A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Bombinhas – SC Prof. Rogério. Governo do Estado de Santa Catarina Prefeitura Municipal de Bombinhas Departamento de Comunicação Chefe de Gabinete - Miriam.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Bombinhas – SC Prof. Rogério. Governo do Estado de Santa Catarina Prefeitura Municipal de Bombinhas Departamento de Comunicação Chefe de Gabinete - Miriam."— Transcrição da apresentação:

1 Bombinhas – SC Prof. Rogério

2 Governo do Estado de Santa Catarina Prefeitura Municipal de Bombinhas Departamento de Comunicação Chefe de Gabinete - Miriam Victorero Presidente da FAMAB- Flavio Steigleder Engenheiro Ambiental - Elton Gonçalves Dir. de Educ. Ambiental-Vinicios Heinske Dir. de Planejamento Urbano - Thiago Dias Prefeita Municipal- Ana Paula da Silva PROJETO: LIXO ZERO Prof.: Rogério Augusto Morelato

3 INDICE Justificativa População alvo Objetivo geral Objetivo especifico Conteúdo a 8 Conclusão

4 JUSTIFICATIVA Para formar cidadãos participativos autônomos e reflêxivos, faz-se necessário, envolvermos os cidadãos no processo de construção do conhecimento, através da participação ativa no projeto lixo zero, tendo em vista recuperar nosso meio ambiente.

5 POPULAÇÃO ALVO Este projeto envolverá toda a comunidade de Bombinhas, Santa Catarina, Brasil.

6 OBJETIVO GERAL Procurar subsídios sobre o tema, por intermédio de pesquisas a fim de se interar sobre as diretrizes do projeto Lixo Zero.

7 OBJETIVO ESPECIFICO - Reconhecer a importância da coleta seletiva. -Valorizar qualquer esforço em prol ao meio ambiente. -Utilizar as diferentes fontes de pesquisa. -Elaborar meios de divulgar as ações. - Relacionar o feito com o homem do futuro. -Salvar e embelezar nossa querida morada.

8 COTEÚDO PROJETO LIXO ZERO MUNICIPIO DE BOMBINHAS.SC Com a intenção de trazer o lixo local a zero, devemos: - Divulgar uma data para os mais interessados com a questão, para eleger e formar um grupo responsável para o fim, que deverá ser vinculado a um dos órgãos já existentes : Diretor, secretario, agentes, etc... - Fazer uma reunião com os membros da direção para organizar os primeiros passos a serem tomados. Este grupo terá a missão e dever de : Organizar, Divulgar, Distribuir tarefas, e fiscalizar.

9 Após o grupo estar sólido e organizado,deverão fazer reuniões com todas as entidades do município : Lideranças de bairros, Professores e Alunos, Associações Comerciais e Industriais, Pesca, Postos de saúde,em fim todos os munícipes. A prefeitura deverá dispo de um lugar grande,onde poderá ter um espaço coberto para a separação do lixo orgânico e inorgânico,composteiras, neste mesmo local tambem poderá manter um horto municipal para o aproveitamento do lixo orgânico,nas verduras, legumes e fitoterápicos que poderão serem fornecidos para a comunidade carente. O lixo seco poderá ser separado e encaminhado para a reutilização (vidro,plástico,metais,papéis ), as baterias e pilhas alcalinas devem serem coletadas em diferentes pontos da cidade, condicionadas com embalagens próprias e destinadas as empresas produtoras, que é de sua responsabilidade de destino.

10 Na segunda reunião com todos os segmentos do município, o grupo responsável pela organização deverá entregar folhetos informativos,cartazes, sacolas plásticas, baldes,para os mesmos de cada setor. As famílias e comercio,deverão ganhar sacolas de plástico que poderão ser de cores diferente para já ai separar o lixo seco do úmido. Os restaurantes poderão receber sacolas e baldes para separar o óleo das frituras. Nas escolas além de instruir os alunos para os cuidados poderão ter uma composteira própria, um horto, vegetal e medicinal para o lixo orgânico e um espaço coberto para acomodar o lixo seco, que poderá ser revertido em bonus para a própria escola. As escolas tambem poderão ajudar na elaboração de cartazes e olimpíadas premiadas na catação de lixo nas praias encostas e beiras de rios, ajudados pela APP, que é educativo

11 -O lixo hospitalar ( postos de saúde) que é o nosso caso poderá ser acomodado em embalagens próprias e encaminhados para empresas de incineração ou utilizar o gás ozônio para esterilizar, o que é simples e barato ou conclaves.

12 CONCLUSÃO A crise ambiental é a crise do nosso tempo. O risco ecológico questiona o conhecimento do mundo. Esta crise apresenta-se a nós como um limite no real, que ressignifica e orienta o curso da nossa história: limite do crescimento econômico e populacional : limite dos desequilíbrios ecológicos e das capacidades de sustentação da vida : limite da pobreza e da desigualdade social. Por isso, a crise ambiental é, acima de tudo um problema de conhecimento. A partir daí, encontramos a função verdadeira de nos educarmos para o meio ambiente e suas complexidades, a fim de sermos cidadãos com consciência ambiental e responsáveis pelo nosso meio.


Carregar ppt "Bombinhas – SC Prof. Rogério. Governo do Estado de Santa Catarina Prefeitura Municipal de Bombinhas Departamento de Comunicação Chefe de Gabinete - Miriam."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google