A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

ENGENHARIA AMBIENTAL TRATAMENTO EFLUENTES LÍQUIDOS INDUSTRIAIS Ana Cláudia Mendes de Seixas.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "ENGENHARIA AMBIENTAL TRATAMENTO EFLUENTES LÍQUIDOS INDUSTRIAIS Ana Cláudia Mendes de Seixas."— Transcrição da apresentação:

1 ENGENHARIA AMBIENTAL TRATAMENTO EFLUENTES LÍQUIDOS INDUSTRIAIS Ana Cláudia Mendes de Seixas

2 Objetivo Geral Orientar os discentes sobre a relação dos efluentes líquidos industriais e o processo industrial inerente a sua geração, trazendo o conhecimento de alternativas e concepções de tecnologias de tratamento e de reuso das águas. Engenharia Ambiental

3 Ementa A poluição industrial e o meio ambiente. Efeitos do lançamento de despejos líquidos industriais nos corpos dágua. Processos de tratamento de águas residuárias industriais. Caracterização dos efluentes líquidos industriais. Padrões de lançamento. Legislação. Engenharia Ambiental

4 Conteúdo da Disciplina A poluição industrial e o meio ambiente: Aspectos legais; Efeitos do lançamento de efluentes industriais nos corpos dágua receptores; Capacidade de assimilação do meio ambiente; Caracterização dos efluentes líquidos industriais: Atividades de apoio ao projeto de sistema de tratamento; caracterização quantitativa dos efluentes; Engenharia Ambiental

5 Conteúdo da Disciplina Segregação de despejos; medição de vazão; caracterização qualitativa dos efluentes; Produção de resíduos líquidos; Programas de amostragem e coleta; Ensaios laboratoriais; Interpretação de resultados; Processos e Operações de tratamento: Operações Físicas Unitárias; Processos químicos unitários; Processos Biológicos Unitários; Controle Operacional de Sistema de Tratamento. Engenharia Ambiental

6 Programa da Disciplina Parte I – Apresentação e Referências 1.1 Apresentação do Curso: Critério de Avaliação, Bibliografia adotada, Dinâmica em sala de aula 1.2 Termos e Conceitos 1.3 Ecoeficiência, Produção + Limpa e Reuso 1.4 Poluição Industrial e o Meio Ambiente Engenharia Ambiental

7 Programa da Disciplina Parte II – Introdução à qualidade das águas e ao tratamento de efluentes e princípios básicos 2.1. Caracterização Qualitativa dos Efluentes Líquidos Industriais 2.2. Caracterização Quantitativa dos Efluentes Líquidos Industriais 2.3. Legislação Aplicável 2.4. Normas Aplicáveis 2.5 Reuso de Água e de Efluentes Engenharia Ambiental

8 Programa da Disciplina Parte III – Princípios e Concepções de Tratamento de Efluentes Líquidos e Industriais 3.1 Processos Físicos, Físico-Químicos 3.2 Processos Biológicos 3.3 Processos Avançados e Alternativos Parte IV – Operação e Disposição Final do Lodo 4.1 Operação de Sistemas e Automação 4.2 Tratamento e Disposição Final de Lodo Engenharia Ambiental

9 MÉTODOS DE ENSINO O curso de Tratamento de Efluentes Líquidos e Industriais será ministrado em Power Point e/ou em transparências onde será abordado o conteúdo programático e o programa da disciplina proposta pela Faculdade de Engenharia Ambiental do CEATEC/PUC- Campinas. Além da abordagem das definições, conceitos, origem, classificação, composição, produção e geração nos diversos segmentos da sociedade, as aulas serão ministradas com exemplos práticos de estudos, relatórios, planos e estudos de casos de empreendimentos na questão. Engenharia Ambiental

10 MÉTODOS DE ENSINO A legislação ambiental e normatização (Normas da ABNT) específicas serão também contempladas tendo como base a legislação federal e estadual de meio ambiente. Deverá ser planejado uma visita técnica para conhecimento operacional de um Sistema de Tratamento de Efluentes Líquidos Industriais. Para tanto, necessitará da alocação de ônibus para os discentes e docentes envolvidos. Engenharia Ambiental

11 AVALIAÇÃO A avaliação será realizada através de três provas escritas e trabalhos realizados durante o semestre. A média final será: Af = (A 1 x 0,40 + A 2 x 0,40 + A 3 x 0,20) onde: Af = Avaliação final A1 = Avaliação Individual A2 = Apresentação do Trabalho (Dimensionamento Industria) A3 = Participação Sala Engenharia Ambiental

12 REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS ABES-SP; Reúso da Água. Série Cadernos de Engenharia Sanitária e Ambiental: Associação Brasileira de Engenharia Sanitária – Secção São Paulo e Reúso da Água. Revista DAE. 1992;167: CAVALCANTI, J.E.W.A.; BRAILE, P.M.: Manual de Tratamento de Águas Residuárias Industriais – CETESB, 18 a edição, MANCUSO, P.C.S; DOS SANTOS, H. F. et. alli. Reúso de Água. 1 ed. Barueri,SP: Manole, METCALF & EDDY. Wastewater Engineering: treatment disposal reuse. 3 ed. New York: Mc Graw-Hill, p Engenharia Ambiental

13 REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS MONTEIRO, C.E.: Poluição das Águas: Autodepuração dos Corpos DÁgua – Curso Cetesb; SARMENTO, R.; et al. : Determinação da Capacidade de Assimilação dos Corpos de Água para a Disposição Final dos Efluentes Domésticos e Industriais 19º Congresso Brasileiro de Engenharia Sanitária e Ambiental – ABES – Associação Brasileira de Engenharia Sanitária e Ambiental, Setembro de 1997; SÉRIE DOCUMENTOS: Legislação Estadual de Controle de Poluição Ambiental do Estado de São Paulo CETESB, Dezembro, (Lei Estadual 997/1976 e Decreto-Lei 8.468/1976). Engenharia Ambiental


Carregar ppt "ENGENHARIA AMBIENTAL TRATAMENTO EFLUENTES LÍQUIDOS INDUSTRIAIS Ana Cláudia Mendes de Seixas."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google