A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior Secretaria de Comércio Exterior ENCOMEX 2009 FORTALEZA-CE FORTALEZA, 12 DE AGOSTO DE 2009.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior Secretaria de Comércio Exterior ENCOMEX 2009 FORTALEZA-CE FORTALEZA, 12 DE AGOSTO DE 2009."— Transcrição da apresentação:

1 Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior Secretaria de Comércio Exterior ENCOMEX 2009 FORTALEZA-CE FORTALEZA, 12 DE AGOSTO DE 2009

2 Balança Comercial Brasileira Janeiro-Julho /08 US$ milhões FOB Δ% 2009/08 Exportação ,3 Importação ,4 Saldo ,6 Corrente de Comércio ,1

3 Var.% 2009/2002: +157% Evolução da Corrente de Comércio – US$ Milhões Janeiro-Julho 2000/2009

4 Principais Produtos Exportados pelo Brasil Janeiro-Julho – 2009/2008 US$ Milhões Valor Δ % 2009/08 Part % 1 – Complexo soja ,314,7 2 – Material de transporte ,010,3 3 – Minérios ,29,8 4 – Petróleo e combustíveis ,58,1 5 – Carnes ,37,5 6 – Produtos metalúrgicos ,37,2 7 – Químicos ,76,9 8 – Açúcar e álcool ,05,6 9 – Máqs. e equipamentos ,34,0 10 – Equipamentos elétricos ,13,3

5 Valor Δ % 2009/08 Part % Ásia ,526,9 União Européia ,822,7 América Latina e Caribe ,921,2 - Mercosul ,19,0 - Demais da AL e Caribe ,512,2 Estados Unidos ,010,2 África ,66,0 Oriente Médio ,34,7 Europa Oriental ,62,3 Principais Mercados de Destino das Exportações Janeiro-Julho – 2009/2008 US$ Milhões

6 Importação por Categorias de Uso Part. % na Pauta - Janeiro/Julho 2009 Bens Intermediários 46,6% Bens de Capital 24,3% Petróleo e Combustíveis 12,8% Bens de Consumo 16,3%

7 Valor Δ % 2009/08 Part. % 1 – Máquinas e equipamentos ,217,5 2 – Combustíveis ,114,4 3 – Aparelhos e instr. Eletroeletrônicos ,011,8 4 – Veículos automóveis e partes ,38,2 5 – Químicos orgânicos ,55,4 6 – Instrumentos de ótica e precisão ,33,8 7 – Plásticos e suas ,33,8 8 – Produtos farmacêuticos ,13,7 9 – Adubos e fertilizantes ,72,5 10 – Aeronaves e peças ,82,1 Principais Produtos Importados Janeiro-Julho – 2009/2008 US$ Milhões

8 Principais Mercados Fornecedores ao Brasil Janeiro-Julho – 2009/2008 US$ Milhões Valor Δ % 2009/08 Part % Ásia ,427,5 União Européia ,623,0 Estados Unidos ,017,1 América Latina e Caribe ,917,8 - Mercosul ,810,3 - Demais da AL e Caribe ,67,5 África ,86,4 Oriente Médio ,22,3 Europa Oriental846-71,91,3

9 BALANÇA COMERCIAL DO CEARÁ Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior Secretaria de Comércio Exterior

10 Janeiro/Julho Evolução do Comércio Exterior do Ceará 2002 a 2008 e Janeiro-Julho/ US$ Milhões

11 Δ % 2009/08 Exportação ,2 Importação ,4 Saldo Corrente de Comércio ,2 Balança Comercial Brasileira do Ceará Janeiro/Julho – 2009/2008 US$ Milhões

12 Principais Produtos Exportados pelo Ceará Janeiro/Julho – 2009 US$ Milhões FOB Valor Δ % 2009/08 Part. % Calçados171,2-11,729,0 Castanha de caju106,91,418,1 Couros e peles61,6-49,610,4 Tecidos de algodão27,8-44,34,7 Lagostas congeladas17,2-1,82,9 Melões frescos15,32,32,6 Motores/geradores elétricos13,954,52,4 Ceras vegetais13,4-45,92,3 Sucos de frutas12,733,12,2 Mel natural8,2153,81,4

13 Principais Produtos Importados pelo Ceará Janeiro/Julho – 2009 US$ Milhões FOB Valor Δ % 2009/08 Part % Motores/geradores elétricos129,439,2 17,9 Laminados planos113,3-29,6 15,6 Trigo em grãos81,3-48,2 11,2 Fios de fibras têxteis33,138,8 4,6 Inseticidas19,4121,4 2,7 Construções de ferro/aço9,261,3 1,3 Cabos e fibras sintéticas8,8-15,3 1,2 Medicamentos8,0789,1 1,1 Fio-máquina de ferro/aço7,825,2 1,1 Compostos heterocíclicos7,7-44,9 1,1

14 Valor Δ % 2009/08 Part. % Estados Unidos 183-8,331,1 Reino Unido 571,99,6 Argentina 38-35,26,5 Itália 29-49,44,9 Países Baixos 29-6,84,9 Namíbia 24*4,1 Alemanha 1918,23,2 China 181,73,1 Venezuela 16-16,32,7 Principais Mercados de Destino das Exportações do Ceará Janeiro/Julho – 2009 US$ Milhões FOB (*) Variação superior a 1000%.

15 ESTRATÉGIA BRASILEIRA DE EXPORTAÇÃO Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior Secretaria de Comércio Exterior

16 Objetivo e Desafios da Política de Desenvolvimento Produtivo – PDP Objetivo: DAR SUSTENTABILIDADE AO CICLO DE EXPANSÃO Objetivo: DAR SUSTENTABILIDADE AO CICLO DE EXPANSÃO Desafios: Desafios: Ampliar a capacidade de oferta Ampliar a capacidade de oferta Manter o equilíbrio do Balanço de Pagamentos Manter o equilíbrio do Balanço de Pagamentos Elevar a capacidade de inovação Elevar a capacidade de inovação Fortalecer as MPEs Fortalecer as MPEs

17 Objetivos do PDP para a Exportação 1,25% (US$ 209 bilhões) das exportações mundiais 1,25% (US$ 209 bilhões) das exportações mundiais Aumentar o número de empresas exportadoras (+10% MPE) Aumentar o número de empresas exportadoras (+10% MPE) Diversificar a pauta exportadora Diversificar a pauta exportadora Diversificar os países de destino das exportações Diversificar os países de destino das exportações Aumentar a participação de produtos com maior conteúdo tecnológico Aumentar a participação de produtos com maior conteúdo tecnológico

18 Simplificação dos trâmites administrativos Simplificação dos trâmites administrativos Aprimoramento operacionais (informatização) Aprimoramento operacionais (informatização) Cultura exportadora e difusão de informações estratégicas Cultura exportadora e difusão de informações estratégicas Aperfeiçoamento dos mecanismos de defesa da indústria Aperfeiçoamento dos mecanismos de defesa da indústria Negociações comerciais e abertura de mercados Negociações comerciais e abertura de mercados SECEX - PRINCIPAIS AÇÕES

19 Principais Medidas Adotadas pelo Governo Federal no Combate à Crise Internacional Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior Secretaria de Comércio Exterior

20 Leilões de dólares em moeda e no mercado futuro (swaps); Swaps de moeda com outros bancos centrais (US$ 30 bilhões com o Federal Reserve); Leilão de US$ direcionado para o financiamento de ACCs (ampliação para prazo de 360 dias; postergação de prazo para comprovação de embarque); e Aplicação de parte das reservas internacionais na ampliação das fontes de financiamento de empresas brasileiras no exterior. Mercado Cambial e Exportações

21 Executar estratégia brasileira de exportações; Executar estratégia brasileira de exportações; Atingir meta da PDP; Atingir meta da PDP; Monitorar oferta de crédito para exportadores; Monitorar oferta de crédito para exportadores; Propor regularização de instrumentos creditícios para novos mercados; Propor regularização de instrumentos creditícios para novos mercados; Acelerar redução de custos com burocracia e logística; Acelerar redução de custos com burocracia e logística; Simplificar procedimentos operacionais para exportação; Simplificar procedimentos operacionais para exportação; Combater o protecionismo; Combater o protecionismo; Reforçar a defesa da indústria. Reforçar a defesa da indústria. Perspectivas e Desafios para o Governo

22 Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior Secretaria de Comércio Exterior Obrigado ! Fábio Martins Faria FORTALEZA, 11 DE AGOSTO DE 2009


Carregar ppt "Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior Secretaria de Comércio Exterior ENCOMEX 2009 FORTALEZA-CE FORTALEZA, 12 DE AGOSTO DE 2009."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google