A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

PRESTAÇÃO DE CONTAS DAS AÇÕES E SERVIÇOS DA SMS DE FLORIANÓPOLIS

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "PRESTAÇÃO DE CONTAS DAS AÇÕES E SERVIÇOS DA SMS DE FLORIANÓPOLIS"— Transcrição da apresentação:

1 PRESTAÇÃO DE CONTAS DAS AÇÕES E SERVIÇOS DA SMS DE FLORIANÓPOLIS
Secretaria Municipal de Saúde de Florianópolis AUDIÊNCIA PÚBLICA PRESTAÇÃO DE CONTAS DAS AÇÕES E SERVIÇOS DA SMS DE FLORIANÓPOLIS Gerência de Planos, Metas e Políticas de Saúde Florianópolis, outubro de 2012.

2 Estrutura da Apresentação
Planejamento 2012 na SMS Premissas do Planejamento na SMS Programação de Saúde do Nível Estratégico a) Autoavaliação b) Pactuação de Metas c) Matriz de Intervenção

3 PLANEJAMENTO 2012 NA SMS DE FLORIANÓPOLIS

4 Programa de Melhoria do Acesso e da Qualidade na Atenção Básica - PMAQ
2012 Programa de Melhoria do Acesso e da Qualidade na Atenção Básica - PMAQ 90% dos Centros de Saúde (106 ESF em 45 CS) 100% dos Distritos Sanitários 55,6% das Gerências Nível Estratégico

5 PREMISSAS DO PLANEJAMENTO NA SMS DE FLORIANÓPOLIS

6 Engajamento e pró atividade Sucesso em seu planejamento
1) VOLUNTÁRIO Convite Engajamento e pró atividade Sucesso em seu planejamento Melhores resultados

7 2) PARTICIPATIVO Programações de Saúde construídas com TODOS os trabalhadores das Unidades Por acreditar que muitos tomam melhores decisões do que poucos

8 3) ASCENDENTE Por acreditar que quanto mais próximo do cidadão, maior a importância da unidade de trabalho Nível Operacional (CS, Policlínica, UPA, CZC , CAPS) Gerências e Distritos Sanitários Nível Tático Gabinete, Assessorias e Diretorias Nível Estratégico VISÃO

9 4) MELHORIA CONTÍNUA Por acreditar que sempre podemos melhorar!

10 Programação de Saúde 2012-2013 Nível Estratégico
3 etapas: 1) Diagnóstico: Autoavaliação com a ECA 2) Pactuação de Metas com o Pacto Municipal 3) Construção da Matriz de Intervenção

11 Oficina – Programação de Saúde 2012-2013

12 Oficina – Programação de Saúde 2012-2013

13 1) Diagnóstico com a ECA Conduzir à Excelência
ECA – Estrutura Comum de Avaliação Instrumento de Autoavaliação de organizações públicas europeias Baseada na Gestão da Qualidade Total Objetivo: Conduzir à Excelência

14 1) Diagnóstico com a ECA É fundamental que busquemos exemplos exitosos em outras organizações de sucesso Isso é possível com a ECA Florianópolis é a capital brasileira com o maior Índice de Desenvolvimento Humano! A menor taxa de mortalidade infantil! A segunda melhor cobertura de Saúde da Família!

15 2) Pactuação de Metas Pacto Municipal de Saúde
Alinhamento Interno e Externo da Secretaria A Pactuação de Metas Ascendente: SMS Centros de Saúde Distritos Sanitários Gerências

16 3) Matriz de Intervenção
Levantamento de ações Considerado as ações levantadas pelas Gerências da SMS Considerado as sugestões de melhoria da ECA Considerando governabilidade, custo, impacto nos indicadores

17 Programação de Saúde Nível Estratégico 2012-2013

18 Programação de Saúde do Nível Estratégico
População de Florianópolis Esperança de vida ao nascer é de aprox. 78 anos Quanto aos hábitos de vida: ↑ consumo de frutas e hortaliças entre adultos ↓ inatividade física ↓ no consumo de carnes com excesso de gordura ↓ no tabagismo

19 Programação de Saúde do Nível Estratégico
80% de cobertura pelas ESF Mas, 50% das equipes possuem excedente populacional Florianópolis acertou ao investir na atenção primária

20 Programação de Saúde do Nível Estratégico
↓Taxa de internação por causas sensíveis à atenção primária Forte correlação como o ↑ de cobertura da ESF A taxa de mortalidade geral, a mortalidade infantil e os anos potenciais de vida perdidos - APVPs por todas as causas apresentaram ↓

21 Programação de Saúde do Nível Estratégico
↑ prevalência de sobrepeso e obesidade ↑ prevalência de hipertensão e diabetes ↑ uso abusivo de álcool Causas externas é a principal causa de APVP Necessidade de se aprimorar as intervenções de PROMOÇÃO DA SAÚDE e de se estabelecerem PARCERIAS adequadas para abarcar estes problemas

22 Desenvolver seus processos monitorando-os por meio de indicadores, analisando e melhorando-os, considerando melhores práticas de outras instituições

23 Programação de Saúde do Nível Estratégico
Responsividade preconizado pela OMS respeito ao ser humano e orientação para o usuário Porém, responsividade e satisfação não são mensuradas na SMS

24 Realizar a seguimentação e acompanhamento das necessidades, expectativas e satisfação dos usuários

25 Programação de Saúde do Nível Estratégico
O planejamento da Secretaria É alinhado à sua Visão, Todos os níveis da organização Porém, a avaliação do ambiente externo; a avaliação da necessidade dos usuários e outras partes envolvidas Ainda não são consideradas na elaboração dos Planos

26 Envolver as áreas da SMS para que as seus Planos considerem as análises de ambiente externo e interno assegurando a coerência entre as estratégias e as necessidades

27 Programação de Saúde do Nível Estratégico
↑ despesa com pessoal Porém o ↑ no investimento financeiro não está apresentando os resultado esperados Observa-se: Expansão de RH até 2009 e após este período há ↓ no crescimento do no de trabalhadores Grande rotatividade Mais de 50% das ESF apresentaram desfalques no último ano

28 Programação de Saúde do Nível Estratégico
A gestão de pessoas precisa de readequações urgentes, para conseguir promover a qualificação dos serviços Atualmente, não há um sistema de gestão das competências ou um sistema de trabalho que estimule a melhoria do desempenho das pessoas Ainda não foi avaliado a satisfação e motivação dos trabalhadores

29 Criar um sistema de trabalho, que inclua a remuneração e incentivos
Desenvolver ações para os fatores que afetam a saúde ocupacional, o bem estar, a satisfação e a motivação de seus trabalhadores Implantar um Programa de Capacitação alinhado às estratégias da SMS

30 Planejando para Excelência
OBRIGADA! Planejando para Excelência Clécio Antônio Espezim Secretario de Saúde de Florianópolis Carlos Daniel Magalhães da Silva Moutinho Júnior Secretário Adjunto Mário José Bastos Júnior Diretor de Planejamento, Informação e Captação de Recursos Edenice Reis da Silveira Gerencia de Planos, Metas e Políticas de Saúde Leandro Pereira Garcia Daniela Baumgart de Liz Calderon

31 APRESENTAÇÃO DA PRESTAÇÃO DE CONTAS REFERENTE AO 2º QUADRIMESTRE DO EXERCÍCIO DO FMS DE FLORIANÓPOLIS

32 QUADRO RESUMO DAS RECEITAS RESULTANTES DE IMPOSTOS
VALOR FIXADO LOA ACUMULADA ATÉ AGOSTO/12 Imposto s/ Propriedade Predial e Territ. Urbana IRRF s/ os Rendimentos do Trabalho – PMF Imposto s/Transm Inter Vivos de Bens Imoveis e Dir Imposto s/ Servicos de Qualquer Natureza Imposto s/ Servicos de Qualquer Natureza – Simples Cota-Parte do Fundo de Participacao dos Municipios Cota-Parte do Imp. s/ a Propr. Territorial Rural 17.391 12.082 Transf. Financ. ICMS - Desoner - L.C. Nº 87/96 Cota-Parte do ICMS Cota-Parte do IPVA Cota-Parte do IPI sobre Exportação Multas e Juros de Mora de Impostos Receita Divida Ativa de Impostos TOTAL GERAL IRRF s/ Rendimentos do Trabalho – FMS RECEITA ARRECADADA P/ F.M.SAÚDE TRANSFERÊNCIA FINANCEIRA DA PREFEITURA TOTAL DE RECURSOS PRÓPRIOS APLICADOS % DA RECEITA TRANSFERIDO AO FUNDO DE SAÚDE 19,49

33 SITUAÇÃO ORÇAMENTÁRIA DO FUNDO DE SAÚDE (despesa liquidada) POSIÇÃO EM 31 DE AGOSTO DE 2012 (2º QUADRIMESTRE) EM ATENDIMENTO AO INCISO I, DO ARTIGO 36, DA LEI COMPLEMENTAR 141/12 FONTES DE RECEITAS FR EXECUÇÃO DA RECEITA DE MAIO A AGOSTO EXECUÇÃO DA DESPESA DE MAIO A AGOSTO DEFICIT/ SUPERAVIT NO 2º QUADRIMESTRE DEFICIT/ SUPERAVIT ACUMULADO (1º E 2º QUADRIMESTRE) RECURSOS DA ATENÇÃO PRIMÁRIA 111 ,12 ,25 ( ,13) ( ,28) RECURSOS DA MÉDIA E ALTA COMPLEXIDADE 211 ,55 ,07 ,48 ,59 RECURSOS DA VIGILÂNCIA EM SAÚDE 311 ,05 ,84 (32.863,79) ,27 RECURSOS DA ASSISTÊNCIA FARMACEUTICA 411 ,68 ,20 ,48 (40.642,80) RECURSOS DA GESTÃO DO SUS 511 21.506,32 65.596,55 (44.090,23) ( ,68) RECURSOS DA FARMÁCIA POPULAR 611 10.191,50 27.000,00 (16.808,50) (9.685,41) RECURSOS DE INVESTIMENTOS EM SAÚDE 711 ,34 ,86 (82.660,52) ( ,38) REC. DA SES CONV. UPA CONTINENTE EQUIP. 750 ,62 - REC. DA SES CONVÊNIO UPA CONTINENTE OBRAS 751 ,23 ,06 29.203,17 RECURSOS DE TRANSFERÊNCIAS DE CONVÊNIOS 50 24.258,38 7.633,85 16.624,53 17.972,70 RECURSOS CONVÊNIO CASAN 154 ,00 ,47 3.015,53 1.350,47 RECURSOS DO PROESF / BIRD 150 16.167,55 (16.167,55) RECURSOS DA SECRETARIA DE ESTADO DA SAÚDE 30 ,82 ,67 ( ,85) (77.428,67) RECURSOS DIRETAMENTE ARRECADADOS 42 ,82 ,58 ,24 ,28 RECURSOS PRÓPRIOS 82 ,80 ,50 ( ,70) (10.446,22) RECEITA SAÚDE ,23 ,45 ( ,22) ,11 FONTE - SISTEMA DE CONTABILIDADE PÚBLICA - FMS

34 FONTE DE RECURSO / ORIGEM
PREFEITURA MUNICIPAL DE FLORIANÓPOLIS RECURSOS VINCULADOS : R$ ,78 SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE RECURSOS ORDINÁRIOS : FMS R$ ,00 GERENCIA DE PROG. E EXECUÇÃO ORÇAMENTÁRIA PMF R$ ,00 U. O FUNDO MUNICIPAL DE SAÚDE DE FLORIANÓPOLIS ORÇAMENTO TOTAL R$ ,78 PRESTAÇÃO DE CONTAS DO SEGUNDO QUADRIMESTRE POR FONTE DE RECURSOS FONTE DE RECURSO / ORIGEM ORÇAMENTO DESPESAS EMPENHADAS DESPESAS LIQUIDADAS DESPESAS PAGAS ATUALIZADO 2º QUADRIMESTRE PROESF ,00 16.167,55 0,02 CONVÊNIO CASAN ,00 0,00 ,47 0,30 ,53 SUS - ATENÇÃO BÁSICA ,89 ,05 18,59 ,25 15,69 ,32 15,70 SUS - MÉDIA E ALTA COMPLEXIDADE ,79 ,49 16,07 ,07 16,36 ,32 17,43 SUS - VIGILÂNCIA EM SAÚDE ,00 ,33 0,62 ,84 1,19 ,96 1,41 SUS - ATENÇÃO FARMACÊUTICA ,00 ,01 -0,67 ,20 0,44 ,11 1,71 SUS - GESTÃO DO SUS ,00 ,88 0,20 65.596,55 0,09 ,05 0,86 SUS - FARMÁCIA POPULAR ,00 27.000,00 0,04 SUS - INVEST. NA REDE DE SERVIÇOS DE SAÚDE ,00 ,16 0,82 ,86 0,40 ,18 0,49 PROGRAMA ASSISTÊNCIA FARMACÊUTICA/CEF ,00 CONVÊNIO COM A SES - EQUIPAMENTOS ,00 CONVÊNIO COM A SES - OBRAS ,19 ,06 0,38 ,59 0,17 SECRETARIA DE ESTADO DA SAÚDE ,91 ,51 4,15 ,67 3,49 ,26 2,24 RECURSOS DIRETAMENTE ARRECADADOS ,00 ,94 1,42 ,58 1,39 MINISTÉRIO DA SAÚDE ,00 7.633,85 0,01 221,00 RECURSOS PRÓPRIOS (TRANSF. FINANCEIRA - PMF) ,00 ,77 58,34 ,50 60,19 ,78 58,25 T O T A L G E R A L ,78 ,58 100,00 ,45 ,23 FONTE: BETHA SISTEMA CONTÁBIL

35 DESPESAS ORÇADAS EMPENHADAS, LIQUIDADAS E PAGAS

36 ATENÇÃO PRIMÁRIA À SAÚDE % SOBRE O TOTAL LIQUIDADO
ORÇADO / SUPLEMENTADO EMPENHADO LIQUIDADO % SOBRE O TOTAL LIQUIDADO PAGO % SOBRE O TOTAL PAGO AMPLIAÇÃO DO CS DA LAGOA DA CONCEIÇÃO 30.000,00 0,00 CONST. DO CS ALTO DA CAIEIRA - SCO DOS LIMÕES ,00 10.873,34 CONSTRUÇÃO DO C.S COQUEIROS ,46 40.210,82 99.939,21 CONSTRUÇÃO DO C.S. PÂNTANO DO SUL 60.406,34 6.300,00 CONSTRUÇÃO DO C.S. VARGEM GRANDE ,00 15.796,99 CONSTRUÇÂO DO C.S. VARGEM PEQUENA ,00 ,19 ,40 CONSTRUÇÃO DO CS ALTOS DA MAURO RAMOS ,00 CONSTRUÇÃO DO CS CENTRO 12.075,00 CONSTRUÇÃO DO CS JARDIM ATLANTICO ,00 8.606,27 30.170,26 CONSTRUÇÃO DO CS MORRO DA CAIXA ,00 11.651,68 CONSTRUÇÃO DO CS VARGEM DO BOM JESUS ,00 GESTÃO DE MATERIAIS E SERVICOS ,44 ,87 ,94 ,27 GESTÃO DE PARCERIAS ,00 ,00 ,00 ,50 GESTÃO DE RH DA ATENÇÃO PRIMÁRIA ,00 ,73 ,46 ,66 PROJETOS ESTRATÉGICOS - ATENÇÃO PRIMARIA A SAÚDE ,00 REFORMA DO CS ESTREITO ,82 76.990,37 16.167,55 TOTAL DO BLOCO ,06 ,25 ,43 39,52 ,86 38,72

37 MEDIA E ALTA COMPLEXIDADE ORÇADO / SUPLEMENTADO EMPENHADO LIQUIDADO
% SOBRE O TOTAL LIQUIDADO PAGO % SOBRE O TOTAL PAGO CONSTRUÇÃO DA UPA CONTINENTE ,19 ,13 ,63 ,08 GESTÃO DE MATERIAIS E SERVICOS ,72 ,21 ,72 ,23 GESTÃO DE PARCERIAS ,00 ,51 ,85 ,61 GESTÃO DE RH DA MÉDIA E ALTA COMPLEXIDADE ,19 ,49 ,60 ,98 TOTAL DO BLOCO ,10 ,34 ,80 33,56 ,90 34,16 VIGILANCIA EM SAUDE ,00 ,61 ,58 ,51 ,00 ,00 ,00 ,50 GESTÃO DE RH DA VIGILANCIA EM SAUDE ,00 ,47 ,89 ,08 PROJETOS ESTRATÉGICOS - VIGILÂNCIA EM SAÚDE ,00 0,00 REFORMA E AMPLIAÇÃO DO LABORATÓRIO MUNICIPAL DE FPOLIS. 500,00 ,00 ,08 ,47 12,04 ,09 12,16 ASSISTENCIA FARMACEUTICA ATENÇÃO FARMACÊUTICA ,91 ,27 ,95 ,70 CONST. DA FARMACIA DE REF. MUNICIPAL EM HOMEOPATIA ,67 12.851,95 ,58 3,32 ,65 3,26

38 GESTÃO E ESTRUTURAÇÃO DO SUS ORÇADO / SUPLEMENTADO EMPENHADO LIQUIDADO
% SOBRE O TOTAL LIQUIDADO PAGO % SOBRE O TOTAL PAGO CONSELHO MUNICIPAL DE SAUDE - FMS LEI 3291/89 17.154,81 1.242,77 1.715,27 GESTÃO DE MATERIAIS E SERVIÇOS ,43 ,22 ,73 ,33 PROJETOS ESTRATÉGICOS - GESTÃO E ESTRUTURAÇÃO DO SUS ,00 1.949,00 594,00 ,00 RECURSOS HUMANOS DA GESTÃO DO SUS ,00 ,08 ,56 ,03 REFORMA E ADEQUACÃO FISICA DO COMPLEXO REGULADOR ,00 9.520,00 0,00 TOTAL DO BLOCO ,24 ,07 ,56 8,27 ,63 8,74 BLOCO DE RECURSOS TRANSVERSAIS APOIO AS ATIVIDADES MEIO - FMS ,00 17.601,56 ,70 ,40 AQUIS.DE EQUIP., VEICULOS E MOBIL. P/ UNID.DE SAÚDE E ADM. ,20 31.007,90 24.781,00 CONSTR., REFORMA, AMPL.UNIDADE DE SAÚDE E ADMINISTRATIVAS 8.847,60 ,00 69.781,51 ,64 ,70 PROJETO ACADEMIA DE SAUDE ,00 ,80 ,57 ,24 3,29 ,10 2,96 Total Geral: ,78 ,58 ,45 100,00 ,23

39 DESPESAS POR FONTES DE FINANCIAMENTO ORÇADO, EMPENHADO, LIQUIDADO E PAGO

40 Recurso: 30 - RECURSOS DA SEC. DE ESTADO DA SAÚDE
ATENÇÃO PRIMÁRIA À SAÚDE ORÇADO / SUPLEMENTADO EMPENHADO LIQUIDADO % SOBRE O TOTAL LIQUIDADO PAGO % SOBRE O TOTAL PAGO GESTÃO DE RH DA ATENÇÃO PRIMÁRIA ,00 ,00 GESTÃO DE MATERIAIS E SERVICOS ,00 0,00 ,32 Total do Bloco ,00 0,83 ,32 1,00 MEDIA E ALTA COMPLEXIDADE 95.440,00 28.663,74 14.399,40 0,02 ASSISTENCIA FARMACEUTICA ATENÇÃO FARMACÊUTICA ,91 ,77 ,27 ,94 2,64 1,24 Total do Recurso: ,91 ,51 ,67 3,49 ,26 2,24 Recurso: 42 - RECURSOS DIRETAMENTE ARRECADADOS VIGILANCIA EM SAUDE GESTÃO DE RH DA VIGILANCIA EM SAUDE ,00 ,38 ,62 ,00 ,00 1,39 1,37 BLOCO DE RECURSOS TRANSVERSAIS APOIO AS ATIVIDADES MEIO - FMS ,00 16.559,56 13.567,96 ,00 ,94 ,58 1,41

41 Recurso: 50 - CONVÊNIO COM MINISTÉRIO DA SAÚDE
BLOCO DE RECURSOS TRANSVERSAIS ORÇADO / SUPLEMENTADO EMPENHADO LIQUIDADO % SOBRE O TOTAL LIQUIDADO PAGO % SOBRE O TOTAL PAGO AQUIS.DE EQUIP., VEICULOS E MOBIL. P/ UNID.DE SAÚDE E ADM. 48.814,00 6.447,90 221,00 GESTÃO DE MATERIAIS E SERVIÇOS 1.186,00 1.185,95 0,00 APOIO AS ATIVIDADES MEIO - FMS 500,00 PROJETO ACADEMIA DE SAUDE ,00 Total do Bloco ,00 7.633,85 0,01 Total do Recurso: Recurso: 82 - RECURSOS PRÓPRIOS DO MUNICÍPIO ATENÇÃO PRIMÁRIA À SAÚDE AMPLIAÇÃO DO CS DA LAGOA DA CONCEIÇÃO CONST. DO CS ALTO DA CAIEIRA - SCO DOS LIMÕES ,00 CONSTRUÇÃO DO C.S COQUEIROS ,46 3.500,00 CONSTRUÇÃO DO C.S. PÂNTANO DO SUL 10.406,34 6.300,00 CONSTRUÇÃO DO C.S. VARGEM GRANDE ,00 CONSTRUÇÂO DO C.S. VARGEM PEQUENA ,00 ,19 ,19 CONST. DO CS ALTOS DA MAURO RAMOS ,00 CONSTRUÇÃO DO CS CENTRO CONSTRUÇÃO DO CS JARDIM ATLANTICO ,00 CONSTRUÇÃO DO CS MORRO DA CAIXA ,00 CONST. DO CS VARGEM DO BOM JESUS ,00 GESTÃO DE MATERIAIS E SERVICOS ,55 ,58 ,17 ,08 GESTÃO DE PARCERIAS ,00 ,00 ,00 GESTÃO DE RH DA ATENÇÃO PRIMARIA ,00 ,73 ,46 ,66 REFORMA DO CS ESTREITO 60.882,82 60.822,82 ,17 ,32 ,82 22,98 ,93 21,98

42 Recurso: 82 - RECURSOS PRÓPRIOS DO MUNICÍPIO
MEDIA E ALTA COMPLEXIDADE ORÇADO / SUPLEMENTADO EMPENHADO LIQUIDADO % SOBRE O TOTAL LIQUIDADO PAGO % SOBRE O TOTAL PAGO CONSTRUÇÃO DA UPA CONTINENTE ,00 0,00 GESTÃO DE RH DA MÉDIA E ALTA COMPLEXIDADE ,40 ,49 ,60 ,98 GESTÃO DE MATERIAIS E SERVICOS ,72 ,86 ,01 ,87 GESTÃO DE PARCERIAS ,00 ,63 ,09 ,85 Total do Bloco ,12 ,98 ,70 16,55 ,70 16,32 VIGILANCIA EM SAUDE REFORMA E AMPLIAÇÃO DO LABORATÓRIO MUNICIPAL DE FPOLIS. GESTÃO DE RH DA VIGILANCIA EM SAUDE ,00 ,09 ,27 ,46 ,00 ,28 ,27 ,02 ,00 44.000,00 ,00 ,50 ,00 ,37 ,54 9,16 ,98 9,08 ASSISTENCIA FARMACEUTICA CONST. DA FARMACIA DE REF. MUNICIPAL EM HOMEOPATIA 13.147,67 12.851,95 0,02

43 Recurso: 82 - RECURSOS PRÓPRIOS DO MUNICÍPIO
GESTÃO E ESTRUTURAÇÃO DO SUS ORÇADO / SUPLEMENTADO EMPENHADO LIQUIDADO % SOBRE O TOTAL LIQUIDADO PAGO % SOBRE O TOTAL PAGO GESTÃO DE MATERIAIS E SERVIÇOS ,43 ,14 ,23 ,78 CONSELHO MUNICIPAL DE SAUDE - FMS LEI 3291/89 17.154,81 1.242,77 1.715,27 RECURSOS HUMANOS DA GESTÃO DO SUS ,00 ,08 ,56 ,03 REFORMA E ADEQUACÃO FISICA DO COMPLEXO REGULADOR 0,00 Total do Bloco ,24 ,99 ,06 8,23 ,08 7,91 BLOCO DE RECURSOS TRANSVERSAIS AQUIS.DE EQUIP., VEICULOS E MOBIL. P/ UNID.DE SAÚDE E ADM. ,20 24.560,00 CONSTR., REFORMA, AMPL.UNIDADE DE SAÚDE E ADMINISTRATIVAS 8.847,60 APOIO AS ATIVIDADES MEIO - FMS ,00 1.042,00 ,74 ,44 ,00 69.781,51 ,64 ,70 PROJETO ACADEMIA DE SAUDE 3.500,00 ,80 ,11 ,38 3,27 ,14 2,94 Total do Recurso: ,00 ,77 ,50 60,19 ,78 58,25

44 Recurso: 111 - RECURSOS DA ATENÇÃO PRIMÁRIA ATENÇÃO PRIMÁRIA À SAÚDE
ORÇADO / SUPLEMENTADO EMPENHADO LIQUIDADO % SOBRE O TOTAL LIQUIDADO PAGO % SOBRE O TOTAL PAGO AMPLIAÇÃO DO CS DA LAGOA DA CONCEIÇÃO 30.000,00 0,00 CONSTRUÇÂO DO C.S. VARGEM PEQUENA 50.000,00 CONSTRUÇÃO DO CS MORRO DA CAIXA ,00 GESTÃO DE RH DA ATENÇÃO PRIMARIA A SAUDE ,00 ,00 GESTÃO DE MATERIAIS E SERVICOS ,89 ,54 ,77 ,87 Total do Bloco ,89 ,54 ,77 15,48 ,87 15,42 ASSISTENCIA FARMACEUTICA ATENÇÃO FARMACÊUTICA ,00 ,51 ,48 ,45 0,20 0,28 Total do Recurso: ,89 ,05 ,25 15,69 ,32 15,70 Recurso: PROESF - BIRD REFORMA DO CS ESTREITO 70.000,00 16.167,55 ,00 ,00 0,02

45 Recurso: 154 - CONVÊNIO CASAN VIGILANCIA EM SAUDE
ORÇADO / SUPLEMENTADO EMPENHADO LIQUIDADO % SOBRE O TOTAL LIQUIDADO PAGO % SOBRE O TOTAL PAGO GESTÃO DE MATERIAIS E SERVICOS ,00 0,00 ,47 ,53 Total do Bloco 0,30 Total do Recurso: Recurso: RECURSOS DA MÉDIA COMPLEXIDADE MEDIA E ALTA COMPLEXIDADE CONSTRUÇÃO DA UPA CONTINENTE GESTÃO DE RH DA MÉDIA E ALTA COMPLEXIDADE ,79 ,00 ,00 ,61 ,31 ,36 GESTÃO DE PARCERIAS ,00 ,88 ,76 ,76 ,79 ,49 ,07 16,31 ,12 17,41 ASSISTENCIA FARMACEUTICA ATENÇÃO FARMACÊUTICA ,00 25.940,00 31.490,00 12.214,20 0,04 0,02 ,79 ,49 ,07 16,36 ,32 17,43

46 *Estorno de valor empenhado no primeiro quadrimestre.
Recurso: RECURSOS DA VIGILÂNCIA EM SAÚDE VIGILANCIA EM SAUDE ORÇADO / SUPLEMENTADO EMPENHADO LIQUIDADO % SOBRE O TOTAL LIQUIDADO PAGO % SOBRE O TOTAL PAGO REFORMA E AMPLIAÇÃO DO LABORATÓRIO MUNICIPAL DE FPOLIS. 500,00 0,00 GESTÃO DE MATERIAIS E SERVICOS ,00 ,33 ,84 ,96 GESTÃO DE PARCERIAS ,00 ,00 ,00 ,00 Total do Bloco ,00 ,33 ,84 1,19 ,96 1,41 Total do Recurso: Recurso: RECURSOS DA ATENÇÃO FARMACÊUTICA ASSISTENCIA FARMACEUTICA ATENÇÃO FARMACÊUTICA ,00 * ,01 ,20 ,11 ,01 0,44 1,71 *Estorno de valor empenhado no primeiro quadrimestre.

47 Recurso: 511 - GESTÃO DO SUS Recurso: 611 - FARMÁCIA POPULAR DO BRASIL
ATENÇÃO PRIMÁRIA À SAÚDE ORÇADO / SUPLEMENTADO EMPENHADO LIQUIDADO % SOBRE O TOTAL LIQUIDADO PAGO % SOBRE O TOTAL PAGO GESTÃO DE PARCERIAS 90.000,00 0,00 35.000,00 15.013,50 GESTÃO DE MATERIAIS E SERVICOS ,00 32.604,75 7.113,00 9.683,00 PROJETOS ESTRATÉGICOS - ATENÇÃO PRIMARIA A SAÚDE ,00 Total do Bloco ,00 42.113,00 0,06 24.696,50 0,03 VIGILANCIA EM SAUDE PROJETOS ESTRATÉGICOS - VIGILÂNCIA EM SAÚDE ,00 GESTÃO E ESTRUTURAÇÃO DO SUS GESTÃO DE MATERIAIS E SERVIÇOS ,00 93.841,13 22.889,55 REFORMA E ADEQUACÃO FISICA DO COMPLEXO REGULADOR ,00 9.520,00 PROJETOS ESTRATÉGICOS - GESTÃO E ESTRUTURAÇÃO DO SUS ,00 1.949,00 594,00 ,00 ,00 ,13 23.483,55 ,55 0,82 Total do Recurso: ,00 ,88 65.596,55 0,09 ,05 0,86 Recurso: FARMÁCIA POPULAR DO BRASIL GESTÃO DE RH DA ATENÇÃO PRIMARIA A SAUDE 60.000,00 27.000,00 ,00 0,04

48 Recurso: 711 - REC. DE INVEST. NA REDE DE SERV. EM SAÚDE
ATENÇÃO PRIMÁRIA À SAÚDE ORÇADO / SUPLEMENTADO EMPENHADO LIQUIDADO % SOBRE O TOTAL LIQUIDADO PAGO % SOBRE O TOTAL PAGO CONSTRUÇÃO DO C.S. VARGEM GRANDE 56.000,00 0,00 15.796,99 CONSTRUÇÂO DO C.S. VARGEM PEQUENA ,00 ,00 4.237,21 CONSTRUÇÃO DO C.S. PÂNTANO DO SUL 50.000,00 CONSTRUÇÃO DO CS MORRO DA CAIXA ,00 11.651,68 CONST. DO CS ALTO DA CAIEIRA - SCO DOS LIMÕES 72.000,00 10.873,34 CONSTRUÇÃO DO C.S COQUEIROS ,00 40.210,82 96.439,21 GESTÃO DE MATERIAIS E SERVICOS ,00 CONSTRUÇÃO DO CS CENTRO 12.075,00 CONST. DO CS ALTOS DA MAURO RAMOS ,00 CONST. DO CS VARGEM DO BOM JESUS ,00 CONSTRUÇÃO DO CS JARDIM ATLANTICO ,00 8.606,27 30.170,26 Total do Bloco ,00 ,09 74.618,29 0,10 ,69 0,23 MEDIA E ALTA COMPLEXIDADE CONSTRUÇÃO DA UPA CONTINENTE ,00 ,07 ,57 ,49 0,30 0,26 GESTÃO E ESTRUTURAÇÃO DO SUS GESTÃO DE MATERIAIS E SERVIÇOS ,00 Total do Recurso: ,00 ,16 ,86 0,40 ,18 0,49

49 Recurso: 750 - CONVÊNIO COM A SES – EQUIPAMENTOS UPA CONTINENTE
MEDIA E ALTA COMPLEXIDADE ORÇADO / SUPLEMENTADO EMPENHADO LIQUIDADO % SOBRE O TOTAL LIQUIDADO PAGO % SOBRE O TOTAL PAGO CONSTRUÇÃO DA UPA CONTINENTE ,00 0,00 Total do Bloco Total do Recurso: Recurso: CONVÊNIO COM A SES – OBRAS UPA CONTINENTE ,19 ,06 ,59 0,38 0,17 Recurso: CAIXA ECONÔMICA FEDERAL ASSISTENCIA FARMACEUTICA CONST. DA FARMACIA DE REF. MUNICIPAL EM HOMEOPATIA ,00 Total Geral: ,78 ,58 ,45 100,00 ,23

50 DESPESAS DE FOLHA E ENCARGOS PREVIDENCIÁRIOS

51 BLOCO: ATENÇÃO PRIMÁRIA À SAÚDE BLOCO: MÉDIA E ALTA COMPLEXIDADE
Folha de pagamento 2º Quadrimestre (maio, junho, julho e agosto) - Exercício 2012 BLOCO: ATENÇÃO PRIMÁRIA À SAÚDE EXERCÍCIO 2012 Descrição Detalhamento Valor Orçado maio junho julho agosto TOTAL % SOBRE O TOTAL DA FOLHA VENCIMENTOS Folha ,00 ,67 ,37 ,90 ,64 ,58 Grat. de Férias 51.735,10 ,24 87.538,86 92.774,22 ,42 13º 54.123,45 ,16 ,20 49.764,75 ,56 SUB-TOTAL ,22 ,77 ,96 ,61 ,56 ENCARGOS INSS/FGTS ,00 ,58 ,83 ,12 ,33 ,86 FUNDO DE PREV. ,00 ,09 ,46 ,68 ,29 ,52 ,00 ,67 ,29 ,80 ,62 ,38 ,00 ,89 ,06 ,76 ,23 ,94 48,54 Número de servidores 1.326 1.362 1.364 1.367 BLOCO: MÉDIA E ALTA COMPLEXIDADE ,00 ,39 ,76 ,47 ,50 ,12 50.842,32 79.885,81 67.234,08 53.020,89 ,10 11.409,40 ,87 72.023,77 33.852,92 ,96 ,11 ,44 ,32 ,31 ,18 INSS ,00 29.045,37 28.343,39 34.619,23 33.506,93 ,92 ,00 ,19 ,94 ,80 ,96 ,89 ,00 ,56 ,33 ,03 ,89 ,81 ,00 ,67 ,77 ,35 ,20 ,99 28,19 559 558 583 577

52 BLOCO: VIGILÂNCIA EM SAÚDE BLOCO: GESTÃO E ESTRUTURAÇÃO DO SUS
EXERCÍCIO 2012 Descrição Detalhamento Valor Orçado maio junho julho agosto TOTAL % SOBRE O TOTAL DA FOLHA VENCIMENTOS Folha ,00 ,14 ,54 ,94 ,55 ,17 Grat. de Férias 23.341,26 50.519,63 34.428,65 27.072,59 ,13 13º 20.240,37 ,32 29.416,85 15.745,22 ,76 SUB-TOTAL ,77 ,49 ,44 ,36 ,06 ENCARGOS INSS ,00 9.791,09 9.586,17 10.297,56 9.613,94 39.288,76 FUNDO DE PREV. ,00 ,14 ,28 ,59 ,43 ,44 ,00 ,23 ,45 ,15 ,37 ,20 ,00 ,00 ,94 ,59 ,73 ,26 13,45 Número de servidores 309 305 308 303 BLOCO: GESTÃO E ESTRUTURAÇÃO DO SUS ,00 ,87 ,63 ,40 ,48 ,38 2.420,21 16.163,72 11.989,95 15.764,75 46.338,63 5.205,42 ,18 23.912,19 9.855,34 ,13 ,50 ,53 ,54 ,57 ,14 ,00 10.116,12 9.245,23 7.392,93 7.736,08 34.490,36 ,00 86.367,48 83.468,18 81.569,68 84.048,47 ,81 ,00 96.483,60 92.713,41 88.962,61 91.784,55 ,17 ,00 ,10 ,94 ,15 ,12 ,31 8,43 185 188 165 176 TOTAL DE SERVIDORES 2.379 2.413 2.420 2.423

53 GASTOS COM VALE-TRANSPORTE 2 º QUADRIMESTRE - EXERCÍCIO 2012
2 º QUADRIMESTRE - EXERCÍCIO 2012 Descrição Valor Orçado maio junho julho agosto TOTAL % SOBRE O TOTAL DA FOLHA ATENCAO PRIMARIA A SAUDE ,00 99.693,07 ,10 ,80 ,77 ,74 MEDIA E ALTA COMPLEXIDADE ,00 38.733,88 38.875,83 41.034,68 35.989,25 ,64 VIGILANCIA EM SAUDE ,00 28.068,48 27.022,83 26.938,73 22.920,00 ,04 GESTAO E ESTRUTURACAO DO SUS ,00 10.668,57 11.921,42 13.730,52 9.640,07 45.960,58 ,00 ,00 ,18 ,73 ,08 ,99 1,40 Reajuste de 3,84% em fev/12 TOTAL GERAL DA FOLHA ,00 ,66 ,89 ,58 ,36 ,49 100,00

54 CENTROS DE SAÚDE REFORMADOS
RECURSOS DO MINISTÉRIO DE SAÚDE NO BLOCO DA ATENÇÃO PRIMÁRIA À SAÚDE PARA REFORMA DE CENTROS DE SAÚDE CENTROS DE SAÚDE REFORMADOS VALOR DA REFORMA CS TRINDADE R$ ,73 CS COLONINHA R$ ,52 CS INGLESES R$ ,09 CS ARMAÇÃO R$ ,68 CS CARIANOS CS TAPERA R$ ,56 CS CANASVIEIRAS R$ ,54 CS SACO DOS LIMÕES R$ ,70 CS MONTE CRISTO R$ ,58 CS RIO VERMELHO R$ ,87 CS FAZENDA RIO TAVARES R$ ,56 CS MORRO DAS PEDRAS R$ ,21 TOTAL DE RECURSOS R$ ,56

55 GESTÃO DO FUNDO MUNICIPAL DE SAÚDE DE FLORIANÓPOLIS
CLÉCIO ANTÔNIO ESPEZIM SECRETÁRIO MUNICIPAL DE SAÚDE CARLOS DANIEL MOUTINHO JÚNIOR SECRETÁRIO ADJUNTO MILTON COELHO PIRES JUNIOR GERENTE DE ORÇAMENTO OBRIGADO!


Carregar ppt "PRESTAÇÃO DE CONTAS DAS AÇÕES E SERVIÇOS DA SMS DE FLORIANÓPOLIS"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google