A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

IMPORTÂNCIA DA ORAÇÃO (espiritualidade e saúde) Pergentino S. Pivatto.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "IMPORTÂNCIA DA ORAÇÃO (espiritualidade e saúde) Pergentino S. Pivatto."— Transcrição da apresentação:

1 IMPORTÂNCIA DA ORAÇÃO (espiritualidade e saúde) Pergentino S. Pivatto

2 Redescoberta da espiritualidade

3 A oração fenômeno humano universal Saudação cotidiana: bom dia, boa tarde, boa noite é forma de oração. Implica presença ao outro, relação e acolhimento, expressão de desejo.

4 Oração cristã A oração faz parte da vida espiritual cristã, da essência do cristianismo. A essência do cristianismo é vida-amor. Deus é vida-amor. Como entender a vida espiritual cristã? Vida espiritual cristã significa vida animada pelo Espírito Santo, vivida com e no Espírito Santo.

5 O que é essencial na oração cristã? O essencial na oração cristã consiste na vida-amor. Ora, não há vida-amor sem presença e relação. Mas não qualquer vida ou amor; trata-se da vida-amor animada pelo Espírito Santo, que é amor, como já dito. A presença tem duas dimensões principais: presença a si e presença ao outro; também a relação tem duas dimensões principais: a si e ao outro.

6 Diz S. Paulo (Rom. 8,26-27): Por isso o Espírito Santo vem em auxílio de nossa fraqueza, porque não sabemos o que havemos de pedir como convém. Mas o próprio Espírito intercede por nós com gemidos inenarráveis. Aquele, porém, que esquadrinha os corações, conhece qual é o desejo do Espírito, porque Ele intercede pelos santos, segundo a vontade de Deus. No Evangelho se lê: eis que estou à porta e bato.

7 Formas de oração cristã Os Evangelhos não deixam dúvida quanto à oração: Quando rezas, fecha a porta do teu quarto, Mt 6,6: Quando rezas, fecha a porta do teu quarto, e ora ao teu Pai no secreto... É preciso rezar sempre...Os apóstolos pedem que Jesus os ensine a rezar: Pai nosso... Lc 18,1: É preciso rezar sempre...Os apóstolos pedem que Jesus os ensine a rezar: Pai nosso...

8 A Eucaristia A oração pessoal individual A oração contínua Formas de oração cristã

9 Dificuldade da oração pessoal individual pessoal individual D D icotomia N N ão ter tempo... Superficialidade e diletantismo levam ao esvaziamento e ao biopsíquico M M edo da verdade sobre nós mesmos L L ei da gangorra

10 Desvios: caricaturas de Deus e de Homem Utilização de Deus M ágico Supremo T odo-Poderoso

11 Importância da oração Por que rezar? Para reconhecer o mistério de Deus; Tornar-se como que familiar a Deus; Falar com Ele e a Ele; Expor-se na sua presença,descobrir sua presença em nós, sua palavra em nossa consciência mais profunda, sua chama em nosso coração e liberdade. Pode-se usar a expressão: Fazer experiência do amor de Deus em nós, sentir-se amado gratuitamente por Ele, mesmo na consciência de nosso pecado e limite.

12 Por que rezar? P P orque descubro que a minha oração é resposta à oração de Deus em mim. D D á para entender os mandamentos de Deus não como uma imposição extrínseca, mas como uma súplica, uma oração pela qual Ele exprime o seu desejo

13 Um pensamento de Jean Lacroix ilustra muito bem o que foi dito acima: Amar é prometer e prometer a si mesmo de jamais fazer uso, em relação ao ser amado, dos meios do poder. O poder do amor consiste na capacidade de renunciar à prepotência, consiste precisamente em fazer surgir, em despertar,em ajudar a amadurecer, em ajudar no processo de humanização ou divinização de todo ser humano. Aquele que ama não impõe, expõe o seu desejo, suplica. Deus não impõe, suplica.

14 Q Qual é o teor da súplica de Deus em nós? Ele diz a cada um de nós seu desejo e cooperação para que cada um se torne um homem verdadeiro e pleno, atinja a mais alta qualidade de ser e conviver. Este é o sentido de tornar-se um discípulo de Jesus Cristo, de observar os mandamentos de Deus. trata-se da doença da mornonia. No evangelho, há uma ameaça terrível: trata-se da doença da mornonia. Morno é aquele que não é frio nem quente, por isso será vomitado. É o satisfeito, acomodado, é o Jeca Tatu dos Urupês, de Monteiro Lobato. A pior mediocridade é aquela que se instalou de tal forma em nossa vida que nem mais se apercebe dela. É como uma doença lenta e progressiva que leva à morte da vida do espírito e do amor.

15 Por que rezar? Para passar da indiferença à relação interpessoal. Marcel escreveu: Deus é um Tu que jamais pode tornar-se um ele. Há quatro formas de diálogo Consigo mesmo Com coisas, acontecimentos Com os outros Com Deus

16 Por que rezar? Para aprender com Deus, de Deus e para Deus. Quem é Deus? Qual é sua vida? Seu segredo?Seu amor? Sua ação?

17 Oração e saúde pessoal-social. (como lenta tomada de consciência da presença-ação de Deus em nós) Nós, cristãos, cremos que Deus é mais íntimo a nós que somos a nós mesmos. Na nossa oração confidencial expomos nosso ser inteiro e nosso projeto e procuramos abraçar o Reino de Deus como discípulos de Jesus Cristo. Sendo assim, Deus não é estranho, mas interior aos nossos projetos, decisões, lutas, ações e lhes confere o que é próprio dele, isto é, uma dimensão divina. Assim, nossa ação não é só humana, mas humano-divina e sua repercussão é universal e inextinguível (donde ressurreição).

18 Diante de cada decisão séria da vida, vem a pergunta: O que Deus quer de mim? Como fazer para que o mundo se torne humano, justo, fraterno?

19 Síntese das formas de oração Sim Obrigado Perdão Súplica

20 Contudo, para não caricaturar Deus e para não prolongar o infantilismo espiritual, os pedidos são sinal de uma súplica muito mais profunda – aquela de ser um verdadeiro discípulo de Jesus Cristo, de abraçar a missão de edificar o seu Reino de justiça e de paz.

21 Oração – gratuidade e utilidade É urgente reaprender a gratuidade e abrir espaços para sua aprendizagem. Por que rezar? Por nada, simplesmente porque Deus é Deus.


Carregar ppt "IMPORTÂNCIA DA ORAÇÃO (espiritualidade e saúde) Pergentino S. Pivatto."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google