A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Modelos de Universidade Ênfase em Pesquisa Ênfase em Extensão Gestão Individual Acadêmico Clássico (1) Liberal Integrado (2) Gestão Institucional Institucional.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Modelos de Universidade Ênfase em Pesquisa Ênfase em Extensão Gestão Individual Acadêmico Clássico (1) Liberal Integrado (2) Gestão Institucional Institucional."— Transcrição da apresentação:

1 Modelos de Universidade Ênfase em Pesquisa Ênfase em Extensão Gestão Individual Acadêmico Clássico (1) Liberal Integrado (2) Gestão Institucional Institucional Clássico (3) Institucional Integrado (4)

2 Modelo 1: Ênfase na competência individual do pesquisador Linha de pesquisa individual, critérios individuais e científicos Avaliação baseada em publicações internac Pouco atendimento às demandas locais Modelo 4: Ênfase nas áreas de conhecimento essenciais para resolução dos problemas Linhas de ação interdisciplinares; critérios de relevância social Avaliação baseada na opinião pública Voltada para o atendimento das demandas locais

3 MOTIVOS PARA O DESLOCAMENTO COBRANÇA DA SOCIEDADE NOVA PERCEPÇÃO DA COMUNIDADE UNIVERSITÁRIA QUANTO AO SEU PAPEL MOVIMENTO DO GOVERNO RETOMAN- DO E CRIANDO PROGRAMAS: PROEXT – BRASIL ALFABETIZADO - MCT – MINC – SECAD

4 EXPECTATIVA: UNIVERSIDADE SITUADA ENTRE OS MODELOS 3 & 4 ATUAÇÃO DEFINIDA INSTITUCIONAL- MENTE E ENFATIZANDO TAMBÉM A EXTENSÃO É SÓ POR MEIO DA INDISSOCIABILIDADE QUE A UNIVERSIDADE PODE CONCRE- TAMENTE PRODUZIR E REPASSAR CONHECIMENTOS SOCIALMENTE RELEVANTES PA-RA A SOCIEDADE

5 NÃO SE PODE PENSAR EM EXTENSÃO DE FORMA SEPARADA DO ENSINO E DA PESQUISA. SÃO ESSAS TRÊS ATIVIDADES QUE, DE FORMA INDISSOCIADA, DÃO CONCRETUDE AOS OBJETIVOS DA UNIVERSIDADE NA SOCIEDADE: PRODUZIR O CONHECIMENTO E TORNÁ-LO ACESSÍVEL

6 EXTENSÃO: VISÃO ATUAL UMA PERSPECTIVA, UMA FILOSOFIA, UM PROCESSO QUE DEVE PERMEAR O ENSINO E A PESQUISA

7 BENEFÍCIOS PARA O ENSINO E A PESQUI- SA (PAPEL SOCIAL DA UNIVERSIDADE) MOMENTO PARA O ALUNO TESTAR A QUALIDADE DE SEU APRENDIZADO MOMENTO DO ALUNO PODER QUESTIONAR O QUE LHE ESTÁ SENDO ENSINADO MOMENTO PARA O PROFESSOR GANHAR MAIOR EXPERIÊNCIA SOBRE O QUE ENSINA MOMENTO DO PROFESSOR TESTAR NA PRÁ-TICA OS CONHECIMENTOS QUE PRODUZ MOMENTO DE IDENTIFICAÇÃO DE NOVOS E SOCIALMENTE RELEVANTES TEMAS DE PESQUISA

8 O PAPEL DA INDISSOCIABILIDADE NO ENSINO Leva a substituir o paradigma instrucionista criando no aluno uma atitude investigativa (aprendendo a aprender) A adoção desse processo envolve necessariamente a pesquisa e a extensão pois compreende o aprender a dialogar e intervir na realidade para (re) construir o conhecimento, ao invés de transmiti-lo ou copiá-lo. Leva a abandonar a perspectiva de que a formação dos alunos se esgota com o conhecimento técnico, profissionalizante (pesquisa como instrumento de compreensão e extensão de intervenção)

9 Este novo paradigma que tem a indissocia- bilidade como eixo de formação do graduado requer um novo educador, mais afeito à investigação e aos questionamen- tos quanto aos rumos da sociedade, uma nova organização curricular, articulada a partir de um projeto pedagógico construído coletivamente, permeável às transfor- mações em curso, interdisciplinar, e privilegiando uma formação integrada à realidade social, com predominância da formação sobre a informação e a articulação da teoria à prática (PNG)

10 Um elemento crucial para a sua implementa- ção é a flexibilização curricular que deve deixar de ser associada à quebra de pré- requisitos, a ordenações alternativas da grade curricular, à ampliação de disciplinas optativas e outras medidas que não interfe- rem na concepção vigente de currículo e nem substituem sua lógica tradicional de organiza- ção, na qual do geral se parte para o especí- fico, da teoria para a prática, do básico para o profissionalizante.

11 O PAPEL DA INDISSOCIABILIDADE NA PRODUÇÃO DO CONHECIMENTO Considerando o caráter ofertista da ciência que permeia nosso modelo de PCT que acredita que a simples oferta do conheci- mento leva ao desenvolvimento social (cadeia linear de inovação americana): o desafio para um país como o Brasil é o de associar à qualidade do trabalho científico a questão da relevância social

12


Carregar ppt "Modelos de Universidade Ênfase em Pesquisa Ênfase em Extensão Gestão Individual Acadêmico Clássico (1) Liberal Integrado (2) Gestão Institucional Institucional."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google