A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

PUCC 1 Agenda Feiticeiros e Aprendizes As ciências naturais ERA DOS EXTREMOS O breve século XX – 1914-1991 Eric Hobsbawm.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "PUCC 1 Agenda Feiticeiros e Aprendizes As ciências naturais ERA DOS EXTREMOS O breve século XX – 1914-1991 Eric Hobsbawm."— Transcrição da apresentação:

1 PUCC 1 Agenda Feiticeiros e Aprendizes As ciências naturais ERA DOS EXTREMOS O breve século XX – Eric Hobsbawm

2 PUCC 2 Feiticeiros e Aprendizes Eric Hobsbawm 1910 –Cientistas (físicos e químicos) alemães e ingleses – 8 mil 1990 –Cientistas, engenheiros, pessoal ligado à Pesquisa e Desenvolvimento – 5 milhões 1 milhão EUA > 1 milhão Europa > 1 milhão URSS

3 PUCC 3 Feiticeiros e Aprendizes Eric Hobsbawm Ponta do Iceberg –Mão de Obra Científica Tecnológica Potencial. –Revolução Educacional da segunda metade do século. Porta de Entrada –Tese de Doutorado –Países avançados: 130 a 140 teses/ano/milhão de habitantes

4 PUCC 4 Feiticeiros e Aprendizes Eric Hobsbawm Financiamento –Mesmo nos países capitalistas era público. –Somas astronômicas eram investidas –A grande ciência estava fora do alcance de qualquer país individualmente, a exceção dos EUA.

5 PUCC 5 Feiticeiros e Aprendizes Eric Hobsbawm Novidade: –Apesar de 90% dos artigos científicos serem publicados em inglês, russo, francês e alemão, a ciência eurocêntrica se encerrou no século XX. –O facismo foi o principal indutor da transferência do centro de gravidade para os EUA

6 PUCC 6 Feiticeiros e Aprendizes Eric Hobsbawm Novidade: –Outros países de colonização européia se estabeleceram como centro de pesquisa independentes, Canadá e Austrália. –Na América Latina a Argentina. –Impressionante foi o movimento no leste asiático e subcontinente indiano.

7 PUCC 7 Feiticeiros e Aprendizes Eric Hobsbawm Novidade: –Antes do final da Segunda guerra dó um asiático tinha ganho o Prêmio Nobel. –Depois de 1946, 10 pesquisadores, japoneses, indianos e paquistaneses. –Ainda assim, esses números subestimam a ascensão da ciência no continente.

8 PUCC 8 Feiticeiros e Aprendizes Eric Hobsbawm Sem novidades: –Contudo havia partes do mundo que geravam visivelmente poucos cientistas tanto em termos absolutos quanto relativos: América Latina e África. –1/3 dos laureados asiáticos não aparece representando o seu país de origem mas como americanos. (27 dos 77 premiados americanos são imigrantes de primeira geração).

9 PUCC 9 Feiticeiros e Aprendizes Eric Hobsbawm O fato das ciências naturais falarem uma única língua universal e operarem sobre uma única metodologia ajudou a concentrar os seus estudos em poucos centros com recursos adequados ao seu desenvolvimento – Estados ricos altamente desenvolvidos. Décadas de 70 e 80, ¾ do investimento em P&D mundial foram realizados por países capitalistas desenvolvidos enquanto os países em desenvolvimento gastaram entre 2 e 3%

10 PUCC 10 Feiticeiros e Aprendizes Eric Hobsbawm Concentração de Cérebros: –Recursos –Motivações Políticas –alguém com quem conversar. Internamente aos países ricos –Décadas de 50 e 60 metade dos doutorados dos EUA vinham das quinze universidades mais pretigiosas.

11 PUCC 11 Feiticeiros e Aprendizes Eric Hobsbawm Ciência Avançada: –Conhecimento que não pode ser adquirido pela experiência diária, nem praticada ou mesmo compreendida sem muitos anos de escola. –Tinha poucas aplicações práticas até o final do século XIX e boa parte do século XX

12 PUCC 12 Feiticeiros e Aprendizes Eric Hobsbawm Mudanças: –A tecnologia com base em avançadas teoria e pesquisa científica, dominou o boom econômico da segunda metade do século XX. –O problema dessas tecnologias é que estavam tão distantes do mundo do cidadão que pouquíssimos no mundo poderiam captar inicialmente que possuíam implicações práticas.

13 PUCC 13 Feiticeiros e Aprendizes Eric Hobsbawm 1939 – Otto Hahn –Fissão Nuclear –não teria aplicações práticas na paz ou na guerra 1935 – Alan Turing –Computador Crick e Watson –DNA – Dupla hélice

14 PUCC 14 Feiticeiros e Aprendizes Eric Hobsbawm Preocupação com a prática –Transistores: 1948 subprodutos de estudos da física do estado sólido. –Lasers: 1960 – não vieram de estudos ópticos mas do trabalho de vibração de moléculas. –Supercondutores: 1978 elementos capazes de transmitir energia praticamente sem perdas.

15 PUCC 15 Feiticeiros e Aprendizes Eric Hobsbawm Descoberta: –A experiência de pesquisa em tempo de guerra demonstrou que uma esmagadora concentração de recursos podia resolver os mais difíceis problemas tecnológicos num tempo improvavelmente curto. –Pioneirismo tecnológico: para fins bélicos ou de prestígio nacional – independente dos custos.

16 PUCC 16 Feiticeiros e Aprendizes Eric Hobsbawm Em essência, hoje está claro que a Alemanha nazista não conseguiu fazer uma bomba nuclear não porque os cientistas alemães não soubessem fazê- la, ou não tentassem, com diferentes graus de relutância..... Eles abandonaram a tentativa e passaram para o que parecia uma concentração mais efetiva de em termos de custos, os foguetes...

17 PUCC 17 Feiticeiros e Aprendizes Eric Hobsbawm Investimento: –US$ 2 bi (valores no tempo de guerra) necessários para construir a bomba atômica durante a guerra. –Antes de 1940 nenhum estado, mesmo que tivesse recurso sobrando, sonharia em gastar uma pequena fração desse valor num projeto especulativo, baseado em cálculos incompreensíveis.

18 PUCC 18 Feiticeiros e Aprendizes Eric Hobsbawm Bomba Nuclear –Torna consciência comum da capacidade de certas atividades humanas produzirem efeitos sobre os humanos. –Antifacismo: guerra entre Estados não levaria os físicos necleares a exortar os governos britânico e americano a construir a bomba. –Cientistas que participaram do projeto tentam dissuadir políticos e generais do uso

19 PUCC 19 Feiticeiros e Aprendizes Eric Hobsbawm Desconfiança e medo da Ciência –A ciência é incompreensível –Pode ter conseqüências práticas e morais imprevisíveis até catastróficas –Acentua o desamparo do indivíduo –Solapa a autoridade –Interfere na ordem natural das coisas

20 PUCC 20 Feiticeiros e Aprendizes Eric Hobsbawm Reação –Contra o seu senso de impotência – coisas que a ciência não pode explicar –OVNIs –Num mundo desconhecido e incognoscível, todos estariam igualmente impotentes.

21 PUCC 21 Feiticeiros e Aprendizes Eric Hobsbawm Patrocínio: –Governos e grandes empresas estimulou uma raça de pesquisadores que tinham a política de seus pagadores como ponto pacífico não pensando nas implicações mais amplas de seus trabalhos, sobretudo quando estes eram militares. –Em 1940 homens e mulheres se angustiavam com a questão do tipo de trabalho – química e biologia.

22 PUCC 22 Feiticeiros e Aprendizes Eric Hobsbawm Misturas com a política –No regime soviético, os cientistas eram essenciais, mais do que suas contrapartes do Ocidente, pois somente eles possibilitavam a uma economia, fora isso atrasada, enfrentar os EUA como superpotência. –Nazismo Alemão

23 PUCC 23 Feiticeiros e Aprendizes Eric Hobsbawm Década 70 –Torna-se evidente que não se pode divorciar a pesquisa das conseqüências sociais das tecnologias que ela, quase imediatamente, gerava. –Engenharia genética suscitou a questão imediata que se deviam considerar limitações à pesquisa científica. –Interesses financeiros na biotecnologia –A ciência deve buscar a verdade onde quer que ele esteja?

24 PUCC 24 Feiticeiros e Aprendizes Eric Hobsbawm Condição e conseqüência –Impossibilidade de separação –A pesquisa como hoje organizada não era capaz de lidar com os seus poderes de transformação da Terra. –Os argumentos em favor da investigação ilimitada referem-se à pesquisa científica e não à tecnológica.

25 PUCC 25 E Hoje em dia?? Faça comentários sobre a década de 90 e começo dos anos 2000 a respeito da utilização de tecnologia. Na sua área quais as tecnologias de maior poder em sua opinião.


Carregar ppt "PUCC 1 Agenda Feiticeiros e Aprendizes As ciências naturais ERA DOS EXTREMOS O breve século XX – 1914-1991 Eric Hobsbawm."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google