A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

CONCORDÂNCIA NOMINAL. Concordância Nominal É a concordância, em gênero e número, entre o substantivo e seus determinantes: pronome, artigo, numeral, particípio.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "CONCORDÂNCIA NOMINAL. Concordância Nominal É a concordância, em gênero e número, entre o substantivo e seus determinantes: pronome, artigo, numeral, particípio."— Transcrição da apresentação:

1 CONCORDÂNCIA NOMINAL

2 Concordância Nominal É a concordância, em gênero e número, entre o substantivo e seus determinantes: pronome, artigo, numeral, particípio e adjetivo.

3

4

5 ADJETIVOS POSPOSTOS 1 – Se eu disser que comprei abacate e melão maduro, estarei certo? Estará absolutamente certo.

6 Regra 1 : Quando o adjetivo modifica dois ou mais substantivos do mesmo número (abacate e melão estão no singular), independentemente do gênero de ambos, pode concordar com o substantivo mais próximo.

7 2 – Mas não posso usar o adjetivo no plural ? Sim. Comprei abacate e melão maduros.

8 Regra 2: Quando o adjetivo modifica dois ou mais substantivos do mesmo número (abacate e melão estão no singular), pode concordar com ambos.

9 Regra 3: Quando os substantivos são de gêneros diferentes, o masculino prevalece. Comprou no supermercado melão e pêra estragados.

10 Regra 4: Se o adjetivo só puder referir-se ao último substantivo, porque o sentido assim exige, só com ele se fará a concordância. Comprei livros e pêra madura.

11

12 Nesse caso a concordância obrigatória é com o substantivo mais próximo, independente do gênero. Comprei maduro abacate e melão. ADJETIVOS ANTEPOSTOS

13

14 CASOS ESPECIAIS

15 1.Dizer Já vi bastante novidades, mas essa eu não sabia. Está correto ? Não, pois nesse caso bastante modifica o substantivo novidades sendo, portanto, um adjetivo, variando normalmente.

16 Conheci bastantes pessoas na festa. Comemos e dormimos bastante. Dica! Anote aí!

17 2. Posso dizer: Seguem anexo minhas fotos. ? A palavra anexo deve concordar com o substantivo a que se refere. NÃO.

18 Portanto: As fotos seguem anexas.

19 3. O mesmo ocorre com o adjetivo Incluso As despesas estão inclusas no preço das revistas.

20 4. É correto dizer: Hoje ela veio com menas roupa. ? todas De forma alguma. A palavra menas não existe. Devemos, então, em todas as situações usar menos. Agora eu estou menos preocupada.

21 5. E como usar as expressões é preciso e é necessário ? Tais expressões são sempre invariáveis quando ocultam, após o adjetivo, um verbo.

22 É preciso muita atenção. É preciso (ter) muita atenção. É necessário muitos exercícios para aprender isso. É necessário (haver) muitos exercícios para aprender isso.

23

24 6. E a expressão é bom? Somente será uma expressão variável se sucedida de um artigo. Caso contrário permanecerá invariável.

25 É bom ter amigos. Água é bom. A água é boa.

26 O adjetivo da expressão é proibido ou é permitido só varia quando o substantivo a ele ligado aparece com o artigo a. 7. E o adjetivo da expressão é proibido ou é permitido?

27 É proibido entrar. É proibida a entrada Não é permitida a permanência de pessoas neste local

28

29 8. E o MEIO varia ? Meio só varia quando significa metade de. Sendo assim diga: Gente meio nervosa. Comprei meia melancia.

30 OBRIGADA PELA ATENÇÃO! Saiba que quem diz Obrigado é homem. A mulher deve dizer Obrigada. Homens dizem: Muito Obrigados. Se forem mulheres: Muito Obrigadas.


Carregar ppt "CONCORDÂNCIA NOMINAL. Concordância Nominal É a concordância, em gênero e número, entre o substantivo e seus determinantes: pronome, artigo, numeral, particípio."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google