A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Professora Paula Isabel Arraião Externato Cooperativo da Benedita Benedita, Leiria 12º ano – Área de Projecto ECB – Explosion Creators of Benedita 5 +

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Professora Paula Isabel Arraião Externato Cooperativo da Benedita Benedita, Leiria 12º ano – Área de Projecto ECB – Explosion Creators of Benedita 5 +"— Transcrição da apresentação:

1 Professora Paula Isabel Arraião Externato Cooperativo da Benedita Benedita, Leiria 12º ano – Área de Projecto ECB – Explosion Creators of Benedita 5 + 1

2 O biocombustível obtido resultou do processo de transesterificação de óleo vegetal usado para fins alimentares, que reagiu com uma solução de metanol e hidróxido de sódio. Os produtos da reacção foram, posteriormente, submetidos a três lavagens, precedidas de decantação gravítica, que possibilitou a neutralização do biodiesel. Fig. 2 – Primeira decantação do Biodiesel Fig. 1 – Produtos do processo

3 O projecto não envolveu apenas a produção de biodiesel, englobou também uma campanha de recolha de óleos, bem como sensibilização da comunidade, onde foi evidenciada a necessidade de recorrer a combustíveis alternativos para diminuir a dependência dos combustíveis fósseis e, consequentemente, os problemas dela decorrentes; A componente teórica envolveu ainda uma pesquisa aprofundada acerca de vários biocombustíveis, nomeadamente o bioetanol, o biohidrogénio e, naturalmente, o biodiesel; Os resultados do projecto – práticos e teóricos – serão apresentados numa palestra para a comunidade escolar, a realizar no dia 12 de Maio, no auditório do Externato Cooperativo da Benedita e ainda numa conferência dirigidas aos encarregados de educação, para que estes possam avaliar o trabalho desenvolvido; Fig. 3- Transesterificação Este programa de trabalho foi realizado no âmbito da disciplina de Área de Projecto, tendo em conta os interesses comuns a todos os elementos que constituem o grupo; Optou-se por um processo de produção de biodiesel, tendo como matéria-prima o óleo alimentar, dado que, dessa forma, é possível reutilizar um produto com muito potencial e que, geralmente, é desperdiçado;

4 A reacção para a produção deste biocombustível teve como produto complementar ao óleo o álcool Metanol e foi catalisada por Hidróxido de Sódio. Isto porque, após vários ensaios, verificou-se que esta combinação era a que proporcionava um rendimento mais elevado; Após o processo de transesterificação do óleo, colocou-se o produto da reacção numa ampola de decantação, onde foi submetido a uma fase de lavagem composta por três etapas. A lavagem consistiu na adição de água destilada, na primeira fase, na adição de uma solução de ácido clorídrico (1,0% V/V), na segunda fase, e numa nova adição de água destilada na terceira fase; As restantes análises para verificação do cumprimento dos parâmetros estabelecidos pela norma europeia EN :2003 serão realizadas nos laboratórios do Instituto Superior Técnico, no final do corrente ano lectivo; O material utilizado estava disponível no laboratório da escola e consistiu em provetas, balança digital, pipetas volumétricas, balão de fundo redondo com três tubuladuras, condensador de refluxo, placas de aquecimento com agitação magnética, vidro de relógio, termómetro, tubo de carga, funis de vidro, copos graduados, suportes universais, noz, garra, ampola de decantação; Reaproveitaram-se frascos de sumo natural, de vidro, para colocar as amostras de biodiesel e a glicerina resultantes da reacção e, também, para dissolver o hidróxido de sódio no Metanol, para além disso, utilizou-se uma panela de culinária para o banho-maria necessário à reacção; Para uma maior segurança no laboratório, utilizaram-se luvas de látex, trabalhou-se com os reagentes na hotte e sempre com o estojo de primeiros socorros e a manta contra fogos bem perto.

5 Para a realização do projecto recorremos aos artigos Como e a partir de quê se pode produzir biodiesel e Procedimentos laboratoriais para o controlo de qualidade do biodiesel e aos websites e a partir de quê se pode produzir biodieselProcedimentos laboratoriais para o controlo de qualidade do biodieselhttp://cebq.ist.utl.pt/http://www.biodieselcommunity.org/titratingoil/ Foram encontradas várias adversidades durante o trabalho, entre as quais a escolha do material adequado ao procedimento experimental, sendo que optámos por um banho-maria ao invés do uso de uma incubadora que não estava disponível; O protocolo mais ajustado e mais eficiente foi difícil de encontrar, pelo que foi necessário contactar ex-alunos do Externato Cooperativo da Benedita e também docentes do IST para encontrar alternativas fiáveis aos procedimentos encontrados na internet; Apesar de orientados pela professora, couberam aos alunos as decisões mais importantes no que respeita ao projecto, tais como o biocombustível a produzir, os materiais a utilizar e as fases constituintes do projecto; Vídeo 4 – Vídeo do procedimento do processo

6 A escolha dos reagentes também foi algo complicada, pelo que foram necessários vários ensaios para apurar qual o melhor catalisador e a quantidade em que deveria ser utilizado e também qual o álcool apropriado; O processo de pesquisa de informação sobre o biocombustivel decorreu durante dois meses, antecedendo a fase prática do projecto, ou seja, a produção de biodiesel propriamente dito, que vai continuar até ao término do ano lectivo; Cada ensaio de produção de biodiesel dura, aproximadamente, 4 horas, divididas pela fase da junção do catalisador ao Metanol em simultâneo com o aquecimento do óleo até à temperatura pretendida - 1 hora -, a fase de transesterificação – 1 hora -, a primeira decantação - separação do Biodiesel da Glicerina, - necessita do mesmo tempo e, por último, as 3 lavagens realizadas e a sua respectiva decantação demoravam mais uma hora, aproximadamente.

7 Seria instalado um posto de venda num local acessível e prático, para que a comunidade pudesse aceder facilmente às instalações e seriam elaborados outdoors com informação acerca das vantagens deste combustível a nível ambiental e a nível económico, dado que este combustível prolonga a duração dos motores de combustão; A realização deste projecto levou à aquisição de novos conhecimentos e à aprendizagem de novos conceitos, tais como o de transesterificação, ou as técnicas de lavagem do biodiesel; Foi, também, aprendida a designação de vário material de laboratório, nomeadamente o balão de fundo redondo com três tubuladuras, o condensador de refluxo e o tubo de carga e ainda a forma correcta de trabalhar com esse mesmo material; Para o futuro dos elementos do grupo, este projecto pode contribuir fortemente para a vida universitária e até profissional, pelo que deve ser integrado no curriculum vitae para constituir uma mais valia; A comunidade escolar tomou conhecimento do projecto através da sua apresentação, bem como através do boca-a-boca e ainda através dos pósters que divulgaram a campanha de recolha de óleos usados integrada nos objectivos, o que permitiu uma interacção bastante produtiva. Para uma comercialização do biocombustível, pensou-se na implementação de uma vasta rede de oleões na região, cuja manutenção seria da responsabilidade do grupo, assim como a recolha do óleo. Após recolhido, o óleo seria submetido a um processo de selecção, tratamento e purificação, para que a sua qualidade fosse a melhor possível, assim como o resultado final; O processo de produção seguiria todas as normas estabelecidas pela comunidade europeia e seria controlado em várias etapas, para verificar a qualidade do biodiesel, que só dessa forma poderia ser posto no mercado; Fig. 4- Poster de divulgação do projecto


Carregar ppt "Professora Paula Isabel Arraião Externato Cooperativo da Benedita Benedita, Leiria 12º ano – Área de Projecto ECB – Explosion Creators of Benedita 5 +"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google