A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Capítulo 38 – A Era Vargas (1930-1945) 38.1 – Da Revolução de 1930 ao golpe do Estado Novo HISTÓRIA: DAS CAVERNAS AO TERCEIRO MILÊNIO Capítulo 38 – A Era.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Capítulo 38 – A Era Vargas (1930-1945) 38.1 – Da Revolução de 1930 ao golpe do Estado Novo HISTÓRIA: DAS CAVERNAS AO TERCEIRO MILÊNIO Capítulo 38 – A Era."— Transcrição da apresentação:

1 Capítulo 38 – A Era Vargas ( ) 38.1 – Da Revolução de 1930 ao golpe do Estado Novo HISTÓRIA: DAS CAVERNAS AO TERCEIRO MILÊNIO Capítulo 38 – A Era Vargas ( ) A Era Vargas ( ) Capítulo 38 HISTÓRIA: DAS CAVERNAS AO TERCEIRO MILÊNIO Aulas 38.1 – Da Revolução de 1930 ao golpe do Estado Novo 38.3 – O Estado Novo

2 Capítulo 38 – A Era Vargas ( ) 38.1 – Da Revolução de 1930 ao golpe do Estado Novo HISTÓRIA: DAS CAVERNAS AO TERCEIRO MILÊNIO Nas eleições de 1930, o presidente Washington Luís rompe com a política do café com leite e, em vez de apoiar o candidato de Minas Gerais, apoia Júlio Prestes, outro paulista. Políticos de Minas Gerais se unem ao Rio Grande do Sul, à Paraíba e à oposição de outros estados e formam a Aliança Liberal lançam a candidatura de Getúlio Vargas para presidente e do paraibano João Pessoa para vice-presidente – Da Revolução de 1930 ao golpe do Estado Novo A Revolução de 1930

3 Capítulo 38 – A Era Vargas ( ) 38.1 – Da Revolução de 1930 ao golpe do Estado Novo HISTÓRIA: DAS CAVERNAS AO TERCEIRO MILÊNIO A Revolução de 1930 Derrotada nas eleições, a Aliança Liberal, com o apoio do movimento tenentista, derruba o governo de Washington Luís levante conhecido como Revolução de A Revolução representou o fim da hegemonia política da oligarquia cafeeira paulista garantiu nova composição de forças políticas no Estado brasileiro: tenentes, burguesia industrial e financeira, representantes da classe média e trabalhadores urbanos.

4 Capítulo 38 – A Era Vargas ( ) 38.1 – Da Revolução de 1930 ao golpe do Estado Novo HISTÓRIA: DAS CAVERNAS AO TERCEIRO MILÊNIO O governo provisório de Vargas ( ) Dissolução do Legislativo nas instâncias federal, estadual e municipal Acúmulo dos poderes Executivo e Legislativo nas mãos de Vargas centralismo político Substituição dos antigos presidentes de estado por Interventores, muitos deles militares Criação do Ministério do Trabalho (1930)

5 Capítulo 38 – A Era Vargas ( ) 38.1 – Da Revolução de 1930 ao golpe do Estado Novo HISTÓRIA: DAS CAVERNAS AO TERCEIRO MILÊNIO São Paulo e o movimento constitucionalista de 1932 A nomeação de um interventor para o governo do estado de São Paulo agravou o descontentamento causado pela crise na economia cafeeira. O Partido Democrático de São Paulo, aliado ao Partido Republicano Paulista, exige o fim do Governo Provisório e a convocação de uma Assembleia Constituinte. Confrontos de rua entre manifestantes e a polícia no dia 23 de maio de 1932 ocasionaram a morte de quatro estudantes (MMDC).

6 Capítulo 38 – A Era Vargas ( ) 38.1 – Da Revolução de 1930 ao golpe do Estado Novo HISTÓRIA: DAS CAVERNAS AO TERCEIRO MILÊNIO São Paulo e o movimento constitucionalista de 1932 Inicia-se a revolta, em 9 de julho de 1932, que dura três meses vários trabalhadores são recrutados para lutar contra as tropas governistas. A revolta é contida em outubro de 1932 com a derrota militar de São Paulo, Vargas convoca a Assembleia Constituinte.

7 Capítulo 38 – A Era Vargas ( ) 38.1 – Da Revolução de 1930 ao golpe do Estado Novo HISTÓRIA: DAS CAVERNAS AO TERCEIRO MILÊNIO Soldados paulistas prepararam granada durante o movimento constitucionalista de ACERVO ICONOGRAPHIA São Paulo e o movimento constitucionalista de 1932

8 Capítulo 38 – A Era Vargas ( ) 38.1 – Da Revolução de 1930 ao golpe do Estado Novo HISTÓRIA: DAS CAVERNAS AO TERCEIRO MILÊNIO O Governo Constitucional de Vargas ( ) Foi promulgada uma nova Constituição, que mesclava características liberais, autoritárias e corporativas (16 de julho de 1934) O governo constitucional de Vargas ( ) Manutenção dos três poderes (Executivo, Legislativo e Judiciário), com a extinção do cargo de vice-presidente e o fortalecimento do Executivo Reconheceu direitos trabalhistas: salário mínimo, jornada diária de 8 horas de trabalho, férias anuais remuneradas etc. Estabeleceu o ensino primário gratuito e obrigatório Criação da Justiça Eleitoral para combater a fraude nas eleições Definiu o mandato presidencial de quatro anos e garantiu o voto direto e secreto a todos os brasileiros com mais de 18 anos, com exceção dos analfabetos, mendigos, soldados e padres

9 Capítulo 38 – A Era Vargas ( ) 38.1 – Da Revolução de 1930 ao golpe do Estado Novo HISTÓRIA: DAS CAVERNAS AO TERCEIRO MILÊNIO Fascistas e comunistas na Era Vargas Ação Integralista Brasileira (AIB) Era liderada por Plínio Salgado. Tinha ideal fascista. Defendia uma ditadura de partido único apoiada pelo grande capital rural e urbano, forças armadas e Igreja Católica. Aliança Nacional Libertadora (ANL) Era liderada por Luís Carlos Prestes. Tinha apoio dos operários, da classe média, dos intelectuais e de parte do movimento tenentista. Condenava o fascismo, o imperialismo e a concentração fundiária do país. Foi colocada na ilegalidade pela Lei de Segurança Nacional de 1935.

10 Capítulo 38 – A Era Vargas ( ) 38.1 – Da Revolução de 1930 ao golpe do Estado Novo HISTÓRIA: DAS CAVERNAS AO TERCEIRO MILÊNIO Fascistas e comunistas na Era Vargas Integrantes da ANL de Natal, Recife e Rio de Janeiro promovem um levante contra o governo de Vargas, que ficou conhecido pejorativamente como a Intentona Comunista. O governo federal reprime violentamente o movimento.

11 Capítulo 38 – A Era Vargas ( ) 38.3 – O Estado Novo HISTÓRIA: DAS CAVERNAS AO TERCEIRO MILÊNIO Setembro de 1937 divulgação da existência de um plano comunista contra Vargas, o Plano Cohen, com a suposta identidade de um militante judeu comunista. O documento forjado serviu de pretexto para Vargas dar um golpe de Estado em novembro de 1937 e estabelecer o Estado Novo início da ditadura varguista. Medidas adotadas pelo novo regime: Dissolução do Congresso Nacional. Uma nova Constituição é outorgada ao país, concentrando amplos poderes nas mãos do Executivo. Estabelece a pena de morte e suspende os direitos individuais. Elimina o direito de greve, fecha os partidos políticos e subordina os poderes Legislativo e Judiciário ao Executivo – O Estado Novo O golpe de Estado em 1937

12 Capítulo 38 – A Era Vargas ( ) 38.3 – O Estado Novo HISTÓRIA: DAS CAVERNAS AO TERCEIRO MILÊNIO Estrutura do Estado Novo Vargas cria uma nova estrutura estatal para fortalecer o regime: Departamento Administrativo do Serviço Público (Dasp): criado para melhorar a eficiência do serviço público. Departamento de Imprensa e Propaganda (DIP): cuidava da propaganda do governo, censurava e controlava os meios de comunicação. Departamento de Ordem Política e Social (Dops): criado com o objetivo de combater e reprimir os opositores.

13 Capítulo 38 – A Era Vargas ( ) 38.3 – O Estado Novo HISTÓRIA: DAS CAVERNAS AO TERCEIRO MILÊNIO O Brasil viveu uma intensa vida cultural no governo Vargas: Criação da Hora do Brasil, programa radiofônico oficial transmitido diariamente. Programas de auditório, musicais e novelas no rádio. Instituto Nacional do Cinema Educativo (INC): exigia a apresentação de pelo menos um filme nacional por ano nas salas de cinema. Valorização de obras de arte e da literatura com temáticas nacionais. Cultura no Estado Novo

14 Capítulo 38 – A Era Vargas ( ) 38.3 – O Estado Novo HISTÓRIA: DAS CAVERNAS AO TERCEIRO MILÊNIO O Brasil e a Segunda Guerra Mundial O Brasil se mantém neutro no início da guerra o objetivo da neutralidade era obter recursos para a construção de indústrias de base no Brasil. 1941: os Estados Unidos financiam a construção da siderúrgica de Volta Redonda. Em 1942, submarinos, supostamente alemães, afundam navios brasileiros. Brasil entra no conflito e envia homens da Força Expedicionária Brasileira (FEB) e da Força Aérea Brasileira (FAB) para combater na Itália. Instalação de bases militares dos aliados em Belém, Natal, Salvador e Recife. Vitórias da FEB e FAB no norte da Itália, com 451 mortes.

15 Capítulo 38 – A Era Vargas ( ) 38.3 – O Estado Novo HISTÓRIA: DAS CAVERNAS AO TERCEIRO MILÊNIO O fim do Estado Novo A vitória aliada na guerra e a derrota nazifascista impulsionaram a luta pela democracia no Brasil. As pressões por democracia levam o governo a autorizar a formação de partidos políticos: PTB (Partido Trabalhista Brasileiro), PSD (Partido Social Democrático), UDN (União Democrática Nacional) e PCB (Partido Comunista do Brasil), que saiu da clandestinidade. Surge o movimento queremista, que defendia a manutenção de Vargas no poder.

16 Capítulo 38 – A Era Vargas ( ) 38.3 – O Estado Novo HISTÓRIA: DAS CAVERNAS AO TERCEIRO MILÊNIO O fim do Estado Novo Pressionado pela oposição e pelos militares, Vargas renuncia em outubro de Dezembro de 1945: nas eleições gerais, o candidato Eurico Gaspar Dutra, da coligação PSD-PTB, é eleito presidente da república.

17 HISTÓRIA: DAS CAVERNAS AO TERCEIRO MILÊNIO ANOTAÇÕES EM AULA Coordenação editorial: Maria Raquel Apolinário, Eduardo Augusto Guimarães e Ana Claudia Fernandes Elaboração: Leandro Torelli e Gabriel Bandouk Edição de texto: Maria Raquel Apolinário, Vanderlei Orso e Gabriela Alves Preparação de texto: Mitsue Morrisawa Coordenação de produção: Maria José Tanbellini Iconografia: Aline Reis Chiarelli, Leonardo de Sousa Klein e Daniela Baraúna EDITORA MODERNA Diretoria de Tecnologia Educacional Editora executiva: Kelly Mayumi Ishida Coordenadora editorial: Ivonete Lucirio Editoras: Jaqueline Ogliari e Natália Coltri Fernandes Assistentes editoriais: Ciça Japiassu Reis e Renata Michelin Editor de arte: Fabio Ventura Editor assistente de arte: Eduardo Bertolini Assistentes de arte: Ana Maria Totaro, Camila Castro, Guilherme Kroll e Valdeí Prazeres Revisores: Antonio Carlos Marques, Diego Rezende e Ramiro Morais Torres © Reprodução proibida. Art. 184 do Código Penal e Lei de 19 de fevereiro de Todos os direitos reservados. EDITORA MODERNA Rua Padre Adelino, 758 – Belenzinho São Paulo – SP – Brasil – CEP: Vendas e atendimento: Tel. (0__11) Fax (0__11)


Carregar ppt "Capítulo 38 – A Era Vargas (1930-1945) 38.1 – Da Revolução de 1930 ao golpe do Estado Novo HISTÓRIA: DAS CAVERNAS AO TERCEIRO MILÊNIO Capítulo 38 – A Era."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google