A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Gestão Estratégica com o Foco no Sistema e Serviços Públicos.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Gestão Estratégica com o Foco no Sistema e Serviços Públicos."— Transcrição da apresentação:

1 Gestão Estratégica com o Foco no Sistema e Serviços Públicos

2 Mini - Currículo Prof. M. Sc. Adm. Orlando Barbosa Rodrigues – Administrador, com especialização em Administração de RH e Mestre em Ciências da Educação; Coordenador do MBA em Gestão Empresarial e Estratégia de Negócios; Economiario; Consultor; Palestrante; Autor de livros e artigos sobre Administração.

3 Objetivo: Proporcionar aos participantes uma compreensão dos aspectos relacionados à tomada de decisão, dentro de um ambiente de mudanças, com foco em Gestão Estratégica no Sistema e Serviços Públicos

4 METODOLOGIA Exposição dialogada Atividades em grupo Debates Avaliação final

5 CENÁRIOS ATUAIS Crise econômica internacional; Mercados virtuais; Inovações tecnológicas; Diversidade; Necessidade de aprimoramento contínuo.

6 DESAFIOS Planejamento de longo prazo; Foco em resultado; Diferenciação; Estratégia competitiva; Aprendizagem Contínua.

7 O conjunto das mudanças implica em um novo modo de pensar a administração exigindo das pessoas uma visão mais ampla e mais aberta em relação ao mercado, assim como uma mudança de perfil.

8 A importância do líder A liderança é originária das qualidades pessoais do líder (versão tradicional em que a importância do líder é superestimada). O líder é mais necessário em situações instáveis. Líderes são agentes de mudanças e devem ser capazes de inspirar coragem a seus seguidores.

9 Análise swot Forças (Strengths), Fraquezas (Weaknesses), Oportunidades (Opportunities) e Ameaças (Threats).

10 Cabe aos agentes de mudança: Criar na organização um clima que seja favorável e voltado para a solução de problemas; Servir de suplemento à autoridade vinculada à função, valendo-se da autoridade de conhecimento e competência; Desenvolver a confiança entre as pessoas e grupos; entre outros

11 Comprometimento: Uma discussão conceitual Atividades diferentes em organizações podem resultar em naturezas diferentes de comprometimento; A idéia de comprometimento genérico é inconsistente com a realidade, tendo em vista a complexidade das organizações e as diferentes aspirações de indivíduos e grupos; Comprometimento verdadeiro é algo pouco observado nas organizações; Na maior parte das vezes o que se observa é a aceitação.

12 O comprometimento pressupõe um sentimento de total responsabilidade no atingimento das metas e objetivos, transformando-os em realidade, por meio da criatividade e inovação.

13 O que é Gestão de processos?

14 Conjunto estruturado de atividades seqüênciais que apresentam relação lógica entre si, com a finalidade de atender e, preferencialmente, suplantar as necessidades e as expectativas dos clientes externos e internos da empresa.

15 Processo: É o conjunto de recursos e atividades interrelacionadas, que transformam no tempo, insumos em produtos ou serviços; É uma série de etapas com valor agregado que converte uma entrada(fornecida por um fornecedor ) em uma saída (fornecida a um cliente).

16

17 A administração de processos consiste em administrar as funções permanentes como elos de uma corrente e não como departamentos isolados uns dos outros.

18 A principal finalidade da administração de processos é a orientação para a eficiência dos processos principais, com objetivos específicos de desempenho, como o atendimento de um pedido no menor tempo possível.

19 No modelo de administração por processos, os departamentos não são destruídos. A mudança consiste em implantar uma forma diferente de administrá-los.

20 Para entender o processo é indispensável fazer um completo levantamento de tudo o que acontece em suas diversas atividades e tarefas. Um bom levantamento deve ser realizado pela equipe responsável junto aos usuários diretamente envolvidos com a realização do trabalho.

21 Repensando a Estratégia A estratégia organizacional refere-se ao comportamento global e integrado da empresa em relação ao ambiente que a circunda. É definida pelo nível institucional da organização; É projetada a longo prazo e define o futuro e o destino da organização; Envolve a organização como uma totalidade; É um mecanismo de aprendizagem organizacional.

22 Também pode-se definir estratégia como: Conjunto de objetivos e políticas importantes; Conjunto de decisões que determinam o comportamento a ser exigido em determinado período de tempo; Manutenção do sistema empresarial em funcionamento de forma vantajosa; Ação formulada para alcançar os desafios e objetivos estabelecidos.

23 Motivação e empowerment Motivação: Causas ou motivos que produzem determinado comportamento; Energia ou força que movimenta o comportamento; EstímuloPessoa Objetivo

24 Todo comportamento é motivado e orientado para a realização de algum objetivo; O objetivo é o resultado a ser alcançado por determinado comportamento; A não realização de um objetivo implica em sentimentos de frustração, conflito, ansiedade.

25 Empowerment: Fortalecimento do poder decisório dos indivíduos na organização; Criação de poder de decisão para os indivíduos; A organização necessita de indivíduos responsáveis por suas ações e decisões; Os indivíduos devem estar comprometidos com os objetivos traçados.

26 Não se deve confundir empowerment com uma simples delegação de tarefa baseada em um estilo tradicional de gestão.

27 Não se deve esperar que os indivíduos desejem o empoderamento.

28 O empowerment deve ser construído e compartilhado por meio da cooperação.

29 Empoderar é, sobretudo, entender a equipe como força e com poder para agir, mudar e transformar.

30 ADMINISTRANDO INTERESSES DIVERGENTES (A GESTÃO DE CONFLITOS) Existem cinco abordagens gerais para a administração de interesses divergentes: Competição, acomodação, abstenção, colaboração, transigência.

31 Competição Significa sobrepujar as outras partes no conflito promovendo os próprios interesses às custas dos interesses dos outros; Acomodação As diferenças são aplainadas para manter a harmonia superficial; Abstenção Recusa em assumir um papel ativo nos procedimentos de resolução de conflito;

32 Colaboração As partes tentam satisfazer a todos mediante a consideração das diferenças e a busca de soluções que resultem em ganho para todos os interessados; Transigência Busca-se a satisfação parcial de todos mediante troca e sacrifício, buscando o aceitável ao invés do ótimo.

33 O acerto dessas abordagens depende da situação que envolve o conflito e disponibilidade de tempo para um acordo negociado.

34 ATIVIDADE PRÁTICA ORIENTAÇÕES: Com base no conteúdo da aula, vídeo e textos disponibilizados escreva um texto com Introdução, Desenvolvimento e Conclusão discorrendo sobre seu entendimento em relação à gestão estratégica com foco no sistema e serviço público É permitida pesquisa e consulta a outras publicações e internet.

35 Obrigado. Prof.Ms. Orlando Rodrigues


Carregar ppt "Gestão Estratégica com o Foco no Sistema e Serviços Públicos."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google