A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Análise de Interface Colaborativa para Softwares de Instanciação de Objetos 3D Ana Luiza Dias Orientador: Eduardo Barrére 2º Semestre 2006.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Análise de Interface Colaborativa para Softwares de Instanciação de Objetos 3D Ana Luiza Dias Orientador: Eduardo Barrére 2º Semestre 2006."— Transcrição da apresentação:

1 Análise de Interface Colaborativa para Softwares de Instanciação de Objetos 3D Ana Luiza Dias Orientador: Eduardo Barrére 2º Semestre 2006

2 2 Introdução Ferramenta Monousuário e Ferramenta Colaborativa Janelas CSCW Linguagem de Especificação da Mensagem do Design Software Colaborativo Implementado Trabalhos Futuros Conclusão Referências Bibliográficas Sumário

3 3 Introdução Motivação do Tema; Projeto Iniciação Científica: Ferramenta Multi- interface para Modelagem de Objetos 3D; Estágio: Análise de Interface Colaborativa. Objetivo: Tranformação do Sistema Monousuário em um Sistema de Groupware;

4 4 Ferramenta Monousuário A ferramenta fornece informações sobre cada ação ativada pelo usuário e a respectiva forma de interação utilizada. Esses dados servem, juntamente com outros testes realizados, para a análise das formas de interação mais utilizadas para cada tipo de ação realizada.

5 5

6 6 Ambiente Colaborativo O ambiente colaborativo (cooperativo) possibilita a confrontação de visões diferentes entre os integrantes de um grupo. Esse é um dos principais fatores que levam ao progresso intelectual de um usuário. Ou seja, a partir disso, pode ocorrer a reflexão, a construção ou "reconstrução" do próprio pensamento.

7 7 Ambiente Colaborativo: características Comunicação entre os membros do grupo. Compartilhamento de informações. Coordenação e controle de objetos. Compartilhamento do espaço de trabalho. Organização e entendimento do processo de trabalho.

8 8 Ferramenta Colaborativa Proposta Para a realização da transformação da Ferramenta Monousuário para a Ferramenta Colaborativa foram realizados vários estudos sobre as aplicações que seriam necessárias com a expansão da mesma. Após os estudos, foi elaborada uma Tabela Comparativa do que seria acrescido na Ferramenta Colaborativa proposta citada a seguir.

9 9 Tabela Comparativa (alguns recursos) Recurso de Interface Stand Alone Recursos de Interface CSCWRecursos de Interface Funciona lidades Bloqueio de Objetos xManipulação direta Seleção de MENU Edição de objetos xManipulação direta Seleção de MENU xManipulação direta Seleção de MENU Copiar, colar, recortar. ZoomxManipulação direta Seleção de MENU Exibição em campos xManipulação direta Seleção de MENU Exibição em campos Chatx Sala de conversação

10 10 Especificação Foram feitas as especificações das interfaces para a versão colaborativa, que contemplam: NOVO e ABRIR: foram alterados os processos de criação e abertura de cenários; MENU CSCW: Alterações do cenário, Anotações (cenário, pessoais), Cenários (atual, todos), Usuários (cenário, todos) e Chat

11 11 Especificação Para que os usuários possam abrir ou criar um novo cenário colaborativo, este precisará logar-se no sistema, através da validação de seu Login e Senha, adicionalmente com seu Nome e . Após estar logado ao sistema, o MENU CSCW torna-se disponível a ele, assim como o acesso de outros cenários colaborativos.

12 12 Especificação Permite ao usuário escolher a criação de um cenário local (criado localmente) ou um cenário colaborativo (criado no Servidor). Permite ao usuário abrir um cenário local ou um cenário colaborativo.

13 13 Janela CSCW : Alterações O usuário que criou o cenário pode alterar as propriedades básicas do mesmo (nome, descrição, status e anotações). Estas informações são utilizadas no processo de abertura e consulta do cenário e definem se o cenário encontra-se em modo de edição.

14 14 Janela CSCW : Anotações Pessoais O usuário navega nas suas anotações (mensagens) recebidas. Além de visualizar suas anotações, o usuário pode alterar o Status da mensagem como: lido, executado e não executado. Estas informações são utilizadas para a comunicação entre usuários sem a necessidade da utilização de Chat.

15 15 Janela CSCW : Anotações Gerais O usuário navega em todas as anotações existentes, mesmo que não seja destinada a ele. Estas informações são utilizadas para a integração entre os usuários através das anotações existentes, essa janela é apenas utilizada para leitura.

16 16 Janela CSCW : Listagem dos cenários O usuário navega na listagem de todos os cenários existentes. Durante essa navegação, o usuário pode visualizar o nome do cenário, seu status, e sua data de criação, respectivamente. Estas informações são utilizadas apenas para leitura do usuário e não podem ser alteradas.

17 17 LEMD - Linguagem de Especificação da Mensagem do Design Tem como objetivo principal a definição de quais mensagens devem ser transmitidas ao usuário, de acordo com o estado da aplicação. A LEMD diferencia diversos tipos de mensagens como metacomunicação direta (View), Interações básicas (Active, Enter, Select), etc; que serão utilizadas nas especificações realizadas a seguir.

18 18 Especificação na Janela Alterações utilizando a LEMD Application-Function Alterações Operands Nome do cenário, Descrição do cenário, Status do cenário, Anotações do cenário Pré-conditions Novo nome do cenário deve ser definido, Descrição do cenário pode ser alterada, Status do cenário pode ser escolhido, Anotações do cenário pode ser alterada Post-conditions Se opção confirmar, deve haver verifi- cação se os dados foram corretamente preenchidos e armazenar no BD, Se opção cancelar, deve fechar o FORM deixando então os dados de criação do cenário sem alterações Control Confirmar, Cancelar State Construção, Bloqueado, Finalizado

19 19 Especificação na Janela Alterações utilizando a LEMD Application-Function Alterações Operands Nome do cenário, Descrição do cenário, Status do cenário, Anotações do cenário Pré-conditions Novo nome do cenário deve ser definido, Descrição do cenário pode ser alterada, Status do cenário pode ser escolhido, Anotações do cenário pode ser alterada Post-conditions Se opção confirmar, deve haver verifi- cação se os dados foram corretamente preenchidos e armazenar no BD, Se opção cancelar, deve fechar o FORM deixando então os dados de criação do cenário sem alterações Control Confirmar, Cancelar State Construção, Bloqueado, Finalizado

20 20 Especificação na Janela Alterações utilizando a LEMD Application-Function Alterações Operands Nome do cenário, Descrição do cenário, Status do cenário, Anotações do cenário Pré-conditions Novo nome do cenário deve ser definido, Descrição do cenário pode ser alterada, Status do cenário pode ser escolhido, Anotações do cenário pode ser alterada Post-conditions Se opção confirmar, deve haver verifi- cação se os dados foram corretamente preenchidos e armazenar no BD, Se opção cancelar, deve fechar o FORM deixando então os dados de criação do cenário sem alterações Control Confirmar, Cancelar State Construção, Bloqueado, Finalizado

21 21 Especificação na Janela Alterações utilizando a LEMD Application-Function Alterações Operands Nome do cenário, Descrição do cenário, Status do cenário, Anotações do cenário Pré-conditions Novo nome do cenário deve ser definido, Descrição do cenário pode ser alterada, Status do cenário pode ser escolhido, Anotações do cenário pode ser alterada Post-conditions Se opção confirmar, deve haver verifi- cação se os dados foram corretamente preenchidos e armazenar no BD, Se opção cancelar, deve fechar o FORM deixando então os dados de criação do cenário sem alterações Control Confirmar, Cancelar State Construção, Bloqueado, Finalizado

22 22 Especificação na Janela Alterações utilizando a LEMD Command-Message Alterações for Application-Function Alterar Join{ Sequence{ Join{ Enter Information-of Nome Enter Information-of Descrição Combine{ Select Information-of Status do cenário} Enter Information-of Anotações} Select{ Activate Cancelar Application-Function Alterar Activate Confirmar Application-Function Alterar }}}

23 23 Especificação na Janela Alterações utilizando a LEMD Command-Message Alterações for Application-Function Alterar Join{ Sequence{ Join{ Enter Information-of Nome Enter Information-of Descrição Combine{ Select Information-of Status do cenário} Enter Information-of Anotações} Select{ Activate Cancelar Application-Function Alterar Activate Confirmar Application-Function Alterar }}}

24 24 Especificação na Janela Alterações utilizando a LEMD Command-Message Alterações for Application-Function Alterar Join{ Sequence{ Join{ Enter Information-of Nome Enter Information-of Descrição Combine{ Select Information-of Status do cenário} Enter Information-of Anotações} Select{ Activate Cancelar Application-Function Alterar Activate Confirmar Application-Function Alterar }}}

25 25 Especificação na Janela Listagem dos Cenários utilizando a LEMD Application-Function Listagem Cenários Operands Nome do cenário, Descrição do cenário, Criador do cenário, Data criação cenário, Data alteração cenário, Status do cenário, Anotações do cenário Post-conditions Se opção Voltar, deve voltar a listagem do cenário anterior, Se opção Abrir, deve abrir o Cenário selecionado através da Listagem Control Voltar, Abrir State Bloqueado, Construção, Finalizado

26 26 Especificação na Janela Listagem dos Cenários utilizando a LEMD Application-Function Listagem Cenários Operands Nome do cenário, Descrição do cenário, Criador do cenário, Data criação cenário, Data alteração cenário, Status do cenário, Anotações do cenário Post-conditions Se opção Voltar, deve voltar a listagem do cenário anterior, Se opção Abrir, deve abrir o Cenário selecionado através da Listagem Control Voltar, Abrir State Bloqueado, Construção, Finalizado

27 27 Especificação na Janela Listagem dos Cenários utilizando a LEMD Application-Function Listagem Cenários Operands Nome do cenário, Descrição do cenário, Criador do cenário, Data criação cenário, Data alteração cenário, Status do cenário, Anotações do cenário Post-conditions Se opção Voltar, deve voltar a listagem do cenário anterior, Se opção Abrir, deve abrir o Cenário selecionado através da Listagem Control Voltar, Abrir State Bloqueado, Construção, Finalizado

28 28 Especificação na Janela Alterações utilizando a LEMD Command-Message Listagem dos cenários for Application-Function Listagem dos cenários Join{ Sequence{ View Information-of Nome do cenario View Information-of Descrição do cenario View Information-of Criador do ceário View Information-of Data criação cenario View Information-of Data alteração cenário View Information-of Status do cenário View Information-of Anotações do cenário Select{ Activate Voltar Application-Function Listagem dos cenários Activate Abrir Application-Function Listagem dos cenários }}}

29 29 Especificação na Janela Alterações utilizando a LEMD Command-Message Listagem dos cenários for Application-Function Listagem dos cenários Join{ Sequence{ View Information-of Nome do cenario View Information-of Descrição do cenario View Information-of Criador do ceário View Information-of Data criação cenario View Information-of Data alteração cenário View Information-of Status do cenário View Information-of Anotações do cenário Select{ Activate Voltar Application-Function Listagem dos cenários Activate Abrir Application-Function Listagem dos cenários }}}

30 30

31 31 Trabalhos Futuros Como trabalhos futuros, têm-se a continuação de todo o trabalho realizado até aqui, através do Projeto de Iniciação Científica, intitulado: Ferramenta Cooperativa para Modelagem de Objetos 3D. Neste Projeto será realizada a integração de recursos multimídia (áudio e vídeo) como elementos cooperativos e alguns ajustes como a criação de uma área pessoal, que permitirá ao usuário possuir anotações, como lista de tarefas, agenda pessoal, além de uma área de arquivos pessoais.

32 32 Conclusão O Trabalho de diplomação foi desenvolvido conforme o planejado, sendo aplicado na Ferramenta todos os estudos realizados no Projeto FIP e no Estágio, além da especificação das interfaces e do acompanhamento da adaptação do sistema (Sistema Monousuário -> Sistema Colaborativo).

33 33 Referências Bibliográficas (DIAS, 2005) DIAS, A. L., OLIVEIRA JUNIOR, G. C. and BARRÉRE, E., "Interface para Softwares de Instanciação de Objetos 3D", XI Simpósio Brasileiro de Multimídia e Web - WebMedia, Poços de Caldas, Brasil, 2005, pp (JACOB. 2002) JACOB, L.J., NEDEL, L.P., FREITAS, C.M.D.S., Avaliação Experimental de Técnicas de Seleção e Manipulação em Ambientes Virtuais. Disponível em: Acesso em: 20 Outubro (LEITE, 1998) LEITE, J. C. Modelos e Formalismos para a Engenharia Semiótica de Interfaces de Usuário. Tese de Doutorado. Departamento de Informática. PUC-Rio, (SHNEIDERMAN, 1993) SHNEIDERMAN, B., Designing the User Interface: Strategies for Effective Human-Computer Interaction. Massachussets, Addison-Wesley Publishing Company, 1993


Carregar ppt "Análise de Interface Colaborativa para Softwares de Instanciação de Objetos 3D Ana Luiza Dias Orientador: Eduardo Barrére 2º Semestre 2006."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google