagassem nas margens das florestas? Quanto vale um quilo de carbono que deixa de ser liberado para a atmosfera por estar estocado em suas florestas?

4 Por que a biodiversidade é importante? Estas perguntas estão relacionadas ao valor do que pode ser chamado "serviço ecológico" fornecido pela floresta Amazônica. A biodiversidade é uma das propriedades fundamentais da natureza por ser responsável pelo equilíbrio e pela estabilidade dos ecossistemas. biodiversidade é fonte de imenso potencial econômico por ser a base das atividades agrícolas, pecuárias, pesqueiras, florestais e também a base da indústria da biotecnologia, ou seja, da fabricação de remédios, cosméticos, enzimas industriais, hormônios, sementes agrícolas.

5 Fatores que ameaçam a conservação da biodiversidade A perda da biodiversidade envolve aspectos sociais, econômicos, culturais e científicos. Os principais processos responsáveis pela perda da biodiversidade são: Perda e fragmentação dos hábitats; Introdução de espécies e doenças exóticas; Exploração excessiva de espécies de plantas e de animais; Uso de híbridos e monoculturas na agroindústria e nos programas de reflorestamento; Contaminação do solo, água e atmosfera por poluentes.

6 Classificação biológica Os principais objetivos da Taxonomia são: Compreender os processos responsáveis pela existência da diversidade biológica; Desenvolver critérios para organizar a diversidade, agrupando os seres vivos de acordo com características importantes; Descrever a diversidade biológica, desenvolvendo catálogos tão completos quanto possível das características típicas de cada espécie, além de batizá- la com um nome científico.

7 Taxonomia Taxonomia ou classificação biológica é um sistema que distribui os seres vivos em grupos hierárquico, com grupos menores incluídos em outros mais abrangentes. Táxon é qualquer agrupamento de organismos com base em semelhanças. Carl von Linné ( ) Lineu – Sistema baseado na comparação anatômica.

8 Nomenclatura binomial Lineu classificou os seres vivos num sistema eficiente para lhes dar nomes, ou seja nomenclatura biológica. Ele propôs que o nome científico de todo ser vivo fosse composto por duas palavras.

9 Regras da nomenclatura binominal 1. Os nomes científicos precisam ser escritos em latim; 2. São utilizadas duas palavras (sistema binominal). A primeira dessas palavras o gênero, que deve ser escrito com a inicial maiúscula (substantivo). A segunda palavra representa a espécie, que deve ser com letra minúscula(adjetivo). 3. Deve ser destacado no texto em que aparece, seja pela impressão em itálico ou grifado;

10

11 Nomes científicos de alguns organismos Nome popularNome científico Batata-inglesaSolanum tuberosum CachorroCanis familiaris Espécie humanaHomo sapiens GatoFelis catus GirafaGiraffa camelopardalis MilhoZea mays MandiocaPheretima hawaiiana

12

13 Categoria Taxonômica espécie gênero família ordem classe filo reino ReFiCOFaGE Categoria mais específica Categoria mais geral

14 Os reinos dos seres vivos

15 REINOSERESCARACTERÍSTICAS Monera BactériaUnicelulares Procariontes Autótrofo ou heterótrofo Arqueas Protoctista ProtozoáriosEucariontes Heterótrofo AlgasUnicelulares ou pluricelulares Autótrofos Fungi FungosUnicelular ou pluricelular Eucariontes Heterótrofo Plantae PlantasEucariontes Multicelulares Autótrofos fotossintetizantes Animalia AnimaisEucariontes Multicelulares Heterótrofo

16 Vírus São acelulares São parasitas intracelulares obrigatórios Causam inúmeras doenças Só podem ser visualizados com o uso do microscópio eletrônico

17

18 Existem defesas contra os vírus? Existem as defesas: naturais: São as barreiras do nosso próprio corpo, como a pele, secreções, glóbulos brancos. artificiais: Antibióticos, antivirais, soros, vacinas.

19 Viroses humanas Gripe – influenzavirus Dengue – Possui vetor biológico: Aedes aegypti Febre Amarela – flavivírus Poliomelite – também conhecida como paralisia infantil ou pólio Sarampo – Morbilivirus AIDS – causada pelo vírus HIV

20 Reino Monera São as bactérias e as arqueas Unicelulares Procariontes Desprovido de organelas membranosas

21 BACTÉRIA No fim do século XIX, após a descoberta de que certas doenças eram causadas por bactérias, pensou-se, equivocadamente, que todas as espécies eram prejudiciais. Atualmente, sabe-se que as bactérias são seres fundamentais aos sistemas biológicos.

22 Bactérias São classificadas quanto a sua forma: Coco: arredondada Bacilo: bastão Espirilos: espiral Vibrião: vírgula

23 Bactérias Agrupamentos: Diplococo: 2cocos unidos Sarcina: 8cocos formando um cubo Estreptococos: cocos enfileirados Estafilococos: cocos agrupados semelhante a cachos de uva Diplobacilos: 2bacilos unidos Estreptobacilos: bacilos enfileirados

24

25 Bactérias Nutrição autotrófica através da fotossíntese ou quimiossíntese) Heterotrófica Aeróbios Respiração celular Anaeróbios Fermentação Reprodução assexuada: Bipartição ou divisão binária (pode ocorrer mutação ou conjugação)

26 Bactérias Podem realizar a decomposição Reciclagem da matéria Participam do ciclo do nitrogênio: Algumas bactérias são responsáveis pela captura do nitrogênio atmosférico, fixado em certas substâncias. Relação de mutualismo entre as bactérias fixadoras de nitrogênio e raízes de plantas leguminosas.

27 Bactérias - Importância Indústria alimentícia Indústria farmacêutica Engenharia genética

28 Bactérias - Doenças Tuberculose Cólera Leptospirose Tétano Meningite meningocócica Hanseníase Lepra Coqueluche

29 Superbactérias São bactérias multirresistentes Seu surgimento ocorre devido ao uso indiscriminado de antibióticos São encontradas principalmente em hospitais

30 Arqueas Procariontes Unicelulares Vivem em ambientes com condições extremas: Elevada salinidade (halófitas) Elevada temperatura e acidez (termoacidófilas) Anaeróbios e produtoras de gás metano (metanogênicas) vivem pântanos ou associados com cupins e animais ruminantes


Carregar ppt "Professora Fernanda Landim. Biodiversidade "Bio" significa "vida" e diversidade significa "variedade". Então, biodiversidade ou diversidade biológica."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google