A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

OS VERTEBRADOS PROFESSORA FERNANDA LANDIM. Os vertebrados são representados pelos peixes, anfíbios, répteis, aves e mamíferos. Esses animais apresentam.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "OS VERTEBRADOS PROFESSORA FERNANDA LANDIM. Os vertebrados são representados pelos peixes, anfíbios, répteis, aves e mamíferos. Esses animais apresentam."— Transcrição da apresentação:

1 OS VERTEBRADOS PROFESSORA FERNANDA LANDIM

2 Os vertebrados são representados pelos peixes, anfíbios, répteis, aves e mamíferos. Esses animais apresentam um esqueleto interno. Além disso, apresenta uma característica exclusiva: a coluna vertebral. O esqueleto sustenta o corpo, protege os órgãos internos e serve de apoio para os músculos. A coluna vertebral é formada por grande quantidade de pequenos ossos que se articulam, chamada de vértebras.

3 PEIXES Os peixes foram os primeiros vertebrados do planeta. Os antepassados dos peixes atuais devem ter surgido há cerca de 500 milhões de anos. Veja alguns tipos de peixes: Quando ameaçado, faz seu corpo inchar com água lançada no estômago. É um peixe venenoso Cavalo-marinho. Desloca-se na água em posição vertical com o auxílio da nadadeira dorsal. Raias (ou arraias) A moreia tem corpo alongado, semelhante a de uma cobra.

4 Características Ectotérmicos (pecilotérmicos) – Sua temperatura varia de acordo com a temperatura da água, e por tanto, não gastam energia para regular a temperatura corporal. Respiração branquial – respiram por brânquias (também chamadas guelras). A água, que contém oxigênio dissolvido, entra pela boca do peixe e sai por abertura na faringe, as fendas branquiais. Forma hidrodinâmica – Corpo alongado e achatado lateralmente (fusiforme). Presença de nadadeiras e a cauda. Presença de escamas que são cobertas por um muco.

5 Classificação dos peixes Ciclostomados (ágnatos) Osteíctes Condrictes (cartilaginosos) Lampreia Peixe-bruxa (feiticeira) Tubarão, arraias e quimeras Maioria dos peixes, sardinhas, os robalos, cavalo- marinhos, tucunaré, pirarucu, baiacu etc.

6 Peixe por fora

7 Peixe por dentro

8 Órgãos sensoriais Visão - não possuem pálpebras, o sentido da visão é bastante limitado. Audição – É bastante aguçado, conseguem ouvir o som a grandes distâncias. Olfato – Capacidade de perceber cheiros. Possuem duas narinas, que contém células sensoriais responsáveis por detectar a presença de substâncias dissolvidas na água. O sentido olfativo ajuda o animal a encontrar alimento e a orientar-se. Paladar – Os peixes apresentam botões gustativos ao redor da boca, captam o gosto das substâncias químicas dissolvidas na água. Em algumas espécies, os botões gustativos localizam-se em prolongamentos parecidos com bigodes, denominados barbilhões. Os barbilhões também realizam função tátil. Linha lateral – Formada por escamas porosas pelas laterais do corpo do animal. Possui células especializadas que percebem as vibrações e a presença de substâncias na água. Funcionam como orientação do peixe, detectam as variações de pressão, temperatura e a concentração salina da água. Ampolas de Lorenzini – Presente somente nos condrictes e localizam-se próximas ao órgão olfativo do animal. Captam, de maneira eficiente, a fraca corrente elétrica gerada pela atividade de contração muscular dos animais que servem como presas ao condrictes.

9 A água, que contém oxigênio dissolvido, entra pela boca do peixe e sai por aberturas existentes na faringe, as fendas branquiais. Ao sair, a água entra em contato com as brânquias, que são lâminas finas e cheias de sangue, e o gás carbônico passa do sangue para a água, que sai do corpo. Respiração

10 Sistema cardiovascular Composto por artérias, veias, capilares sanguíneos e um coração com duas câmara: um átrio e um ventrículo. A função do coração é bombear o sangue para todo o corpo. No coração dos peixes, só circula sangue venoso (rico em gás carbônico). Ciclo do sanguíneo : O sangue sai das brânquias e transporta oxigênio para os tecidos Nos tecidos captam o gás carbônico O sangue retorna ao coração e o sangue venoso é bombeado em direção às brânquias Nas brânquias é geralmente oxigenado.

11 Sistema digestório Sistema digestório completo – boca, faringe, esôfago, estômago e intestino. Peixe ósseo: o intestino termina no ânus. Peixe cartilaginoso: o intestino termina na cloaca (urinário e genital) - Válvula espiral – estrutura que aumenta a área de absorção de nutrientes, presente nos peixes cartilaginosos. A medida que os alimentos passam pelos órgãos do sistema digestório, os nutrientes vão sendo simplificados e absorvido pelo intestino. O transporte de nutrientes é realizado pelo sangue, que circula em vasos fechados. (circulação fechada) O sangue transporta nutrientes e gases respiratórios.

12 Sistema urinário O sistema urinário regula a água do corpo, mantém o equilíbrio salino adequado e elimina os resíduos que foram produzidos. Os órgãos excretores dos peixes são um par de rins alongados e finos. Peixes cartilaginoso: as excreções são eliminadas pelas cloacas. Peixes ósseos: a urina é liberada pelo poro excretor, que fica próximo ao ânus. Obs. Nos tubarões, as excreções também é eliminada pelas brânquias.

13 Reprodução Reprodução sexuada, pois ocorre a participação de células reprodutoras. Ciclostomados Dioicos Fecundação externa Desenvolvimento indireto. Larva: amocete

14 Reprodução Condrictes Fecundação interna, possui órgão copulador compostos por duas estruturas chamadas claspers. Os espermatozoides são introduzidos dentro da cloaca da fêmea. Alguns são ovíparas, com desenvolvimento direto. Outros são ovovivíparas. Algumas espécies são vivíparas. Osteíctes Fecundação externa Desenvolvimento indireto. Larva: alevino.

15

16 Nós e os peixes O peixe é um alimento rico em proteína, um nutriente importante para a construção do corpo: 100 gramas de peixe equivalem, em termos de proteína, a uma coxa de galinha ou três ovos. Mas precisa ser bem conservado. É necessário prestar atenção no cheiro dele, peixes frescos possuem brânquias vermelhas ( e não esbranquiçadas ou acinzentadas); a carne é firme e elástica a pressão dos dedos. Os olhos são salientes, ocupam totalmente a órbita; e as escamas não soltam facilmente. A carne do peixe perece com facilidade, por isso, se o peixe não for consumido logo, deve ser conservado no congelador. É recomendável consumi-lo em dois dias e se congelados, devem ser consumidos no máximo em 30 dias.


Carregar ppt "OS VERTEBRADOS PROFESSORA FERNANDA LANDIM. Os vertebrados são representados pelos peixes, anfíbios, répteis, aves e mamíferos. Esses animais apresentam."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google