A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Introdução à Modelagem Conceitual 2. Mapas Conceituais Luiz A M Palazzo Abril, 2011 Universidade Católica de Pelotas Centro Politécnico Laboratório de.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Introdução à Modelagem Conceitual 2. Mapas Conceituais Luiz A M Palazzo Abril, 2011 Universidade Católica de Pelotas Centro Politécnico Laboratório de."— Transcrição da apresentação:

1 Introdução à Modelagem Conceitual 2. Mapas Conceituais Luiz A M Palazzo Abril, 2011 Universidade Católica de Pelotas Centro Politécnico Laboratório de Modelagem Computacional

2 Roteiro O que é um Conceito? O que é um Conceito? O que são Mapas Conceituais? O que são Mapas Conceituais? Mapas Conceituais para quê? Mapas Conceituais para quê? Construção de Mapas Conceituais Construção de Mapas Conceituais Software para Mapas Conceituais Software para Mapas Conceituais Trabalho Prático Trabalho Prático Mapas Conceituais

3 O que é um Conceito? Conceitos ou classes descrevem objetos, eventos ou situações que possuem atributos comuns. Conceitos ou classes descrevem objetos, eventos ou situações que possuem atributos comuns. O mapa conceitual estabelece relações entre conceitos, estruturando suas relações. O mapa conceitual estabelece relações entre conceitos, estruturando suas relações. Pode-se comparar os conceitos e as relações entre eles (proposições) a tijolos que constroem o conhecimento dentro de um domínio. Pode-se comparar os conceitos e as relações entre eles (proposições) a tijolos que constroem o conhecimento dentro de um domínio.

4 O que são Mapas Conceituais? Desenvolvidos por Joseph Novak e sua equipe em 1972, com base nos princípios formulados por Ausubel e Vygotsky. Desenvolvidos por Joseph Novak e sua equipe em 1972, com base nos princípios formulados por Ausubel e Vygotsky. São ferramentas para representar e organizar conhecimento São ferramentas para representar e organizar conhecimento São empregados como: São empregados como: – Um recurso de auto aprendizagem – Um método de atribuição de significados – Uma estratégia de organização de conceitos – Uma representação visual gráfica do pensamento do autor São representados por redes formadas por: São representados por redes formadas por: – Nodos, representando conceitos, e – Arcos direcionados, representando as relações entre eles Mapas Conceituais 4

5 Mapa Conceitual Procura imitar a estrutura cognitiva do cérebro, que organiza o conjunto de conceitos de forma hierárquica representando o conhecimento e as experiências adquiridas por uma pessoa. Procura imitar a estrutura cognitiva do cérebro, que organiza o conjunto de conceitos de forma hierárquica representando o conhecimento e as experiências adquiridas por uma pessoa. São baseados na teoria construtivista, onde o aprendiz constrói o seu conhecimento, baseado em conceitos sistematizados, transformando-o em conhecimento significativo. São baseados na teoria construtivista, onde o aprendiz constrói o seu conhecimento, baseado em conceitos sistematizados, transformando-o em conhecimento significativo.

6 Mapa Conceitual O mapa conceitual deve obedecer aos princípios da aprendizagem significativa: diferenciação progressiva (separação de diferenças) e reconciliação integrativa (união de semelhanças). O mapa conceitual deve obedecer aos princípios da aprendizagem significativa: diferenciação progressiva (separação de diferenças) e reconciliação integrativa (união de semelhanças). O primeiro diz respeito aos conceitos serem apresentados do mais geral para o mais específico e o segundo leva ao levantamento de relações de semelhança e diferença entre os conceitos. O primeiro diz respeito aos conceitos serem apresentados do mais geral para o mais específico e o segundo leva ao levantamento de relações de semelhança e diferença entre os conceitos. Por isso os mapas conceituais devem ser montados respeitando a hierarquia dos termos para depois fazer as ligações entre eles. Por isso os mapas conceituais devem ser montados respeitando a hierarquia dos termos para depois fazer as ligações entre eles.

7 Mapa Conceitual Conceitos são identificados em retângulos e interligados por linhas ou setas identificadas por proposições. Tem-se então a ligação: conceito – relação – conceito. Conceito 1Conceito 2 ligação

8 Exemplo 1 ligam é composto de identifica tem a aparência de Conceitos Um mapa conceitual Uma rede de frases ligadas Relacionamentos

9 são usadas para delimitar a construção representam relações entre são requisitos para aparecem em em geral, são descritos por relacionam formam são representados por explicitam exigem Mapas Conceituais Conceitos Proposições Perguntas Caixas Substantivos Frases de ligação CONCEITO 1 FRASE DE LIGAÇÃO CONCEITO 2 Verbos Exemplo 2

10 Exemplo Mapas Conceituais 10

11 Mapas Conceituais para quê? Elaboração de roteiros de aprendizagem, Elaboração de roteiros de aprendizagem, Preparação de trabalhos escritos, aulas ou apresentações orais, Preparação de trabalhos escritos, aulas ou apresentações orais, Extração de significado de textos, Extração de significado de textos, Organização de estratégias de pesquisa, Organização de estratégias de pesquisa, Representação de ideias, Representação de ideias, Registro de brainstorms, discussões, debates, etc. Registro de brainstorms, discussões, debates, etc Mapas Conceituais 11

12 Exemplo 4 (Novak, 2006) 02 - Mapas Conceituais 12

13 Construção de Mapas Conceituais Definir a questão focal, Definir a questão focal, Definir os principais termos ou conceitos acerca do assunto, Definir os principais termos ou conceitos acerca do assunto, Identificar os conceitos mais gerais, os intermediários e os específicos, Identificar os conceitos mais gerais, os intermediários e os específicos, Iniciar a construção do mapa conceitual: Iniciar a construção do mapa conceitual: – Contornar os conceitos com um círculo (oval ou outra forma), – Contornar os conceitos com um círculo (oval ou outra forma), – Posicionar o conceito mais geral no topo, – Localizar os conceitos intermediários abaixo do geral e os específicos abaixo dos intermediários, – Localizar os conceitos intermediários abaixo do geral e os específicos abaixo dos intermediários, Estabelecer as linhas de relacionamento entre os conceitos, Estabelecer as linhas de relacionamento entre os conceitos, Rotular os relacionamentos para indicar como os conceitos estão conectados (proposições), Rotular os relacionamentos para indicar como os conceitos estão conectados (proposições), Revisar refinar e estender o mapa. Revisar refinar e estender o mapa Mapas Conceituais 13

14 Exemplo 5 (Novak e Cañas, 2008) 02 - Mapas Conceituais 14

15 Software para Mapas Conceituais CMap Tools CMap Tools The Brain The Brain No Baixaki No Baixaki No iSoftwareReviews reviews-ratings-and-voting/ No iSoftwareReviews reviews-ratings-and-voting/ reviews-ratings-and-voting/ reviews-ratings-and-voting/ 02 - Mapas Conceituais 15

16 Nossa escolha: CMap Tools 02 - Mapas Conceituais 16

17 CMap Tools É um programa extremamente poderoso para a elaboração de mapas conceituais.É um programa extremamente poderoso para a elaboração de mapas conceituais. É distribuído gratuitamente para fins educacionais pelo IHMC (Florida Institute for Human Machine Cognition). É distribuído gratuitamente para fins educacionais pelo IHMC (Florida Institute for Human Machine Cognition). Pode ser obtido para as plataformas mais utilizadas (Windows, Mac OS, Linux) em Pode ser obtido para as plataformas mais utilizadas (Windows, Mac OS, Linux) em

18 Trabalho Prático Em equipe, por PPG. Em equipe, por PPG. Escolher uma questão focal, interessante e original e possivelmente útil, vinculada ao PPG da equipe. Escolher uma questão focal, interessante e original e possivelmente útil, vinculada ao PPG da equipe. Justificar a escolha. Justificar a escolha. Desenvolver um mapa conceitual estruturado (3d) para organizar conhecimento acerca da questão escolhida. Desenvolver um mapa conceitual estruturado (3d) para organizar conhecimento acerca da questão escolhida. Preparar uma apresentação comentada de 10 minutos. Preparar uma apresentação comentada de 10 minutos Mapas Conceituais 18

19 Critérios de Avaliação Interesse coletivo e originalidade da questão focal escolhida pela equipe, Interesse coletivo e originalidade da questão focal escolhida pela equipe, Correção e coerência do mapa elaborado, Correção e coerência do mapa elaborado, Qualidade dos recursos adicionados ao mapa, Qualidade dos recursos adicionados ao mapa, Qualidade da apresentação. Qualidade da apresentação Mapas Conceituais 19

20 Começar agora! 02 - Mapas Conceituais20

21 Em Português BRAATHEN, Christian. O processo ensino aprendizagem em disciplinas básicas do terceiro grau. Revista Educação Tecnológica: Belo Horizonte: V.8, n.1, p.34-41, jan/jun NAGEM, Ronaldo L.; WIKROTA, Jordelina L. M.; OLIVEIRA, Nyelda R.. A educação, a ciência e a tecnologia: princípios a considerar. Revista Educação Tecnológica. Belo Horizonte: v.3, n.1, p. 5-6, jan./jun SOUZA, Renato Rocha. Uma experiência de uso de Mapas Conceituais para avaliação de conhecimentos. In: Anais do II Simpósio Mineiro de Sistemas de Informação – SMSI Belo Horizonte, MG, Referências Bibliográficas

22 Na Internet TAVARES, Romero. Construindo mapas conceituais. Disponível em: Acesso em: 04/04/ Site educacional na UFRGS A Wikipedia apresenta uma grande lista de referencias Referências Bibliográficas

23 Em Inglês (do próprio Novak) AUSUBEL, D. P.; NOVAK, J. D.; HANESIAN, H. Educational Psychology: A cognitive view. 2.ed. New York: Holt, Rinehart & Winston, NOVAK, Joseph D. Introduction to Concept Mapping. Disponível em: Acesso em 04/04/ NOVAK, Joseph D. The Theory Underlying Concept Maps and How To Construct Them. Disponível em: Acesso em 15/02/ NOVAK, Joseph D.; GOWIN, D. B.. Learning how to learn. New York: Cambridge University Press, NOVAK, J.D., (1991) Clarify with concept maps: A tool for students and teachers alike. Science Teacher,58(7) (Serials Q 181 S38) NOVAK, J.D., (1993) Abstraction in concept map and coupled outline knowledge representations. Science Teacher, 60(3) (Serials Q 181 S38) NOVAK, J.D., (1998) Learning, creating, and using knowledge concept maps as facilitative tools in schools and corporations. Available on NetLibrary. NetLibrary Referências Bibliográficas


Carregar ppt "Introdução à Modelagem Conceitual 2. Mapas Conceituais Luiz A M Palazzo Abril, 2011 Universidade Católica de Pelotas Centro Politécnico Laboratório de."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google