A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

O Superando Barreiras Técnicas às Exportações com a ajuda do Inmetro Flávia Alves Recife, 15 de Julho de 2010 O Inmetro como Ponto Focal de Barreiras Técnicas.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "O Superando Barreiras Técnicas às Exportações com a ajuda do Inmetro Flávia Alves Recife, 15 de Julho de 2010 O Inmetro como Ponto Focal de Barreiras Técnicas."— Transcrição da apresentação:

1 O Superando Barreiras Técnicas às Exportações com a ajuda do Inmetro Flávia Alves Recife, 15 de Julho de 2010 O Inmetro como Ponto Focal de Barreiras Técnicas da OMC

2 Metrologia Científica e Industrial Metrologia Legal Avaliação da Conformidade Acreditação de Organismos e Laboratórios Ponto Focal de Barreiras Técnicas da OMC Atividades do Inmetro

3 Metrologia Científica - é a parte da metrologia que trata da organização e desenvolvimento de padrões de medida e sua manutenção nos níveis mais elevados. Metrologia Legal - é a parte da metrologia que assegura o adequado funcionamento dos instrumentos de medição usados na indústria bem como na produção e nos ensaios. Acreditação – responsável pela acreditação de laboratórios, organismos de certificação e organismos de inspeção. Atividades do Inmetro

4 Metrologia é importante para o Comércio Internacional? Sem a metrologia não haveria como vender a safra de soja, por exemplo, pois quem garantiria que estamos vendendo toneladas de soja? Como vender peças de máquinas ou componentes eletrônicos que não possuem intercambialidade? Como comprar gás ou petróleo sem saber a quantidade em volume que estamos adquirindo?

5 AVALIAÇÃO DA CONFORMIDADE Procedimento utilizado para, direta ou indiretamente, atestar que os requisitos dos regulamentos ou das normas técnicas são cumpridos. São avaliados: sistemas, produtos, serviços e pessoal.

6 Concorrência justa Estímulo à melhoria contínua da Qualidade Proteção ao consumidor Incremento das exportações Fortalecimento do mercado interno Agregação de valor a marcas de produtos Os benefícios são para todos os segmentos da sociedade. AVALIAÇÃO DA CONFORMIDADE IMPORTÂNCIA

7 AVALIAÇÃO DA CONFORMIDADE Compulsória Voluntária É exercida pelo Estado, através de uma autoridade regulamentadora, quando se entende que o produto, processo ou serviço pode oferecer riscos à segurança do consumidor ou meio ambiente, ou ainda quando o desempenho do produto, se inadequado, pode trazer prejuízo econômico à sociedade. É utilizado por fabricantes ou importadores para agregar valor ao produto, representando uma vantagem competitiva em relação aos concorrentes.

8 Certificação Florestal Produção Integrada de Frutas Exemplos de Programas de Avaliação da Conformidade Voluntários

9 Racionalidade no uso de recursos florestais em busca da sua sustentabilidade Zelo pela biodiversidade Respeito ao meio ambiente Desenvolvimento econômico e social Comprometimento com a tecnologia de ponta Programa Relativo a Certificação de Manejo Florestal e Rotulagem da Cadeia de Custódia - CERFLOR Princípios:

10 CERFLOR Exemplo de Propaganda que começa a ser veiculada em revistas semanais

11 Avaliar o processo da semente à fruta embalada Minimização de agroquímicos Sustentabilidade ambiental Segurança alimentar PRODUÇÃO INTEGRADA DE FRUTAS – PIF Princípios:

12 Produção Integrada de Frutas

13 Outro Exemplo de Programa de Avaliação da Conformidade Voluntário

14 Exemplo de Programa de Avaliação da Conformidade Compulsório Lâmpada Fluorescente Compacta Máquinas e Aparelhos de Ar-condicionado Refrigeradores e Congeladores ("Freezers") Motores Elétricos Trifásicos Máquinas de Lavar Fogões de Cozinha Etiquetagem - Identifica o desempenho do produto Eficiência Energética:

15 Outros Exemplos de Programas de Avaliação da Conformidade Compulsórios Brinquedos Extintor de Incêndio Preservativo Masculino Capacete

16 Regulamentos técnicos: estabelecidos pelo governo (caráter compulsório) Normas técnicas: requisitos de mercado (caráter voluntário) Procedimentos de avaliação da conformidade: conjunto de processos técnicos utilizados para comprovar se os regulamentos e normas estão sendo cumpridos EXIGÊNCIAS TÉCNICAS

17 Rotulagem Especificações de inflamabilidade Eliminação de substâncias cancerígenas EXEMPLOS DE EXIGÊNCIAS TÉCNICAS

18 TABELA NUTRICIONAL TRANSPARÊNCIA E INFORMAÇÃO AO CONSUMIDOR Rotulagem - Alimentos

19 Eliminação de Substâncias Cancerígenas (corantes azóicos) Diretriz da União Européia que limita a entrada de artigos tingidos com corantes azóicos Proteger a saúde da população européia de doenças cancerígenas Empresas produtoras de corantes e pigmentos apresente uma declaração de atendimento as exigências dessa Diretriz

20 São barreiras não tarifárias derivadas de: normas, regulamentos técnicos ou procedimentos de avaliação da conformidade não transparentes ou não embasados em normas internacionais inspeções excessivamente rigorosas Barreiras Técnicas

21 Aplica-se a... Produtos industriais e agrícolas Não se aplica a... Serviços Compras governamentais Medidas sanitárias e fitossanitárias Acordo TBT/OMC: escopo

22 Prevenção de barreiras técnicas Não-discriminação e Tratamento Nacional Harmonização de regulamentos técnicos Reconhecimento mútuo de procedimentos de avaliação da conformidade Transparência O Acordo TBT/OMC: princípios

23 Proteção da saúde e segurança humanas Proteção da saúde e da vida animal e vegetal Proteção do meio ambiente Prevenção de práticas enganosas Imperativos de segurança nacional Acordo TBT/OMC: objetivos legítimos

24 Acordo sobre Barreiras Técnicas ao Comércio Artigo 10 - Informação sobre Regulamentos Técnicos, Normas e Procedimentos de Avaliação da Conformidade: Estabelecimento de Centros de Informação (Enquiry Points) INMETRO Ponto Focal do Acordo sobre Barreiras Técnicas ao Comércio

25 Apoiar as Pequenas e Médias Empresas Brasileiras na superação dos obstáculos técnicos às suas exportações. O principal problema das PMEs: informação!!! Ponto Focal de Barreiras Técnicas às Exportações

26 Serviços do Inmetro que apóiam a superação das barreiras técnicas às exportações Oferece serviços na Internet para o exportador brasileiro: Alerta Exportador! Solicite Informações Denuncie Barreiras Técnicas! Perguntas mais Frequentes Informações Países x Produtos Consulta as notificações Ponto Focal do Brasil para a OMC Número de usuários cadastrados: mais de 8.000

27 Indicadores do Ponto Focal de Barreiras Técnicas da OMC

28

29

30

31 Empresário, Exportador, Consultor, Estudante (todos com interesse no Comércio Internacional !) se cadastram e definem: países produtos Sempre que há uma nova notificação, o sistema verifica os perfis dos inscritos e envia a informação por .

32 Torne-se mais um assinante do Alerta Exportador ! Preencha a ficha que está sendo distribuída e depois entregue no stand do Inmetro ou ao funcionário que está distribuindo e concorra a 2 exemplares do livro - Medida Normalização e Qualidade – que conta a história da Metrologia e Avaliação da Conformidade no Brasil.

33 Solicite Informações Vale qualquer pergunta sobre exigências ou barreiras técnicas dos países para os quais se quer exportar!

34 ...gostaria de saber se é possível receber todo material que regulamenta a rotulagem de alimentos para o República Eslovaca.... Quais são as barreiras técnicas hoje existentes para carnes brasileiras desejo exportar artesanato para a União Européia

35 1. recebe-se a denúncia do exportador ou comentário (dúvida) a notificação 2. os técnicos do Ponto Focal analisam a consulta 3. negocia-se com o Ponto Focal do país questionado a suspensão ou adaptação do futuro regulamento Denuncie Barreiras Técnicas e Comente as Notificações

36

37

38

39

40

41

42

43 Consulta: Madeira

44

45

46

47

48

49 OBRIGADA!!!


Carregar ppt "O Superando Barreiras Técnicas às Exportações com a ajuda do Inmetro Flávia Alves Recife, 15 de Julho de 2010 O Inmetro como Ponto Focal de Barreiras Técnicas."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google