A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Água: educação para o desenvolvimento sustentável O Rio e a Cidade 2005-2015 Decenio Internacional para la Acción, "El agua, fuente de vida" Centro de.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Água: educação para o desenvolvimento sustentável O Rio e a Cidade 2005-2015 Decenio Internacional para la Acción, "El agua, fuente de vida" Centro de."— Transcrição da apresentação:

1 Água: educação para o desenvolvimento sustentável O Rio e a Cidade Decenio Internacional para la Acción, "El agua, fuente de vida" Centro de Competência da Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative CommonsLicença Creative Commons

2 Esta apresentação é o esboço de um guião em formato hipertexto conducente à concepção de um projecto interdisciplinar sobre a água e a educação para o desenvolvimento sustentável. O exemplo que se segue centra-se na ligação do rio Tejo à cidade de Lisboa, mas poderá ser adaptado ao estudo de qualquer outra localidade. Tendo como base o estudo da água existente na região (rio, lago, mar…), sugere-se que o(s) professor(es) e os alunos criem uma teia de temas a explorar. Pretende-se simultaneamente que os alunos conheçam melhor o meio onde vivem e realizem aprendizagens significativas em torno de várias áreas disciplinares, recorrendo a diferentes fontes de informação, nomeadamente à exploração de recursos existentes na Web. O Rio e a Cidade

3 PROBLEMAS UTILIZAÇÕES DO RIO QUALIDADE E CONSUMO DE ÁGUA Poluição Seca Extracção de areia Construção Civil Catástrofes naturais Actividades económicas Via de comunicação Lazer Qualidade da água Origem e tratamento Consumo e Poupança AMBIENTE Seres vivos Habitats Cadeias alimentares Espécies em extinção O Rio e a Cidade

4 Indústrias e actividades poluentes Perguntas e respostas sobre o estudo de impacte ambiental da central de tratamento de resíduos sólidos urbanos de S. J. da Talha. Extinção de espécies O Sítio do Pescador inclui uma lista Peixes Dulciaquícolas e Migradores Ameaçados em Portugal Poluição: causa para o desaparecimento da Ostra Portuguesa Esgotos domésticos Artigo do jornal Expresso Descarga gigante de esgotos no Tejo datado de 28/8/99 Poluição

5 Baixa pombalina em perigo de ruir Artigo que alerta para o perigo de zonas de Lisboa poderem ruir devido às obras que nos últimos anos têm vindo a ser feitas no subsolo da Baixa Pombalina Problemas na construção do Metro Artigo (9 Junho 2000) sobre o aluimento de terras nas obras do Metro junto à Praça do Comércio, em Lisboa Caneiro de Alcântara – Ponte 25 de Abril Artigo ( ) que faz referência ao caneiro de Alcântara estar em risco, podendo colocar também em risco as estruturas da ponte 25 de Abril. Construção civil

6 Origem da água que bebemos Página com informação sobre os rios que abastecem de água a cidade de Lisboa. Algumas informação sobre a água que bebemos em Lisboa Qualidade da água Informações da DECO sobre análises de água de consumo Origem e tratamento

7 Custo da água menu=394 Processo de facturação da EPAL Poupança de água Site para crianças que apela à poupança de água Notícia da atribuição de mais de 700 mil euros para a instalação de um sistema de rega para espaços verdes na cidade de Lisboa. Poupar água, prevenir o Futuro – Guia de exploração pedagógica que contem Informação didáctica e curiosidades sobre a água, bem como os gestos do dia-a-dia que ajudam a poupar água Consumo e poupança

8 Site do Oceanário que possibilita o acesso a informação sobre vida marinha Informações sobre aves existentes no parque Tejo A biodiversidade da zona ribeirinha (estuário do Tejo) Conhecer a Fauna e a Flora do Tejo Internacional Seres vivos

9 Geografia História Língua Portuguesa Ciências Formação Cívica Área de Projecto Matemática O Rio e a Cidade

10 Muitas informações sobre a água na Wikipédia Ciclo hidrológico com fotografias e vídeos Propostas de actividades relacionadas com a importância da água (ver as secções Experimentar e Ideias e Desafios) Ciências

11 Aquedutos Trabalho de grupo para a disciplina de História e Geografia de Portugal realizado por alunos do 6º ano da escola EB23 da Ramada Site do Museu da Água Monumentos à beira Tejo relacionados com os Descobrimentos site com informações sobre o Mosteiro dos Jerónimos, a Torre de Belém e a capela de São Jerónimo Fichas Pedagógicas elaboradas pelo Serviço Educativo do Mosteiro dos Jerónimos (apoio às visitas de estudo) Evolução da cidade à beira rio Referências históricas (imagens e textos) ao Tejo e a Lisboa História

12 Poesia poesia de Herberto Hélder poesia de Fernando Pessoa (Alberto Caeiro) Lendas texto escrito por uma antropóloga cultural sobre a importância da água em Portugal e nas festas do povo. Referência, entre outras, à lenda de Santa Iria. Língua Portuguesa

13 Ciências Físicas e Naturais Sustentabilidade na Terra Matemática Números e Cálculo Estatística e probabilidades O Rio e a Cidade

14 Sustentabilidade na Terra Competências ao longo de todos os ciclos Reconhecimento da necessidade humana de apropriação dos recursos existentes na Terra para os transformar e, posteriormente, os utilizar; Reconhecimento do papel da Ciência e da Tecnologia na transformação e utilização dos recursos existentes na Terra; Reconhecimento de situações de desenvolvimento sustentável em diversas regiões; Reconhecimento que a intervenção humana na Terra afecta os indivíduos, a sociedade e o ambiente e que coloca questões de natureza social e ética; Compreensão das consequências que a utilização dos recursos existentes na Terra tem para os indivíduos, a sociedade e o ambiente; Compreensão da importância do conhecimento científico e tecnológico na explicação e resolução de situações que contribuam para a sustentabilidade da vida na Terra.

15 Sustentabilidade na Terra Competências no 1.º Ciclo Reconhecimento da utilização dos recursos nas diversas actividades humanas. Reconhecimento do papel desempenhado pela indústria na obtenção e transformação dos recursos. Conhecimento da existência de objectos tecnológicos, relacionando-os com a sua utilização, em casa e em actividades económicas. Realização de actividades experimentais simples, para identificação de algumas propriedades dos materiais, relacionando-os com as suas aplicações. Reconhecimento que os desequilíbrios podem levar ao esgotamento dos recursos, à extinção das espécies e à destruição do ambiente. Competências no 2.º Ciclo Reconhecimento de que a intervenção humana na Terra é fundamental para a obtenção dos alimentos e da energia necessária à vida. Compreensão de como a intervenção humana na Terra pode afectar a qualidade da água, do solo e do ar, com implicações para a vida das pessoas. Discussão da necessidade de utilização dos recursos hídricos e geológicos de uma forma sustentável. Identificação de medidas a tomar para a exploração sustentável dos recursos. Planificação e implementação de acções visando a protecção do ambiente, a preservação do património e o equilíbrio entre a natureza e a sociedade

16 Sustentabilidade na Terra Competências no 3.º Ciclo Reconhecimento de que a intervenção humana na Terra, ao nível da exploração, transformação e gestão sustentável dos recursos, exige conhecimento científico e tecnológico em diferentes áreas. Discussão sobre as implicações do progresso científico e tecnológico na rentabilização dos recursos. Compreensão de que a dinâmica dos ecossistemas resulta de uma interdependência entre seres vivos, materiais e processos. Compreensão de que o funcionamento dos ecossistemas depende de fenómenos envolvidos, de ciclos de matéria, de fluxos de energia e de actividade de seres vivos, em equilíbrio dinâmico. Reconhecimento da necessidade de tratamento de materiais residuais, para evitar a sua acumulação, considerando as dimensões económicas, ambientais, políticas e éticas. Conhecimento das aplicações da tecnologia na música, nas telecomunicações, na pesquisa de novos materiais e no diagnóstico médico. Pesquisa sobre custos, benefícios e riscos das inovações científicas e tecnológicas para os indivíduos, para a sociedade e para o ambiente. Reconhecimento da importância da criação de parques naturais e protecção das paisagens e da conservação da variabilidade de espécies para a manutenção da qualidade ambiental. Tomada de decisão face a assuntos que preocupam as sociedades, tendo em conta factores ambientais, económicos e sociais. Divulgação de medidas que contribuam para a sustentabilidade na Terra

17 Competências ao longo de todos os ciclos A predisposição para recolher e organizar dados relativos a uma situação ou a um fenómeno e para os representar de modos adequados, nomeadamente através de tabelas e gráficos e utilizando as novas tecnologias; A aptidão para ler e interpretar tabelas e gráficos à luz das situações a que dizem respeito e para comunicar os resultados das interpretações feitas; A tendência para dar resposta a problemas com base na análise de dados recolhidos e de experiências planeadas para o efeito; A aptidão para realizar investigações que recorram a dados de natureza quantitativa, envolvendo a recolha e análise de dados e a elaboração de conclusões; A aptidão para usar processos organizados de contagem na abordagem de problemas combinatórios simples; A sensibilidade para distinguir fenómenos aleatórios e fenómenos deterministas e para interpretar situações concretas de acordo com essa distinção; O sentido crítico face ao modo como a informação é apresentada. Estatística e Probablilidades

18 Competências no 2.º Ciclo A compreensão das noções de frequência absoluta e relativa, assim como a aptidão para calcular estas frequências em situações simples; A compreensão das noções de moda e de média aritmética, bem como a aptidão para determiná- las e para interpretar o que significam em situações concretas; A sensibilidade para criticar argumentos baseados em dados de natureza quantitativa. Competências no 3.º Ciclo O reconhecimento dos conjuntos dos números inteiros, racionais e reais, das diferentes formas de representação dos elementos desses conjuntos e das relações entre eles, bem como a compreensão das propriedades das operações em cada um deles e a aptidão para usá-las em situações concretas; A aptidão para trabalhar com valores aproximados de números racionais ou irracionais de maneira adequada ao contexto do problema ou da situação em estudo; O reconhecimento de situações de proporcionalidade directa e inversa e a aptidão para resolver problemas no contexto de tais situações; A aptidão para operar com potências e para compreender a escrita de números em notação científica e, em particular, para usar esta notação no trabalho com calculadoras científicas. Estatística e Probablilidades

19 Competências no 1.º Ciclo A compreensão do sistema de numeração de posição e do modo como este se relaciona com os algoritmos das quatro operações; O reconhecimento dos números inteiros e decimais e de formas diferentes de os representar e relacionar, bem como a aptidão para usar as propriedades das operações em situações concretas, em especial quando aquelas facilitam a realização de cálculos. Competências no 2.º Ciclo O reconhecimento dos conjuntos dos números inteiros e racionais positivos, das diferentes formas de representação dos elementos desses conjuntos e das relações entre eles, bem como a compreensão das propriedades das operações em cada um deles e a aptidão para usá-las em situações concretas; A aptidão para trabalhar com valores aproximados de números racionais de maneira adequada ao contexto do problema ou da situação em estudo; O reconhecimento de situações de proporcionalidade directa e a aptidão para usar o raciocínio proporcional em problemas diversos; A aptidão para trabalhar com percentagens e para compreender e utilizar as suas diferentes representações. Números e cálculo

20 Atlas da Água - contem galeria de imagens, sistema de informação geográfica, sistema nacional de informação dos recursos no litoral e sistema de aquíferos O Rio e a Cidade

21 Actividades experimentais Visitas de Estudo Projectos O Rio e a Cidade

22 Visitas de Estudo Aquário Vasco da Gama Oceanário Museu da Água Refere quatro núcleos museológicos que fizeram parte do sistema de abastecimento de água potável à cidade de Lisboa. O Museu da Água possui também um Serviço Pedagógico Águas Livres do qual se destaca o Guia da Água e a secção Escolas que contem Recursos Pedagógicos para o 1.º ciclo e 2.º ciclo (propostas de actividades de pesquisa, jogos na turma, simulações...) Estação de Tratamento de Águas Residuais (ETAR) Um exemplo de uma visita

23 A Escola e o Ambiente Programa Eco-escolas que é um Programa Internacional que pretende encorajar acções e reconhecer o trabalho de qualidade desenvolvido pela escola, no âmbito da Educação Ambiental/EDS. Fornece fundamentalmente metodologia, formação, materiais pedagógicos, apoio e enquadramento ao trabalho desenvolvido pela escola. Guia Programa Eco-Escolas com sugestões para a abordagem de diferentes temáticas, entre as quais, a Água.

24 Actividades Experimentais No Jardim de Infância Ciência a Brincar: Descobre a água! - Site (em português) que contem sugestões de actividades experimentais com a água que foram testadas com crianças do Jardim de Infância. Actividades experimentais sobre a água – várias propostas de actividade recorrendo a materiais de uso corrente.

25 Actividades Experimentais No 1.º Ciclo Actividades experimentais sobre a água – várias propostas de actividade recorrendo a materiais de uso corrente. Conjunto de recursos didácticos para a Educação em Ciências e Ensino Experimental que inclui propostas de actividades relacionadas com a água.

26 Actividades Experimentais Nos 2.º e 3.º Ciclos Sala de Física - Inclui um laboratório virtual com propostas de actividades experimentais algumas envolvendo a água. Ciência em Casa - Site com propostas de actividades experimentais, algumas envolvendo a água. Contem fotos e vídeos das experiências.

27 Competências no 3.º Ciclo O reconhecimento dos conjuntos dos números inteiros, racionais e reais, das diferentes formas de representação dos elementos desses conjuntos e das relações entre eles, bem como a compreensão das propriedades das operações em cada um deles e a aptidão para usá-las em situações concretas; A aptidão para trabalhar com valores aproximados de números racionais ou irracionais de maneira adequada ao contexto do problema ou da situação em estudo; O reconhecimento de situações de proporcionalidade directa e inversa e a aptidão para resolver problemas no contexto de tais situações; A aptidão para operar com potências e para compreender a escrita de números em notação científica e, em particular, para usar esta notação no trabalho com calculadoras científicas. Números e cálculo

28 Problemas A partir de dados relacionadas com gastos de água (factura da água, leitura do contador...), criar diversas situações problemáticas. Exemplo: Qual a quantidade de água que gastamos na escola (em casa, a lavar os dentes...), num dia? numa semana? num mês? num ano? Combinar medidas de poupança com os colegas e verificar os resultados dessa poupança Equacionar custos correspondentes ao consumo Matemática

29 Actividades Experimentais Jardim de Infância 1.º Ciclo 2.º e 3.º Ciclos O Rio e a Cidade

30 Competências ao longo de todos os ciclos A compreensão global dos números e das operações e a sua utilização de maneira flexível para fazer julgamentos matemáticos e desenvolver estratégias úteis de manipulação dos números e das operações; O reconhecimento e a utilização de diferentes formas de representação dos elementos dos conjuntos numéricos, assim como das propriedades das operações nesses conjuntos; A aptidão para efectuar cálculos mentalmente, com os algoritmos de papel e lápis ou usando a calculadora, bem como para decidir qual dos métodos é apropriado à situação; A sensibilidade para a ordem de grandeza de números, assim como a aptidão para estimar valores aproximados de resultados de operações e decidir da razoabilidade de resultados obtidos por qualquer processo de cálculo ou por estimação; A predisposição para procurar e explorar padrões numéricos em situações matemáticas e não matemáticas e o gosto por investigar relações numéricas, nomeadamente em problemas envolvendo divisores e múltiplos de números ou implicando processos organizados de contagem; A aptidão para dar sentido a problemas numéricos e para reconhecer as operações que são necessárias à sua resolução, assim como para explicar os métodos e o raciocínio que foram usados. Números e cálculo


Carregar ppt "Água: educação para o desenvolvimento sustentável O Rio e a Cidade 2005-2015 Decenio Internacional para la Acción, "El agua, fuente de vida" Centro de."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google