A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Bunge Mapeamento Obesidade 1 Dados Técnicos Levantar, medir e analisar, junto a uma amostra representativa da população brasileira, as ocorrências, os.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Bunge Mapeamento Obesidade 1 Dados Técnicos Levantar, medir e analisar, junto a uma amostra representativa da população brasileira, as ocorrências, os."— Transcrição da apresentação:

1 Bunge Mapeamento Obesidade 1 Dados Técnicos Levantar, medir e analisar, junto a uma amostra representativa da população brasileira, as ocorrências, os hábitos e atitudes a respeito da obesidade. As situações de causa, problemas decorrentes e a penetração da obesidade mórbida no Brasil. Habitantes pertencentes às classes A/B/C/D/E com idades entre 18 e 65 anos e residentes das Capitais, R. Metropolitana ou Interior das 5 regiões brasileiras: Norte, Nordeste, Centro-Oeste, Sudeste e Sul Universo Objetivos Quantitativa probabilística e uma amostra paralela complementar de controle de obesos mórbidos. Metodologia Quantitativa domiciliar probabilística. Foram realizadas entrevistas para mapeamento do IMC, sendo que entrevistas são completas, distribuídas entre as 5 regiões brasileiras. Decorrente: 2108 Procurada:71. Também foram realizados 3 Grupos de Discussão para auxiliar na análise de dados. Amostra A margem de erro é de 2.1 pontos percentuais. Margem de erro

2 Bunge Mapeamento Obesidade 2 O trabalho teve como objetivo garantir que a amostra fosse representativa da população brasileira e distribuída nas 5 regiões do país, sendo o número amostrado de indivíduos proporcional à população residente na região. Nas cidades em estudo foram escolhidos, a partir de dados fornecidos pelo IBGE, os setores censitários a serem amostrados. Nesses setores elegia-se uma rua para o inicio da pesquisa. Nessa rua, a partir de regras simples de aleatorização, escolhia- se o domicílio a ser amostrado. Em cada um dos domicílios sorteados foram levantados os seguintes dados de todos os componentes da família: Peso Altura Identificação de imagem Dados sociais em geral Após este levantamento, é realizado a escolha do indivíduo respondente pelo seu peso, do mais obeso ao menos obeso, caso este não esteja no domicílio no primeiro contato do entrevistador, este pode ser amostrado em mais uma visita subseqüente, realizada em outro dia e horário. As entrevistas foram realizadas entre os meses de Julho a Setembro de Data de campo Seleção da amostra

3 Bunge Mapeamento Obesidade 3 Itens de abordagem A Obesidade no Brasil Perfil Geral da Amostra Qualidade de Vida Hábitos Alimentares Dietas Você e seu peso O excesso de peso Problemas de saúde A Obesidade Mórbida Tratamentos para Obesidade Mórbida

4 Bunge Mapeamento Obesidade 4 Base da amostra: 4223 Índice de Penetração/ Ocorrências de Obesidade no Brasil POPULAÇÃO ACIMA DE 18 ANOS

5 Bunge Mapeamento Obesidade 5 Índice de Penetração de Obesidade no Brasil * I.M.C. = peso (kg)/altura² (m) NESTE ESTUDO, OS INDIVÍDUOS CARACTERIZADOS COMO OBESOS MÓRBIDOS, SÃO OS QUE APRESENTAM IMC ACIMA DE 39,9 E INDIVÍDUOS COM IMC ACIMA DE 35,0 QUE APRESENTAM CO-MORBIDADES QUE AMEAÇEM A SUA VIDA CONFORME RESOLUÇAO DO CFM Nº 1.766/05.

6 Bunge Mapeamento Obesidade 6 3%35%50%8%0,5%2% 6%29%51%9%1%4% Índice de Penetração de Obesidade no Brasil 5%32%51%8,5%0,6%3% Abaixo do peso Peso Normal Sobrepeso Obesidade Leve Obesidade Moderada Obesidade Mórbida Base da amostra: 4223 IMC X SEXO

7 Bunge Mapeamento Obesidade 7 Sobrepeso : 51% mulheres 50% homens Obesidade : 14% mulheres 11% homens Obesidade Mórbida: 4% mulheres 2% homens Cenário Brasil Sobrepeso : pessoas Obesidade : pessoas Obesidade Mórbida: pessoas Projeção Brasil

8 Bunge Mapeamento Obesidade 8 10%19%66%4%0,5%0,4% 4%30%56%7%0,1%2,3% Índice de Penetração de Obesidade no Brasil 4%35%47%9%1,4%3,4% 3%39% 13%1%5% 3%41% 11%-4% 5%37%47%9%-2,2% 18 a a a a a Base da amostra: 4223 Abaixo do peso Peso Normal Sobrepeso Obesidade Leve Obesidade Moderada Obesidade Mórbida 5%32%51%8,5%0,6%3% IMC X IDADE

9 Bunge Mapeamento Obesidade 9 3%39% 44 %10%1%3% 4%29%53%10%0,3%3,5% Índice de Penetração de Obesidade no Brasil 9%21%62%5%0,3%1,5% 6%35%45%10%-3% 5%33%47%9%0,4%4,5% Casado União Informal Viúvo Desquitado Solteiro Base da amostra: 4223 Abaixo do peso Peso Normal Sobrepeso Obesidade Leve Obesidade Moderada Obesidade Mórbida IMC X ESTADO CIVIL 5%32%51%8,5%0,6%3%

10 Bunge Mapeamento Obesidade 10 5%32%48%9%1%4% 35%47%11%0,2%3% Índice de Penetração de Obesidade no Brasil 5%34%50%8%1,5%2% 5%30%54%8%0,2%3% 5%25%63%6%-1,3% 5%30%53%7%1%4,0% Analfabeto Funcional Fundamental Incompleto Médio Superior Incompleto Fundamental Completo Superior Completo 6%28%56%9%-- Pós Graduação Base da amostra: 4223 Abaixo do peso Peso Normal Sobrepeso Obesidade Leve Obesidade Moderada Obesidade Mórbida 5%32%51%8,5%0,6%3% IMC X ESCOLARIDADE

11 Bunge Mapeamento Obesidade 11 Perfil da amostra Base Amostra casos 113 casos 493 casos321 casos152 casos 1100 casos CapitalInterior 38,0% R.M 7% 55% 29,5% R.M 23% 48% 41% R.M 5% 54% 34,5% R.M 9% 57% 19% R.M 14% 67% NORTE CENTRO OESTE NORDESTE SUDESTE SUL RegiãoLocalização

12 Bunge Mapeamento Obesidade 12 Perfil da amostra Sexo Base Amostra 2179 Estado Civil Idade IDADE MÉDIA = 41 ANOS Classe Socioeconômica Composição Familiar Média de 3,74 pessoas morando no domicílio

13 Bunge Mapeamento Obesidade 13 Perfil da amostra Descendência Familiar Raça Curiosamente 86% diz ter descendência brasileira, sendo a segunda maior menção a italiana com 9% Base Amostra 2179 Escolaridade

14 Bunge Mapeamento Obesidade 14 Perfil da amostra Base Amostra 2179 Ocupação/Profissão 9,5% se dizem desempregados, em 35,5% dos domicílios há pelo menos 1,5 desempregados em média Renda Média

15 Bunge Mapeamento Obesidade 15 Atividades físicas Hábitos e preferências Menos praticadas Mais praticadas 38% da amostra total possui o hábito de praticar atividades físicas Homens 48% Mulheres 31% 18 a 25 anos 44% Classe A 67% Classe B 43% Sul e Centro Oeste 49% Norte 43% Sudeste 34% Caminhada 60% Futebol 21% Bicicleta 16% Musculação 8% Corrida 6% Natação 5% 41% dos que praticam caminhada,o fazem todos os dias 58% dos que jogam futebol, o fazem, 1 vez por semana 49% praticam musculação em média de 2 a 3 vezes na semana Base Respondeste 829 Base Amostra 2179

16 Bunge Mapeamento Obesidade 16 Peso Normal Caminhada 60% Futebol 21% Bicicleta 16% 62%75% Sobrepeso Obesidade Mórbida Atividades físicas e IMC 53% Peso Normal 22%24% Sobrepeso 12% Obesidade Leve Peso Normal Obesidade Leve 38% da amostra possui o hábito de praticar atividades físicas Sobrepeso o índice sobe para 42% Base Respondeste 829 Base Amostra 2179 Sobrepeso Obesidade Leve B. Resp:352 B. Resp:323B. Resp:73 18% 8% 19% Dentre os obesos mórbidos que praticam atividades físicas (=29%), a atividade mais praticada é a caminhada 74%

17 Bunge Mapeamento Obesidade 17 Dados Comportamentais 20% da amostra total afirmam espontaneamente utilizar algum tipo de droga, sendo as mais citadas são: Álcool 67% Cigarro 52% Maconha 8% Cocaína 3% Uso de drogas Base Amostra 440 Abaixo do peso Peso Normal Sobrepeso Obesidade Leve Obesidade Moderada Obesidade Mórbida Uso de drogas X IMC 13%21%20%23%16%17% Base Amostra 2179 Base Respondente 440 Base Amostra 2179

18 Bunge Mapeamento Obesidade 18 Base Amostra 294 Abaixo do peso Peso Normal Sobrepeso Obesidade Leve Obesidade Moderada Obesidade Mórbida 63%67%70%59%75%66% Uso de drogas:álcool X IMC Dados Comportamentais Dentre os que afirmaram utilizar alguma droga, 67% consideraram a bebida alcoólica como droga

19 Bunge Mapeamento Obesidade 19 Dados Comportamentais Base Amostra 2179 Base Respondente 830 Abaixo do peso Peso Normal Sobrepeso Obesidade Leve Obesidade Moderada Obesidade Mórbida Abaixo do peso Peso Normal Sobrepeso Obesidade Leve Obesidade Moderada Obesidade Mórbida 5% consome muito 17% se diz consumidor 24,5% não consome nem muito nem pouco 53% consome pouco 38% desta amostra consomem bebidas alcoólicas 48%37%41%38%28%31% Base Amostra %24%21%16%42% 23% B. Respondente: 830 Consome Muito + Consome

20 Bunge Mapeamento Obesidade 20 Sentimento de Felicidade – Auto-avaliação 79% desta amostra se considera feliz Os que se consideram mais felizes – são: os homens (81%), 36 a 45 anos (84%) Classe A (84%) e da região Norte (83%) Apenas 1% se considera infeliz de alguma maneira Base Amostra % Peso Normal Sobrepeso Obesidade Leve Obesidade Mórbida 78%82%77%25% Peso Normal Sobrepeso Obesidade Leve Obesidade Mórbida 20%18%22% 20% desta amostra não se considera feliz nem infeliz 25% dentre os de 46 a 55 anos 27% dentre os viúvos 26% na Classe D 24% Sul O maior índice desta posição intermediária se dá ao Obeso Mórbido

21 Bunge Mapeamento Obesidade 21 Sentimento de Felicidade – Imagem Social 82% desta amostra acredita que as pessoas os consideram felizes 36 a a 55 anos anos 86% 78% Classe A Classe D 95% 77% 16% desta amostra acredita que as pessoas não os consideram nem felizes nem infelizes 56 a 65 anos 20% Apenas 2% acredita que as pessoas os consideram infelizes de alguma maneira Base Amostra % Peso Normal Sobrepeso Obesidade Leve Obesidade Mórbida 85% 81%21% Peso Normal Sobrepeso Obesidade Leve Obesidade Mórbida 12%14%17%

22 Bunge Mapeamento Obesidade 22 Base Amostra 2179 Sua vida é... Nada Saudável Muito Saudável 14% diz ter uma vida nada saudável 39% diz ter uma vida nem muito nem pouco saudável 36 a 45 anos Classe E 47% diz ter uma vida saudável ou muito saudável Classe A Sul Classe C NORTE Sua vida é... Abaixo do peso Peso Normal Sobrepeso Obesidade Leve Obesidade Moderada Obesidade Mórbida

23 Bunge Mapeamento Obesidade 23 Em relação a alimentação, sua vida é... 39% considera ter uma alimentação que não é nem muito nem pouco saudável 51% considera ter uma alimentação entre muito saudável e saudável Somente 10% considera ter uma alimentação pouco ou nada saudável Base Amostra 2179 Nada Saudável Muito Saudável Muito Saudável Abaixo do peso Peso Normal Sobrepeso Obesidade Leve Obesidade Moderada Obesidade Mórbida

24 Bunge Mapeamento Obesidade 24 Café da manhã89% Lanche que substitui o café da manhã 12% Almoço98% Lanche da tarde46% Jantar81% Lanche que substitui o jantar 15% Ceia 11% Em média, são realizadas 3,5 refeições em casa diariamente Classe A e Obesidade Mórbida 4 refeições e Classe E 3 refeições Número médio de refeições formais Base Amostra 2179 Classe E 98% Nordeste 96% Classe A 95% 36 a 45 anos e Norte 94% Nordeste 90% Homens 86% Mulheres 77% Viúvos 75% Centro Oeste 72% 56 a 65 anos 67% Separados 64% Norte 58% Mulheres 51% 18 a 35 anos 51% Homens 39% Viúvo 38% Separado 37% Classe E 14% 56 a 65 anos 29% Sul 26% Separado 25% Classe B 21% Viúvo 20% Classe A e D 11% Nordeste 9% Homens 11% 36 a 45 anos 10% Nordeste 23% Classe E 7% Sul 6% Classe A 16% Nordeste 16% Sul 4% Classe E 5% Número médio de refeições formais não há diferença por sexo (3,5)

25 Bunge Mapeamento Obesidade 25 Período em que mais consome alimento Base Amostra 2179 ManhãTardeNoite 30% 53% 17% Manhã45%28%32%24%12%37% Tarde47%52%54%56%68%51% Noite8%19%14%19%20%12% Abaixo do peso Peso Normal Sobrepeso Obesidade Leve Obesidade Moderada Obesidade Mórbida Menor%Maior%

26 Bunge Mapeamento Obesidade 26 Café da manhã84% Lanche/manhã 8% Almoço81% Lanche da tarde36% Jantar78% Lanche subst. jantar 14% Ceia10% Refeições dentro e fora de casa Base Amostra 2179 I.M 3,1 Em casaFora de casa Base Amostra 2179 I.M 1,2 Café da manhã8% Almoço23% Lanche da tarde13% Jantar6% 67% diz não realizar nenhuma das refeições formais fora de casa

27 Bunge Mapeamento Obesidade 27 Onde são realizadas as refeições 14% desta amostra possui o hábito de freqüentar Fast Food 89% desta amostra diz que habitualmente faz suas refeições em casa, e em seguida, no trabalho – 9% Este índice é proporcional ao IMC 87% Abaixo do Peso e 92% nos Obesos Mórbidos faz suas refeições em casa Base Amostra 2179 Base Respondente 303 A frequência média é de 4 vezes ao mês Homens 5 Mulheres 3 18 a 25 aos 5 Classe B 4 e C 4,5 Norte 8 Peso normal, Sobrepeso e Obeso Leve 4 Classe A 25% e B 22% Obeso Leve 19% Sudeste e Centro-Oeste 16% 18 a 25 anos 27% Base Amostra 2179

28 Bunge Mapeamento Obesidade 28 Café da manhã e IMC Duração do café da manhã 12 min.18 min.12 min.8 min. Classe A Classe D Classe E 79% CaféPão Leite 58% Manteiga 25% Margarina Queijo 21% 23% Bolachas Achocolatado Frutas 21%5%14% Ab. Peso 93% Normal e Sobr. 77% Ob. Leve 85% Ob.Mórb. 82% Normal 63% Ob.Morb. 49% Ob. Leve e Ob. Mórbido 28% Sobrepeso 16% Ob.Mórb. 8% Ab. Peso 23% Sucos 10% Obeso Mórbido 89% P. Normal 24% P. Normal 21% Sobrepeso 23% Base Amostra 2179 Base Respondente 1945 Ob. Mórbido 27%

29 Bunge Mapeamento Obesidade 29 Almoço e IMC Duração do almoço 22 min. Ab. Peso 61% Ab. Peso 41% Ob. Mórb. 14% Carne Vermelha Frango Massas Peixe 64% 51% 22% 95%90% Arroz Feijão 56% Verduras Ab. Peso 98% Ab. Peso 95% Ob. Leve 86% Ob. Mórb. 88% Base Amostra 2179 Base Respondente 2139 Ob. Leve 57% Sobrepeso 54% Ob. Morb. 41% Ob. Mórb. 26% 52% Legumes Obeso Mórbido 57%

30 Bunge Mapeamento Obesidade 30 12% Pão Ab. Peso 54% P. Normal 33% Ab. Peso 25% Sobrepeso 6% Base Amostra 2179 Base Respondente 1757 P. Normal 35% Ob. Mórbido 18% Ab. Peso e P. Normal 10% Jantar e IMC Duração do jantar 21 min. Frango 33% 72% Arroz 63% Feijão Verduras 37% 45% Legumes 13% Sopas Sucos 11% Sobrepeso 8% Ob. Morb. 50% Sobrepeso 75% Ab. Peso 56% Sobrepeso 66% Ob. Leve 50% Ab. Peso 29% Carne Vermelha 47% Massas 15%

31 Bunge Mapeamento Obesidade 31 Abaixo do peso Peso Normal Sobrepeso Obesidade Leve Obesidade Mórbida O beliscar 36% desta amostra possui o habito de fazer outras ingestões diárias que não incluam as refeições formais e os lanches já mencionados Salgadas 32% afirma que geralmente essas ingestões são de itens salgados Obesidade Leve 40% Obesidade Mórbida 35% Doces 24% afirma que geralmente essas ingestões são de itens doces Peso Normal 29% Ambas 44% diz que quando belisca, varia entre itens doces e salgados Base Respondente 792 Salgadas 602 I.M 1,9 Doces 536 I.M 2,1 Coxinha 22% Biscoito Salgado 21% Snacks 16% Pastel 15% Salgados fritos e assados 10% Pipoca 10% Foram citados 75 menções diferentes Chocolate 29% Biscoito Recheada 21% Biscoitos Doces 15% Doce de leite 14% Balas 14% Bolo 10% Foram citados 103 menções diferentes 27%36%35%43%41% Base Amostra 2179

32 Bunge Mapeamento Obesidade 32 Frequência do Beliscar A cada hora De 2 em 2 horas De 3 em 3 horas De 4 em 4 horas De 5 em 5 horas 1 vez no dia Não sabe 13% 17% 15% 12% 6% 23% 14% Durante o dia Entre 2 e 3 vezes semanais 37% 1 vez por semana 12% Quinzenal 4% Mensal 2% 18% não soube responder Freqüência do Beliscar diário ou entre 2 a 3 vezes por semana Dias da semana que mais belisca Base Respondente 652 Base Respondente 792 Base Respondente Ob. Mórbido 70 Obesidade Mórbida Diariamente 45% Obesidade Leve 41% 58%53% Base Respondente 792 Peso Normal Sobrepeso 42% Média de 18 vezes mensais

33 Bunge Mapeamento Obesidade 33 Como prepara os alimentos... Fritos Grelhados Assados CozidosCrus 81% 50% 47% 33%18% Base Amostra 2179 I.M 2,3 Base Amostra 2179 I.M 1,4 Assiste TV Conversa com os Familiares/ amigos Concentrado não se distraia Está com pressa come rápido Abaixo do peso Obesidade Mórbida 25% conversa com amigos/familiares 46% come enquanto assiste TV Como faz as refeições...

34 Bunge Mapeamento Obesidade 34 Abaixo do peso Peso Normal Sobrepeso Obesidade Leve Obesidade Mórbida Cozidos 81%83%80% 83%80% Fritos 50%53%46%52%51%54% Crus 47%43%48%45%49%45% Assados 33%23%33%34%36%24% Grelhados 18%-17%22%15%12% Menor%Maior% Cocção e IMC Base Amostra 2179 I.M 2,3

35 Bunge Mapeamento Obesidade 35 Base Amostra 2179 I.M 1,4 Peso Normal Sobrepeso Obesidade Leve Obesidade Mórbida Assiste televisão: 43% 43%41%46%41%46% Conversa com família/ amigos: 40% 25%41% 38%40% Concentrado, não distrai: 31% 42%32% 24%27% Está com Pressa come rápido: 21% 13%19%21%31%27% Atitude frente a refeição e IMC Menor%Maior% Abaixo do peso

36 Bunge Mapeamento Obesidade 36 Mudança no cardápio aos finais de semana 58% afirma que a alimentação dos finais de semana é diferente da realizada durante a semana Peso Normal Sobrepeso Obesidade Leve Obesidade Mórbida 63% 56% 58%59% Hábito Cardápio Base Amostra 2179 Base Respondente 1136 I.M 2,5 Obesidade Moderada 60% Abaixo do peso 47%

37 Bunge Mapeamento Obesidade 37 Comida e Compulsão Comer de Madrugada Todos os dias 2 a 3 vezes por semana 1 vez por semana A cada 15 dias 1 vez por mês Não sei 26% 36% 15% 7% 5% 11% Somente 7% desta amostra afirma costumar comer de madrugada O maior índice está entre o Ob. Leve – 10% 48% diz que esta prática é diária Entre os Sobrepesos, este índice chega a 55% Os dias da semana que mais comem exageradamente são aos Sábados 20% e Domingos 38% Base Amostra 2179 Base Respondente 154 8%12%20%29% 13% desta amostra costuma comer exageradamente Obesidade Mórbida Peso Normal Sobrepeso Obesidade Leve Base Amostra 2179 Base Respondente 273

38 Bunge Mapeamento Obesidade 38 Restrições alimentares 15% dos lares dizem vivenciar algum tipo de restrição alimentar. Dos lares que possuem alguma restrição, 91% afirma que nenhum desconforto foi gerado devido a estas restrições. Base Amostra 2179 Base Respondente 335 I.M 1,43 Base Respondente 335 I.M 1,4 Os motivos mais citadas são: Hipertensão 36%, Diabetes 30%, Dietas 21% e Doenças cardíacas 13%. Apenas 11% citam a obesidade como motivo para restrição alimentar Obesidade Mórbida 26%

39 Bunge Mapeamento Obesidade 39 Mudança de hábitos alimentares 30% mudaram seus hábitos alimentares em algum momento de sua vida 54%21% Os principais motivos para mudança foram: Para perder peso/dietas 32% Base Amostra 2179 I.M 1,1 Obesidade Mórbida Peso Normal Sobrepeso Obesidade Leve 39% 33% Problemas de saúde 52% Obesidade Mórbida Peso Normal Sobrepeso Obesidade Leve 66%44%47%54% Base Respondente 655 Peso Normal 25% Abaixo do peso Obesidade Moderada 15%52% Obesidade Moderada 62% Obesidade Mórbida 42%

40 Bunge Mapeamento Obesidade 40 Dietas 80% não faz dieta 18% diz costumar fazer dieta 3% Já fez, mas atualmente não faz Dos que dizem fazer dieta 12%20%22% 34% Peso Normal Sobrepeso Obesidade Leve Obesidade Mórbida 56% decidiram espontaneamente fazer dieta Peso Normal 66% Sobrepeso 52% Obesidade Leve 49% Obesidade Mórbido 53% 47% decidem fazer dieta através de orientação médica Sobrepeso 53% Obesos Mórbidos 61% Base Respondente 445 Base Amostra 2179

41 Bunge Mapeamento Obesidade 41 Dietas 20% dos que costumam fazer ou fizeram dietas já se utilizaram de remédios de emagrecimento. Os mais utilizados são Fórmulas Manipuladas 33% e Moderadores de Apetite 14%, 15% não sabe/não lembra A substância isolada mais citada foi a Anfepramona 10% Base Respondente 445 Base Respondente 88 Base Respondente % admitem que já foi induzida pela mídia, pelo menos 1 vez, para comprar produtos para emagrecer O meio considerado mais influenciador é a Televisão 79% 16% da amostra total diz ter pelo menos 1 pessoa na família, que costuma fazer dieta, em média 1,2 pessoas. 52% destes parentes decidem fazer dieta através de orientação médica 48% decidem espontaneamente fazer dieta Base Respondente 342 Base Respondente 77 Base Amostra 2179

42 Bunge Mapeamento Obesidade 42 Você e seu peso InsatisfeitoSatisfeito 49% se diz satisfeito com seu peso atual 33% se diz insatisfeito com seu peso atual 18% não está nem satisfeito nem insatisfeito com seu peso atual Base Amostra % 21% Abaixo do peso Obesidade Mórbida Peso Normal 68% 55% 82% Baixa%Alta% 65% Sobrepeso Obesidade Leve Obesidade Leve

43 Bunge Mapeamento Obesidade 43 Você e seu peso Abaixo do Peso Acima do Peso 92% da população nunca esteve abaixo do peso a ponto de ter problemas por este motivo 95% afirmam não ter pessoas abaixo do peso em seus domicílios Base Amostra % da população nunca esteve acima do peso a ponto de ter problemas por este motivo 14% está atualmente acima do peso a ponto de ter problemas 13%31% 9% Sobrepeso Obesidade Leve Obesidade Mórbida 62% 8% esteve acima do peso a ponto de ter problemas Sobrepeso

44 Bunge Mapeamento Obesidade 44 O Excesso de Peso Base Amostra 2179 Em média, estas pessoas convivem ou conviveram com este problema por pelo menos 6 anos Peso normal e Sobrepeso 4 anos, Obesidade Moderado e Obesidade Mórbida 8 anos Entre os conjugues e filhos a média são 6 anos Os principais problemas causados pelo excesso de peso são relacionados a Doenças 50% Problemas Físicos 31% Psicológicos 25% Afetivos 11% Sociais 10% Profissionais 10% Peso Normal Sobrepeso Obesidade Leve Problemas Relacionados a doenças 52%43%53% Problemas Físicos30%35% Obesidade Mórbida Base Respondente 588

45 Bunge Mapeamento Obesidade 45 Fatores que contribuem ou contribuíram para seu Excesso de Peso ou de seu familiar Biológicos 3,0 Média 2,8 2,1 2,5 2,6 2,1 3,0 2,9 Base Respondente 588

46 Bunge Mapeamento Obesidade 46 Fatores que contribuem ou contribuíram para seu Excesso de Peso ou de seu familiar Alimentícios 3,6 3,3 3,1 3,4 2,9 3,2 Média 3,4 Apenas 15% acredita haver outros fatores que contribuem para a obesidade Base Respondente 588 3,5 Diferencial Obeso Mórbido

47 Bunge Mapeamento Obesidade 47 Base Amostra 2179 Dos entrevistados que relataram ter excesso de peso 16% resolveram o problema, 54% não resolveu e 30% trata atualmente. Entre os Sobrepesos que trata este índice sobe para 35% e Obesos Mórbidos cai para 29%. Base Respondente 477 Entre os conjugues que têm excesso de peso 9% resolveram o problema, 58% não resolveu e 33% trata atualmente. Base Respondente 117 Atitudes frente ao seu excesso de peso ou de seu familiar

48 Bunge Mapeamento Obesidade 48 Atitudes frente ao seu excesso de peso ou de seu familiar Para os que resolveram ou tratam o problema de excesso de peso as principais atitudes tomadas são: Dieta com acompanhamento médico Mudança de hábitos aconselhada pelo médico Dieta sem acompanhamento médico Medicação receitada pelo médico 44%55% 24%26% 23%26% 22% 61% dos que tomaram atitudes frente ao excesso afirmam que o processo foi eficaz. Obesidade Mórbida 24% Base Respondente Base Respondente 287

49 Bunge Mapeamento Obesidade 49 Dificuldades relacionadas ao excesso de peso O excesso de peso causa dificuldade em atividades corriqueiras e cotidianas 73% diz ter alguma dificuldade em atividades cotidianas Base Amostra 2179 Base Respondente 588 I.M 2,68 Base Amostra 2179 Base Respondente 140 I.M 4,67 Obesidade Mórbida

50 Bunge Mapeamento Obesidade 50 Preconceitos em relação ao excesso de peso 17% diz que já sofreu ou tem um familiar que sofreu algum tipo de preconceito devido ao excesso de peso Obesidade Mórbida 34% Transportes em geral 31% Na escola 28% No trabalho 28% Em casa 26% Passeio com amigos 24% Festas em geral 20% Casa de parentes 17% No médico 9% Locais onde sofreram preconceito 52% 31% 27% 19% 27% 23% 21% 13% Base Respondente 101 Base Respondente Ob Mórbido 48 I.M 2 Base Respondente 588 *Bases sem relevância estatística

51 Bunge Mapeamento Obesidade 51 Obesidade Mórbida Gastos gerais relacionados ao excesso de peso 33% afirmam que o excesso de peso gera gastos adicionais à família Sobrepeso 33% e Obeso Mórbidos 44% 69% Médicos/consultas 57% Medicamentos 55% Vestuário 41% Exames 25% Gastos relacionados ao excesso de peso Base Amostra 2179 Base Respondente 195 I.M 2,14 Obesidade Mórbida Média de gasto mensal R$ 322,08 Esses gastos são constantes, em média, há 4 anos R$ ,84 R$ 270,34 Esses gastos são constantes, em média, há 3 anos R$ 9.732,24 Base Amostra 2179 Base Respondente 193 Base Respondente 588

52 Bunge Mapeamento Obesidade 52 Abaixo do peso Peso Normal Sobrepeso Obesidade Leve Obesidade Moderada Obesidade Mórbida Base Amostra 2179 I.M 1,8 58% da amostra total possui problema de saúde Problemas de saúde Hipertensão 27% 12%17%28%40%-70% Doenças coronárias 4% 3%2%3%4%-15% Insuf. Cardíaca 3% 3%2%1%4%-12% Colesterol elevado 11% 3%6%12%18%-24% Problemas na Tireóide 4% 5%3%4%6%-11% Insuf. Respiratória 6% 10%3%5%8%-21% Asma 3% 7%2%1%4%16%10% Pressão baixa 8% 15%11%5% -7% Apnéia do sono 3% 3%2% 4%-15% 28%91% 48% 50% 73%58% Aumenta de acordo com o Peso

53 Bunge Mapeamento Obesidade 53 Abaixo do peso Peso Normal Sobrepeso Obesidade Leve Obesidade Moderada Obesidade Mórbida Base Amostra 2179 I.M 1,8 58% da amostra total possui problema de saúde Gordura no fígado 3% 7%2%3%6%- Problemas de rins 5% 12%3% 12%- Doenças nas articulações 14% 13%8%15%20%-36% Doenças vasculares 10% 15%6%9%15434% Alterações na menstruação 5% 2%3%5%8%-10% Incont. Urinária 2% 8%2%1%3%-13% Depressão 10% 10%7%8%14%-27% Transtorno do humor 7% 4%7%9%--23% Doenças de pele 2% -1%3%1%4%7% Problemas de saúde *28%91% 48% 50% 73%58% Aumenta de acordo com o Peso

54 Bunge Mapeamento Obesidade 54 Abaixo do peso Peso Normal Sobrepeso Obesidade Leve Obesidade Moderada Obesidade Mórbida Base Amostra 2179 Média geral de gastos com problemas de saúde Média de Gasto Mensal R$ 97,0061,7187,30128,5232,67153,29 Média de Gasto Anual R$ , , ,24392, ,48 Renda média Pessoal R$ 439,10559,38728,18860,16463,78510,79 Renda média Familiar R$ 989, , , , , ,74

55 Bunge Mapeamento Obesidade 55 Posse de Planos de Saúde 25% da amostra total possui Planos de Saúde Abaixo do peso Peso Normal Sobrepeso Obesidade Leve Obesidade Moderada Obesidade Mórbida 21%16% 13%24% 27% Investimento médio mensal R$ 175,40 R$ 46,25R$ 220,31 R$ 194,23 R$ 159,12 R$ 180,34 R$ 192,80 Base Amostra 2179 Base Respondente 537

56 Bunge Mapeamento Obesidade 56 A Obesidade Mórbida 34% da amostra total diz saber o que é Obesidade Mórbida Peso Normal Sobrepeso Obesidade Leve Obesidade Mórbida 30%35% 40% 44% 62% definem o Obeso Mórbido como uma pessoa com peso de grau muito elevado 14% definem como uma pessoa doente que com o tempo pára de andar de tão gordo 13% que provoca distúrbios físicos/ problemas de saúde 11% definem como pessoa que não faz nada para reverter a situação 10% definem como pessoa muito gorda que corre risco de morte Base Respondente 743 I.M 1,8 Base Amostra % do total da amostra diz conhecer alguém que tenha esta doença, entre os Obesos Mórbidos este índice é de apenas 54% Este conhecido geralmente é um amigo 39% ou vizinho 18% Dentre os Obesos Mórbidos 30% se reconhecem como portadores desta doença Base Respondente 533 I.M 1,0 Caso tivessem dúvidas sobre esta doença, prioritariamente procurariam Médicos em geral – 58% - seguidos por Médicos Especializados – 37% - para tratar a doença e Televisão 8%, Internet 8% Base Amostra 2179 Conhecimento de Obesidade Mórbida por IMC


Carregar ppt "Bunge Mapeamento Obesidade 1 Dados Técnicos Levantar, medir e analisar, junto a uma amostra representativa da população brasileira, as ocorrências, os."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google